História The Love Song - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, One Direction, Taylor Swift
Personagens Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Taylor Swift, Zayn Malik
Tags Harry Styles, Justin Bieber, Niall Horan, One Direction, Romance, Taylor Swift
Exibições 29
Palavras 1.071
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii pessoas!!! Esse e o primeiro capítulo da fanfic e espero que você goste, vamos comecar com algo um pouco mais simples ok? Até as notas finais...

Capítulo 1 - Prólogo


Já estava com tudo pronto para ir e essa seria a última noite na minha casa e eu concerteza aproveitaria o maximo que pudesse com minha família principalmente com minha irmãzinha Alice, mas antes de tudo iria tomar um banho. Guardei minha bolsa com meu violão embaixo da minha cama porque a senhora Janne, minha mãe, não podia nem desconfiar que eu estava indo para Los Angeles sozinha muito menos saber que todo aquele dinheiro que eu havia colocado no meu cofrinho por 4 anos seria para fazer essa loucura que eu estava pretes a fazer. Peguei meu pijama que eu tiraria daqui algumas horas e fui ao banheiro tomar um banho e eu passar enfrente ao quarto da minha irmã vi uma das coisas que eu mais sentiria falta mas acho que observei por um bom tempo porque logo minha mãe percebeu que eu estava olhando:

-Anna?- minha mae me chamou enquanto penteava o cabelo da minha irmã calmamente- Por que esta parada ai do lado de fora do quarto, vem aqui.

-Desculpe mamãe eu so estava mesmo olhando porque lembro quando eu tinha 6 anos igual Alice e voce penteava meu cabelo assim como esta fazendo com ela- sorri docemente.

-Mamãe? Fazia tempo que nao me chamava assim, está tudo bem porque percebi que a uma semana mais ou menos voce esta mais carinhosa e atenciosa com todos nós!- ela sorriu, e eu realmente estava diferente queria aproveitar literalmente tudo nao sabia quando voltaria ou se voltaria.

-Está tudo bem estou apenas com saudades de alguma coisas que aconteceram- meus olhos estavam começando a encher de lágrimas  minha mãe não poderia me ver daquele - Depois conversamos preciso tomar banho.

Sai de lá nem dando tempo para ela ou minha irmã falarem alguma coisa,se elas me vissem chorando talvez ficassem preocupadas e nao quero antecipar essa preocupação toda. Corri para o banheiro, tirei toda minha roupa, liguei meu chuveiro nem muito quente nem muito fria e entrei. Permiti que as lágrimas escorressem pelo meu rosto enquanto eu cantava uma música calma que havia aprendido nas poucas aulas de canto que fiz me lembrando de tudo: Anna Gomes é meu nome todos me chamavam assim era apenas mais uma pessoa no mundo não muito diferente das outras mas uma coisa concerteza apenas algumas pessoas fariam que e correr atras do proprio sonho e acreditar nele mesmo que todos duvidassem e eu fazia parte dessas poucas pessoas.Quando desliguei o chuveiro, respirei fundo, me sequei, me vesti e fui direto para a cozinha onde senhor Carlos estava, meu pai.

-Aninha princesa a janta está quase pronta,arrume a mesa por favor? - sorri e arrumei tudo coloquei tudo que ele cozinhou na mesa e gritei minha mãe que logo desceu seguida por minha irmã e por Mia minha gata.Não é possível até dela sentiria falta.

Jantamos juntos,comentamos sobre nossos dias e até que rimos bastante. Ao final de tudo minha irmã me deu um abraço delicioso de boa noite retribui intensamente pegando ela rapidamente em meu colo e susurando um "Te Amo" e também abracando meu pai que subiria com ela para faze-la dormir e contar uma história e logo depois dormir também. Juntei toda a louça e fui lavando enquanto minha mãe guardava, estava totalmente quieta com meus pensamentos até o silêncio ser quebrado por minha mãe:

- Filha o que esta acontecendo? -ela disse assim que terminamos tudo- sei que e alguma coisa,voce está diferente,se for qualquer coisa, uma amiga,um garoto pode me contar.

-Mãe não e nada disso eu só estou mais quieta essa semana talvez.- sendo que por dentro o que eu so queria mesmo chorar-mas meu dia ficaria melhor se voce escovasse meu cabelo agora também.

Ela apenas assentiu e subiu as escadas, ela entende que quando estou triste preciso de silêncio embora ela talvez pensasse que fosse TPM.No meu quarto ela pegou minha escova de cabelo e assim que me sentei ela comecou a pentear meu cabelo contando uma história de princesa como fazia antes, deixei uma lágrima escorrer mas ela felizmente não viu. Ao terminar tudo me seguiu até a cama e me cobriu assim que me deitei ,eu iria levantar logo mas ela nao sabia:

-Anna entendo que nao queira me contar mas eu estou aqui e vou te ajudar em tudo que precisar.- me deu um beijo na testa mas eu a puxei para um abraço sussurando no ouvido dela que a amava assim como fiz com minha irmã e ela sussurou as mesmas palavras de volta, e saiu do meu quarto, eu me desesperei e não conseguia mais parar de chorar tudo aquilo estava preso dentro de mim durante o jantar inteiro. 

[...]

Passaram algumas horas e eu não havia conseguido dormir nem e quer um segundo, já estava na hora de levantar mas apenas para mim, eram 2 horas da manhã. Fui ao banheiro escovei meus dentes, troquei de roupa colocando uma calça jeans, uma blusa simples com um tênis e o colar que meu pai me deu 3 anos atrás no meu aniversário de 15 anos me olhei no espelho uma ultima vez. Antes de voltar ao meu quarto passei no da minha irmã dei um beijo em sua bochecha deixei um pacote de presente com um ursode pelucia em cima de sua penteadeira e sai em silêncio abrindo a porta depois do quarto de minha mae vendo ela e meu pai abraçados dormindo, eles eram perfeitos juntos exceto pelo fato de não me apoiar no meu sonho.

Voltei ao meu quarto peguei minha bolsa que tinha dentro algumas roupas, fotos minha com amigos, família e minha gatinha, posters e algumas coisas que eram essenciais para mim. Peguei meu parceiro fiel de todas as horas, meu violão, e desci as escadas. Liguei para um taxi, mesmo morando em uma cidade pequena no sul do Brasil deveria ter algum por ai e deixei o seguinte bilhete em cima da mesa:

"Mamãe, papai e maninha me desculpa mas precisei ir atrás do meu sonho fui embora de casa mas voces ainda moram junto comigo em meu coração não vou deixar nada sobre onde fui e nem meu telefone mas logo mandarei algo para voces falando que estou bem nos falamos em breve...AMO MUITO VOCES  me desejem boa sorte!?"

Foi ai que escutei o taxi parando na porta de casa, passei a mao em minha gata deitada no sofá e sai rumo ao aeroporto limpando a lagrima que insistia em cair peguei tudo,suspirei e fechei a porta de casa.


Notas Finais


Entao e isso...Gostaram? Comentem vou adorar ler todos e ver o que acharam, nos vemos daqui uma semana mais ou menos com mais um capitulo novo. Beijos e obrigada por ler! S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...