História The Love Song - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, One Direction, Taylor Swift
Personagens Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Taylor Swift, Zayn Malik
Tags Harry Styles, Justin Bieber, Niall Horan, One Direction, Romance, Taylor Swift
Visualizações 72
Palavras 1.546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey eu disse q o bloqueio de criatividade estava grande mas aqui estou...eu não vou deixar vcs mto obrigada por quem ainda está aqui viu!? Vamos a mais um cap pq vc merece afinal já esperou de mais...
Boa Leitura
Desculpa qualquer coisa! ;)

Capítulo 21 - Não acredito!


Fanfic / Fanfiction The Love Song - Capítulo 21 - Não acredito!

Niall está demorando para falar e isso está me deixando aflita, parece que ele está escolhendo as palavras certas antes de dizer alguma coisa:

- Anna eu...o que eu tenho para falar é meio sério e pode colocar algumas coisas em risco mas eu quero que você saiba que eu adorei passar todos esses dias ao seu lado e que se depender de mim nunca ficaremos longe. - ele engoliu em seco e nem isso se quer eu fiz porque minha boca está seca, agora seriamente fiquei preocupada ao extremo, eu jamais vou deixar de ficar do lado dele em hipótese alguma, ele é meu melhor amigo. - Promete que sempre vai lembrar de mim?

- Niall o que você está falando? Eu nunca vou te deixar por favor nem fale isso! - ele apenas segurou mais forte minhas mãos e sussurrou um "promete".  - É óbvio que eu prometo mas... 
e ele apenas me cortou:

- Então me deixa falar antes que eu perca a coragem - ele olhou bem para meus olhos fazendo com que eu me perdesse levemente naquela imensidão azul, um o mar e o outro a floresta, realmente Niall e Harry são o oposto um do outro. - Eu estou apaixonado por você.

Arregalei meus olhos e soltei minhas mãos da dele levando-as a boca, estou cho-ca-da!  Não consigo acreditar no que acabo de ouvir, estou sem reação, minha cabeça está a mil fazendo com que infinitas coisas passam em minha mente, coisas que aconteceram minutos atrás como: a maneira como ele estava tão preocupado comigo, todas as ligações, a expressão facial dele ao me ver beijando o Harry, as palavras que ele usou ao ver essa cena, como ele saiu correndo e principalmente como ele trata o HazZA, tudo fez sentido.

- Eu sei, me desculpa eu não deveria, não queria estragar nossa amizade só aconteceu e eu não iria conseguir esconder por mais tempo logo você iria perceber e então talvez...- fiz ele ficar quieto com um beijo.

Você não entendeu errado, levei uma mão na nuca dele para que ele não se afastasse de mim e a outra simplesmente não sei aonde deixar então ficou em cima da minha perna mesmo afinal agora não é hora de pensar. Não me pergunte como fiz isso, ou porquê fiz eu só usei meu truque comigo mesma "não pense só vai" e não foi uma má ideia. Ele retribuiu no mesmo momento levando uma mão em minhas costas e a outra não sei aonde está, como tomei a atitude de fazer isso esperei que ele comandasse o beijo e parece que ele pensou o mesmo pois ele foi o primeiro a aprofundar mais o beijo fazendo nossas línguas acariciarem uma a outra de uma maneira gostosa e relaxante assim como o próprio Niall é.

Não sei por quanto tempo ficamos assim, só sei que foi tempo o suficiente para me fazer gostar muito da situação até eu perceber o que acabei de fazer e terminar o beijo simplesmente do nada mas ele não me deixou distanciar mais que poucos centímetros, só depois que me deu um selinho me deixou livre para me distanciar ou não, e como eu já tinha o beijado mesmo permaneci assim porque é incrivel como o hálito do Niall de quem tinha acabado de escovar os dentes estava me refrescando por inteira mesmo estando apenas próximo a meus lábios.

- Agora finalmente tudo faz sentido - quebrei aquele silencio que estava meio tentador, podemos dizer assim, me faltou pouco para que eu não o beijasse de novo.

- Agora finalmente tudo faz sentido? - ele se distanciou para olhar nos meus olhos o que me deixou meio triste porque aquele cheirinho de pasta de dente não está tão próximo mais.

- Sim, seu ciúmes! - eu ri um pouquinho porque me lembro quando ele me disse segunda feira que é uma pessoa tranquila e nem um pouco ciumenta, acho que ele se enganou sobre si mesmo.

- Ah não sou assim eu apenas estava - ele parou e pensou - eu estava um pouco...tá eu estava com ciúmes! Não tem uma palavra que substitui isso da maneira que esse sentimento realmente é.

E o silencio tomou conta de tudo de novo, nos encaramos eu procurei por um assunto mas nada, porque eu tinha vindo aqui mesmo? Ah é:

- Acho que devo desculpa pelo que você viu e por não ter atendido suas ligações uma amiga não faz isso - ele riu de mim e eu o olhei confusa, eu não deveria pedir desculpa?

- Você quis dizer crush? Amiga também mas agora crush faz parte das características que preciso usar quando for falar de você - eu corei sem duvida alguém ficou bem sem graça, na verdade eu não fico com bochechas muito vermelhinhas e dou graças a deus por isso eu apenas sorrio ou rio de uma maneira que também entrega que estou com vergonha mas ele está errado.

- Crush também não porque a partir do momento que você fica com sua "Crush" - disse a palavra fazendo aspas com as mãos - ela deixa de ser isso para você.-Foi a vez dele ficar sem graça e dessa vez eu não aguentei e precisei apertar as bochechas dele fazendo ele rir e eu junto e esse som de nossas risadas juntas que se espalhou pelo quarto pode se considerar no mesmo nível de minha música favorita.- Agora se não se importa eu preciso dormir aqui.

- Pensei que seu amiguinho Harry estivesse aqui na porta te esperando para ir embora de volta - ele revirou os olhos me fazendo rir, lembra que disse que eles são o oposto um do outro? Eu estava certa só me confundi pelo fato de que os dois me deixaram totalmente confusa por causa dos meus sentimentos, o que faço da minha vida Deus, me helpa !?

- Na verdade eu andei alguns quilômetros da casa dele até aqui atrás de uma pessoa loira que acabou de fazer meu coração acelerar alguns batimentos - eu dei de ombros fazendo ele fica surpreso.

- Você veio a pé de noite? Eu te mato Aninha! - amo quando ele me chama assim, é como se eu fosse por um segundinho até o Brasil. - A senhorita vai tomar um banho enquanto eu faço um chá para ver se você acalma o coração não vou dormir com ninguém fedida do meu lado! - ele foi ao guarda roupa e de lá tirou uma toalha e me entregou me empurrando de uma maneira carinhosa até o banheiro do corredor depois de me deixar pegar minha roupa para dormir.

Tranquei a porta e relaxei meus ombros, parecia que estavam pesando uns bons 10 kg cada um, tirei toda a roupa do meu corpo e então notei a blusa de Harry que eu levei comigo e ao cheira- lá agora senti meu perfume junto com o dele, então é esse o nosso cheiro junto? Realmente me agradou mas então caiu a ficha, eu beijei dois garotos no mesmo dia! Não que eu nunca tivesse feito isso, já fiz em uma festa e confesso que foi meio imprudente da minha parte porque nem me lembro o nome dos seres mas não vou tocar nesse assunto pois realmente me arrependo de ter feito isso o problema é que beijei dois garotos que sei o nome e que um está apaixonado por mim e o outro supostamente também, isso é um problema bem sério para uma pessoa que tem um coração meio frio mas que no momento está começando a se aquecer. Apenas entrei no chuveiro e cantarolei a primeira coisa que me veio a cabeça No More Sad Songs da Little Mix e isso me levou a reparar como de um tempo para cá meus pensamentos estão sendo meio que não controlados por mim, eu acabo pensando em coisas que eu não deveria mas mesmo assim penso, mas o problema não é isso porque sempre foi assim, o problema mesmo é pensar no Harry ou no Niall, se eu acabo pensando neles demais isso pode significar alguma coisa? Arrepio só de pensar.

Pov´s Taylor

- Posso saber porque você me tirou da minha casa a essa hora da noite para vir em restaurante qualquer? - eu olhei para ele sentado bem a minha frente todo sorridente de uma maneira meio vitoriosa e isso estava me dando nos nervos por não saber o motivo.

- Já disse, calma Tay Tay ... é uma noticia ótima e que vai melhorar nossos planos! - ai se esse ser não falar logo eu juro que vou voar no pescoço ele, sim sou totalmente sem paciência.

- Justin fala logo!

- Anna aceitou minha ajuda que no caso é nossa ajuda, sem ela saber que você está nos planos é claro, podemos passar para a segunda parte? - agora sim sorri, essa garotinha finalmente vai sair do meu caminho e deixar o Harry só para mim.

- O que está esperando? Manda a ver Justin ela é toda sua!

 

 

 

 

 "Vou para onde a música está mais alta, Para eu não ter que pensar sobre isso, Estou implorando por favor não toque, Sem mais músicas tristes!!" - No more sad songs, Little Mix


Notas Finais


Hey e ai? Muito ruim? Apesar desse tempo sem comentem...queria explicar uma coisinha: com certeza vocês perceberam que eu não descrevi os personagens e isso é porque quero que vocês imaginem eles como quiserem e se por acaso eu falar do Niall como loirinho porque para mim ele sempre vai ser nossa loirinha oxigenada não estranhe! hehehe Amo vc por ainda está aqui lendo bjs e até!?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...