História The love the vampire - Capítulo 83


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, TazerCraft
Personagens Felipe "Febatista" Batista, Felps, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", Mike, Pac, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes
Tags Autora Entra Na Fanfic, Cellbit, Cellps, Escola Sobrenatural, Febatistacraft, Fellps, Jvnq, Jvtista, Mitw, Tazercraft, Vampiro
Exibições 136
Palavras 1.832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Super Power, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, só vim da um aviso simples:

😷Se esse capítulo nao ficar aquelas coisas de boa e porque;

😷 Tom com dor de cabeça, meus lábios estão doendo pq estão ressecados por causa de um medicamento, to começando começando gripar e o pessoal daqui de casa na ajuda em porra nenhuma

😷Espero que esteja bom e Boa leitura

Capítulo 83 - Baile desastroso


Fanfic / Fanfiction The love the vampire - Capítulo 83 - Baile desastroso


Point of view - Pac

Sério mano, eu juro de pé junto que não estava provocando o mike nem os outros garotos, affs, parece que desde que eu me "tornei" menina o mike ficou mais mandão e chato, calma pac, calma, ele ja era assim antes e você não notou 

Deus, me socorre 

Aqui estamos, no shopping tomando sorvete e como eu disse antes... vampiros não sentem o gosto de nada, só de coisas doces e sangue mesmo

Passei o olho por todas as pessoas daqui do shopping, algumas estavam nos olhando diferentemente, não sei, é como se tivessem medo de nos ou algo parecido. Até parede que vamos machucar alguém, que idiotice 

Olho pra Mike novamente e vejo que o mesmo não tirava os olhos do celular, me inclino um pouco e vejo que ele estava falando com alguém via whattsapp, espero que esse porrinha não esteja falando com alguma puta 

-Que cara é essa pac? - Batista pergunta, olho pra ele e franso o cenho

-É a que eu sempre tive - digo e coloco o canudo do Milk shake na boca, logo após sugo o líquido pelo mesmo e depois engulo

Delícia *-*

-Não, você ta com uma cara de quem vai matar alguém - dessa vez quem fala é felps. Olho pra ele e bufo 

-Não to não - rebato 

-Ta sim - porra Cellbit, até tu porra? - Você tava com uma cara que a legenda seria "Como eu vou matar essa pessoa? Retirando sua cabeça ou cortada no meio?"

-Nossa, eu não sou desses - falo e ele me olha com uma cara de "Só que não querido,você matou a Ketty assim" - Não precisava lembrar 

-Prescisava - ele sorrio e eu mostro o dedo do meio - enfia no c.. - por sorte, felps tampa a boca do Cellbit antes que ele termine a frase

-Oque? Eu não ouvi oque você falou - digo rindo e tomando mais um gole de meu Milk shake

-Podemos ir? - Mike finalmente diz alguma coisa - Temos que compra algumas coisas hoje - olho pra ele

-Comprar oque? - pergunto curioso

-Fantasias - ele responde e eu o olho confuso - Vou explicar; todo ano os moradores daqui fazem tipo uma "festa" de comemoração a não sei que porra, e essa festa é tipo aquelas da era vitoriana - Mike explica 

-Como aquele anime "Kuroshitsuji? - pergunto e ele assente com a cabeça 

-Não sabia que assistia anime? - jv comenta, realmente eu não era muito fã de anime antes 

-Comecei a assistir faz um tempinho, e o meu preferido até agora é Fairy tail - falo sorrindo e Mike faz bico - nem vem com esse bico Mike 

-Você não pode reclamar - ele diz - Voce fica sentado o dia todo vendo um monte de magos sarados e que deixam a parte da camisa aberta - reclama ainda com o bico 

-Não posso fazer nada de; O Natsu é lindo, forte, engraçado, sério e etc; O Gray é frio literalmente, sério, sarcástico e tem um passado muito foda; O loke é um espírito celestial muito gato e que se parece muito com você - sorrio e me inclino, beijando seu biquinho 

-Ta vendo? Você prefere ele do que eu - começo a rir

-Só que não, afinal, o Natsu ja tem o Gray e o loke ja tem a Lucy - falo - e mesmo se nao tivessem - vou ate seu ouvido e sussuro - eu sempre iria preferir meu humaninho, entre aspas

-Saldades quando você me chamava disso - ele diz após eu me sentar novamente 

-É verdade - sorrio e olho a hora do meu celular - vamos comprar as roupas para esse bagulho que o mike falou? - pergunto 

-Por mim tudo bem - diz Cellbit e todos concordaram 

Pagamos os nossos sorvetes e fomos até uma loja que estava com muita gente, acho que esse "baile" é importante pra eles já que parece que a metade da cidade estava la na loja. Reviro os olhos e olho um ponto estratégico para entrar naquela budega 

-A loja está cheia - reclamo - Nao da pra voltar pra São Paulo e comprar nossas coisas la? - Pergunro chateado 

-É uma boa ideia - sorrio ao saber que Mike concorda comigo - Hoje as.... 2 da manhã vamos na cidade e comprarmos as coisas

-Agora podemos ir pra casa? - Batista pergunta - to com sede

-Somos dois - comento 

Todo mundo concordou em ir pra casa, saímos do shopping e fomos até o estacionamento, já estava vendo o carro do Mike e dos meninos até que alguns filhos das putas arrombadas do caralho se entometem na nossa frente, barrando nossa passagem 

-Com licença, mas queremos passar - peço educadamente, por mais que minha vontade é de dar um murro na cara de cada um deles

-Olha so que lindinha - disse um cara branco, cabelos vermelhos e olhos cinzas, ele estava tentando usar uma roupa de badboy, isso mesmo tentando.

-Olha so, que voz irritante - cruzo os braços e ele faz cara feia - Olha so seu idiota metido a badboy, eu quero passar, ir pro carro do meu namorado e ir pra casa, e se você não sair da minha frente vamos ter ovos quebrados aqui 

-Como se uma garota nanica como você pudesse fazer algo - disse outro cara, não vou dizer as características dele porque eu to puto, ninguém me chama de nanico sem apanhar depois 

-Acho que eu fiquei surda por alguns segundos, mas poderia repetir? - pergunto cerrando os punhos 

-Calma amor - Mike coloca a mão no meu ombro, olho pra ele e logo ele retira - Se fuderam - ele sussurra 

-Te chamei de na-ni-ca - certo, hoje teremos sangue e carne de gente morta 

Respirei fundo e fechei os olhos, má logo voltei a os abrir. Dei um passo pra frente e fiquei frente a frente com o novo "cadáver", em um movimento rápido atinjo sua barriga com pouca força, o idiota se curva e sangue daí de sua boca 

-Vai sair agora? - pergunto sério e eles saem - Ótimo 

Reviro os olhos e ando até os carros, enteo no do Mike e ele faz o mesmo. Pouco tempo depois estávamos em casa, sai do carro e fui correndo pra cozinha, fechei as janelas e portas

Fui até a geladeira e peguei os sacos de sangue, coloquei nos copos e levei pro povo, claro, tomando o meu. Assim que terminamos de "comer" abri as janelas e lavei os pratos

***

Já é duas da manhã, já deveríamos esta correndo em direção de São Paulo, mas não, estamos esperando as madames la em cima

-É HOJE? - pergunto sem paciência 

-CALMA - Felps grita e depois desce junto com os outros. Reviro os olhos, saímos de casa pela porta dos fundos e começamos a correr

Depois de um tempo correndo chegamos em São Paulo, fomos no shopping 24 horas e Infelismente tinha uma loja aberta. Entramos e vimos vários vestidos e ternos da era vitoriana

Suspirei 

Ninguém merece 

Fui na seção de vestidos e já colei o olho em um azul bem "bonito" digamos assim. Peguei o mesmo do cabide e fui pra seção masculina, onde encontrei Mike com um terno igualzinho do Sebastian (Ray: Do anime que o pac citou la em cima)

Era um terno preto, tinha calda, alguns biringudeios de "ouro" em forma de correntes e algumas coisas a mais.

-Vai ficar um gato assim - digo fazendo, Mike olha pra mim e sorri 


-E você uma gata - acabo rindo disso - coloco as luvas?

- Lógico - digo pegando as luvas e tacando na cara dele

-Ei - Mike reclama, sorrio e vou em direção ao caixa

Assim que todo mundo comprou os ternos e eu o vestido, voltamos pra casa do mesmo jeito que fomos. Quando chegamos em casa fomos todos pra cama

*** - Do dia seguinte, a noite -

Já estávamos todos prontos, eu ja estava vestido e os garotos também. Saímos de casa e vimos um monte de gente com roupas da era vitoriana passar e ir para algum canto, nos entre olhamos e seguimos o povo

Quando terminamos de andar paramos em um salão de festa e na frente da porta tinha um carinha que parecia um mordomo, ele estava com um microfone na mão, anunciando a chegada de todos

Nos aproximamos 

-Nomes por favor - ele da um sorriso gentil 

-Mikhael linnyker, Thamires Pacagnam - tive que inventar um nome feminino - Rafael Lange, Felipe Zanghetti, João Victor e Felipe Batista - respondo também sorrindo, quero dar boa impressão 

-Anunciando a chegada de Lady Thamiris e seu tutor Mikhael.. - e assim foi, entramos no salão e fomos logo pra pista de dança, eu e Mike começamos a dançar enquanto os gsrotos estavam conversando 

-Nao estou gostando de ser garota - murmuro colocando minha cabeça em seu peito

-Calma My lady - ele sorri - Vamos achar aquela puritanha e fazer ele trazer meu pirulito favorito de volta - corei com isso

-Você ama chupar aquele pirulito - olho em seus olhos e dou um sorriso malicioso, que logo Mike retribui 

-Amo mesmo, ele é docinho e vem uma coisa branca no final - mike sussurra em meu ouvido - adoro aquela coisa branca 

Revirei meus olhos e sorri, continuam os dançando e falando safadezas no ouvido um do outro. Ao passar do tempo meus pés ja estavam doendo e eu tava querendo ir no banheiro, me despedi de Mike e fui ao banheiro, assim que terminei de fazer oque tinha de ser feito lavei as mãos, mas quando estava saindo senti uma mão grande no meu braço 

-Olha que belezinha - Hoje é o dia de darem em cima de mim não é mesmo?

Olhei pra trás e vi um cara enorme, acho que ele dá uns três de mim

-Pode me soltar? - pergunto estressado, ele ri e me encurrala na pia 

-Não minha boneca, agora você é minha - sua boca foi em direção so meu pescoço, ele a abriu e começou me dar chupadas 

Cerrei os punhos e o empurrei com força, fazendo ele bater na parede e fazer uma mini "cratera". Vou em direção do otário e o faço desmaiar com um murro só 

Quem brinca com forno se queimae, e quem brinca com vampiro se fode 

Saio do banheiro e arrasto Mike pra fora daquele baile, aviso os garotos que já estávamos de saída. Em alguns segundo Mike já estava perguntando pra mim oque aconteceu, não digo nada, quero chegar em casa pra falar isso 

Assim que chegamos em casa, fui pro quarto e troquei de roupa. Mike fez o mesmo, ele se sentou e me sentou no seu colo perguntando novamente oque aconteceu, mas dessa vez eu contei, ele ficou puto mas me abraçou 

Acho que eu não tenho um dia de paz da minha vida
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...