História The lovers - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Johnny Depp
Personagens Johnny Depp, Personagens Originais
Exibições 6
Palavras 917
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - 02


Fanfic / Fanfiction The lovers - Capítulo 2 - 02

"Baby, I'm a gangsta too

 And it takes two to tango"

Lana Del Rey - Jealous Girl

POV JOHNNY

-Se você realmente pretende chegar ainda hoje ao evento, sugiro que seja um pouco mais rápida Amber

- Ainda nem são 22:00 e você já está querendo encher a cara, John? Pensei que você aguentasse pelo menos 5 horas sem álcool no seu organismo.

- Na verdade pretendo voltar logo para contemplar a incrível vista que tenho da minha cama, e quem sabe você pode até aproveitar mais com sua amante, Taissa o nome dela não é mesmo?

- Se poupe e me poupe de tamanha merda que saí da sua boca Johnny Depp.

Foram 14 anos casado com a mesma mulher, Vanessa poderia ser considerada o amor da minha vida, mas não foi. Achei que tinha encontrado um fio de esperança na beleza boêmia de Amber, o máximo que eu pude encontrar dentro daquela mulher foi um ser desprezível. Nesse mundo de traições, bebidas e drogas, posso dizer que ninguém tem um final feliz em Hollywood.

Narradora POV

Brooklyn poderia dizer que se encaixava na lista de mulheres que sonhava em ter uma noite de sexo com Johnny Depp, ele com seus 49/50 anos continuava sendo um dos homens mais sexys de todo o mundo.E foi ali, no meio daquela festa que eles se encontraram, Brooklyn com seu pequeno vestido preto, agarrada com seu drinke e Johnny Depp com seus habitual terno e agarrado com a sua não tão favorita esposa. Brooklyn poderia jurar que naquela festa o máximo que poderia acontecer era algum bêbado vomitar em cima do seu novo sapato, mas aconteceu muito mais.

Brooklyn Pov

- Sabia que Depp sempre esteve na minha lista de "homens que preciso transar antes de morrer"? Essas mãos dele parecem ser de outro planeta, olhe para essas tatuagens, porra! Isso é literalmente dos deuses James

- Primeiramente: ele é casado e essa esposa dele tem cara de ser uma crazy bitch, sabia que você gostava do tipo bad boy, mas não um bad boy tão velho como ele, isso por acaso é um novo fetiche?

- Você já está quase na mesma idade baby, Depp não é de se jogar fora, você bem que poderia me apresentar ele não é mesmo?

- Você já está bêbada o suficiente Brooke, melhor ir pra casa não acha? Não vou apresentar minha ex para um cara casado, ainda mais que Depp é conhecido por destruir quase todas as mocinhas indefesas como você.

- Acho que você não pretende perder isso que você chama de pau hoje James, deveria fazer algo de útil e me apresentar logo à ele caralho.

- Acho que não vou ter que fazer isso Brooke.-Quando eu olho para a frente vejo Depp se aproximando de nós dois, com seu whisky em uma mão e o cigarro na outro, ele vinha carregando um sorriso debochado no rosto.

- Franco, à quanto tempo!

- Você sumiu Depp! Amber está mantendo você em cativeiro por acaso?

- Quase isso, essa é sua amiga ou algo à mais?.-Ele olha pra mim encarando meu decote, eu poderia jurar que ele iria pular em cima de mim à qualquer momento.

- Minha ex pra falar a verdade, 2 anos não foram pouca coisa, esta é Brook.-Antes dele terminar a frase, eu falo primeiro:

- Pelo o que eu sei ainda tenho boca pra me apresentar James, mas obrigada pela gentileza. Meu nome é Brooklyn. Brooklyn Armstrong.-Estendo minha mão e recebo beijo em sua palma

- É um enorme prazer conhecer você senhoria Armstrong

- Só Brooklyn por favor, pode ter certeza que o prazer é todo meu Johnny.

- Você é modelo, atriz ou algo do tipo? Já vi seu rosto em algum lugar

- Eu sou meio famosa por cantar, mas já fiz uns trabalhos como atriz também.

- Meio famosa? Ela já conseguiu quebrar aquele desbancar os Beatles dude, já tem uns 10 Grammys em casa.-James se intromete no meio da conversa

- Não sabia que você ainda estava aqui James, não tem nada melhor pra fazer não?

- Depois dessa vou arrumar alguma coisa pra fazer, a gente se fala Depp é até mais Darling.-Ele dá um beijo no canto da minha boca e sai andando normalmente pelo clube, Johnny se aproxima de mim e fala:

- Só seu ex hum?

- e amigo, as vezes ele decide que quer voltar, mas é só dar um fora nele, aí ele volta ao normal

- vocês terminaram por?

- James era complicado, eu também era, acho que não era pra acontecer sabe?

- Eu disse isso em todos os meus 5 últimos relacionamentos, pelo o que estou vendo vou dizer no sexto também.-Johnny diz rindo, quando eu olho para o lado vejo Amber vindo na nossa direção.

-  Então eu acho que a sexta está chegando.-Eu digo discretamente e me afasto um pouco, enquanto Amber se agarra no pescoço de Depp

- Não precisa sair de fininho, só estou vendo se está tudo bem com meu marido

- É melhor eu ir embora não é? A gente se fala Johnny.-Vou andando bem puta até a entrada do clube, sinto alguém pegando no meu braço e quando viro, vejo que é Johnny

- Algum problema?

- Na verdade só um, você esqueceu de me dar seu número Brooklyn.

- Você deveria ir atrás da Amber, ela é sua esposa, pedir o meu número é muito errado você não acha?.-Eu digo o provocando

- Errado seria sair daqui sem seu número.-Ele diz se aproximando e ficando em uma distância bastante perigosa

- Já que você diz, aqui está, estou disponível quase todos os dias, pode ligar

- Eu vou ligar, pode ter certeza baby girl.


Notas Finais


realmente me desculpem pelo capítulo pequeno, no próximo prometo que vou fazer maior haha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...