História The Loving Illuminate - Shawn Mendes And Camila Cabello - Capítulo 15


Escrita por: ~

Visualizações 128
Palavras 1.064
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeeeeeeeee
GENTEEEE
OBRIGADA POR TUDOOOO
BOA LEITURA, AMO VCS, NÃO DEIXEM DE COMENTAR, BEIJOS DA TITIA CHANCHOO <3

Ps: O SHOW DO BOLINHO FOI TÃO LINDO, TODO MUNDO CANTOU JUNTO, QUE AMOR!

Capítulo 15 - Argh


Povs Shawn Mendes:


-Mila - falei enquanto a sacudia pela centésima vez. - Acorda.

Ela abriu os olhos lentamente, olhando ao redor.

-Eita caralho - falou e eu ri. - Que horas são?

Peguei meu celular na mesa e olhei. Já eram 11:45, dormimos pra caramba.

-11:45, vem, é melhor almoçar mais cedo hoje, e daí a gente entra no horário de almoço na faculdade. O que acha? - ela apenas assentiu, franzindo o cenho logo em seguida.

-Ouviu isso? - falou se levantando e indo até o meu closet vestir uma camisa minha. - São gritos?

-Não sei. - falei indo até a porta, querendo descobrir o som. - Porra!

-O que foi? - ela veio até a minha direção, abrindo a porta. Descemos as escadas e pra minha infelicidade, um ser estava aos berros lá embaixo. Isso mesmo, discutindo com uma das empregadas. - Hailee!

-O que essa idiota tá fazendo aqui, Shawn? - Hailee falou, tentando manter a calma.

-Você é burra ou o que, garota? Não tá na cara não? - Mila falou e eu ri, vendo a Hailee vir em minha direção.

-EU VOU TE MATAR SHAWN! VOCÊ PODERIA PEGAR QUALQUER OUTRA VADIA, MAIS LOGO ELA? -Hailee falou tentando me dar um tapa, mais eu segurei em seus pulsos. - ME SOLTA SEU CRETINO!

-Meu Deus mulher, vai pra uma igreja rezar, isso é falta de Deus na sua vida, vai por mim. - Mila falou dando de ombros, enquanto mordia uma maçã que pegou minutos atrás.

-Sai daqui sua vadia! - Hailee falou gritando, querendo se soltar de mim.

-Calma aí, Hailee! - falei. - A casa é minha, e eu digo quem sai e quem fica aqui. - a soltei. - E você sai.

-Chora não, bebê - Mila a provocou. - Quem sabe na próxima encarnação ele te queira.


AUTORA: TRETA, TRETA, TRETA!


-OLHA AQUI, SHAWN - Hailee disse passando as mãos no cabelo, afim de se acalmar. - AMANHÃ EU VOU LIGAR PROS SEUS PAIS, E FALAR TUDO, QUE EU ESTOU GRÁVIDA, OK? - falou. - E adivinha quem vai ter que se casar...? - disse sorrindo cínica. - Você. E não vai ser com ela...


AUTORA: DOEU NÉ CAMILS


Essas palavras ficaram martelando na minha cabeça, e ela tinha razão.

Hailee saiu, e eu olhei pra trás, vendo a Mila subir as escada rapidamente.

-Mila! - falei enquanto corria atrás dela.

- O que foi, Shawn? - perguntou sem me olhar, enquanto vestia suas roupas de ontem.

-Não vai ficar assim comigo, vai? - perguntei e o silêncio prevaleceu. - Mila..

-Não tá fácil pra mim, ok? - falou me olhando, com uma mistura de tristeza e raiva em seus olhos - Eu não sei como agir, nem o que fazer! Você me faz feliz, e por um momento eu esqueço do mundo, mais logo depois a vida me da uma rasteira, e eu vejo que nunca vou conseguir ser feliz, que era tudo momento, ou até mesmo a minha imaginação... - falou chorando, e aquilo me doía.

-Eu já disse que vou dar um jeito, não disse? - falei, enquanto ela lutava pra não me olhar nos olhos. - Então eu vou dar um jeito! Você sabe quem eu realmente amo, e esse alguém não é ela! Eu nem sei se esse filho realmente é meu!

-E se for...? - ela falou com a cabeça baixa e a voz trêmula. - E se for, Shawn?

Fiquei em silêncio, eu realmente não sabia o que fazer.

-Tá vendo? Nem você sabe o que vai fazer, como tem tanta certeza que ficaremos juntos? - falou com ira no olhar.

-Eu já disse que vou dar um jeito! - menti. Eu não sabia se iria conseguir.

-Você e essa sua mania idiota e achar que o mundo te pertence. - falou. - Você não pode mudar o destino, Shawn. Se for pra ser assim, não tem nada que você possa fazer.

-Enquanto eu viver, eu não vou desistir de ter você. - falei e vi esperança em seus olhos. - E não vai ter ninguém que me faça ficar longe de você, porque se for preciso eu vou até no inferno, Camila. Eu te amo e não vou te perder tão fácil.

Ela simplesmente me beijou, um beijo calmo, carregado de amor.

-Eu também te amo, Shawn. - falou. - Eu também farei o possível pra ficar com você, mais não posso garantir a felicidade. - suspirou. - Não depende de mim.

-Eu sei, ok? - falei e um sorriso escapou. - Nunca pensei que fosse gostar de alguém assim.

-Eu também. - ela riu. - Não sei como eu admiti isso tão fácil pra você. Eu não costumo ser assim.

-Eu também não. - falei. - Você me mudou, e o fato disso ter acontecido me faz ter um pouco de medo. - sorri. - É meio que o medo do desconhecido, uma coisa nova, sabe?

-Sei, Shawn. - falou. - Sei também que temos que almoçar, e ir pra faculdade.

-Nossa Mila! - falei rindo. - Acabou com todo o romantismo do momento!

-Desculpa - falou. - Comida é coisa séria.

(...)

-Merda, Cameron! - falei. - Você é burro ou o que?

-Merda cara, ela me achou aqui! - falou passando a mão no cabelo, enquanto soava exageradamente.

-Calma cara, ela não vai fazer nada, ok? - falei se referindo a mãe dele. - É só você ficar calmo.

-Mais eu não consigo! - Cam tá pilhado com essa visita da mãe dele. Sempre da merda. - Ok - respirou fundo - Vou tentar. 3...2....1.... - respirou pausadamente - Merda Shawn, eu tô nervoso!

-Ah Cam, desisto, é só uma visita da sua mãe! - falei. - Vou vazar, ok?

-Ok, me deixa aqui morrendo, isso mesmo.

-Vai fazer drama pra lá, peste - falei e sai, logo vendo uma vadia, (vulgo Hailee) na minha frente.

(N/A: Cam nem é exagerado, né?! Me define na vida)

-Oi amor! - Hailee falou com aquela voz irritante.

-Oi. - falei seco. - O que quer?

-Te ver. Não tá na cara?

-Não - respondi ríspido.

-Podemos sair hoje a noite? - perguntou e eu fingi que não ouvi e sai andando. - Shawn! Eu estou falando com você!

-Estarei ocupado. - falei.

-Com o que? Alguma vadia? - falou.

-Eu já falei que a minha vida não te diz respeito. - sai andando mais uma vez, só que agora ela não veio atrás.

-Eu estou grávida, Shawn! - falou - Você não pode me tratar assim. Falando nisso, você já contou para os seus pais?

É óbvio que eu não tinha contado.

-Sim. - falei. Não queria mais prolongar essa conversa.

(...)


Notas Finais


Viiiiuuuuuuuu?
Tenho uma supresinha, estou fazendo uma fic que o otp sou eu e o Shawn! Ela é sobre vampiros e seres sobrenaturais.
Amo vcs, obrigada por virem até aqui. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...