História The Mafia - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Amor, Justin Bieber
Exibições 106
Palavras 491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 42 - Extra


Dois meses depois

 

Sim oito meses, agora falta pouco para ter minha Julie em meus braços. Eu pretendo ser uma mãe que eu nunca tive. E se algum momento eu tive não me lembro. As vezes eu sinto falta, falta da minha mãe que hoje nem sei como esta, do meu pai. Mesmo sabendo de tudo que eles fizeram ainda são meus pais. 

 

-oi bolota.- Chaz diz entrando na sala.

 

-oi.- odeio quando algum dos meninos me chamam assim. 

 

-alguem está extressada. -cantarola 

 

-não enche.- bufo- o Justin vai demorar?

 

-não ele só está vendo algumas cargas e já chega. 

 

-vou tomar um banho.- falo me levantando e indo em direção às escadas. 

 

Estava fechando a porta do quarto quando me supriendo, por ninguem mais ninguem menos que Thiffany.

 

-oque você está fazendo aqui? Como conseguiu entrar?- pergunto

 

-quantas perguntas. Eu vim aqui te entregar um recado.-ele diz me entregando uma folha. -abra e leia. 

 

"Me desculpe. Filha, não sei se posso te chamar assim. Mas antes de qualquer coisa eu quero pedir o seu perdão. Eu não fui o melhor homem, me meti muito cedo com a Mafia. Assim levando você e sua mãe junto, mesmo não sabendo. 

Quero que saiba que quando te enviei para o Brasil, eu só estava pensando em você. Não queria te ver mais metida com essas coisas. Eu sei fui um idiota. 

Quando descobri que seria vovô foi a melhor noticia da minha vida, não sabe da minha felicidade. Eu espero do fundo do meu coração, que você e o Justin cuidem dessa criança. Como eu nunca fui capaz de cuidar de você. Quero que seja feliz crie sua família, ame. Seja sempre essa garotinha doce que via bondade em tudo e todos. Nunca perca o seu espirito. 

Quando estiver lendo essa carta, eu não vou mais estar entre vocês. Mas lembre sempre vou te proteger de onde eu estiver.

 

Com amor, seu pai. "

 

Ele se lembrou de mim antes de partir. Como eu disse mesmo não sendo o melhor pai do mundo, ainda é meu pai. Eu sempre vou continuar amando ele. 

 

-gostou? seu papai morreu.- a puta disse dando risada.-sabe agora eu vou te fazer pagar por tudo que me fez. 

 

-você trabalhava com meu pai?- estou confusa

 

-trabalhava, eu ficava com o Justin para pegar informações mas acabei me apaixonando. Ele tornou o homem da minha vida.- ela diz andando pelo quarto. -agora você vai me pagar por tudo. Vamos começar pelo bebê. 

 

-não.- digo colocando a mão na minha barriga. 

 

-sim. Vou fazer sua vida um inferno -ela vem dando passos na minha direção e eu vou indo para trás. -Chegou a hora. 

 

Quando eu vejo, só sinto dor.  Tem sangue pelo chão do quarto. Minha Julie. Eu preciso salvar minha Julie.

 

-Socorro.- grito o mais alto que posso.- socorro.

 

-Tchau sua vaca.- Thiffany pula a janela do quarto. Assim eu vou apagando no meio do chão do quarto.


Notas Finais


Desculpem os erros. Thiffany é uma puta merece morrer.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...