História The man in my door - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Choi, G. Dragon, Jiyong, Kwon, Seunghyun, Tao Ye, Top, Wang Yo
Visualizações 6
Palavras 648
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - 28.09.2015


 

“Oi diário, eu estou de plantão hoje, a emergência está calma por enquanto... Eu passei antes para dar alta para Tao Ye, se lembra? Que moço lindo... Ai não, chegou uma super emergência, depois eu volto.”

 

JiYong guardou seu caderninho em seu bolso do jaleco, e foi atender aquele monte de gente. Um deles era Wang Yo (seu namorado), o que fazer? Ele teve de atender os com maior risco antes, sabe o mais intrigante? Tao Ye estava o acompanhando (Wang Yo), por quê?

Depois de “resolver” todos os problemas, JiYong foi conversar com Wang Yo, porém ele estava dormindo, então Tao Ye disse:

- Não o acorde, eu sou o responsável, por quanto tempo ele terá de ficar aqui?

- Como assim o responsável? Vocês são casados, noivos ou irmãos?

- Amigos.

- Pode começar me contando o que aconteceu...

- Nós bebemos e depois fomos para minha casa, e então quando ele disse que precisava ir ao banheiro, depois de meia hora eu fui ao banheiro ver se algo tinha acontecido e o encontrei desmaiado.

- Ah, tudo bem. Pode ter sido só... Bem, ele já está medicado.

- Se o namorado dele passar por aqui, tem como não dizer que ele esteve na minha casa?

- Claro que sim, sigilo médico, nem se preocupe. Mas por favor, fique aqui até que o namorado dele chegue, e diga para ele que você apenas o encontrou assim na rua. E que ficou aqui até um responsável chegar. *reverenciou-o e retirou-se*

JiYong foi até o vestiário para trocar suas roupas, já que seu plantão havia acabado, então ele foi até a cafeteria do hospital e comprou dois cafés. Dirigiu-se até a ala de Wang Yo e Tao Ye e os comprimentou. Porém Wang Yo ainda não havia acordado.

- Tome, trouxe para você (café)

- Não precisava, mas se você não está mais de plantão... O que faz aqui?

- Agora eu estou como familiar.

- Ah não, era você o tempo todo? Por que não me disse antes? Me desculpe.

- Foi melhor pra mim também. Para eu manter o controle... Tome seu café, eu não envenenei.

- (Risos), me desculpe mesmo. Mas nós não fizemos nada, de verdade.

- Eu acredito em você, pare de se preocupar.

Então Wang Yo acordou.

- Tao Ye, o que você está fazendo aqui ainda, não está vendo que meu namorado está aqui já?

- Relaxa Wang Yo, eu o convidei para ficar me fazendo companhia enquanto você não acordava, eu vou para casa, daqui a pouco passa uma enfermeira para te dar alta, até. Tchau Tao Ye. Tenha um bom dia amanhã.

Então JiYong partiu e em nenhum momento se rebaixou, até porque não havia nada que ele pudesse fazer não é mesmo, nem provas de que Tao Ye era um caso de Wang Yo, ele só teria meras suposições.

Chegando em casa, JiYong sentou-se em seu escritório e voltou a escrever em seu diário.

 

“Voltei, hoje Wang Yo apareceu no hospital com Tao Ye. Estranho? Muito, mas há algo que eu possa fazer? Não mesmo! Então o tratei como um amigo mesmo, não havia o porquê de eu trata-lo mal, até porque ele quem levou Wang Yo ao hospital, mas por que Wang Yo bebeu e foi na casa dele? Estou intrigado... E novamente tem alguém tocando a campainha, deve ser Wang Yo, ele deve ter esquecido as chaves de novo. Depois de ver quem é eu vou dormir diário. Até amanhã.”

 

Então JiYong atendeu a porta e adivinhem quem era? Exatamente, o homem misterioso da noite anterior.

- Pois não?

- Seu farol está ligado de novo.

- Ah, mas eu sou um tonto mesmo, desculpe fazer você se incomodar novamente. Tenha uma boa noite moço.

- Tenha uma boa noite você também.

E foi com aquele pensamento que JiYong se deitou em sua cama e repousou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...