História The Marauder's Map - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Tags Harry Potter, James Potter, Lily Evans, Marotos, Sirius Black
Exibições 42
Palavras 1.068
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Magia, Romance e Novela, Saga
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


O próximo, sai logo, logo...

Capítulo 37 - Está combinado!


Fanfic / Fanfiction The Marauder's Map - Capítulo 37 - Está combinado!

POV LILY ON*

_ Então ontem ele te pediu em namoro? – perguntou Emmeline abraçando Dorcas.

_ Sim ele pediu. – respondi

_ E você disse não? – perguntou Dorcas

_ Na verdade eu respondi que ele devia ter ficado tempo demais no sol – falei e Lene bufou – Que foi?

_ Um simples sim, mudaria as coisas não acha? – ela falou – Olha, sei que não sou a melhor pessoa pra conselhos sobre namoro, mas porque você não aceitou?

_ É complicado!

_ Não é nada complicado - ela falou sorrindo de forma divertida – Quero passar o natal na casa dos Potter.

_ O que tão de magnifico na casa dos Potter? – perguntei apressadamente – Os pais dele estão doentes, eles nem devem fazer comemorações intensas.

_  Ai que saco! – resmungou Dorcas – Mas o James, nunca deixaria o Natal passar em branco...

_ Conhecendo o James, eu posso te garantir que ele se preocupa com a saúde e segurança dos pais acima de tudo – falei e elas arregalaram os olhos.

_ Agora só falta você aceitar a namora- ló – disse Lene com meio sorriso – Já que o posto de casal complicado já está ocupado.

_ Já? – perguntou Emmeline

_ Blackinnon é a coisa mais complicada do universo – falei e elas riram

_ Mas e ai Lily? – disse Dorcas

_ Eu não sei, estou com medo – falei assumindo para mim mesma a realidade – Eu gosto dele, mas não sei se quero assumir isso publicamente.

_ Eu não ouvi isso, pelas cuecas sujas de Merlin, não me diz isso – pediu Lene – Lily Evans, não sei se você reparou mais James Potter é o cara mais gostoso de Hogwarts.

_ Lene e o Sirius?

_ Cala a porra da boca Emmeline, eu estou tentando fazer a Lily namorar e você fica me incomodando. – ela berrou e Emme assustou com as palavras.

_ Que grossa! – exclamou Emme – Deu pra ver agora que você é mesmo a versão feminina do Sirius. – ela falou rindo e Lene lhe mostrou dedo. – Sabe o que eu acho em relação ao James, Lily! Eu acho que você deveria sim namorar com ele.

_ Eles podem até namorar mais, acho que ambos deveria se organizar para poderem passar tempo com os amigos, as vezes sinto falta – disse Dorcas – Todas vocês namorando fica difícil.

_ Eu não namoro – disse Lene

_ Correção, algumas de vocês namorando e a outra transando – ela corrigiu e todas nós rimos.

_ Bom dia donzelas – despejou Sirius que acabará de descer para o salão comunal, vestido com roupa de quadribol.

_ Bom dia – falamos juntas

_ E as novidades?

_ Nenhuma na qual você não saiba – disse Lene e ele sorriu – Me diz onde vai vestido assim?

_ Treinar – ele respondeu e a encarou – Você não vai treinar? O capitão vai cortar seu pescoço.

_ Me esqueci, poxa! – ela falou gritando ao se levantar e ir em direção ao dormitório – E o capitão não vai fazer isso, já que ele quer namorar minha melhor amiga.

_ Namorar? – gritou ele de volta

_ Não estava sabendo Sirius? – perguntou Emmeline e eu fiquei completamente sem graça.

_ Pelos meus conhecimentos ele quer é casar com ela – ele falou e eu fiquei paralisada. – Para né Evans, isso é bem explícito.

_ Eu sei é que...

_ Bom dia – disse James que surgiu atrás de mim – Está bem Lily? Parece tensa. – ele falou colocando as mãos no meu ombro.

_ Estou bem, obrigado por se preocupar – falei e ele sorriu – Lene foi trocar de roupa.

_ Está certo – ele falou ainda sorrindo – Você vai ir nos ver treinar não vai?

_ É que eu nem sabia...

_ Marcou algum compromisso?

_ Não é que...

_ Então você vai – ele falou não permitindo que eu inventasse uma desculpa – Espero por você lá no campo, vamos Sirius!]

_ Falou e está dito, capitão – disse Sirius se levantando, assim que eles deram as costas Lene passou correndo como vento por nós.

_ Já vou indo – ela gritou ao passar.

_ Também vamos descer – falei e ela parou subitamente nos esperando – James me espera – gritei antes que ele passasse pela passagem da Mulher Gorda e ele parou nos esperando sorrindo. Assim que me aproximei ele acenou para algo atrás de nós e quando olhei vi Remo e Pedro.

Descemos todos juntos, conversando e brincando. Assim que pisamos no Hall de Entrada, vários alunos nos encararam, afinal não era comum andarmos juntos sem estar brigando. Assim que pisamos no pátio, perto dos bancos eu vi Severo e ele me olhou com uma cara que dava pena. Ele deu um passo em minha direção e abriu a boca como se fosse me dizer algo, mas James se prontificou a ficar ao meu lado, passando o braço pelo meu ombro fazendo assim com que Severo recuasse.

_ Desde quando andamos abraçados pelos corredores? – perguntei e ele sorriu

_ Não estamos em um corredor, estamos ao ar livre! – ele respondeu me entregando sua vassoura.

_ Você entendeu a pergunta – falei sorrindo e ele riu também – O que eu vou fazer com isso...

_ Vou te ensinar a voar – ele aflou antes de eu terminar a pergunta – Lene disse que você não voa muito bem, então vou te ensinar...

_ Nem pensar, eu não vou fazer isso – falei empurrando a vassoura contra seu peito – Eu tenho medo James, medo! Por isso não voo bem.

_ Jura? – ele perguntou – Uma bruxa que tem medo de voar, isso é estranho.

_ Cala a boca! – falei e ele sorriu e me deu um beijo na bochecha – James? O que deu em você hoje?

_ Estou provando que sou um bom namorado – ele falou rindo – E não finja que não está gostando.

_ Até que não é tão ruim – falei e ele riu, em seguida me deu outro beijo.

_ Nunca imaginei que estaria vivo quando eu visse essa cena – disse Remo caindo na gargalhada.

_ Jay, o que vai ter no natal na sua casa? – perguntou Lene e eu a olhei a ameaçando.

_ Até então nada, mas minha casa está de portas abertas se quiserem comemorar lá – ele falou em um tom simpático.

_ Jay e seus pais? – perguntei

_ Eles não ligam não, até gostam – ele falou sorrindo – E acho que vai ser bom pra eles, afinal é um tedio ficar só nos quatro em casa.

_ Então está marcado, o Natal é na casa do Potter – disse Lene sorrindo.

POV LILY OFF*



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...