História The Marriage - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Candice Swanepoel, Justin Bieber
Tags Candice Swanepoel, Contrato De Casamento, Violencia
Exibições 490
Palavras 1.426
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Fleeing Of Problems


Fanfic / Fanfiction The Marriage - Capítulo 24 - Fleeing Of Problems

‘’ Nem sempre nosso relacionamento será um mar de rosas, babe. ‘’

 

- Justin Bieber

 

 

Justin e eu voltamos para o quarto,eu estava meio sem graça, eu me perguntava o que iríamos fazer agora, talvez só deitar e dormir, deitei na cama e coloquei o rosto no travesseiro,senti o colchão afundar ao meu lado,senti sua mão entrar em contrato com a minha,sua mão estava gelada como freezer, o clima ficaria diferente entre nós agora,tínhamos que dar apoio um ao outro, estávamos em um momento difícil, não éramos marido e mulher por escolha nossa, mas quando assinamos os papais do contrato, iríamos cumprir o papel que cada um tinha de assumir.

 

Na manhã seguinte ...

 

Acordei com leves cutucadas,abri os olhos, me acostumando com o ambiente, encarei a janela, estava chovendo grosso, cocei os olhos e sentei na cama.

 

- Acordou dorminhoca. – Justin falou com um meio sorriso. – Seu café da manhã está pronto, está na cozinha , eu vou resolver algumas coisas com os detetives , logo pela tarde estarei de volta.

 

Ele saiu do quarto e seu perfume ficou completamente no quarto, balancei a cabeça em negatividade e levantei da cama, indo em direção a porta, eu ainda estava morrendo de sono, desci as escadas e fui até a cozinha, a mesa estava recheada de coisas,era impressionante o quanto ele mudava rapidamente, tanto para fazer o bem e tanto para fazer o mal, sentei em umas cadeiras e comecei a encarar o banquete, decidindo qual seria  a primeira coisa que eu iria devorar.

 

Justin desceu as escadas vestindo seu casaco e pegando suas chaves na mesa da sala, ele me encarou e sorriu, acenando pra mim e saiu pela porta, era mais do que estranho , ele tinha mudado tão rápido.

 

Algumas horas depois...

 

Justin Bieber *ON* ;

 

Eu tinha passado todas as informações necessárias para os detetives, eu estava dirigindo para a casa do Ryan, eu estava com o beijo na cabeça, a Madison me transferia confiança, seu beijo era doce, sem nenhum toque de malicia, o que eu odiava, mas mesmo assim, foi um momento bom , eu estava sem relações sexuais á séculos, eu já estava pirando.

 

Estacionei em frente da mansão de Ryan, entrando com a autorização dos seguranças, abri a porta principal e ele estava com alguns papeis na mão.

 

- Justin, como vai cara ? Falou com os detetives ? – Ryan se levantou do sofá e fizemos um comprimento.

 

- Eu dei as informações que pediram, mas eu estou com vários outros problemas.

 

- O que houve dessa vez ? Não fez nada com a Mandy , não é ? – Ryan arqueou sua sobrancelha.

 

- Não, mas... A gente meio que se beijou no meio da noite.

 

- Qual o problema nisso ? Ela é sua mulher agora. – Ele se sentou no sofá e me encarou.

 

- Eu estou ficando maluco, o beijo dela não me despertou nenhum tipo de... atração , eu sou um homem, eu preciso de sexo, faz meses que estou sem relações sexuais.

 

- Eu entendi cara, está louco para fuder com qualquer uma que ver na frente, relaxa , iremos á uma boate hoje a noite, onde tem as melhores vadias da Califórnia. Mas , eu vou te avisando, Mandy não faz o seu estilo , ela é do estilo romântico , do estilo certinha.

 

- Eu sei disso, eu convivo com uma mulher em casa e ela fica nervosa apenas quando eu me aproximo. – Falei me aconchegando no sofá.

 

- Ela é uma adolescente, você a traumatizou, ela tem medo que você faça algo com ela, eu não entendo o ódio que você sente por ela.

 

- Na minha cabeça, era como se ela fosse culpada de tudo o que estava acontecendo, eu estou tirando isso da cabeça, eu não sei por que eu a beijei ontem. – Bufei.

 

 - Você sente atração por ela sim, aproveitando , amanhã é aniversário dela, já sabe o que fazer pra ela ?

 

- Merda, eu tinha esquecido disso completamente – Coloquei as mãos na cabeça.

 

- Eu tenho a coisa perfeita do que pode dar para ela.

 

- O que ?

 

Ryan pegou o seu celular e colocou em uma foto, ele deu o celular em minhas mãos, na foto tinha um colar de diamantes, podíamos perceber o brilho do colar pela foto, minha boca se abriu em um perfeito O.

 

- Ela iria adorar esse colar, por que não dá á ela ? – Ryan perguntou.

 

- Pode cuidar de conseguir esse colar pra mim ? – Falei o entregando o celular.

 

- Relaxa , amanhã eu te entrego , compra um buquê de flores para completar , tem que começar a ser um bom marido Justin.

 

- Eu sei. – Revirei os olhos.

 

- Bom, vou falar com o Rick, o dono da boate, vou avisar que iremos passar por lá . – Ele levantou do sofá e discou o número no seu celular.

 

(...)

 

- Pronto pra cair na noite, Bieber ? – Ryan falou colocando seu casaco.

 

- Claro. – Sorri.

 

Cada um entrou no seu carro e eu seguia o seu carro até a boate,eu estava decidido em esquecer os problemas essa noite, a boate não devia ser tão distante da casa de Ryan.

 

Logo estacionamos os carros e fomos para a porta onde estava o inicio da enorme fila, Ryan cumprimentou os seguranças e entramos sem enfrentar filas,tinha pessoas para todo o lado, estava tudo movimentado, no inicio eu não gostava muito de festas, mas aquela saudade tinha batido,segui Ryan até o andar de cima da boate, algumas mulheres se jogavam para cima de nós, algumas dançavam no palco, nos aproximamos de uma mesa repleta de homens e com mulheres como companhia.

 

- Ryan ! Bem que avisou que vinha. – Um homem de olhos escuros cumprimentou Ryan, com certeza uns dos criminosos da Califórnia.

 

 

- Eu trouxe meu amigo, Justin Bieber – Ryan apontou para mim – Ele veio atrás das suas melhores ‘’diversões’’.

 

- Veio ao lugar certo – O mesmo me cumprimentou.

 

Ele assobiou para um grupo de mulheres que estavam perto da mesa, todas vieram ao nosso encontro.

 

- Escolha a sua. – Ele falou com um sorriso de orelha a orelha.

 

 Era um grupo de mulheres lindas e com poucas vestimentas, era disso do que eu estava falando, uma menina do fundo, ela era loira com os olhos claros, ela era semelhante á Mandy, por algum motivo, eu apontei para a garota e ela veio para o meu encontro.

 

- Ela será sua por essa hoje, o satisfaça princesinha.

 

Ele riu sarcástico e a garota me olhou, ela pegou a minha mão, me levando para o local de onde ficavam os quartos, entramos no primeiro que vimos, ela tirou meu casaco e jogou em cima da cadeira que tinha perto da porta.

 

- Eu sou toda sua. – Ela sussurrou ao meu ouvido.

 

Agarrei a loira pela cintura e a beijei, a encostando na parede, ela colocou suas pernas ao redor da minha cintura, eu aprofundei o beijo,parei por falta de ar e abri os olhos, eu vi os seus olhos azuis, os seus cabelos loiros, o seu sorriso bobo, aquela era a Mandy,eu a beijei novamente, a levando para a cama, a jogando contra a mesma, mas eu tive uma visão ampla da garota, era semelhante a Mandy, mas não era ela, a garota tinha olhos verdes, seu tom de cabelo era mais escuro, eu não me importei muito com isso, eu subi em cima da garota,ela me beijou.

 

- Vamos ver do que é capaz, Mandy. – Isso saiu aleatoriamente da minha boca, eu poderia jurar que aquela garota era a Mandy.

 

- Mandy ?  - A garota  perguntou confusa.

Mandy Cameron *ON* ;

 

Justin estava demorando além da conta, ele não apareceu em casa, era 21:45 da noite, ele tinha sumido desde as 8:00 da manhã , e se aconteceu algum acidente grave ? Algum problema grave ?

 

Meu celular apitou, uma mensagem não lida, abri a caixa de mensagens, era de um número desconhecido, tinha uma foto á ser carregada, eu aguardei , eu poderia ver tudo escuro, mas veio uma mensagem seguida.

 

- Ai está NOSSO maridinho se divertindo com outras mulheres, se você não dá o prazer que ele quer, não reclame depois.

 

XOXO

 

Carrie.

 

 

Como ela pegou meu número ? Essa vadia vai atormentar a minha vida, bufei , eu olhava para aquela foto, eu podia ver uma mulher abraçada com Justin, estavam muito próximos, parecia uma boate , ontem mesmo nos beijamos, ele já está atrás de outras ?

 

ESTÚPIDO !

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...