História The Meaning Of It All - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Henry Mills, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho)
Tags Emma Swan, Henry Mills, Morrilla, Once Upon A Time, Ouat, Regina Mills, Swan Queen
Exibições 1.195
Palavras 1.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Ficção, Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Antes, desculpa a demora, a vida ficou meio louca nessa última semana, passei por uma separação e realmente fiquei sem cabeça para escrever...sorry!
Mas sem muita enrolação, qualquer erro, me perdoem!
Boa leitura!

Capítulo 26 - Addicted


Fanfic / Fanfiction The Meaning Of It All - Capítulo 26 - Addicted


Delegacia de Storybrooke
   - Vamos logo Emma!
   - Eu já estou indo Gina! Calma!
Regina estava impaciente andando pela pequena sala, queria ir logo para casa depois de um dia inteiro trabalhando.
   - Você teve 8horas para fazer isso!
Emma olhou para ela com um sorriso irônico. Regina afastou as coisas da mesa da Emma e sentou do lado do teclado, cruzou as pernas e ficou olhando ela.
   - Sério? Assim que você pretende agilizar o meu trabalho? - Emma olhou as pernas da esposa que estava de vestido vermelho.
   - Longe de mim tirar a sua concentração, Xerife Swan! - disse cínica
   - Sei...- Emma voltou a digitar o relatório.
Regina inclinou o corpo um pouco para frente para ler o que ela estava digitando.
Emma perdia cada vez mais a concentração com o decote da Regina mais próximo a ela.
   - Você escreveu "infração" errado...
Emma olhou para Regina com cara de poucos amigos.
   - Deve ser porque o seu par de peitos ficam me encarando?
Regina sorriu de forma provocante.
   - Concentre-se, Xerife! - descruzou as pernas lentamente observando a reação da loira que olhou o movimento e subiu o olhar pelo corpo dela.
Emma não resistiu, levantou e beijou a morena que retribuiu o beijo de imediato com um leve sorriso maldoso em seus lábios.
O beijo foi parado pelo som de alguém limpando a garganta.
   - Desculpa atrapalhar, mas...já finalizou o relatório? - David estava na porta.
Elas separaram, Emma estava sem jeito que mal conseguia encarar o seu pai.
   - Quase, estou revisando...
Regina desceu da mesa sorrindo.
   - Melhor eu esperar você no carro...
   - Boa ideia...- Emma disse quase implorando para Regina ficar longe dela naquele momento.
Regina passou pelo David e saiu da delegacia.
   - Emma, vocês precisam ser um pouco mais discretas...
Emma voltou a escrever o relatório.
   - ...se fosse só isso, casei com a menos discreta da cidade...-Emma tinha perdido o foco com o beijo.
David foi até a mesa da Emma, encostou onde a Regina estava e fez ela parar de digitar.
   - Vai...amanhã você termina isso...e não se preocupe com o Henry.
Emma olhou para o David que apenas sorriu, ele sabia que o relatório não iria sair depois do desvio de atenção da filha, ela levantou pegou a jaqueta e beijou o rosto do pai.
   - Obrigada...
Regina estava esperando encostada no fusca, com as mãos no bolso do blazer preto, deu um largo sorriso ao ver a Emma ir em sua direção.
   - Já? Espero que em casa não seja tão rápido quanto o seu relatório...- mordeu o lábio inferior.
   - Fui dispensada... E a culpa é sua! - apontou para Regina.
Regina riu de leve, Emma sorriu e ao chegar perto beijou a morena pressionando ela com o seu corpo contra o carro.
   - hunnn, está tudo muito bom, mas a sua arma está me machucando...- Regina sorriu de leve parando o beijo segurando o queixo da loira.
Emma olhou para a cintura e separou um pouco.
   - Desculpa...-tirou a arma da cintura.
Regina abraçou ela pelo pescoço puxando a loira para perto novamente.
   - Podemos ir para casa agora? - fez cara de manhosa - esses sapatos estão me matando…
   - Claro, não deveria ter feito você andar até aqui…
   - Se isso render um banho de banheira com você, posso pensar em te perdoar...
Emma virou os olhos sorrindo de lado e abriu a porta do carro.
   - Ótimo, o caminho para o perdão será árduo... - brincou sarcástica.

Mansão Mills
Depois de um banho relaxante na banheira Emma estava recompensando a morena por ter feito ela andar até a delegacia usando um par de scarpin de salto alto e fino, ambas estavam de roupão, Regina deitada na cama recebendo massagem nos pés.
   - Já consegui o meu perdão? - Emma brincou.
   - Está no caminho certo, Swan - ela piscou sorrindo de lado, chamou a loira com o dedo.
Emma sorriu, apoiou as mãos na cama rastejando por cima do corpo da Regina, encarando ela, ao chegar próxima aos lábios da morena, foi surpreendida, ela segurou a loira pelo roupão e girou os corpos pela cama. Regina estava por cima de forma dominadora, suas pernas estavam entrelaçadas com as da Emma, não demorou muito para elas começarem a se beijar de forma calma, curtindo cada movimento dos lábios e língua, Emma desceu as mãos até a cintura da Regina que de imediato pegou as mãos da loira, entrelaçou os dedos e segurou contra a cama, Emma sorriu, manteve os lábios juntos aos da Regina.
   - Sabia que o perdão não viria fácil…
   - Se tocar em mim, paro e saio…esse é o seu castigo - Regina tinha um sorriso maldoso e desafiador.
   - Isso é maldade Gina! - por um lado Emma gostava da ideia, era excitante observar a Regina ter total controle.
Regina puxou o lábio inferior da Emma com os dentes, soltando de leve as mãos dela.
Emma manteve as mãos na cama e se concentrou apenas em sentir. Regina abriu o roupão da Emma enquanto beijava o pescoço dela, as pontas dos dedos deslizaram pelo corpo da loira fazendo ela ficar arrepiada; Regina desceu os lábios indo de encontro ao seio esquerdo brincou com a ponta da língua no mamilo rígido da loira que apertou o travesseiro gemendo baixo, sua mão desceu até o sexo da Emma acariciando devagar com movimentos circulares. Regina voltou aos lábios da loira e a beijou com vontade ao mesmo tempo que penetrava dois dedos e iniciava o movimento, Emma gemeu de tesão puxando o edredom da cama, sem parar o beijo Regina sorriu com a reação da esposa.
   - Pode me tocar Emma…
Foi de imediato, Emma soltou o edredom colocando uma mão no rosto da Regina e a outra na cintura dela, apertando com vontade, a morena sentiu a pegada e aumentou a estocada, o movimento dos corpos estava intenso com beijos apaixonados, em pouco tempo Emma chegou ao orgasmo erguendo as costas da cama e gemendo de desejo, Regina sorriu satisfeita com o prazer proporcionado a ela.
Emma estava ofegante, mas isso não impediu dela girar na cama e dominar a Regina.
   - Você é incrível, majestade.
   - Eu sei.…- Regina sorriu convencida e encheu ela de selinhos.
   - Ok...modesta…muito…modesta….- disse pausadamente entre os selinhos que recebia.
Emma segurou o rosto da Regina com uma mão e a beijou lentamente, com a outra mão abriu o roupão da morena, finalmente os corpos se tocaram, Emma depositou todo o peso de seu corpo sobre o dela, suas pernas ainda estavam entrelaçadas o que possibilitou uma maneira rápida e prazerosa para provocar a morena, que logo respondeu mexendo levemente o quadril.
Emma parou o beijo sem muito fôlego, ainda mais por que ficava extremamente excitada quando Regina mexia o quadril daquela forma, lenta e sexy, ninguém fazia isso como ela.
   - Sem pressa, temos a noite toda…- Regina disse baixo sorrindo, não existia algo mais satisfatório para ela do que explorar a fraqueza de alguém.

 


Notas Finais


Obrigada a todos os comentários; criticas e sugestões são sempre bem vidas. :)
Novamente, desculpem o rápido capitulo depois de uma semana ausente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...