História The Meaning Of It All - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Henry Mills, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho)
Tags Emma Swan, Henry Mills, Morrilla, Once Upon A Time, Ouat, Regina Mills, Swan Queen
Exibições 267
Palavras 1.371
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: FemmeSlash, Ficção, Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpe qualquer erro e boa leitura!

Capítulo 37 - Stay


Fanfic / Fanfiction The Meaning Of It All - Capítulo 37 - Stay


   - Moms! - Henry entrou na cozinha - Bom dia...
   - Bom dia kid!
   - Bom dia, Henry...dormiu bem?
   - Um pouco, preciso da ajuda de vocês...
Elas se olharam por uns segundos, pensando que poderia ser algo grave.
   - Claro Kid, qual a bronca?
   - Baile do colégio, preciso aprender a dançar, não quero deixar a Violet sem pé e nem passar vergonha!
   - Acho que essa é com você Gina! - olhou para Regina sorrindo empolgada.
   - Oi? - olhou franzindo a testa para Emma - seu pai me ensinou a dançar e certamente fez o mesmo com você!
   - Você é mais baixa, mais feminina, vai representar melhor a Violet...e já está de vestido, social, mas é um vestido!
Henry ficou olhando as duas argumentarem.
   - Moms! Tudo bem, posso falar com uma das minhas avós, elas são princesas, uma delas vai conseguir!
   - Eu te ajudo, pelo menos posso tentar...ao menos que faça questão de aprender com uma princesa - falou com indiferença.
   - Uma rainha é bem melhor, mãe! - Henry sorriu empolgado - depois do colégio passo na prefeitura!
Regina sorriu, recebeu o beijo do filho que logo pegou uma maçã e saiu.
   - Não perco isso por nada! - Emma sorriu tirando os pratos da bancada.

Delegacia de Storybrooke::
   - Vai ficar sozinha aqui hoje? - Regina olhou ao redor não achando as coisas do David, que sempre abria a delegacia.
   - Sim, minha mãe tem aula hoje cedo, meu pai vai ficar com o Neal... - olhou para Regina - Não quer mesmo que eu te deixe na prefeitura? A delegacia ainda está fechada, não sei se gosto de você perambulando pela cidade sozinha...
Regina se aproximou invadindo o espaço da Emma.
   - Não confia na segurança, Xerife Swan? - disse de forma sedutora.
Emma sorriu, tentou beijar a Regina que se afastou sorrindo de forma provocante.
   - Eu faço o que posso, mas a minha prioridade é a prefeita, a segurança dela em primeiro lugar... - puxou a morena pela cintura não deixando escapar da nova tentativa.
Regina gostou da forma que foi puxada, retribuiu o beijo mas logo a empurrou fazendo cair sentada no sofá.
Emma sorriu e antes que pudesse levantar, Regina sentou no colo dela apoiando os joelhos no sofá.
   - A delegacia pode ficar um pouco fechada, não acha? - beijou o pescoço da loira abrindo a camisa.
Emma apertou a cintura da morena.
   - Alguém aqui não ficou satisfeita com uma noite inteira... - deu o pescoço fechando os olhos.
Regina subiu os lábios até o ouvido da Emma e sussurrou
   - Super satisfeita, mas isso não quer dizer que eu não queira mais... - mordeu a ponta da orelha
Emma ficou arrepiada, abriu os olhos e olhou a Regina terminar de abrir sua camisa.
   - Você é insaciável, Regina Mills!
Regina passou a unha no abdômen sarado da loira fazendo um caminho até o botão da calça.
   - Sou, em todos os sentidos - sorriu de um modo sacana - dar e receber.
Emma gemeu baixo sentindo o seu abdômen arder com o aranhão.
   - Isso vai arder no banho… - deslizou suas mãos por baixo da saia da morena apertando firme as coxas grossas da esposa.
   - Eu cuido disso depois… - lentamente passou a ponta da língua nos lábios da Emma, enquanto abria a calça da loira.
Um grande barulho de vidro ecoou na sala pegando as duas de surpresa
Olharam em direção da porta e lá estava Snow em choque com a cena e um vaso estraçalhado no chão.
   - Snow?!  - disse surpresa ao vê-la.    
   - Mãe?! - Emma tirou rápido as mãos das coxas da Regina.
Snow não queria ficar lá, era muita informação para processar, virou as costas indo até o corredor de saída.
   - Como ela entrou aqui? Ela não tinha que dar aula? - Regina levantou não gostando nada da surpresa.
   - Droga! Não sei Regina, a delegacia estava trancada! - levantou em seguida - eu vou falar com ela…
Regina impediu que Emma fosse.
   - Não mesmo, deixa que eu faço isso - olhou a calça e a camisa da loira abertas - …melhor você se arrumar, caso alguém mais entre -respirou fundo e foi do modo mais pratico e rápido, com magia.
Regina apareceu na frente da Snow, antes dela entrar no carro.
   - ….Regina, eu não queria atrapalhar vocês! - disse sem encarar a morena, envergonhada.
   - Tudo bem Snow, mas acho que precisa falar sobre isso, por mais embaraçoso que pareça.
   - Não, eu entendo, faz parte do casamento de vocês….mas…
   - Mas…? - levantou uma sobrancelha desconfiada do que poderia vir.
Snow olhou para Regina receosa da reação.
   - Mas…vocês precisam tomar mais cuidado…
   - Cuidado? A delegacia estava fechada, você cometeu um crime em um delegacia!
   - Eu não cometi nenhum crime, estou com as chaves e se fosse o David? Regina olha para você, sua barriga está quase aparecendo, você está gravida, um pouco mais de respeito…
Regina pareceu impressionada com o que tinha acabado de escutar
   - …Está me dizendo que por estar gravida - riu de leve com uma certa ironia - não sei porque vim te dar uma  explicação…
   - Licença, tenho uma aula para dar e você está me atrasando - tentou evitar encarar a Regina - e a Emma deve estar te esperando.
   - Tanto faz... - virou os olhos sem paciência.
Da mesma forma que apareceu na frente da Snow, Regina usou magia para voltar.
   - Então, falou com ela? - Emma estava um pouco agitada com a situação.
   - Emma, me promete uma coisa?
   - Talvez eu me arrependa em não saber antes, mas…prometo - se aproximou cruzando os braços e encarando a morena.
   - Não importa o que a Snow fale, não se desculpe, somos adultas e casadas, não devemos satisfações, ok? - disse séria.
Emma ficou um pouco relutante e quieta, mas afirmou.
   - Tudo bem, você está certa, não devemos.
Regina segurou o queixo da loira e deu um selinho demorado
   - Até mais tarde…e não se preocupe, vou chegar bem no trabalho. - piscou para loira e desapareceu na fumaça roxa.

Prefeitura de Storybrooke::
Emma entrou no escritório, como estava atrasada apenas sentou no sofá para assistir a aula.
Regina estava sem salto para que o filho pudesse ficar mais alto e confiante, Henry ficou de meia para evitar machucar a mãe. Se posicionaram.
   - Você vai me guiar, ok? Seja suave nos passos, vou seguir você, apenas pense que tem um quadrado no chão, devemos percorrer suavemente as pontas dele....- olhou para Emma - música, por favor?
   - Gina, cabe uma pessoa entre vocês, é um baile moderno e não aqueles em castelos...
Henry olhou para o espaço ficando confuso.
   - Isso se chama "espaço de segurança", Swan...
   - Você inventou isso agora, não foi? - segurou o riso - está mais para "espaço anti-namorada"!
   - Swan! A música! - falou aborrecida.
   - Vamos fazer isso direito! - Emma levantou indo até eles, fez o Henry ficar mais próximo e segurar na cintura da Regina e não na costela - pronto, até visualmente é melhor, isso - colocou a mão entre eles mostrando o pequeno espaço -  se chama "espaço respeitoso" - beijou o rosto da Regina provocando e se afastou rápido antes da reação da morena que apenas virou os olhos.
   - Já podemos começar? - Henry estava ansioso e nada confiante.
   - A música Swan! - disse de forma autoritária não querendo ser interrompida
Emma foi até o ipod do Henry e deu play. "Stay" da Rihanna começou a tocar.
Regina não fazia ideia que música era aquela, mas sabia que o importante era o andamento, sentir a música ao conduzir o seu par. Henry começou alguns passos devagar, olhando para os pés. Ao perceber a morena segurou o queixo do filho fazendo ele olhar nos olhos dela, isso rendeu alguns pisões de inicio, mas ele foi pegando o jeito. Emma ficou observando com um leve sorriso bobo no rosto, orgulhosa do filho que estava crescendo rápido até demais e apaixonada pela mulher de coração gelado, que perto do filho parecia a pessoa mais amável do mundo.


Notas Finais


Para quem não conhece a música "Stay" segue o link, https://www.youtube.com/watch?v=JF8BRvqGCNs
Agradeço os comentários e sugestões! Eu sou uma pessoa movida por música, então fica a pergunta para vocês;
Qual a música que no momento não pode ficar fora da playlist de vocês? ou melhor, que música faz vcs lembrarem do ship "Swan Queen"? Respondam se quiserem :)
até quarta!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...