História The mermaid - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Colegial, Drama, Sobrenatural
Exibições 896
Palavras 1.726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Fantasia, Ficção Científica, Hentai, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oláá
Não sabia que NamJin seria tão bem aceito haha
MAS PAPAI E MAMÃE NÉ, QUEM NÃO SHIPPA <3

Falei que ia ter namjoon e ate, mas precisei terminar o que comecei né, rs.

Se tiver bastante comentários posto a primeira parte do capítulo amanhã, será dividido em três, pensei em postar um em cada dia.


Depois de favoritar, ADICIONEM NA BIBLIOTECA POIS MUITA GENTE NÃO TE RECEBENDO NOTIFICAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO.


leiam as notas finais <3

Capítulo 19 - Sobre o entardecer.


Fanfic / Fanfiction The mermaid - Capítulo 19 - Sobre o entardecer.

Acordei abraçada a Yoongi. Meu rosto estava escorado em seu peito nu e podia sentir seu cheiro em minhas narinas. Sorri Ainda de olhos fechados. Ontem tinha sido tão bom. Ainda lembrava do seu rosto soando aquelas três palavrinhas que nunca imaginei ouvir tão cedo. Era verdade, e eu acreditava naquilo.

Me espreguicei e cocei os olhos, olhando ao redor. O quarto dele estava um pouco bagunçado, tudo por causa de ontem. Fiquei corada ao lembrar de seus toques.

— Yoongi... — Falei baixo de modo arrastado. Ele colocou a mão em minhas costas e alisou, virando a cabeça para o outro lado — Preciso ir embora. Já são seis da manhã e tenho aula daqui a pouco.

— Ah, e dai...— Ele falou meio dormindo e eu ri.

— E daí que você também tem aula 'pra dar e não quero que ninguém desconfie de nada — Falei me deitando em cima dele e o beijando no pescoço. Ele tocou minha cintura e coçou os olhos com a outra mão, bocejando preguiçosamente. Seus olhinhos que já eram naturalmente fechados estavam praticamente cerrados, inchados de não dormir. 

— Ah, mas que preguiça! — Ele praguejou e eu ri novamente de sua atitute manhosa.

— Você está preguiçoso demais, sabia? — Falei depositando um beijo em sua bochecha — Eu vou tomar banho, preciso mesmo ir, antes que outros acordem e me vejam sair daqui...

Senti ele me puxar para mais perto e encostar nossa bocas, tocando meu rosto e virando para cima de mim. Agarrei suas costas e permiti sua língua adentrar minha boca, de forma lenta e gostosa, já que tínhamos acabado de acordar. Suas mão desceu sem pressa pela lateral do meu corpo, apertando minha cintura e descendo para minha coxa, dando alguns apertões. Desci minhas mãos por suas costas, passando minhas unhas de leve, propositalmente, arriscando até dar um aperto rápido em seu bumbum, o que o fez rir no meio do beijo.

Após a interrupção do beijo ele passou a distribuir beijos pelo meu pescoço, e como de costume, podia sentir suas narinas puxarem o máximo de ar daquele lugar, enquanto ele me beijava. 

A noite passada foi sem mordidas, acho que por uma questão de provar a mim, que não era só aquilo. Era difícil, porque ele queria, e eu também, por mais sofredor que aquilo fosse.

— Yoongi...Não temos tempo — Disse sem o empurrar, apenas falando em seu ouvido enquanto sentia ele distribuir beijos molhados pelo meu colo.

— Hum? — Ele grunhiu enquanto me deixava chupões. 

— Não temos tempo — Falei e gemi ao sentir sua língua em meu seio. Nós estávamos sem roupa o que deixava nossos corpos se roçarem livremente. Era uma ficção gostosa.

— Temos sim, vamos fazer rapidinho...— Ele disse abocanhando meu seio logo depois, apertando com força minha coxa e deslizando a outra mão pela minha barriga, parando em minha intimidade e acariciando ali com dois de seus dedos. Grudei minha unhas em suas costas.

— Hum...Min — Gemi e ele riu fraco.

Yoongi lambeu os dedos os molhando e colocou novamente em minha intimidade, fazendo movimentos circulares e estimulando meu clitóris. Seus beijos subiram novamente e ele alcançou minha boca, começando a me beijar de novo, dessa vez de forma mais rápida. Senti seus dedos entrarem com força dentro de mim.

Meu gemido foi calado por sua língua revirando em minha boca de maneira excitante. Enquanto ele me fodia rapidamente com seus dedos dentro de mim. Seu corpo se esfregava pelo meu e eu podia sentir sua ereção em minha coxa.

— Yoongi... — Gemi manhosa em meio ao beijo e mordi seu lábio, já um pouco inchado.

— Você é tão linda, Amih... — Seus dedos saíram de dentro de mim e ele agarrou minha cintura.

Ele se ajeitou retirando o lençol que nos tapava de cima dele e ficou com os joelhos acomodados na cama, ele pegou um preservativo e o colocou um tanto apressado, enquanto eu o olhava com o lábio inferior entre os dentes.

Logo ele estava dentro de mim, deslizando com facilidade já que minha intimidade passou a noite se acostumando com seu membro. Beijei seu pescoço e clavícula, sentindo seu cheiro gostoso e atraente, um tanto másculo que me deixava eufórica. Hoje parecia estar mais que o normal. 

Quanto mais ele enfiava fundo, podia sentir ficar ainda mais úmida, sentindo em intenso prazer ao senti-lo quase tocar meu útero. Yoongi era tão gostoso.

O mesmo apertou minha bunda e eu senti minhas pernas tremerem até o dedo do pé, enquanto ele estimulava minha intimidade com a mão, ajudando a me dar mais espasmos. Ficamos assim até ele gozar dentro do preservativo, soltando um gemido alto um tanto quanto discreto, abafado em meu pescoço.

Ele desceu depositando beijos pelo meu corpo e começou a chupar minha intimidade sem pudor, soltando alguns barulhos molhados e sugando meu clitóris, em menos de minutos eu já havia gozado em sua boca, e ele me limpou direitinho.

(...)

— Fogo no rabo, é isso que você tem — Hyerin disse enquanto estávamos de dupla no laboratório.

— Quem falando — Eu disse e baixinho a empurrando com o ombro, ela riu.

— Poderia ter secado o cabelo pelo menos né? Ainda tá úmido.

— Como que eu ia fazer isso, Hyerin? Eu quase me atrasei, imagina se me pegam? — Eu disse e ela soltou outra risadinha.

— Tá, então é oficial, você e o professor? Ou você ainda tá oficialmente com Jeon Jungkook? — A olhei como se fosse óbvio e ela revirou os olhos, voltando a folhar o livro.

— Não tem essa de Jungkook, Hyerin. Eu adoro ele, o amo...Mas não tem clima mais. Como posso ficar com ele depois do Yoongi dizer que me ama?

— Eu acho também. Mas você precisa explicar as coisas a ele — Ela disse e eu assenti. Me aproximei dela e sussurrei baixinho.

— Você não sabe da maior, mas tem que prometer não fazer piadinhas, tá? — Falei e ela assentiu — Jimin me beijou.

— É O QUEEE? — Hyerin deu um grito e ficou em pé, fazendo a cadeira cair.

— MENINAS! — Professor Jin gritou e eu arregalei os olhos.

Saímos da sala e nos sentamos em um banquinho no corredor.

— Porra, não podia gritar mais alto? — Falei e Hyerin fez um "o" com a boca.

— Aish, a culpar é sua por ficar beijando todos. Nem sabia que Jimin beijava — Ela disse e eu ri — Qual o segredo 'pra beijar Park Jimin? Porque eu quero a tempos.

— Bom — Cocei a garganta em um falso preparo — Primeiro, você tem que NÃO ser, uma demônia — Falei rindo e ela me empurrou.

— Bom dia — Ouvi uma voz muito conhecida e olhei para cima, vendo Yoongi passar por nós devidamente arrumado. Mordi o lábio.

— Bom dia — Respondemos juntas nos curvando em respeito.

— Que rosto adotável que ele fica quando está feliz, parece até que transou.

— Nossa, Hyerin.

— Tenho certeza de que vai tirar 10  nas aulas dele..Hahahaha.

— Cala a boca em nome do senhor — Falei e a mesma se virou me encarando, arrumando meu uniforme bagunçado.

— Agora é sério, você precisa tomar cuidado com amanhã, Amih. Se quiser ficar com o Yoongi precisa estar com ele antes do por do sol. 

— Amanhã? O que tem amanhã? — Hyerin sorriu de lado — Que você tem sua louca?

— Amih, você realmente não sabe de nada, parece até uma humana, só porque nunca conviveu com nada além deles. É meio constrangedor, mas como não sou do tipo envergonhada, vou te contar tudo — Ela se ajeitou sentada e tirou sua mãos da minha roupa, me olhando.

— Fala logo.

— Amanhã é o entardecer vermelho, basicamente, uma troca de inverno a primavera. Sabe, essa troca pode parecer comum no mundo humano, mas aqui ela realmente trás algumas reações. isso mexe muitos com nós, seres. E isso acaba mudando as rotas de cio, acasalamento ou seja lá o que for.

— Ok...Isso é estranho — Franzi a sobrancelha.

— É difícil explicar, só...Passa com Yoongi. Fique com ele até o entardecer do outro dia. Não teremos nem aula, pois todos sabem que isso acontece — Ela disse e psicou pra mim —  Já faz dois anos que passo com Hoseok, isso ajuda muito. É frustante passar só.

— Hyerin, poderia ser mais clara? —  Falei piscando os olhos ingenuamente sem entender.

—  Aigo, Amih! SEXO! Todo mundo fica louco pra transar entendeu? Quando o céu começa a ficar vemelho os instintos tomam conta da nossa parte humana e todo mundo quer foder. Eu, você, todo mundo. TRANSANDO COM O PRIMEIRO QUE VER PELA FRENTE!

Fiquei em silêncio absorendo a informação. Isso era sério mesmo?

Ouvimos a porta da sala abrir e Jin nos olhou com cara feia, enquanto a sala ria.

— Meninas!! —  Ele olhava furioso —  Saiam já daqui!! —  Nos levantamos e saímos apressadamento para o jardim enquanto Hyerin ria alto.

(...)

— Ouvimos Hyerin te contar sobre amanhã. Foi tão engraçado ela berrando —  Jimin disse rindo enquanto caminhávamos para o campo de treinamento, eu, ele e Jungkook.

—  Ah, eu não sabia de nada, sabe — Falei ficando com as bochechas coradas. Eles riram de modo fofo.

—  Não se preocpe, baby. Cuidarei bem de você —  Jungkook disse tocando minha cabeça com as mãos, se referindo a amanhã. Eu precisava dizer a ela que não iria passar junto com ele.

—  Bom, Jungkook...Acho que precisamos conversar depois —  Falei retirando a mão dele do meu cabelo e a segurando — Depois do treino vou praticar arco e flecha com Taehyung, a noite,  pode ser? — Falei apreensiva.

— Amih, cheguei. Vamos? —  Yoongi me olhou sorrindo e olhou Jungkook dos pés a cabeça como que o provocando. Eu mereço esses dois.

—  Já imagino o que seja— Jungkook bufou e se afastou indo na frente. Jimin abanou pra mim e Yoongi e saiu as pressas de atrás do lobo.

— Ei, Jungkook — Jimin o alcançou e o mais forte revirou os olhos —  Acha que devíamos contar a Amih sobre o que vimos ontem? —  Jungkook o encarou e fez que não com a cabeça.

—  Acho que não. Melhor deixarmos isso...Entre nós — Ele deu de ombros e Jimin assentiu rapidamente.

—  Você não contou para Taehyung-ssi? Ele e muito fofoqueiro.

—  Não, se não todos já estariam sabendo. Sei lá, sóa chei estranho, não imaginei que Namjoon fosse...Em fim, você sabe.

— Gostar de homem? —  Jimin falou e Jungkook deu de ombros.

—  É, isso aí. Essa coisa que vocês são — Jungkook seuiu andando e Jimin parou.

Assim que o maior notou a falta da presença de Jimin ele virou as costas e encontrou Jimin parado.

—  Jungkook...

—  O que foi, Jimin? Falei algo?

—  Eu beijei a Amih.


Notas Finais


♡ E aí, quem deve passar o entardecer vermelho com quem? To por vocês. (Será dividido em três capítulos, um com cada casal/ou não)

♡ vai ter estupro, desculpa </3 não estaremos falando de seres racionais.

♡LINKS♡

♡ Grupo de leitoras das minhas fics no wpp: https://chat.whatsapp.com/3K1nfRu4xIk0LGvWM71lZQ

♡ Grupo de leitoras do face: https://www.facebook.com/groups/489510824580091/

♡ Outras Fanfics: https://spiritfanfics.com/perfil/sugargon/historias


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...