História The message boy - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Hong Jisoo "Joshua", Junghan "Jeonghan", Lee Jihun "Woozi", Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi"
Tags Jeongcheol, Jihan, Seunghan, Seventeen
Visualizações 102
Palavras 1.656
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - 02


Jeonghan ficou quase a noite toda acordado, pensando na mensagem de Seungcheol. 

O louro olhava para a tela do computador ainda sem resposta alguma para aquilo. Tentava esfriar a cabeça com algumas músicas que gostava, ou com alguns vídeos. Mas nada adiantou. 

Até que finalmente recebeu outra mensagem. 


 [Seungcheol]: Cheonsa, eu te assustei, não é? Não devia ter dito tão cedo... Você me odeia, né? 


Jeonghan suspirou e finalmente tomou coragem, Seungcheol estava triste e ele não queria que o mesmo ficasse desse jeito.


 [Jeonghan]: Não! Eu não te odeio! Me desculpe, acho que eu devia ter te mandando alguma resposta.


 [Seungcheol]: Que alívio. Eu fiquei pensando em você a reunião toda.


 [Jeonghan]: E eu pensei em você em  todas as aulas. 


[Seungcheol]: Hey, não vá pensar demais em mim então, senão vai reprovar.


 [Jeonghan]: Tá tudo bem, minhas últimas provas já passaram e eu fui bem em todas.


 [Seungcheol]: Um verdadeiro nerdinho. 


[Jeonghan]: Eu sei. Mas, qual era a surpresa?


 [Seungcheol]: Ah sim, a surpresa.


 [Jeonghan]: Não me pareceu animado. O que foi? 


 [Seungcheol]: A surpresa era que eu ia tentar ir na sua faculdade te encontrar, por isso pedi a foto. Mas agora isso não será mais possível. 


 [Jeonghan]: Por que não?


 [Seungcheol]: Eu vou viajar a negócios, meu pai me encarregou disso e não posso desobedece-lo.


 [Jeonghan]: Mas... Minhas férias começam sexta agora, não pode ir!


 [Seungcheol]: Eu sinto muito Cheonsa, eu vou viajar amanhã cedo. Vou ficar um tempo fora, mas quando chegar a primeira coisa que vou fazer é te mandar mensagem, eu não posso ficar um dia sem falar com você. Espero que entenda.


 [Jeonghan]: Eu entendo, tá tudo bem.


[Seungcheol]: Tenho que ir dormir pra acordar cedo. Por favor se cuide Cheonsa. 


E Seungcheol ficou offline. 


Jeonghan nunca tinha sentido seu coração doer tanto naquele momento, o que faria enquanto Seungcheol estivesse fora? Seria complicado para Yoon esperar mais tempo agora.

 Apenas queria vê-lo e finalmente dormir um dia com Seungcheol. O garoto louro se levantou e se jogou na cama, o mesmo olhava o teto do quarto e suspirou. Estava se sentindo sozinho novamente.

 Jeonghan ouviu um barulho do computador e o mesmo se assustou. Outra mensagem. Yoon se levantou para ver o que era.

 Uma foto. Seungcheol havia mandado sua foto como prometido. 

Jeonghan se assustou por um momento mas logo sorriu com a foto, agora poderia ter um pouco de companhia.

 O mesmo notou como Seungcheol era bonito, os cabelos em tom acinzentados, os lábios grossos e cheinhos. Seu físico também era de tirar o fôlego, apesar da camisa grande que usava poderia notar alguns músculos em Seungcheol. O garoto suspirou e se jogou em sua cama novamente, estava feliz denovo. O mesmo se encolheu na cama, e acabou adormecendo. 


                               X 


O barulho do despertador invadia os ouvidos de Yoon, realmente desconfortável. O garoto se levantou, e suspirou ao lembrar que era quinta. 

O louro se levantou e desligou o despertador tão chato. Em seguida tirou seu moletom ficando apenas de cueca box em seu quarto, colocou uma camisa comprida de mangas compridas, e uma calça jeans apertada, que estava rasgada nos joelhos. 

Yoon adorava seu famoso tênis all star, e o colocou como todos os dias. Ajeitou seus fios loiros e colocou seu óculos, o qual estava precisando muito. Fez toda sua higiene matinal, e se retirou da casa com tudo o que tinha. 

Com os fones no ouvido, o garoto caminhou até sua faculdade. Não era tão longe, mas Jeonghan odiava fazer o caminho até o lugar, sempre tinha que esbarrar em algum engraçadinho que faria piadas com o estilo de roupa que o garoto usava, ou até mesmo para dar uma ridícula cantada no garoto.

 Enquanto fazia seu caminho Jeonghan notou um outro garoto que estava indo na mesa direção que ele, estava com medo pois desde sua casa esse garoto o seguia. 

Yoon se virou para olhar o garoto, e o mesmo parecia perdido. Ele derrubava os cadernos no chão, e tentava juntar tudo, mas sempre tinha outro que caia. Jeonghan como era um bom rapaz, se aproximou para ajudar.

 - Está meio perdido? - Jeonghan disse juntando as folhas soltas que tinham caído do caderno.

 - Mais ou menos, eu preciso ir pro meu novo emprego, mas eu não faço ideia aonde é esse endereço. - O garoto entregou um pequeno pedaço de papel a Yoon, que o pegou e leu o endereço. 

 - É onde eu estudo, você estava indo no caminho certo esse tempo todo. Eu posso ajudar você. - Os dois se levantaram e Jeonghan entregou as folhas. 

 - Muito obrigado. Qual seu nome?

 - Yoon Jeonghan. - O louro sorriu. - E o seu? 

 - Kwon Soonyoung. É um prazer. - O garoto educado cumprimentou Jeonghan e guardou suas coisas. Os dois começaram a andar juntos até a faculdade.

 - Você vai trabalhar de que lá? - Perguntou Jeonghan.

 - Eu vou ser professor. - Respondeu.

 - Sério? É que você não parece tão velho.

 - Eu tenho quase 30. - Os dois entraram pelo portão da faculdade, enquanto Soonyoung ria com o espanto de Jeonghan.

 - Nossa, tem que me passar creme que usa quando eu ficar mais velho. - O rapaz riu novamente. 

 - Você deve ser bem novo, né? E é muito bonito, deve conquistar muitas meninas. - Jeonghan riu baixo, enquanto andava até sua sala.

 - Bem, não. Na verdade, eu gosto da fruta que elas comem.

 - Ahh... Entendi. - O moreno riu sem graça. - Eu preciso ir para a secretária, espero falar com você novamente Jeonghan.

 - Também espero, Soonyoung. - Acenaram um para o outro. Soonyoung se afastou e Jeonghan entrou em sua sala, estava quase na hora da aula começar. 

Jeonghan jogou sua bolsa em cima da mesa e observou a vista fora da janela até começar, os minutos antes das aulas eram realmente chatos para Yoon, graças as pessoas que ficavam falando do garoto pelas costas.

 O professor finalmente entrou na sala e rapidamente começou a aula. 


                               X 


Todos foram dispensados para o almoço. 

Jeonghan como de costume não comia nada demais, apenas comprava um sanduíche enquanto lia um livro. E claro, sempre sozinho. 

O garoto estava totalmente concentrado em seu livro, que não reparou que Soonyoung se aproximava. 

 - Jeonghan? - Chamou pelo louro. 

 - Ah, Soonyoung. - Jeonghan fechou seu livro e deu atenção para o rapaz mais velho.

 - Obrigado pela ajuda mais uma vez. - Yoon deu um espaço no banco para que Soonyoung sentasse ao seu lado.

 - Bem, De nada. - Jeonghan mordeu seu último pedaço do sanduíche e suspirou. 

 - O que está estudando? - Perguntou o moreno. 

 - Artes. Adoro desenhar. - Jeonghan falou sorrindo. - E você está ensinando o que?  

- Direito. Falando nisso, eu fiquei interessado em um dos meus alunos, como você está a mais tempo podia me dizer quem é. 

 - Me mostre. - Jeonghan limpou suas mãos e observou o refeitório. Soonyoung procurou, e apontou para um garoto pequeno que estava sentado sozinho.

 - Ele tem grande potencial.

 - Sei... - Jeonghan soltou um riso baixo, deixando Soonyoung sem graça.

 - Tá, ele é muito... Fofo. - O moreno sorriu olhando para o garoto do outro lado. - Mas e você Jeonghan, gosta de alguém por aqui?

 - Ele não está aqui. Infelizmente está viajando a negócios. - Yoon abaixou sua cabeça.

 - Já é casado?

 - Não! Conheci alguém através de um site. Prometi que nos conheceríamos nas minhas férias, mas, ele acabou viajando.

 - Isso é muito interessante. Um amor a distância, é como se trocassem cartas de amor, mas ao invés de cartas são mensagens pelo computador. Me lembra minha época de escola. 

- Parece um velho falando assim. - Soonyoung riu.

 - Eu sei, é por isso que não arranjo ninguém. - Jeonghan deu leves tapas nas costas, e se levantou em seguida. 

 - Você vai arranjar alguém, de preferência, o Lee Jihoon. - Jeonghan piscou. 

- Hoje vou embora mais cedo, a gente se vê amanhã. - Jeonghan acenou e Soonyoung fez o mesmo vendo Yoon se afastar.


                                X


 Jeonghan chegou em sua casa e largou todas as suas coisas no sofá. Estava cansado pois teve que resolver algumas coisas no trabalho, e acabou ficando para ajudar seus colegas. 

Só quem o faria abrir um sorriso agora era Seungcheol, mas Yoon lembrou que o mesmo ainda poderia estar no avião, ou trabalhando.

 Pensava em como deveria ser chato o trabalho de Seungcheol, em como o mesmo deve chegar cansado todo dia e ainda tem paciência para falar com Jeonghan. 

Jeonghan queria estar o mais rápido possível perto de Seungcheol, para que quando chegasse de seu trabalho Jeonghan pudesse dar um pouco de carinho.


 "Faria uma boa comida, preparia seu banho, e quando chegasse a hora de irmos para a cama eu cuidaria ainda mais do meu cansado Cheolie. "


O garoto sorriu com seus pensamentos. Talvez essa última parte fosse mentira, pelo fato de que tem vergonha de fazer qualquer ato sensual. 

Yoon ainda era virgem, esperava o dia que a pessoa certa aparecesse para que ele se entregasse a ela. Essa pessoa chegou, mas, estava muito longe nesse momento. 

Pensar essas coisas deixava Jeonghan com mais vontade de falar com Seungcheol. Pensou em mandar uma pequena mensagem para que soubesse que estava bem, e assim o fez. 

Pegou seu celular e começou a escrever.


 [Jeonghan]: Oi Cheolie! Pensei em te mandar algo só pra saber que estou bem, mas eu gostaria de saber se você está bem. Estou com saudade de falar com você, você realmente faz minha noite ficar muito melhor. Agora pouco estava pensando como seria nossa vida de nós nos casarmos, é meio bobo, eu sei, mas no meu pensamento era uma vida muito boa. Enfim, me responda logo. 


Jeonghan parou por um momento, era a hora que confessaria seu amor.


 [Jeonghan]: Eu te amo, Cheolie.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...