História The message boy - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Hong Jisoo "Joshua", Junghan "Jeonghan", Lee Jihun "Woozi", Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi"
Tags Jeongcheol, Seunghan, Seventeen
Visualizações 29
Palavras 1.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - 03


Jeonghan estava pronto para dormir, mas seu sono nunca chegava. Olhava o celular a cada minuto para ver se tinha alguma mensagem de Seungcheol. 

O garoto se levantou de sua cama e suspirou, estava ficando cansado de ficar em casa esperando.

 Não tinha amigos onde poderia ir visitar a essa hora, conhecia apenas Soonyoung, mas não tinha seu endereço ou seu número. 

Jeonghan ouviu alguém bater na porta e saiu de seu quarto para atender a mesma.

 - Posso ajudar? - Jeonghan disse abrindo a porta. 

 - Desculpe incomodar, mas, deixaram sua correspondência estava na minha caixa, eu vim devolver. - Um rapaz de cabelos castanhos entregou algumas cartas para Jeonghan. 

 - Ah, obrigado. Você é novo por aqui não é? - Jeonghan disse colocando suas cartas na mesa ao lado da porta. 

 - Sim, cheguei a pouco tempo. Meu nome é Joshua Hong. - Disse o rapaz abrindo um sorriso. 

 - Diferente, você é estrangeiro?

 - Eu cresci nos Estados Unidos, mas depois que meus pais se separaram vim com a minha mãe para a Coréia.

 - Entendi. Eu sempre tive vontade de visitar a América. - Jeonghan ajeitou seus óculos e sorriu sem graça. 

 - É bem legal, mas eu prefiro ficar por aqui mesmo. - Disse o rapaz um pouco bobo. - Me desculpe, nem perguntei seu nome.

 - Yoon Jeonghan, e eu sou daqui mesmo. - Os dois riram.

 - Bem, espero conversar mais com você Jeonghan. Boa noite. - Joshua se despediu, voltando para sua casa.

 - Espera! - Jeonghan o o chamou a antes que entrasse em sua casa. - Não quero te incomodar, mas... Você está muito ocupado?

 - Não. Na verdade, estou morrendo de tedio. - Você não quer entrar pra gente se conhecer melhor? - Jeonghan sugeriu, e Joshua concordou com o louro.




                                 X



 Os dois ficaram um bom tempo conversando, quando se deram conta já eram quase 23:00, mas não se importaram. 

Jeonghan contava seus segredos, assim como Joshua, e os dois perceberam que tinham muito em comum. 

 - Eu nunca tive mais de três amigos, sempre que eu me virava eles me davam uma facada nas costas. - Jeonghan contava.

 - Eu também. Só tive um amigo que durou, e até hoje conversamos. Estudamos juntos até que ele foi para uma faculdade diferente, mas nunca perdemos contato. - Joshua dizia enquanto tomava mais um gole de café. - Seungcheol é um bom amigo. - Jeonghan acabou se engasgando com o café quando ouviu o nome do amigo de Joshua. O outro rapaz o olhou preocupado, e deu leves tapas nas costas de Jeonghan para que passasse.

 - Você conhece ele? - Jeonghan deixou a xícara de lado e limpou alguns vestígios de café que estavam em sua boca. 

 - Sim, você também o conhece? - Estamos em um relacionamento a distância.

 - Ah! Então você é o famoso garotinho que Seungcheol anda conversando. Ele sempre falava de você, dizia como você era muito especial para ele. - Jeonghan corou com as palavras, e sorriu só de imaginar Seungcheol dizendo isso.

 - Bom saber que ele fala de mim. - O sorriso de Jeonghan tinha sumido, lembrou que Seungcheol ainda não tinha o respondido.

 - O que foi? - Perguntou Joshua preocupado.

 - Você deve saber que ele viajou a negócios. - Joshua assentiu. - Ele me disse que quando chegasse me mandaria uma mensagem, mas até agora nada. 

 - Ele deve estar ocupado, conheço Seungcheol, ele com certeza nunca deixaria de te responder.

 - Espero que seja verdade. - Jeonghan suspirou. - Bem... - Joshua se levantou. 

- ... Eu preciso ir agora, estou bem cansado.

 - Tudo bem. - Jeonghan também se levantou e levou Joshua até a porta. - Boa noite Joshua. 

 - Boa noite, lourinho. - Joshua se retirou da casa de Jeonghan, deixando um sorriso no rosto de Yoon com um seu novo apelido. 

Jeonghan fechou a porta, e correu para seu quarto. Estava cansada, e tinha sua última aula amanhã, precisava descansar. 



                               X


 - Soonyoung, pare de besteira! - Jeonghan gritava com o amigo. 

 - E se ele não quiser nada comigo? Eu não sou tão bonito, e eu posso assusta-lo.

 - Escuta, você é lindo, tem as bochechas mais fofas que eu já vi, e é um rapaz muito legal. Agora vá até ele, e o convide para almoçar. - Soonyoung respirou fundo e fez o que Jeonghan disse, andou até o garoto que tanto observava e o convidou para almoçar.

 Mas acabou voltando sem sucesso.

 - Ele recusou. - Soonyoung abaixou sua cabeça, e a deitou no ombro de Jeonghan. - Eu disse que não era uma boa idéia. 

 - Pelo menos você tentou. - Jeonghan acariciou os cabelos negros de Soonyoung, tentando confortá-lo.

 - Eu vou ao banheiro chorar em posição fetal. - Soonyoung se afastou e andou em direção ao banheiro, deixando Jeonghan sozinho no refeitório. 

Yoon apenas ria do jeito que Soonyoung se comportava, mas não deixou de ficar triste pelo rapaz. Jeonghan sabia mais do que qualquer um como era ser rejeitado, e ver isso aconteceu com outra pessoa era realmente triste para o garoto.

 O louro pegou seu celular do bolso, para ver se tinha alguma mensagem. Mas nada ainda. Estava ficando realmente chateado com isso, por que Seungcheol não o respondia? 

 - Jeonghaaan! - Soonyoung o chamou. - Preciso da sua ajuda. 

 - O que foi, "senhor professor"? - Jeonghan disse fazendo sinal de aspas com os dedos. 

 - Será que você podia me comprar um picolé naquela barraquinha? - Soonyoung fez seu melhor bico para convencer o louro, o que acabou dando certo. Soonyoung sorriu e entregou o dinheiro a Jeonghan, que se levantou do banco e saiu do refeitório para comprar o bendito picolé de Soonyoung.

 Ao chegar na barraca onde se vendia sorvete, pediu apenas um picolé para Soonyoung, e pagou a senhora que estava vendendo. 

Enquanto voltava para dentro do refeitório acabou esbarrando com o garoto que Soonyoung tanto olhava. Jeonghan acabou derrubando alguns livros do garoto, e o ajudou a pegá-los. 

 - Me desculpe. - Jeonghan disse.

 - Tá tudo bem. - O garoto disse baixo pegando os outros livros que estavam na mão de Jeonghan, e andou rapidamente para fora do lugar. 

 - Você esbarrou nele! - Soonyoung disse se aproximando. Jeonghan olhou para o chão e percebeu que o garoto tinha esquecido um pedaço de papel, e o pegou do chão, lendo o que estava escrito no mesmo. 

 - Está com sorte Soonyoung. - Jeonghan sorriu entregando o papel ao moreno. - Isso é uma folha do diário dele, e aí diz que ele te acha muito bonito. - Soonyoung sorriu e pulou de alegria.

 Apesar de ter ganhado um não, o garoto que tanto gostava o achava bonito. J

Jeonghan ria com os pulos de Soonyoung.

"Quem dera ser feliz assim."  Pensou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...