História The "Min-Jung" Family Blog - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Personagens Originais, Suga
Tags Blog, Família, Fluffy, Hoseok, Sope, Yaoi, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 78
Palavras 2.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


DEMOREI?
DEMOREI.
MAS VOLTEI NÉ, ISSO QUE IMPORTA.

Capítulo 6 - QA : Sobre nós três. - Parte Dois


Fanfic / Fanfiction The "Min-Jung" Family Blog - Capítulo 6 - QA : Sobre nós três. - Parte Dois

Olá bolinhos, diretamente das terras distantes da Ásia, aqui quem vos fala é Min-Jung Hoseok!

Edit 1 : E seu maravilhoso marido, Min-Jung Yoongi~

Edit 2 : E meu *convencido marido, Min-Jung Yoongi, não podemos esquecer dele, não é bolinhos?

Tudo bom com vocês? Sentiram nossa falta? Porque nós sentimos falta de vocês esses últimos dias~

Como vocês já sabem, nos estavamos aproveitando o Chuseok na minha cidade natal. Foi divertido passar alguns dias com minha família. Por isso, acabamos não tendo muito tempo para postar.

Mas, para compensar, decidimos fazer a continuação do nosso "Q&A" de um jeito...diferente(?).

Acho que já está na hora de vocês nos conhecerem, não é?

Edit 3 : Você enrola demais, Hoseok~ Conta logo.

Edit 4 : Não estraga meu suspense, 'tá?

Edit 5 : Drama King.

Bem, se vocês queriam conhecer nossos lindos rostinhos, estão com sorte.

Espero que gostem, por que nós gravamos o nosso primeiro video para o blog! E aí, vamos assistir?

https://youtu.be/sOpefamIly

Assistir?

>Sim   Não

♤ ● ♤

A tela está em preto e branco. Um homem loiro que não aparenta ter mais do quê vinte e cinco anos aparece, franzindo a testa enquanto dava batidinhas na câmera que não focava a imagem muito bem.

- Esse negócio 'tá focando?

Uma risada alta é escutada ao fundo.

- 'Tá rindo de quê, Hoseok? - O homem que aparecia na tela fixa o olhar em algum ponto atrás da câmera.

- Da sua total falta de habilidade com a tecnologia, Yoongi. - Hoseok aparece, com os braços cruzados em frente ao corpo, acompanhado de um menino pequeno.

Ele tem cabelos castanhos e é um pouco mais alto que Yoongi.

- Papai Yoongi não sabe usar a câmera. - O menino pequeno dá uma risadinha.

Yoongi cruza os braços, olhando para a criança.

- E o senhor Eunsho por uma acaso sabe?

Eunsho fez uma carinha pensativa, mas logo assentiu com a cabeça.

- Acho que sim. Eu já sou um menino grande, Papai Yoongi.

- Ah, é? - Yoongi ergue a sobrancelha, divertido. - Então por que o senhor "sou-um-menino-crescido" não tenta concertar a câmera?

Eunsho deu de ombros, indo até a câmera, enquanto Hoseok observava tudo sentado no sofá, tentando segurar o riso.

Alguns segundos se passam e a imagem finalmente foca. Yoongi arregala os olhos, enquanto Eunsho aparece de novo, o abraçando e apontando para a câmera.

- Era só apertar naquele botão alí ó, papai.

Hoseok explodiu em risadas e Yoongi apenas suspirou, deixando um beijinho no topo da cabeça do menino pequeno.

- Hoseok, nosso filho é um gênio.

O video corta e o video já está focado e em cores. O casal de homens está sentado no sofá e o pequeno Eunsho estava sentado entre eles, agarrado a Hoseok.

- Olá, bolinhos! - Hoseok diz, com um sorriso no rosto. - Tudo bem com vocês?

- Nós esperamos que sim. - Foi a vez de Yoongi falar e sorrir. - Demoramos bastante para mostrar as caras, não é? Espero que não tenham se decepcionado com o meu rosto, já que é impossível se decepcionar com o rosto do Hoseok. Ele é lindo, não é?

Yoongi piscou e Hoseok corou fortemente.

- Idiota. - Murmurou.

Eunsho, que estava entre os dois, finalmente decidiu falar.

- Papai Hoseok, você disse que não pode chamar as pessoas de idiota. - Cruzou os bracinhos. - É feio.

Yoongi riu e Hoseok revirou os olhos, com um sorrisinho no canto dos lábios. De repente, ele pareceu lembrar de alguma coisa.

- Oh, nós ainda não apresentamos Eunsho para vocês formalmente, não é? - Hoseok disse. - Eun, se apresente, por favor.

O menininho concordou com a cabeça e se curvou de leve na frente da câmera.

- Oi, eu sou o Eunsho, tenho 5 anos. - Mostrou os cinco dedos da mão. - Eu gosto de desenhar e de bolo de chocolate, mesmo que os papais não me deixem comer muito. - Fez biquinho. - Ah, e eu tenho dois papais, sabiam? Algumas pessoas tem papai e mamãe, mas eu tenho dois papais, que nem o TaeTae hyung. Eu acho legal. - Sorriu.

- Muito bem, Eun. - Yoongi disse e bagunçou os cabelos de Eunsho. - Esse mocinho aqui é o principal motivo desse video ter sido feito. Nós queriamos que Eun respondesse perguntas também.

- Algumas pessoas se perguntam como é a vida com Eun ou de qualquer outra criança que seja adotada por um casal gay e sabemos que vocês sentem curiosidade em relação as opiniões dele. - Hoseok continuou. - Então, decidimos fazer o video. Para que Eun pudesse responder as perguntas do jeitinho dele.

- Enfim, - Yoongi falou. - Vamos começar com as perguntas! - Pegou o celular para poder ler as perguntas e começou. - A primeira pergunta é a seguinte : "Como vocês conheceram Jin e NamJoon?".

- Isso me deixa nostálgico. - Hoseok suspirou. - Foi mais ou menos no final do nono ano, não é amor?

- Sim! Nós não falavamos muito com eles, na verdade. - O loiro disse, pensativo.

- É, até que tivemos que fazer um trabalho infernal para a aula de História juntos. - Grunhiu Hoseok. - Sabe quando dizem que na angústia é que fazemos verdadeiros amigos? O trabalho era tão longo e angustiante que viramos amigos.

- A amizade se firmou e até hoje andamos juntos. - Yoongi deu de ombros. - Unidos pelo trabalho escolar demoníaco.

- Tio Jin e tio Nam são legais. - Eunsho comentou, meio distraído. - Tio Jin sempre faz bolo de chocolate quando vou na casa dele brincar com o TaeTae hyung.

- Segunda pergunta! - O de cabelos castanhos disse. - "Teve alguma outra criança que vocês chegaram muito perto de adotar?"

- Nós quase adotamos uma menina. - Yoongi comentou. - Mas outro casal já tinha dado entrada no processo de adoção dela.

- Esperamos que ela esteja em um lar feliz e cheio de amor agora, assim como nosso Eun. - Hoseok deu um beijinho na bochecha do menino, que riu sem graça.

- Todas as crianças que não tem família devem ter papais e mamães legais, assim como eu. - Eunsho falou. - Tenho vários amiguinhos no orfanato e quero que uma família ache eles assim como meus papais me acharam.

- Isso nos leva a próxima pergunta. "Vocês pretendem adotar um irmãozinho para o Eun? Ele quer ter um irmão?" - Yoongi leu, com um sorriso no rosto. - O quê me diz, Eun? Quer um irmãozinho ou irmãzinha?

- Sim! - Eunsho disse, levantando os braços para o alto, fazendo o casal rir.

- Nós estivemos pensando nisso faz um tempo. - Hoseok disse, segurando a mão de Yoongi. - Queremos mais uma criança na casa, então a resposta é sim.

- Definitivamente sim. - O casal deu um selinho tímido.

Eunsho deu um suspiro.

- Beijo é nojento, mas eu gosto quando os papais se beijam. - Disse baixinho.

Hoseok riu.

- Você não vai achar isso quando tiver 16 anos, Eun. Aliás, essa é a próxima pergunta. "Como vocês acham que vai ser quando Eun fica adolescente e começar a namorar?"

- Eu acho que ele vai perder esse nojo de beijo. - Yoongi comentou. - Não sei, acho que vai ser normal quando ele começar a namorar. Digo, claro que vou sentir um pouco de ciúmes...

- Um pouco? - Hoseok arqueou a sobrancelha.

- Muito. - O loiro se corrigiu. - Muito ciúmes do Eun, afinal, ele vai sempre ser o meu bebêzinho. Mas tenho que lidar com isso. Namorar faz parte da vida.

- Aliás, as pessoas frequentemente me perguntam sobre a sexualidade do Eun. - Hoseok suspirou. - Isso não importa para mim. Para nenhum de nós. Eun pode gostar de meninas, meninos ou dos dois. Só quero que ele seja bem tratado, amado e feliz.

- Enfim, acho que nós dois já respondemos muitas perguntas, príncipe. - Yoongi disse. - É hora do Eun responder. Está pronto, para responder, Eun?

Ele concordou.

- Então Eun, nossos leitores, nossos bolinhos, querem saber - Hoseok começou. - "Qual dos papais é o mais rígido?"

- O quê é "rígido"? - Tombou a cabeça para o lado.

- É quem bota mais regras, bebê. - Yoongi explicou.

- Ahh - Exclamou. - É o papai Hoseok. Ele não deixa eu comer mais que dois pedaços de bolo de chocolate. Isso é ser "rígido", papais?

O casal gargalhou com a resposta do menor.

- Bem, não exatamente. - Yoongi coçou a nuca. - Mas podemos considerar sua resposta. Enfim, ele também perguntaram "Eun, qual seu papai preferido"?

Os dois prenderam a respiração.

Eunsho franziu a testa.

- Mas eu gosto dos dois iguais, ué. Não precisa escolher um só, separado. Eles funcionam melhor juntos.

- Urgh, meu coração. - Yoongi disse, voltando a respirar normalmente.

- É, eu sei. - Hoseok riu. - Bolinhos, nunca mais façam essa pergunta. Ela nos deixa nervosos. O famoso "medo de não ser o suficiente para o seu filho."

Yoongi abraçou o marido, sussurrando (porém alto o bastante para ser capturado no áudio do video) "Você é suficiente" e deixando um beijo em sua testa.

- Bom, já que você disse que gosta de nós dois, também querem saber "O quê você mais gosta em cada papai?"

Eunsho sorriu.

- Essa é fácil! Eu gosto dos abraços do papai Yoongi e dos beijinhos do papai Hoseok, mesmo que eu não seja muito fã de beijinhos.

- Também gostamos dos seus abraços e beijinhos, bebê. - Yoongi riu, abraçando Eunsho forte.

Eunsho deu uma risadinha, mas bocejou, um pouco sonolento.

- Uh, parece que alguém está com soninho. - Hoseok disse, colocando o menino em seu colo e fazendo carinho em seus cabelos.

- Ah, mas eu não quero dormir. Eu gostei de responder perguntas...

- Na verdade, já são onze da noite. - Yoongi comentou. - Já passou da sua hora de dormir, baixinho.

- Posso responder só mais uma? - Fez biquinho.

- Só mais uma. - Hoseok concordou.

- Vamos lá então! - Yoongi continou. - Essa é a última, responda com carinho. "Eunsho, como você se sente em relação a sua nova vida com seus papais?"

Uma expressão pensativa tomou conta do rostinho infantil.

- Eu me sinto bem. - Disse por fim. - Me sinto feliz. Eu tenho uma casa legal, padrinhos legais e principalmente, papais legais. Eu já ouvi pessoas falando que eu sou estranho por ter dois papais. Mas eu gosto, sabem? Eles cuidam de mim quando eu estou doente, me dão beijo de boa noite, me abraçam quando eu tenho medo, colocam curativos de Star Wars nos meus machucados e me deixam dormir na cama com eles quando eu tenho pesadelos. Papai Yoongi e Papai Hoseok são felizes e me fazem felizes. Por que isso deveria ser estranho?

Eunsho sorriu ao terminar de falar, mas sua expressão ficou confusa depois de ver os pais com lágrimas nos olhos.

- Tudo bem com vocês, papais?

- Ah, sim. - Yoongi passou as mãos pelos olhos rápidamente. - Tudo bem, bebê. Hora de dormir agora, certo? Diga tchau para os nossos leitores, Eun.

- Tchau, bolinhos! - Ele acenou para a câmera.

Yoongi colocou o filho no braço e Hoseok o seguiu.

- Já voltamos para nos despedir! - Disseram.

Então o video cortou.

Na cena seguida do corte, apenas o casal está na sala, sentado no sofá. As luzes da casa estão quase todas apagadas e Hoseok está com a cabeça deitada no peito de Yoongi.

- Bem, voltamos. - Yoongi sorriu. - Tivemos que colocar Eun para dormir.

- Nós esperamos que vocês tenham gostado do vídeo. De verdade! - Hoseok disse. - Ah, e acho que vocês merecem uma explicação daquele momento meio "família sentimental" que tivemos ali. - Riu fraco.

- Nós dois somos duas gelatinas quando se trata do Eun.

- É. - Hoseok suspirou. - Principalmente quando se trata dos sentimentos do Eun em relação a nós. Não ligamos 'pra opinião de muita gente, sabe? Só a do Eun.

- Principalmente se for sobre a nossa família. Mesmo que Eunsho já tenha dito que está tudo bem ter dois pais e que já tenham se passado alguns anos desde que adotamos ele, ainda nos sentimos inseguros. Apesar de ser um pouco maduro para uma criança de 5 anos, ele ainda é pequeno. Ainda não entende muito bem por quê as pessoas nos olham torto na rua. - Yoongi falou, apertando o braço ao redor do marido.

- Sentimos medo do quê ele possa pensar quando for grande o suficiente para entender. - Uma lágrima escorreu pelo rosto de Hoseok e Yoongi rapidamente a limpou. - Por isso é tão importante para nós ouvir Eunsho afirmar e reafirmar que nos ama do jeito que somos.

- Enfim, - Yoongi cortou o clima tenso. - Compartilhamos um pouco mais sobre nós hoje. Esperamos que vocês tenham gostado de nos conhecer um pouco mais.

- Bem, já vamos nos despedir. - Hoseok sorriu. - Gostamos da experiencia de responder as perguntas de vocês, esperamos tornar isso mais frequente.

- Queremos agradecer todo o carinho que vocês tem nos dado. - Yoongi disse. - A família Min-Jung também ama vocês!

- Nos vemos próxima semana! - Ambos acenaram para a câmera e trocaram um selinho rápido.

O casal sorriu e o video foi finalizado.


Notas Finais


Obrigada por lerem~~

SOBRE A ULTIMA RESPOSTA DO EUN : Ela ta "propositalmente" complexa demais para uma criança de cinco anos. Eun é meio maduro para uma criança de cinco anos e como o Yoongi disse "Ele é um gênio" XD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...