História The MLL- Nossa nova jornada - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias 30 Seconds to Mars, Charlie Puth, Pollo, Pretty Little Liars, Supernatural
Personagens Personagens Originais
Tags Bandas/música/amigos/mll/amor/
Exibições 8
Palavras 1.334
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom o Matheus seria mais ou menos assim, como eu disse da última vez essas fotos são só pra vcs se basearem nos personagens, mas eles não são exatamente igual as imagens

Capítulo 14 - Decepção


Fanfic / Fanfiction The MLL- Nossa nova jornada - Capítulo 14 - Decepção

POV Leonardo

Hoje o dia está realmente perfeito, completei 14 anos hoje, estou tendo uma festa incrível, ganhei muitos presentes e por sinal.um deles era um baixo muito foda mesmo, bem minha cara se eu já era incrível com aquele baixo imagina com o novo

Estava conversando com meus primos quando vi o Marcelo, colocando álcool na bebida da Júlia e dando pra ela beber, sim depois que ele terminou com a Bianca ele ficava em cima da Júlia ou da Marisa que ainda em cima do meu primo, que por sinal vive andando com a Bianca, depois da festa do pijama eles estão bem mais próximos, estranho? Talvez, não sei, só sei que o Marcelo está se aproveitando da inocência da minha garota e eu não vou deixar isso continuar

Me aproximei dos dois e percebi que não tinha sido o primeiro copo que a Júlia tinha bebido, ela tava rindo de tudo e escorada no Marcelo por não conseguir se manter de pé sozinha

Júlia- Oie Leo, a festa tá muito boaa, mas você poderia pedir pra alguém parar de girar o salão?!- Falou em meio a risadas

Leonardo- O que você deu pra ela?- Falei pro Marcelo que estava bem bêbado também

Marcelo- Ei papai relaxa um pouco, você já foi mais divertido sabia?

Leonardo- Solta ela- Falei segurando a Júlia, passando meu braço no dela pra ela não cair e me afastei do Marcelo, levando ela pelo salão, tinha um quarto um pouco longe da pista de dança

Júlia- Nossa ele te chamou de papai, você vai deixar caubói?! Haha vem vamos dançar!- ela falou mas não parei de seguir o caminho até o quarto

Leonardo- Não, nós não vamos dançar, já pensou se seus pais te vêem assim?!- chegamos no quarto que tinha uma cama de casal e algumas coisas do DJ

Júlia- Quem é você e o que você fez com Leo que eu conheço?- Falou rindo e entrando no quarto- Ui mocinho, eu sou muito nova pra isso sabia?!- falou olhando pra mim- ela estava bêbada o bastante pra falar aquilo, sóbria ela não teria falado uma palavra comigo ainda no máximo "Oi Léo"

Leonardo- Senta aí por favor- ela sentou na cama e eu sentei ao seu lado- Você sabia que o Marcelo colocou álcool na sua bebida?

Júlia- Você sabia que você está muito lindo?

Admito que citei na hora, não esperava que ela falaria isso e acabei esquecendo que estava muito bravo com o Marcelo

Leonardo- Você é a menina mais linda  da festa- Falei e segurei sua mão e fiz carinha na mesma, ela ficou olhando pra nossas mãos por um tempo e depois voltou a me olhar

Júlia- Por que você fica fazendo isso comigo?-"Isso o que"- isso, ficar falando que eu sou a menina mais bonita da sala a mais bonita da festa, sendo que todas as meninas da sala gostariam de ficar com você

Leonardo- Não ligo se 2, 10 ou 200 meninas queiram ficar comigo, enquanto você existir eu só vou ter olhos pra você...

POV Ana Júlia

O Marcelo deve ter colocado alguma droga na minha bebida, pra mim estar ouvindo o amor da minha vida falar que só tem olhos pra mim, pode ser que eu não lembre de nada disso amanhã mas hoje eu sou a pessoa mas feliz do mundo...

Comecei a passar a mão no rosto do Leo e ele começou a rir 

Leonardo- Que foi?

Júlia- Se você não fosse tão real eu diria que isso é um sonho

Leonardo- Sabe como a gente pode ter certeza de que isso não é um sonho?- Falou se aproximando se mim com aquele sorriso lindo

Júlia- Como? 

Leonardo- Assim!

Ele falou dando um beijo na minha testa em seguida no meu nariz e por fim na minha boca, correspondi na mesma hora sentido sua boca macia na minha e acabei sorrindo durante o beijo, afinal era muito bom pra ser verdade, paramos o beijo por falta de ar e ele modeu minha boca bem fraco, ficamos à testa colada ainda sentido a respiração do outro em si

Leonardo- Você prescisa descansar

Júlia- É verdade eu ainda não sei por que você escolheu um salão que gira tanto- eu falei e nós dois rimos

Leonardo- Vamos então?- falou estendendo a mão pra mim

Júlia- Vamos!- segurei na sua mão e saímos do quarto voltando para o centro do salão quando vimos a Rafaela sentada no sofá deitada no ombro do Lucas de mãos dadas os dois apararentemente molhados 

Leonardo- Cachorrão- ele falou pro Lucas, que só riu do comentário, chamei a Rafaela pra ir embora afinal já estava tarde e me despedi do Léo com beijo na bochecha e a Rafaela do Lucas com um selinho, O QUÊ?... SERÁ QUE EU ESTOU SONHANDO?

Mandamos uma mensagem pra Bianca que disse que não ia pois estava resolvendo problemas, fomos embora eu ia dormir na casa da Rafaela então sua mãe foi nos buscar

POV Bianca 

Estava na festa do Léo que por sinal estava muito boa, mas eu estava sozinha minhas melhores amigas sumiram, meu irmão também e o Matheus estava tirando foto com seus pais...

Eu estava dançando, quando vi o Marcelo se aproximar e cair no chão

Bianca- Meu Deus Marcelo, você tá bem?- Ele aparentava estar bêbado então resolvi ajuda ló, peguei ele nos ombros e sentei ele no sofá

Marcelo- Eu estava com saudades de você meu amor...- ele falou se aproximando mas eu o segurei impedindo ele de se aproximar

POV Matheus 

Eu estava com os meus pais que estavam com os pais da marisa conversando, quando eu pensei em ir falar com a Bianca, estamos bem unidos ultimamente, mas depois da festa do pijama não ficamos mais, porém era ótimo ficar ao lado dela...

Fiquei procurando ela pelo salão quando a Marisa apareceu do meu lado

Marisa- Oi ursinho procurando alguém?

Matheus- Sim, sim você viu a Bianca ?

Marisa- Serve aquela ali- ela falou apontando para um sofá onde estava a Bianca e o Marcelo

Fiquei olhando eles por um tempo, estavam conversando até que o Marcelo deu um beijo rápido nele e eu senti que ia desabar então apenas sai correndo do salão

Marisa- Matheeus Matheus, para por favor- falou correndo atrás de mim 

Matheus- Me deixa sozinho por favor isa

Marisa- Não, lembra quando eu brigava com meus pais? Você me deixava sozinha?! Não, então não vou te deixar sozinho

Matheus- Eu não quero voltar pra lá- Falei abraçando ela, eu estava muito mal e a Marisa é uma amiga pra mim

Marisa- Não vamos voltar pra lá, eu vou mandar uma mensagem pra sua mãe e eu te deixo em casa depois eu volto- Eu apenas acenti com a cabeça e fomos o caminho não era muito longo então logo chegamos na minha casa

Matheus- Obrigado por tudo mesmo

Marisa- Não prescisa agradecer, eu vou sempre estar aqui pra você... Me prometa que não vai mais chorar por ela, ela não te merece

Matheus- é é ok, você vai embora sozinha?

Marisa- Não meus pais já estão vindo, pode ficar tranquilo, descansa e amanhã a gente se vê tá?- falou e me deu um beijo na bochecha e foi embora

Subi pro meu quarto, troquei de roupa e me permite chorar até pegar no sono...

Acordei com mensagens dos meninos algumas da marisa e uma da Bianca, não respondi ninguém apenas fui tomar banho, me troquei e liguei para os meninos, que mandaram a gente se encontrar na lanchonete do meu tio

Cheguando lá, eles já tinham chegado e pareciam estar felizes, fofocando feito menininhas, pelo menos a noite de alguém foi boa ontem...

Sentei na cadeira com eles e vi que umas mesas atrás estavam sentadas a Júlia com cara de resaca e a Rafaela que Não tirava o olho do Lucas, não vi a Bianca e agradeci por isso, não vou mais cair nos joguinhos dela...

Estávamos conversando, o Léo não parava de falar sobre nossa música de ontem então ele começou a fingir tocar guitarra e acabou derrubando um copo de água em mim, fui até o banheiro é coloquei uma blusa que meu tio tinha do meu primo e quando ia sair senti alguém me puxar pra dentro de um dos boxes do banheiro...





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...