História The Moon, The Sun, The Love - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf, The Vampire Diaries
Personagens Alan Deaton, Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Derek Hale, Elena Gilbert, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jeremy Gilbert, Jordan Parrish, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stefan Salvatore, Theo Raeken, Tyler Lockwood
Tags Romance, Sterek, Teen Wolf
Visualizações 129
Palavras 1.188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não ia postar hoje, mas aqui vai um para vocês

Aproveitem!!

Capítulo 4 - Lacrosse


Fanfic / Fanfiction The Moon, The Sun, The Love - Capítulo 4 - Lacrosse

Despertei na segunda não sabendo muito o que fazer. Estava me sentido perdido. A conversa com Derek não fora grandes coisas. Quer dizer, na verdade, estava tentando evitar o que era óbvio. Com um novo alfa em Beacon e sua necessidade por um bando, logo teriamos novos caçadores na cidade, uma vez que os rumores se expalhariam.

- Pensando assim, vai ficar com cabelos brancos logo logo.

Virei-me e encontrei aquele par de olhos azuis, acompanhado de um sorriso largo.

- Bom dia. – Abracei Liam e nos beijamos. – Ainda bem que tenho você para me acalmar. – Dei outro beijo nele.

- Scott McCall, usando o lobisomem mais estressado e com pávio curto para se acalmar? Isso mesmo? – Liam riu

Num rompante a porta do meu quarto foi aberta. Rapidamente tentamos nos esconder. Stiles ao nos encontrar disse que estaria me esperando na sala. Liam rosnou ficando em posição de ataque. Já havia conversado com Stiles sobre essa mania de invadir meu quarto. Havia parado, desde a vez que pegou Liam com a boca no meu membro, porém pelos batimentos do seu coração sem dúvida era algo sério. Liam foi para o banheiro, não antes de me olhar em reprovação. Olhei para o mesmo como se dissesse; o que foi? Não tenho culpa!, mas o mesmo revirou os olhos e foi para o banheiro.

- Eu deixo você dar um soco nele. – Disse abraçando Liam por trás ao entrar no box.

- Mentiroso. – Liam fez biquinho e nos beijamos.

Quando descemos as escadas, encontrei um Stiles aponto de furar o chão da sala de tanto andar de um lado a outro.

- Até que fim. – Disse balançando os braços acima da cabeça. – Liam pra casa, preciso falar sozinho com o Scott.

- Posso realmente fazer o que me disse no chuveiro? – Liam virou para mim.

- Fazer o que? – Stiles repousou a mão na cintura. – Com quem?

- Te dar um soco. – Liam rosnou dando um passo para a frente.

Stiles com o susto, recuou fazendo os dois rirem.

Liam me beijo e foi embora.

- Pronto. Estamos sozinhos... – Disse caminhando até a cozinha. – O que você quer Stiles? O que aconteceu dessa vez?

- Você disse pro Liam, que ele podia me dar um soco? – Stiles entrou na cozinha indignado. – Ahhh Scott, que amigo.

- Talvez você para de invadir o meu quarto desse jeito.

- Tudo bem talvez eu mereça... – Stiles revirou os olhos. – Mas Scott, precisamos conversar com o Derek sobre essa história de criar um bando. – Disse ele calmo, mas preocupado. – Caso ele comece a transformar pessoas em lobisomem teremos caçadores de volta a cidade.

- Eu sei muito bem disso.

- Vamos agora no loft dele. – Disse Stiles eletrico.

- Nem sei onde ele mora...

- Mas eu sei. – Stiles me interrompeu.

Petter chegou e deixou bem claro que não nos queria lá. Precisava resolver esse assunto diretamente com Derek e apresentar os pontos. Afirmou que Derek matou dois alphas, ainda estava se adaptando com os poderes, qualquer passo em falso e poderiamos ser mortos.

 

Os dias se passaram sem Derek apresentar problemas ou de nos encontramos com ele.

- O que foi Scott? – Perguntei ao seu lado.

- Lobisomens. – Respondeu Scott. – Novos lobisomens Stiles.

Estavamos no campo de lacrose. Dia de teste para novos jogadores. Então, naquele momento qualquer poderia ser, mas quem?

Scott pegou no braço do primeiro rapaz que passou ao nosso lado. Reconheci o rapaz com Brett Talbot. Automaticamente seus olhos brilharam em amarelo ao se encontrar com os vermelhos de Scott. Brett se soltou da mão de Scott e correu. Conversou com dois rapazes e foram para o vestiário. Corremos logo atrás deles.

- Brett? – Chamei ao entrar no vestiário.

- Ola meninos. – Derek riu ao nos encontrar.

- Então você começou? – Questinou Scott.

- Como pode ver... – Apontou para os três rapazes. – Sim.

Demorei para reconhecer os outros dois. Um era o Nolan, e o outro Gabe. Juntamente com Brett era perceptível o nervosismos dos novos betas.

- Sério? – Disparei. – Recrutando crianças pro seu bando? – Bufei.

- Pelo que sei Scott era uma criança como nós, quando foi transformado. – Disparou Gabe irônico.

- Apenas ajude-os a se controlar. – Disse Scott por fim. – Lembre-se, há um ano que não temos problemas com caçadores ou qualquer ser sobrenatural, tente manter pelo menos os caçadores longe.

Derek assentiu. Scott saiu do vestiário a caminho do campo.

- Vocês três. – Chamei apontando para os betas. – Voltem para o campo se querem entrar pro time... – Apontei o caminho para a porta.

- Não ouse. – Derek veio caminhando até mim. – Dar ordens aos meus betas. – Disse ele pausadamente dando ênfase em cada palavra. – Vão.

Os três passaram por mim e deram um sorrisinho sarcástico.

- Estou pensando. – Derek focou seus olhos em mim. – Talvez eu devesse te morder também. – Ele riu.

- Bem... não seria má ideia... – Dei de ombros. – Desde que eu não vire um kanima ou coisa pior... Mas se bem, pelo o que passei ser um kanima seria o de menos...

- Melhor não. – Disse Derek me interrompendo. – Você fede.

Fiquei boquiaberto.

Quando ia responder algo o mesmo passou por mim, dando um empurrão com seu ombro. Foi inevitável não ir parar no chão.

 

- Então eles três são os betas de Derek? – Liam perguntou.

Assenti com a cabeça.

O treinador apitou dando início a partida. Liam correu com a bola, porém acabou beijando o chão quando Brett o jogou no chão usando toda sua força. Roubou a bola e jogou para Gabe, mas fui mais rápido e peguei a bola. Mirei o gol e o acertei sem muito esforço. Stiles enfim apareceu. Marquei o Gabe, Liam marcou Brett e Stiles marcou Nolan, mesmo não gostando da ideia.

Outro apito.

Stiles pegou a bola. Não chegou a correr muito, pois recebera um baque extremamente forte de Nolan, indo ao chão. Antes que conseguisse pegar bola, Liam o empurrou fazendo o mesmo cair uns metros distante. Liam me passou a bola. Quando estava a caminho do gol, Gabe e Brett me atacaram. Quando cai no chão senti umas costelas sairem do local. Liam automaticamente se enfureceu e atacou Gabe. Os dois começaram a brigar furiosamente. Brett se intrometeu. Acabou recebendo as garras de Liam em sua barriga. Nolan correu para atacar Liam, mas me coloquei de pé e rosnei para ele, que apenas se curvou. Gabe e Liam estava colados. Brett que acabara de se levantar do chão, estava com as garros prontas para atacar Liam, mas no instinto de defender meu beta, ataquei Brett ferindo seu braço com minhas garras.

- CHEEEEEEGAAAA! – Gritou o treinador.

Todos paramos.

Os betas de Derek correram.

- McCall, você é o capitão... Comporte-se como tal.

Abracei Liam que tentava voltar ao seu controle recitando o mantra ensinado por Petter, para manter o controle; “O sol, a lua, a verdade”. Ainda abraçado a Liam vi Derek do outro lado do campo. Seu olhar estava na direção de Stiles, que estava sendo levado para a enfermaria por outro dois jogadores do time. Essa era a parte ruim dele ser um simples humano, não se recuperava como nós.


Notas Finais


O próximo, só segunda... Até!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...