História The most beautiful dreams (EM REVISÃO) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jacob Sartorius, Magcon
Personagens Jacob Sartorius, Personagens Originais
Tags Jacob Sartorious, Jacob Sartorious magcon, Jacob Sartorius, Jacob Sartorius magcon, Magcon
Exibições 68
Palavras 1.219
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Nunca sei o que eu falo aqui!
Boa leitura!

Capítulo 12 - Blake Gray?


Fanfic / Fanfiction The most beautiful dreams (EM REVISÃO) - Capítulo 12 - Blake Gray?

Emily POV

Abro os olhos e os fecho de novo por causa da claridade, quem foi que deixou a merda da cortina aberta? Peraí, como é que eu vim parar na minha cama? Tem espíritos vagando pela minha casa!

- Emily, levanta daí, tu vai se atrasar pra escola! - Dona Claire aparece no quarto me dando um puta susto.

- Ai mulher, que susto! da próxima vez traz um palhaço contigo pra terminar o serviço. - a rainha do sarcasmo voltou.

- me respeita que eu não sou tuas nega não! - ela diz e eu caio na gargalhada.

- Ué, virou sapatona agora? - ri.

- como é menina? - ela me joga um olhar de "eu vou te matar".

- tô de brinks mother, calma aí! - digo.

- vai se arrumar logo!

Entro no banheiro e faço aquilo que todo ser humano faz de manhã, visto uma calça jeans e uma blusa preta com "You Got Me Like" escrito na mesma e um vans preto, saio do quarto e vou para a cozinha, engulo o café rápido e pego o meu skate  (sim, eu sei andar de skate) e saio de casa.

Chego na escola faltando cinco minutos pro sinal tocar, corro pro meu armário e guardo meu skate e pego o livro de matemática, entro na sala e me sento no meu lugar, uns segundos depois o professor entra e começa a aula.

- se atrasou por que? - diz Dulce e agora que eu percebo sua presença.

- acordei tarde. - digo sem muita importância.

- o Alex disse que você se acertou com o Dylan. - estava demorando.

- sim!

- por quê?

- eu já estava cansada de brigar! - suspiro.

- tão cansada que arrumou briga com o Sartorius! - ela diz sarcástica.

- ele também não ajuda né,  arrumou o maior barraco só por causa disso e ainda me ofendeu! - digo.

- e do jeito que vocês são orgulhosos, vão passar uma semana sem se falar até um pedir desculpas. - ela suspira.

- Pois é! - digo. - é impressão minha ou esse professor tá mais gato?

- é impressão não, esse homem é um pedaço de mal caminho! - ela diz e nós soltamos uma gargalhada alta e o professor nos olhou feio.

- algum problema senhoritas? - ele diz com a sobrancelha arqueada.

- rir como uma vaca vale? - Jennifer (putiane, mal comida da sala) diz irônica.

- prefiro rir como uma do que ser uma. - digo e jogo beijos imaginários, escuto um coro de OOOHHHH na sala.

- Ai meu pâncreas! - Dulce diz rindo.

- JÁ CHEGA! - grita - Emily e Dulce para fora da sala! - ele diz irritado.

- com prazer! - Dulce diz e nós saímos da sala rindo muito.

- " com prazer " - a imito - o que foi isso?

- ele pode ser bonito mas é um pé no saco!

Fomos para o campo e os meninos do primeiro ano estava jogando LaCrosse. Sentamos na arquibancada e ficamos apreciando a paisagem.

- Nossa, mas o Blake tá uma delicinha viu! - ela diz olhando para Blake Gray, o menino mais cobiçado do primeiro ano.

- Oh lá em casa! - digo e Blake (que estava de costas pra nós) virou em nossa direção e percebeu nossos olhares maliciosos. - Eita porra, Blake viu a gente!

- Vamos correr! - ela diz e nós  saímos do nosso lugar e descemos da arquibancada mas fomos barradas.

OH SHIT!

- Oi meninas. - ele e Chris Miles (outro gostoso) nos para.

- Oi - falamos em coro.

- Emily, quanto tempo! - Blake diz e me abraça. (explico já)

Obs: Ele estava sem camisa, SEM CAMISA! Senhor me segura!

- é - concordo.

- Por que estão fora da sala? - Chris pergunta olhando para a Dulce como se estivesse à analisando.

Isso não vai prestar.

- Sr.James nos expulsou da sala. - ela diz nervosa por perceber os olhares do garoto.

- por que? - Blake diz.

- tá querendo saber demais, Tchau meninos! - digo puxando Dulce apressadamente.

- Nos vemos no intervalo? - ele diz e eu bufo.

- Claro! - digo mas acho que ele não percebeu minha ironia.

Quando estávamos longe do campo suspiro aliviada.

- como assim "quanto tempo" ? Tu conhece ele? - Dulce despeja.

- Sim! - ela me olha esperando que eu termine - ele era ou é amigo do meu primo, Taylor Caniff, eles viviam juntos e como eu era grudada no Tay conheci ele, mas quando o Tay se mudou a gente não se falou mais, eu nem sabia que ele estudava aqui. - finalizo.

- o Taylor é aquele seu primo da bandana? - ela diz.

- Sim. - digo e o sinal da troca de aula toca - você tem o que agora?

- Física - suspira.

- Artes - bufo entendiada.

- até o intervalo! - ela diz e eu assinto.

Pego o livro de artes no armário e vou para a minha sala, quando entro avisto Jacob conversando com uma menina loira, se eu senti ciúmes? Imagina, só quero esfregar a cara dela no asfalto quente. Ele me viu e logo desviou o olhar, idiota.

A aula foi completamente chata e entediante, a professora com aquela voz irritante explicando o assunto e eu boiando, a maioria das vezes sentia o olhar de Jacob em mim e eu ainda fazia questão de encará lo de volta, se era pra me provocar pode ter certeza que comigo não funcionou.

Agora é o intervalo, fui para o refeitório procurar Dulce e Amber, vi Amber na cantina e fui até lá.

- não te vi o dia todo, tá sumida em? - digo e ela se assusta.

- Ai sua louca, pensei que fosse o demônio! - ela diz e eu à olho incrédula.

- vou fingir que não ouvi isso tá! - digo e pego o meu lanche.

- você viu a Dulce? tô procurando ela faz tempo. - ela diz e eu nego.

- também estou procurando ela. - digo.

- ela deve ter tomado chá de sumiço.

- pois é.

Sentamos na mesa e ficamos esperando a Dulce aparecer, Nada. Faltava sete minutos pro intervalo acabar e até agora nada dela e nem do Alex, eu Amb estávamos conversando até Blake e Chris sentarem na nossa mesa.

- Oi meninas! - eles dizem em coro.

- Oi. - digo meio seca.

- Olá! - Amb diz mais delicada.

- você é? - Blake idiota Gray diz pra Amb.

- sou Amber. - ela diz.

- Prazer Amber. - eles dizem sorrindo.

- onde está a Dulce? - Chris pergunta.

- também quero saber! - continuo com o meu tom.

- pra quê todo esse mau humor Emy? - Blake diz.

- vou nem responder! - digo mais pra mim do que pra ele.

Vejo várias pessoas correrem para fora da cantina e escuto um coro de "Briga! Briga!" e fico curiosa, os meninos correm atrás do aglomerado e nós os seguimos, várias pessoas estavam juntas em um círculo, me enfiei naquele negócio para saber o que estava acontecendo, minha boca deve ter formado um perfeito "o".

- O QUE TÁ ACONTECENDO AQUI?


Notas Finais


Também não sei o que falar aqui! Hehe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...