História The My Gangster Love - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Nina Dobrev
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Nina Dobrev, Personagens Originais
Tags Bebida, Drogas, Nudez, Romance, Violencia
Exibições 154
Palavras 1.381
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


B
O
A
Leitura ♡ ♡

Capítulo 28 - Vamos Justin atira...


Fanfic / Fanfiction The My Gangster Love - Capítulo 28 - Vamos Justin atira...

P.O.V Nina

Abrir os olhos e os fechei rapidamente por causa da claridade do avião, estava de noite e eu sabia que chegaríamos só daqui algumas horas então eu me levantei e peguei uma coberta que estava encima do assento.

- Vai querer alguma coisa senhorita? – Pergunto a aeromoça.

- Sim – Falei me despreguiçando – Quero três sanduiches de peito de peru e de bebida três cocas colas- Terminei de falar e moça sorriu e assentiu.

Eu me virei e liguei a tv dentro do avião, coloquei em filme qualquer e fiquei esperando os lanches, passei as mãos nos olhos e peguei meu celular fui na galeria e vi uma foto minha e de Justin na praia, sorrir e lembrei daquele dia. Me despertei dos pensamentos vazios quando ouvir a aeromoça.

- Aqui senhorita – Peguei a bandeja e os refrigerantes.

- Obrigada!

Coloquei a bandeja no braço do assento junto com os refrigerantes.

- O suas cachorras acordem – Falei rindo com o susto delas.

- Porra nina, aí meus olhos – Falou Samantha.

- Meus olhos – Falou mellanie tapando os mesmos.

- Come aí – Falei apontando para os sanduíches.

Peguei meu sanduíche e fui comendo, tomei um gole de refrigerante. Depois que terminei de comer eu peguei a coberta e coloquei envolta do corpo, fiquei assistindo filme com as meninas.

- Nina o que vamos fazer quando chegar lá? – Perguntou mellanie.

- Vamos arranjar um hotel e depois partiu balada ou alguma festa que iremos com certeza invadir – Falei normalmente.

- É isso aí – Falou Samantha.

Ficamos jogando papo fora até o dia começar a amanhecer, ficávamos rindo igual idiotas com a Samantha contando sobre sua ex escola. Paramos de conversar quando ouvirmos o piloto dizer que iriamos pousar, ficamos mais animadas quando ele falou. Eu já estava sentido o avião parar, então eu me levantei da poltrona e peguei as malas, a porta se abriu e eu puder ver a claridade do sol. Coloquei meus óculos e fui descendo as escadas do avião, as meninas vinham logo atrás de mim. Terminei de descer e passei pelo portal dando entrada no aeroporto, fui andando até chegar do lado de fora, chamei um taxi e pedi que ele nos levasse a um hotel bem conhecido daqui de los angeles. Fiquei com a cabeça encostada no vidro até o motorista do taxi chegar no hotel mais próximo.

*Alguns minutos depois

Chegamos no hotel, pegamos nossas malas do carro, paguei o taxista e fui entrando no hotel. Fui na recepção e fiz as reservas, eu fiz de duas semanas e meia porque eu queria aproveitar muito, fomos para o quarto tomar um banho e trocar de roupar. Fui pelo elevador junto as meninas, ficamos conversando para quais lugares iriamos primeiro. Preferíamos ir em uma casa noturna. Cheguei no meu quarto e coloquei as malas em encima da mesa, abrir a mesma e procurei um vestido e um salto, deixei os mesmos encima da cama e fui em direção ao banheiro, assim que cheguei no banheiro eu fui me despindo. Entrei no box e liguei o chuveiro, eu apreciava aquele banho morno que eu tanto queria, passei meu shampoo de framboesa que eu trouce na mala, passei o mesmo no meu cabelo e fui espalhando até sair a espuma, depois que terminei eu desliguei o chuveiro e peguei o roupão do hotel, sequei meu cabelo com secador e fiz babyliss nas pontas, fui até a cama e peguei minha bolsa de maquiagem que estava dentro da mala e voltei para o banheiro, fiz uma maquiagem bem marcada no olhos para destacar meus olhos castanhos e passei um batom meio marrom que dava um contraste perfeito. Voltei para a cama e peguei o vestido, vestir o mesmo e calcei um salto, peguei uma bolsa e dinheiro para a noite. Depois que terminei fui em um espelho que tinha no quarto e me olhei.

- Uau – Falei sussurrando.

Sair do quarto e vi as meninas na porta me esperando com os braços cruzados.

- Está explicado os seus 5 minutos de atraso – Falou Samantha me olhando de encima e baixo.

- A shh vocês também demoram – Falei indo em direção ao elevador.

Apertei o botão do elevador e fiquei esperando, as portas se abriu e eu entrei junto com as meninas. Assim que descemos eu fui andando para o lado de fora, não posso negar que sentir vários olhares em nos naquele momento. Chamei um taxi e assim entramos, demos o endereço a ele e o mesmo assentiu. Assim que chegamos vimos um fila enorme e reviramos os olhos. Saímos do carro e fomos em direção a fila, os seguranças nos olharam de encima em baixo e morderam o lábio inferior.

- Ei moças vocês podem passar – Falou um dos seguranças, nos sorrimos e passamos, ouvimos umas pessoas na fila reclamando mais não ligamos, dava para ouvir o som alto, eu já sentia que estava sorrindo.

P.O.V Justin

- Tudo indica que elas estão nessa boate – Ryan falou abaixando o vidro do carro, eu abaixei os óculos e sair do carro e fechei a porta com tudo, fui para perto dos seguranças e os mesmos deixaram eu entrar porque eu era um dos donos então...

Entrei e vi uma multidão de pessoas, os meninos estavam logo atrás de mim. Eu subir as escadas e fui para a sala VIP, seria mais fácil encontrar as três.

P.O.V Nina

Eu já tinha bebido um monte de batidas misturadas com bebidas, eu vi que um cara estava me encarando então fitei o mesmo. Ele veio em minha direção e se sentou do meu lado.

- O que uma moça como você faz aqui? Nunca te vi por aqui – Falou e mostrou seu lindo sorriso.

- Conhecendo um pouquinho os prazeres da vida – Falei tomando a vodca.

- É quais são esses prazeres da vida? – Chegou perto do meu ouvido e sussurrou grave. Eu sentir meu celular vibrar e então peguei o mesmo e olhei que era uma mensagem.

* Mensagem*

- Nina saia daí eles nos encontraram. Os garotos então aqui. – Samantha...

Guardei o celular e olhei para os lados procurando algum sinal, eu olhei para cima e vi Justin com uma mulher, ele estava quase comendo ela. Eu sabia que ele tinha me visto então eu vou provocar só um pouco, eu chamei o cara para dançar comigo e o mesmo veio, ficamos dançando e então eu olhei para a cima e vi Justin me encarando, pela cara dele não era uma coisa boa, eu puxei o cara e o dei um beijo de tirar o folego, olhei novamente para cima e não vi Justin. Puxei o homem para o meio da multidão para ele não nos achar, as meninas estavam no bar beijando uns caras. Eu voltei a beijar o homem cheiroso em minha frente até que sentir um puxão forte em meu braço, o cara já estava no chão enquanto Justin batia no mesmo, eu coloquei a mão na boca e fingi espanto, Justin se virou para mim e eu vi o seu olhar de fúria, seus olhos estavam dilatados e naquela escuridão da festa seus olhos dava a impressão de ser cor preta.

- Já acabou o seu mini show? – Perguntei me contendo para não gritar.

- Só estou começando – Sentir um tapa em meu rosto.

- Só isso Justin, VAMOS BATE MAIS PORQUE EU VOU ADORAR – Gritei em meio ao som alto, o homem que Justin tinha batido não estava mais ali. Ele me puxou pelo braço e foi me arrastado praticamente dali ele me jogou para uma sala e trancou a porta. Eu o encarei ir para a mesa e tirar uma arma da mesma. Ele apontou para mim e destravou a arma, eu juro que sentir medo naquele momento mais eu não ia demonstrar fraqueza para ele, eu só encarei seus olhos e então me levantei do chão, fui andando devagar em sua direção.

- SE VOCE NÃO PARAR EU ATIRO – Gritou com a arma apontada para mim, continuei andando até chegar em sua frente, segurei sua mão onde estava a arma e coloquei a mira da arma em minha testa, o mesmo ficou com os olhos regalados, mais continuo encarando meu ato.

- Vamos Justin atira – Sussurrei e fiquei parada em sua frente –atira.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...