História The My Gangster Love - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Nina Dobrev
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Nina Dobrev, Personagens Originais
Tags Bebida, Drogas, Nudez, Romance, Violencia
Exibições 318
Palavras 1.387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!
Link da roupa da nina nas notas finais.
Bjs.

Capítulo 9 - Você acha que tem algum poder sobre mim ?


Fanfic / Fanfiction The My Gangster Love - Capítulo 9 - Você acha que tem algum poder sobre mim ?

P.O.V Justin

Ok não vou negar que eu queria esse beijo tanto quanto ela, mas voltando.

Depois que sair do quarto da nina eu fui em direção a sala onde estava os meninos pois hoje teríamos entrega e eu tinha que preparar todo mundo.

- Chaz, Ryan, Chris, hoje iremos ter entregar.

- Caralho viado e hoje – Disse chaz todo animado

- Não imagina é amanhã – Falei rindo, e fui indo em direção ao escritório para resolver tais coisas. Fui subindo as escadas e eu sentia um perfume dela em mim, porque ela não era igual as outras que ficava aos meus pés? Porque ela me afrontava sem temer a mim, isso me deixava cada vez mais curioso. Cheguei no escritório e fiquei um tempo sentado na cadeira sentindo aquele cheiro doce ‘’ O que você está pensando Justin, ela só e mais uma ‘’. E eu ficava me questionando sobre isso na minha cabeça por minutos até eu escutar os Ryan.

- Hum está apaixonado Drew – Virei a cadeira lentamente olhando para Ryan que estava em pé fazendo aquela cara de sempre.

- Não viaja Ryan você sabe que eu não me apaixono mais – Falei ríspido

- A qual é, Justin siga em frente alexia não quer nem saber de você cara

- Não toque no nome dessa vadia – Falei quase gritando

- Calma cara, ok então eu não toco mais no nome dela,

- Vamos começar – Falei rapidamente

Alexia é minha ex namorada, nois íamos fazes um ano juntos, mas aquela vadia resolveu me trair com meu ex melhor amigo. Imagina como foi para mim ver aquela cena...

Flashback On

Hoje nois vamos fazer um ano, quero que hoje saia tudo perfeito por isso irei fazer uma surpresa para ela aqui em casa.

Eu tinha ligado uns minutos antes para ela me esperar lá em casa porque eu estava chegando, eu tinha passado em uma floricultura e comprei rosas vermelhas eu uns chocolates. Ok eu sei que parece meio gay mais quando você ama uma pessoa obvio que você quer ver ela feliz.

Eu tinha chegado em casa e vi que a bolsa dela estava encima do sofá – Sorrir – eu fui subindo as escadas devagar até eu escutar uns gemidos no nosso quarto – Eu franzi o cenho- Naquela altura eu estava pesando que era um dos meninos que tinha ficado bêbado e tinha entrado no meu quarto por engano, mas eu me enganei quando abri a porta e vi ela transado com John.

- MAS QUE PORRA E ESSA – gritei e eles se assustaram, ela pegou o lençol e boto em volta do corpo.

- Cara não e isso que você está. – Eu nem tinha deixado ele termina de falar e eu já estava distribuindo vários socos nele, E alexia? Aquela vadia aproveitou que eu estava socando o John e foi embora. Juro que se ela tivesse lá eu teria metido uma bala na cara dela.

Flashback. Off

Ficou eu Ryan, Chaz, e Chris planejando a chegada da entrega.

P.O.V Nina

Depois que Justin saiu eu fiquei igual uma estátua parada no meio do meu quarto com a mão na boca.

Depois que sai dos meus devaneios eu fui direto para cozinha comer alguma coisa, cheguei lá e vi a neta de maria encostada no balcão, ela virou e olhou para mi com cara de nojo.

- O que um inseto como você faz aqui em? – Disse ela com aquela voz fina e nojenta – Eu sorrir com o comentário.

- Bom te garanto muito bem que isso não e da sua conta – Falei vitoriosa, passei por ela e fui pegar uma tigela, depois que eu peguei a tigela eu botei cereal e leite. Fui andando para a sala e fiquei lá assistindo um canal qualquer enquanto eu comia. Fiquei um tempo olhando para televisão e viajando nos meus pensamentos, fiquei pensando no beijo do Justin aquele gosto proibido que eu queria experimentar novamente. ‘’ Meu deus nina para de pensar nisso ele e só mais um ‘’ Falei para mim mesma no meu subconsciente, Botei a tigela encima da mesinha de centro quando eu ouvi meu celular tocar.

Ligação On

- Alo

- Oi naninha – era a mellanie

- Oi mel – Falei rapidamente

- E sua puta você nem liga mais – Falou ela nervosa – Eu rir com o nervosismo dela.

- Desculpa e porque meu dia agora tem sido muito corrido.

- Hum já sei – Neste momento não duvido nada que ela estava sorrindo malicioso

- Não e isso que você está pensando - Falei rindo envergonhada

- Ok ok – falou rindo – Mais em, vamos fazer uma festa do pijama igual nois fazíamos antes.

- A vamos eu só vou falar com Justin – Não que ele mandasse em mim mais a casa era dele então eu tinha de perguntar.

- Ok então eu vou levar vários mais vários doces para nois comer

- Assim você vai me deixar gorda sua tapada – Falei rindo

- A qual é, uma garota como você com um corpo de dar inveja, está falando que vai ficar gorda aiai – Falou gargalhando

- Ok, pode trazer os doces e tals o resto eu faço, tchau ridícula

- Tchau puta

Ligação. Off

Eu levantei do sofá, peguei a tigela e levei para cozinha para lavar a vasilha. Depois que terminei de secar a tigela eu botei encima do balcão e fui andando de encontro as escadas, fui subindo até chegar no corredor, eu fui andando até chegar na porta do escritório do Justin, eu dei duas batidas.

- Entra – estremeci ao escutar a voz de Justin, eu entrei e fechei a porta – O que você quer? – Perguntou me encarando de encima em baixo.

- Uma amiga minha pode dormir aqui? – Falei direta

- Não – Falou frio

- Porque? – Falei dignada

- Porque eu falei não é pronto – Eu olhei para ele e sorrir

- Ótimo eu durmo na casa dela – Falei

- E quem disse que você vai sair – Falou se levantando

- Eu porque algum problema? – Ele deu aquele sorriso sarcástico que eu tanto odiava

- Querida nina você não vai sair para a porra de lugar nenhum entendeu – Eu fiquei rindo – A partir do momento que começo a morar aqui sou eu que dou permissão então me obedeça – Eu olhei para ele seria.

- Sabe Drew tem uma certa diferença entre eu e suas vadias sabe qual e? – Ele veio caminhando e minha direção e eu permaneci parada enquanto terminava de falar.

- Qual é então nina? – Perguntou ele com o rosto perto do meu, eu podia sentir respiração.

- Eu não sou uma cachorrinha que você bota a coleira e dar ordens – Falei sussurrando do ouvido dele, eu ia sair mais ele segurou do meu braço.

- E o que te faz pensar que você não e -falou ele segurando meu braço.

- Simples eu não sou suas vadias, você acha que só porque me beijo você tem algum poder sobre mim? -Falei encarando ele.

- Se eu não tenho poder sobre você nina acredite eu ainda vou ter e você vai estar na minha cama gemendo pedido por mais acredite, pode ir – Falou soltando meu braço, eu olhei para ele com a sobrancelha arqueada e fui andando indo em direção ao meu quarto pegar minhas coisas. Eu liguei para a mellanie e avisei que iriamos fazer na casa dela.

Eu entrei no meu quarto e fui para o banheiro tomar um banho rápido, liguei o chuveiro e deixei a banheira enchendo enquanto eu ia no closet pegar umas roupas, depois que eu peguei a roupa eu botei encima da cama e fui em direção ao banheiro, eu entrei na banheira e fiquei alguns minutos relaxando. Terminei de tomar meu banho e coloquei minha roupa eu fiz penteado bonito no meu cabelo e passei um batom vinho e passei bastante rímel para destacar meus olhos castanhos. Depois que terminei peguei minha bolsa e fui descendo as escadas até ver Justin e John eles pareciam que estavam discutindo até minha chegada, John olhou para mim e sorriu largamente e Justin me olhou confuso mais seus olhos transbordava fúria.

- John – Falei olhando para ele confusa

- Olá nina como vai? – Perguntou ele que sorria para mim, e Justin nem se conta que ele estava furioso mais não sei o porquê.

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...