História The Mysterious. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Mistério
Exibições 3
Palavras 711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, essa é a minha primeira fanfic, e sim eu me inspirei em "Quem é você, Alasca?". Eu leio muitaaas fanfics daqui, e sempre tive vontade de escrever uma para postar, mas não achava no que me inspirar. Então, eu pensei, autor? John Green, livro? Quem é você, Alasca?.Perfeito, espero que gostem, elogios e críticas são super bem-vindos. Ah a maioria dos POV's, se não todos, serão da Amy. É isso, boa leitura.
Bye.

Capítulo 1 - A mudança.


Era meu último dias em Ottawa-Canadá antes de ir para a de Boarding School em Atlanta, um colégio interno que digamos, da "família" até porque meu vô, bisa-avô e meu pai estudaram sua vida inteira lá, e por isso meu pai queria que eu fosse pra lá também, ótimo! Minha mãe, muito triste por eu ter que ir, quis fazer uma festa de despedida, na qual ela mandou eu convidar amigos da escola, o que é bem difícil, considerando que eu não tenho amigos.

*POV Amy Adams*

Estávamos todos na sala, eu Amy, minha mãe Gracie, meu pai Vince, e as únicas duas pessoas esquisitas que compareceram à festa, Jenna Moore uma baixinha de aparelho e óculos retangulares e seu namorado Tate Mitchell um baixinho gordinho, momento constrangedor, afinal, minha família não precisava ver o quã excluída eu era.

-Então Amy, animada para ir à Boarding? -Disse Jenna
-Você não imagina o quanto. -Dei um sorrisinho falso.

-Sabe Jenna, estou muito feliz que ela vá, afinal é uma ótima esola, fará bem para ela.-Minha mãe falou.

{...}
Depois de mais ou menos uma hora constrangedora, o que pareceu uma eternidade pra mim, Jenna e Tate foram embora deixando eu e meus pais sozinhos.Assim que eles saíram eu corri pro quarto, antes que meu pai e minha mãe chorassem pela milésima vez hoje por eu estar indo embora.

No outro dia

Acordei cedinho hoje, daqui a algumas horas pego o meu voo para Atlanta, espero que minha vida melhore lá, principalmente a social.

Levantei, fiz minhas higienes, e desci para tomar um último café da manhã com os meus pais, ah, eu mencionei que eles vão até Atlanta me levar? Poisé, eles querem ter certeza de que eu vá ficar lá e segura.

{...}
O avião já estava pousando em Atlanta, meu Deus que cidade maravilhosa!!
Descemos do avião e pegamos um táxi direto para a Boarding, chegando lá, é claro que minha mãe entrou comigo e me ajudou a arrumar todas as minhas coisas em meu quarto,que por sorte ainda não tinha ninguém la, enquanto meu pai verificava tudo na secretária.

-Mãe, eu posso fazer isso. -Disse vendo ela colocando as roupas na cômoda. O quarto era simples, uma beliche, duas cômodas, uma mesinha de centro uma poltrona velha, ao lado do beliche tinha a porta no banheiro,lá tinha o básico, o chuveiro o vaso sanitário e a pia.

-Filha. -ela olhou pra mim com os olhos marejados. -Me deixe fazer isso já que será a última vez.

-Assenti.

Assim que ela acabou, nos despedimos, me despedi de meu pai também e eles foram embora.

Como eu estava muito cansada da viagem, aproveitei pra dormir um pouco, quando acordei estava toda suada então resolvi tomar um banho.

Estava no chuveiro quando escuto a porta do quarto abrir, não sabia quem era, então corri pegar a toalha, e droga, eu tinha esquecido em cima da cama, não tinha momento pior, e o passo se aproximava até que abriu a porta do banheiro, e em um pensamento rápido puxei a cortina do box e me enrolei.Entrou uma mulher, baixinha e gordinha e disse.

-Ah oi,desculpa não sabia que tinha gente aqui,você deve ser a minha colega de quarto certo? -a desconhecida falou

-Isso, me desculpa você, que situação me conhecer assim, Amy Adams, prazer. -Sorri e estiquei a mão para um cumprimento.

-Bonnie Portman. -Me cumprimentou. Mas então se veste aí ai sai aqui pra conversamos. -Sorriu me entregando a toalha, e assim saiu do banheiro.

Meu Deus que mico, imagina o que ela não vai pensar de conhecer sua colega de quarto enrolada numa cortina.
Me vesti e sai do banheiro.

-Ah, agora sim, prazer Bonnie mas todos me chamam de Bonn- esticou a mão


-Amy -Cumprimentei

-Então Amy, eu gosto da cama de cima.

-Ok -sorri

-Haam, privacidade sempre, eu não mexo nas suas coisas se não mexer nas minhas.

-Beleza.

-Então do que você gosta?-Bonn me perguntou

-Bom, eu gosto de frases filosóficas sabe? Escritores, dramaturgos, amo Shakespeare, Aristóteles e não sei se isso tem a ver mas amo John Green, Nicholas Sparks. Essas coisas, e você?

-Bom, eu gosto de um pouco de tudo nada em especial. Vamos, temos muito o que fazer, é Amm, pode ser?

-Tá ótimo,vamos lá.


Notas Finais


E aí, o que acharam? O capitulo ficou meio pequeno, mas maiores virão. Irei criar uma Ask e passo pra vocês. Até o próximo capitulo.
Beijão.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...