História The Mystery Blonde - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Lucy Heartfilia, Personagens Originais, Sting Eucliffe
Tags Aika, Lucy, Stincy, Sting, Takeo
Exibições 169
Palavras 1.354
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ecchi, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oq dizer sobre os favoritos? Agradeço muito por eles!
Eu esqueci de colocar as notas do autor e.e
Mas beeeeem
Desculpem o Hentai lixo! ;-;
Espero que gostem do Cap!

Capítulo 12 - Capitulo Doze


Fanfic / Fanfiction The Mystery Blonde - Capítulo 12 - Capitulo Doze

Fanfic: The Mystery Blonde

By: LyWork_Hp

Capitulo 12

 

Capitulo Anterior

 

Um ato de amor? Pode ser que sim... Um amor correspondido? Sim... Mas que acabou sendo esquecido... Mas que com o tempo foi esquecido por ele também? Não... Ele não conseguia tirar ela da cabeça de jeito nenhum...

 

Mas o que podemos fazer? Sou apenas um espírito narrando o passado dela... Não posso mudar nada, e nem os pensamentos dela... E também não posso fazê-la esquecer tudo que fez... Mas o que posso fazer por agora é voltar para o presente, e falar sobre Lucy e Sting, Talvez eu pudesse dar um Spoiler sobre o futuro deles? Acho que um pouquinho não mudaria nada ne?

 

Eles ficaram juntos, mas depois de muitas dificuldades, se eles se casaram? Claro que sim... Vão ter filhos? Sim... Irá demorar para isso acontecer? Digamos que Lucy terá que “vencer” seu passado, e superar o que sua mãe fez com ela, só assim, ela poderá viver em paz... E parar de ser assombrada em seus sonhos pelas pessoas que ela matou...

 

Bom... Espero que tenham entendido um pouco sobre o passado dela, E quem sou eu? Meu nome é Aika... Um dos espíritos das chaves negras de Lucy. Sempre a observei desde que a mesma nasceu, e agora, tenho a chance de poder ajudá-la...

 

Agora

 

Presumo que estejam querendo saber mais sobre o passado de nossa dona, certo? Mas antes, irei me apresentar. Chamo-me Takeo, sou uma das chaves das trevas de Lucy... Fui criado junto de Aika, mas também existem outras chaves que o senhor Zero-Sama criou, e todas estão com Lucy, outras foram quebradas por ele, A minha e a de Aika eram as únicas que estavam guardadas em outro lugar, ele nos achava perigosos demais para a Lucy, ele sabia que quando ela visse nossas chaves, ela iria querer abrir nossos portões na hora. Por isso ele nos deixou escondidos. Mas daí o tempo passou, e precisávamos que Lucy nos encontrasse para podermos proteger ela.

 

Mas vamos ao que interessa... Querem saber como era a convivência deles dois? Então irei mostrar para vocês o dia que os dois se conheceram...

 

“a loira estava mais uma vez presa em uma das armadilhas da floresta, ela estava vivendo dentro da floresta fazia uma semana, pois a mesma fugiu de sua mãe. E ao longo dessa semana, foi pega por varias armadilhas, uma mais difícil de sair do que a outra. Mas ela sempre dava um jeito de sair, mas hoje estava diferente. Aquela armadilha era uma prisão anti-magia, ela ficava se perguntando quem iria querer prender alguém? Ate que uma sombra de um homem apareceu...

 

- Finalmente te achei... – ele sussurrou – Minha rainha... – ele a tirava da armadilha.

 

- Rainha? Deve estar me confundindo com alguém – ela dizia enquanto se levantava com a ajuda do albino.

 

- Claro que não... Você é minha rainha... – ele dizia sorrindo de canto – Esperei tanto pelo dia que iria completar 16 anos... Está mais bela do que quando era criança...

 

- Eu não te conheço! Vá embora!

 

- Eu vou... Mas você ira vir comigo! – ele fez à loira desmaiar logo pegando ela no colo e começando a andar ate sua casa.

 

Ele a vigiava desde que a mesma nasceu, junto de seus espíritos Aika e Takeo. Mas para que ele fazia isso? Para que no dia que ela completasse 16 anos, ele a pegasse para ele, e fizesse ela só dele... Esse era seu desejo. Não via uma pessoa melhor do que Lucy para isso, ela era forte, e fácil de manipular também, seria fácil mudar ela... E também seria fácil fazer ela se apaixonar por ele...

 

Assim que chegou a sua casa deitou a loira em sua cama e ficou a olhando por um tempo, logo depois saiu do quarto trancando a porta e foi para seu laboratório.

 

- Vai mesmo aplicar isso nela? – pergunta o espírito, Takeo, do lado do homem.

 

- Sim... Quero que ela vire um demônio... Ela ira ser minha criação mais forte...

 

- Se é a sua escolha... Não irei interromper... – o espírito some deixando o homem sozinho.

 

O homem terminou de colocar tudo dentro da seringa e voltou para o quarto, à loira dormiu tranquilamente na cama. Ele foi ate ela e aplicou o liquido no braço dela e deixou a seringa em cima da mesinha.

 

- Agora você será minha para sempre... – ele sussurra sorrindo de canto.”

 

Depois disso... Lucy acabou virando imortal, E depois disso? Ele fez à loira perder suas lembranças boas, fazendo com que ela ficasse sombria... Logo depois dele ter convertido a loira para o mal, ele a fezela roubar almas de pessoas de varias vilas diferentes. Quando fazia um ano que estavam fazendo isso, Lucy acabou descobrindo que estava amando Zero... Irei mostrar essa lembrança dela para vocês...

 

“Estava indo ate o quarto do Zero-Sama... Precisava me declarar para ele, mesmo eu não demonstrando, acabei descobrindo que estava amando ele... Estranho não? Um demônio amando...

 

Entrei no quarto dele e vi o mesmo deitado na cama lendo um livro.

 

- Zero-Sama? – o chamo.

 

- Sim, Lucy? – ele me olha.

 

- Q-quero te dizer uma c-coisa – droga! Gaguejei!

 

- Pode dizer – ele sorri sentando na cama e eu me sento do lado dele.

 

- Eu... M-me apaixonei por você... – Sussurro corada e ele estava surpreso.

 

- Por mim? Como...?

 

- Eu não sei... Eu só... Apaixonei-me... – sussurro ainda corada e sinto ele me fazer senta de frente para ele.

 

Ele sorri e me abraça me beijando, fiquei surpresa, mas correspondi na hora. Era tão bom beijar ele... E eu podia sentir que ele também me amava... Aquele era o melhor dia da minha vida. Ele foi me deitando na cama e ficando por cima, enlacei meus braços no pescoço dele e ele foi subindo a mão dele ate meus seios por dentro da minha blusa.

 

Autora On

 

O albino logo tirou a blusa da loira e logo depois o sutiã. Voltou a beijá-la com desejo e foi descendo os beijos ate seu pescoço, ela gemia baixinho só para ele ouvir, aquilo estava deixando-o louco...

 

- Você é perfeita... – sussurra passando as mãos por todo corpo da loira.

 

Ele sorriu vendo os seios dela e logo abocanhou um deles chupando forte e apertando o outro com força.

 

- Awhn... Zero... – gemia baixo o nome do albino.

 

Seu sorriso aumentou mais ainda e ele deixou de chupar os seios dela e foi descendo uma trilha de beijos por sua barriga e logo tirou o short dela. Ele tirou sua camisa e calça junto da cueca. A loira corou mais ainda ao ver o tamanho do membro dele.

 

- É virgem minha rainha? – ele sorri satisfeito ao saber que será o primeiro homem a tocá-la.

 

- Sim... – ela sussurra corada.

 

- Fico feliz em saber... – ele sussurra penetrando a loira de uma vez.

 

Ela gritou de dor e abraçou o albino forte.

 

- Desculpe... Mas assim era mais rápido... – ele alisou o rosto dela – Eu espero passar, okay?

 

- Okay... – sussurro e deu um selinho nele.

 

Ele esperou um tempo e logo começou os movimentos de vai e vem lentos e calmos, Lucy gemia baixo em seu ouvido o fazendo ficar mais excitado ainda... Foi aumentando a velocidade aos poucos fazendo a loira gemer mais alto ainda.

 

- Espero que não se importe Lucy... Sou sadomasoquista...

 

Ele sorriu ao notar que a loira gemeu manhosa ao ouvir ele dizer isso e aumentou mais ainda o ritmo, estavam em uma sincronia perfeita... Logo ele percebeu que ela estava perto de seu ápice e a colocou de quatro voltando a fode-la e começou a dar tapas na bunda da loira. Logo os dois chegaram ao ápice juntos e deitaram na cama ofegantes.

 

- Ainda não estou cansado... Mas como é sua primeira vez, irei pegar leve – beija a testa dela a abraçando e logo os dois caíram no sono.

 

Autora Off | Takeo On

 

E foi assim que eles se declararam... Mas isso acabou criando um laço entre eles... E outra coisa também aconteceu... Mas deixarei que Aika conte para vocês... Ate outro dia...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...