História The Mystery Blonde - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Lucy Heartfilia, Personagens Originais, Sting Eucliffe
Tags Aika, Lucy, Stincy, Sting, Takeo
Exibições 277
Palavras 1.324
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ecchi, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Então... Sei que esse cap pode estar meio Bosta mas... Foi o que veio na minha cabeça hoje...
E quero avisar que talvez eu não poste semana que vem, ja que minhas provas vão começar segunda feira
E bem... esse na foto da capa é "Ele"
e espero que gostem desse cap ^^

Capítulo 7 - Capitulo Sete


Fanfic / Fanfiction The Mystery Blonde - Capítulo 7 - Capitulo Sete

Fanfic: The Mystery Blonde

By: LyWork_Hp

Capitulo 7

 

Capitulo Anterior

 

- Claro – sorrio e saio andando com ele.

 

- Sabe... Eu estou gostando de uma garota... – ele diz meio tímido – mas não sei se realmente gosto dela, não sei muito bem sobre isso, pode me ajudar?

 

- Claro – paro na frente dele – Como se sente perto dela?

 

- Constrangido, nervoso, meu coração parece que vai sair do lugar. Toda vez que falo algo me sinto um idiota por pensar que falei algo errado, daí ela ri de leve e me chama de bobo... Luce... Eu...

 

- Você? – pergunto quase tirando minhas duvidas.

 

- Eu amo a Lisanna – ele sorri envergonhado (HAHA TROLEI VOCÊS AHUSHAUHSUAS)

 

-Ela também te ama – sorrio – Ela já me disse, então vá La e se declare para ela!

 

- Obrigado Luce! – ele beija minha bochecha e sai correndo atrás da albina.

 

Agora

 

Sorrio ao ver o Natsu correndo e saio andando, não estava a fim de voltar para o hotel agora, então decidi andar pela cidade. Fui andando olhando tudo em volta ate que vi o moreno parado encostado em uma parede.

 

- Quero conversar com você – ele se desencosta e sai andando e eu o sigo.

 

- O que quer falar?

 

- Quero saber sua versão de quando conheceu o Sting, e sobre o Ruivo que ele viu com você – diz ainda andando e para depois de um tempo em uma praça.

 

- Okay – me sento em um banco e ele senta do meu lado – Quando eu tinha 10 anos eu vim para a capital de Fiore para poder treinar, quando cheguei, fui andar pela cidade e acabei esbarrando no Sting, daí a gente brincou por um tempo e eu tive que voltar para o hotel, por que o Loki estava me esperando, Se passou 5 anos e eu nunca mais tinha visto o Sting. Certo dia eu estava me banhando em um rio e quando me vesti, senti o cheiro dele, então a gente se abraçou e nos beijamos, ele me pediu pra ficar com ele, mas eu não podia... Eu já tinha perdido a Fairy Tail... Não queria perder ele também... Daí o Loki apareceu me chamando para ir treinar, e o Sting entendeu tudo errado, e saiu andando com raiva, eu ia ir atrás dele, mas o Loki não deixou...

 

- E quem é Loki? – ele pergunta me olhando.

 

- Meu espírito celestial – sussurro e ele fica meio surpreso.

 

- Então o Sting é o idiota da historia?

 

- Provavelmente sim – suspiro.

 

- Ele sofreu muito depois que pensou isso... E começou a ficar com varias mulheres, ate mesmo com a Minerva, então tome cuidado com ela – se levanta – eu irei pedir para ele vir falar com você – sai andando – espere ai.

 

Fico La sentada pensando sobre como o Sting vai reagir, espero que ele entenda. Olhei para o lado e vi a pior cena da minha vida... Ele estava se pegando com aquela morena... Levantei-me rápido e sai correndo, esse idiota! Não presta nada! Tomara que ele a engula de tanto beijá-la! Continuei correndo enquanto chorava mas acabei esbarrando em alguém.

 

- Lucy? O que aconteceu? – era Rogue...

 

- Ele é um idiota! Tomara que ele engula a Minerva! – chorei mais ainda – Eu não quero falar com ele... – coloco minhas mãos no meu rosto.

 

- Não chore... – ele sussurra e me abraça me fazendo ficar surpresa – Vem... Vamos para o meu hotel – ele sai andando comigo.

 

- Você... Parece com meu irmão... – sussurro seguindo ele.

 

Ele parou de andar na hora e ficou calado por um tempo.

 

- Como era seu irmão...?

 

- Ele era igualzinho a meu pai... Mas o jeito dele era igual o da minha mãe – sorrio.

 

- Entendo... – vejo ele sorrir fraco – vamos La, já que pareço com seu irmão, vou agir como um.

 

- Então vai ser meu irmão? – rio de leve.

 

- Aham – ele entra no hotel dele comigo – Eu quero conversar com você sobre o Sting – entra no quarto comigo e fecha a porta.

 

- Tipo o que? – me sento em uma das camas.

 

- Depois que o Sting transou com a Minerva, ela ficou louca por ele – ele senta em uma cadeira na minha frente – Ela quer ter ele a todo custo, mesmo que seja forçado, então tem a chance dela ter forçado ele a beijar ela naquela hora.

 

- Então... Acha que ele ainda vai querer falar comigo? – sussurro e sinto uma pontada forte na minha cabeça me fazendo quase apagar.

 

- Lucy? Ta tudo bem? – ele me olha preocupado e o escuro vai consumindo minha visão aos poucos.

 

-x-

 

Eu estava em um lugar sombrio... eu me lembrava daquele lugar... foi ali que conheci ele...

 

- Ola Lucy querida... – um homem Albino, com um corpo não tanto musculoso, mas com um abdômen de dar inveja a alguns, ele também tinha orelhas pontudas e estava usando uma calça preta junto de uma bota também preta e sua camisa era aberta, ele estava em cima de uma arvore me olhando com duas espadas na mão.

 

- O que você quer? Vai me dizer que já quer lutar? – cruzo os braços e ele desce da arvore.

 

- Não seja tão grossa Minha Rainha – ele segura meu queixo me fazendo olhá-lo.

 

- Não sou sua rainha! – digo com raiva.

 

- Sempre foi... – ele sorri de canto – estava com saudades de você, sabia?

 

- Eu não estava nem um pouco – sussurro olhando para o lado.

 

- Que pena... Quero te possuir mais uma vez... – ele me abraça beijando meu pescoço.

 

- Mas eu não quero! – reprimo um gemido empurrando ele.

 

- Então prefere aquele loiro? Ele esta com outra agora! Ele não te ouve – sorri debochado – Sou muito melhor que ele, bem mais poderoso, você precisa de alguém do seu nível

 

- Preciso de alguém que me ame – olho fria para ele – você quer me matar para roubar meu poder, agora me faça voltar – mando.

 

- Como quiser Minha Rainha... – ele sussurra e minha visão vai voltando aos poucos.

 

Assim que acordei vi que estava deitada na cama e Rogue estava do meu lado, ele parecia meio preocupado, me sentei na cama com a mão na cabeça e olhei para ele.

 

- Por quanto tempo apaguei?

 

- Alguns minutos só, esta bem? – pergunta.

 

- Estou sim – sorrio – agora tenho que voltar para o Hotel – me levanto – amanha nos vemos – sorrio beijando a bochecha dele e saio andando.

 

Sai do hotel e comecei a andar ate o meu. Tenho que proteger a chave de Aika e Takeo, não posso deixar que ele me mate... E não quero me envolver de novo com ele... aquilo foi um erro – suspiro enquanto andava – Assim que cheguei no hotel fui direto para meu quarto e assim que entrei, fiquei surpresa, Sting estava La.

 

- O que faz aqui? – fecho a porta do quarto.

 

- Rogue disse que você queria falar comigo, desde quando são tão amigos assim?

 

- Desde hoje... – sussurro – quero falar sobre dois anos atrás...

 

- Sobre aquele Ruivo? Pode começar a inventar desculpas – ele cruza os braços e se encosta na parede.

 

- Abra-te portal do Leão, Leo! – digo segurando a chave dele, e o mesmo aparece.

 

- Como posso ajudar Lucy? – ele me olha e depois olha para Sting que estava com a cara mais idiota do mundo, ele estava surpreso, e meio abatido por não ter acreditado em mim.

 

- Então... Ele é seu espírito? – ele sussurra.

 

- Sim – olhando ele e Loki some – tentei-te dizer varias vezes, mas você não me ouvia – sento na cama.

 

- Me perdoe por isso Lucy... – ele diz culpado – te culpei esses anos por meu sofrimento, mas você que estava sofrendo... Eu realmente estou arrependido...

 

- Tudo bem... – sussurro.

 

- O que posso fazer?

 

- Tenta me conquistar de novo... – sussurro, e ele sorri animado.

 

- Eu prometo que irei conseguir! – ele beija minha testa e pula a janela do hotel e sai correndo.

 

x-x



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...