História The Mystery of the Forest - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Tags Amor, Amor Doce, Drama, Hentai, Revelaçoes, Sexo, Suspense
Visualizações 13
Palavras 1.695
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


SUMIIIIIIIIIIIIIII MAS TO DE VLTA BBS

atapo
GENTE BABADO

TA MEIO DIFICIL GERENCIAR 2 FANFICS AO MSM TEMPO ;-; ENT VOU PARAR COM UMA

POISE

~Desvia das tochas com fogo

Então, como eu ia dizendo, estou com dificuldade de gerenciar 2 fanfics, então meu cérebro dá bug, e eu acabo n escrevendo nenhuma delas ;) mas como estou de férias, vou tentar ser mais ativa aqui, e postar mais cap's, vou tentar postar um novo cap quinta ;v aproveitem bbs

Capítulo 5 - Psycho - Amigos?


Morgan POV'S On

 

Acordei com o canto dos passarinhos, quando me dei conta estava sendo esmagada por dois postes, um ruivo e um moreno, no mesmo momento, empurrei os dois pros lados e sai da barraca, já eram por volta das 05:57, por ai, decidi dar uma caminhada pelo bosque, pra conferir se tudo estava limpo, quando me certifiquei que tudo estava calmo, me direcionei até a cachoeira que ia desde quando era criança, ficava um pouco atrás do bosque, bem escondida, era um lindo lugar pra se pensar, chegando lá, tirei a blusa e entrei naquela água extremamente gostosa, não era nem muito quente, nem muito fria, era simplesmente maravilhosa, comecei a me banhar, dando mergulhos e deixando a água que corria da cachoeira lavar meus longos e sedosos cabelos, praticamente parada no tempo, acabei me perdendo no tempo, quando me dei conta meus dedos  já estavam enrugados, igual de velhinhos, sai da maravilhosa água e me vesti, logo me sentei num banquinho que havia ali e fiquei encarando o belo lugar, que de dia era mil maravilhas, mas durante a noite um verdadeiro inferno, julsuei que já eram umas 6:37, por ai, me levantei e fui caminhando até o acampamento novamente, quando cheguei lá os meninos ainda estavam dormindo como anjos, eles eram realmente lindos, não sentia atração por nenhum deles, não de jeito malicioso, nem do jeito clichê, pois não acredito nem um pouco em amor, amor não existe, é apenas uma lenda, pra mim as pessoas apenas sentem uma enorme atração uma pela outra, causando um sentimento desesperador de te-la somente pra si, apenas isso.

Notei que um dos meninos não estavam ali e, julguei ser Armin, no mesmo instante me levantei do tronco que estava sentada, e comecei a andar pela floresta a procura do garoto que havia desaparecido, procurei em todos os lugares, mas não o achava, parei embaixo de uma árvore alta e senti uma cereja cair em minha cabeça, olhei pra c cima e lá estava ele, me encarando e rindo, com uma expressão fofa


Armin: Ficou preocupada, Rainha da floresta amaldiçoada? Haha –Disse rindo fofamente

Morgan: Claro que fiquei né seu idiota! –Disse brava, batendo o pé e cruzando os braços, fazendo um biquinho– A final, estamos em uma floresta assombrada, né?

Armin: Eu estava com fome e decidi sair, pra procurar algumas frutas, já que quando acordei não te vi –Sorriu e desceu da árvore– Aonde estava?

Morgan: Na casa da porra, filho de uma puta –Ironizei– Estava tomando banho, agora vamos voltar logo antes que os outros acordem e deem falta da gente, não podem pensar besteira

Armin apenas assentiu e foi me seguindo até o local aonde estávamos acampados, sentei novamente no tronco e continuei observando eles dormindo, quando Castiel acordou estava tão fofinho, com um olho fechado e o outro aberto, sorri ao ver aquela cena e soltei uma risadinha, fazendo o mesmo reclamar, ignorei e logo o próximo a acordar foi Lys, e logo em seguida foram acordando todos, quando me vi eu estava cercado de meninos com fome, estava como uma mãe ali, tentando acalmar os filhos bagunçeiros que não obedecem, eles estavam reclamando tanto que acabei surtando e gritando com eles, fazendo eles calarem a boca, sai em busca de comida com três cestinhas, subi em uma macieira e coletei algumas maçãs, logo depois desci e subi novamente em uma cerejeira, pegado diversas cerejas, coloquei em outra cestinha, já que as maçãs poderiam esmagar as cerejinhas, desci e logo subi novamente em um pé de acerola e botei junto as cerejas, logo foi indo assim até encher as 3 cestinhas de frutas como ameixas, goiaba, pera etc. Logo voltando ao acampamento, montei uma mesa de acampamento, coloquei um oano limpo, e arrumei a mesa, peguei as mangas e as uvas e fiz duas jarras de suco, que foi dada por uma de minhas entidades, chamei os meninos e eles vieram na hora, logo sentando e ficando de boca aberta.

Castiel: Porra! Morgan sabe mesmo sobreviver em uma floresta –Disse boquiaberto
 
Alexy: Não seja burro bixa, ela é a rainha daqui, é obvio que sabe né? –Riu da cara do ruivo

Lys: Bela mesa de café da manhã, Morgan –Sorriu

Morgan: Obrigado, Lys –Sorri

Armin: Como fez isso tudo?

Morgan: Ah, eu me viro

Nathaniel: Boa escolha no suco de uva, Momo

Morgan: Obriga...Momo? –Ri desse apelido

Nathaniel: Sim –Riu junto

Castiel: Desde quando tem essa intimidade toda com a minha baixinha? –Disse enciumado, sentando ao meu lado e passando o braço em meus ombros

Morgan: Desde quando VOCÊ tem essa intimidade comigo né? –Tirei o braço dele de lá– Não sou tua baixinha

Nathaniel: Castiel, ela não é uma vadia igual certas garotas –Disse Nathaniel, Surpreendendo todos

Castiel: Assim você me magoa Momo –Encarou o loiro– Tsc, ninguém te perguntou, oxigenado.

Morgan: SEM BRIGAS NA PORRA DO CAFÉ DA MANHÃ! VAMO COMER EM PAZ CARALHO, Obrigado.

Lys: Morgan tem razão, vocês tem que parar de agirem feito duas crianças –Disse Lys, pegando uma cereja e comendo


Começamos a comer, enquanto Armin comia eu ria, ele só pegava as uvas e uma vez ou outra as cerejas, eu terminei de comer e esperei eles terminarem, logo peguei uma mochila com garrafinhas d'água e kit de primeiros socorros, logo indo em direção a saída do bosque, que ficava muito longe do acampamento, fiquei pensando de o por que não teria coragem de leva-los pra tomar um banho na mesma água que eu, naquela maravilhosa cachoeira, acho que eles não iriam mais sair de lá, mas de qualquer jeito me negava a leva-os lá, quando chegamos na saída do bosque, fomos em direção a porta da escola e como ainda dava tempo de entrar, fomos até lá, os meninos foram direto para o banheiro, tomar um banho, e eu fui sentar em um banquinho que havia no pátio, como já tinha pegado meu celular que na tarde passada havia deixado no meu armário, coloquei os fones e botei a musica ''I Kissed a Girl - Katy Perry'' pra tocar, já que me representava muito em uma parte de minha vida...

 

FlashBack On

2015

 

Estava com minha melhor amiga em minha casa, eu gostava dela mas ela ainda não sabia, e eu realmente tinha medo de falar pra ela, eu namorava um garoto e ela também namorava com um garoto e pelo que sei, ela estava realmente apaixonada, ela estava pintando minhas unhas de preto, como pedi, ela terminou e eu comecei a passar batom em sua boca, logo começamos a beber, quando era por volta das 4 da manhã, eu estava fumando um cigarro junto com ela, e ela estava com brilho do sabor cereja, ela se aproximou e soltou a fumaça em minha cara, estávamos perto demais, eu fui me aproximando e logo a beijei, a beijei intensamente, misturando brilho de cereja com o de tutti-frutti, o que deixava com um gosto muito bom, logo fomos nos afundando mais no beijo, afinal estávamos bêbadas, não lembraríamos de nada no outro dia, quando acordei ela estava abraçada comigo, dormindo tranquilamente, me arrumei e deixei um bilhete, e logo fui pra casa, com uma dor de cabeça horrível.

FlashBack Off

 

Quando me dei conta já estava sorrindo, logo ouço uma voz masculina atrás de mim, era o idiota do ruivo, me virei e me levantei, ele me puxou até um tipo de porão que não havia ninguém, só nos dois, quando me virei pra falar algo ele me tacou na parede e me preensou contra a mesma, ele se aproximou devagar e eu empurrei o mesmo, fazendo se afastar, logo sai correndo, não queria nada com aquele garoto, oui o sinal tocar e fui em direção a sala de aula, me sentei em uma das carteiras e Rosa ficou fazendo perguntas de o por que eu tinha chegado acompanhada dos 6 garotos mais gatos da escola, ri dessa reação dela e esperei a aula acabar, quando bateu o sinal de encerramento, guardei minhas coisas e Alexy e Rosa vieram até mim e começaram a tagarelar.


Rosa: Vamos no shopping hoje, com certeza, você precisa contar o babado de o por que chegou com aqueles gostosões hoje! Saiu até no jornal da escola Morgan! que sorte

Alexy: Eu já até sei, mas vai contar o babado de o por que saiu do porão e logo em seguida o Castiel saiu!

Morgan: GENTE EU JÁ DISSE QUE NÃO ACONTECEU NADA! –Gritei, cansada daquele interrogatório

Rosa: Ui, alma senhorita TPM, Você combina mesmo com o Castiel hein! Puta merda –Disse brava 

Alexy: Concordo e discordo com a Rosa, Combina com o Castiel, o Armin e o Lys també, tá mocinha, não pense que não vi!

Morgan: Porra, isso tudo pra eu aceitar ir no shopping com vocês? –Sai da sala acompanhada ''delas'' (N/A: ALEXY É UMA DIVA, UMA MENININHA GNT)

Rosa: Claro! Amanhã nós vamos em uma balada foda querida –Ordenou

Alexy: E você precisa de um estilo bem puta mesmo! Pra enlouquecer os bofes –Sorriu e eu ri, junto com Rosa

Morgan: Quem disse que eu vou? –fizeram uma carinha triste– Tá, tá, eu vou, putinhas –Sorriram–
 

Rosa e Alexy me arrastaram até o shopping e me obrigaram a experimentar um mar de roupas, todas de puta, não gostei de nenhuma, e quando finamente encontramos, eu paguei e fui até a cantina com os dois, comi algumas besteiras lá e fui até a saída do shopping, me despedi deles e fui pra minha casa, quando cheguei, deixei as sacolas de compra em qualquer canto e fui até meu banheiro, me despi e entrei na banheira, a água tava boa, mas não tanto quanto a da cachoeira, fiz o que tinha que fazer e sai, botei um pijama e me enfiei de baixo das cobertas, já que hoje tava frio, mexi no celular e tinha um novo grupo, era da escola, só que sem os professores, ou seja: putaria do caralho, fiquei conversando e vendo filme, acabei adormecendo, não sei por que mas quando tomo banho naquela cachoeira sempre tenho bons sonhos, enquanto dormia, acabei derrubando um copo d'água, mas não liguei muito e continuei sonhando.


Notas Finais


KKKKKKJJJJJJ JÁ TO IMAGINANDO ALTAS PUTARIAS NESSA BALADINHA ;) POISE, DESCULPEM PELA DEMORA P POSTAR, MAS TA AEW Ó, CAP FRESQUINHO E GRANDE PRA COMPENSAR ;) Sz

DSCLPEM POR N TER ROLADO ND ENTRE A MORGAN E O CAST, MAS ISSO VAI DEMORAR MAIS UNS 4 CAPS PRA ACONTECER, COM TODOS, N SÓ COM O CAST

~~Beijos Da Panda

Roupa q a Morgan comprou: https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/33/3c/be/333cbe5a8a43904ece5422ba061d8ac9--rocker-style-summer-looks-coachella-.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...