História The Mystery've A Name - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Imagine Bts, Imagine Jean Jungkook, Imagine Jungkook, Jungguk, Jungkook
Exibições 52
Palavras 840
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola guys, mals postar tarde, eu passei o dia fora e só consegui entrar agora, mas ainda é domingo então tudo certo.

Ps.: Tenho que acordar 6 da matina amanhã.

Boa leitura <3

Capítulo 10 - Laugh With Me


Fanfic / Fanfiction The Mystery've A Name - Capítulo 10 - Laugh With Me


   Olho para ele com uma cara de "O que diabos faz aqui?" e ele me encara com um olhar não muito feliz, eu não sabia porque daquela cara de bravo, mais sabia que eu provavelmente tinha culpa, fazer merda é um dos meus dons.


_Boa noite Jungkook-Digo.


  Ele me desejou boa noite exatamente como Bernhard fez mais cedo, como ele sabia disso?


_Vi você mais cedo com um garoto loiro no refeitório, que bom que você esta fazendo amizades-Diz ele entrando no quarto e sentando no "sofá".


_Obrigada-Digo fechando a porta-Não que eu tenha entendido todas as regras que o diretor disse no primeiro dia mas eu acho que você não deveria estar aqui a essa hora-Digo com sinceridade, se alguem nos pegasse ali, mesmo que não estivéssemos fazendo nada de mais, estaríamos FODIDOS.


_Por que não entendeu o que o diretor disse? Seu coreano é bem avançado até onde eu sei-Pergunta ele ja sabendo a resposta.


_Eu estava.....distraída-Respondo não querendo assumir que estava encarando o mesmo no primeiro dia.


_Aposto que estava olhando para o Bernhard-Diz ele, me olhando mortalmente.


_Eu não conhecia o Bernhard ainda, não sabia da existência dele, e mesmo que estivesse olhando para ele, não é da sua conta-Digo grossa.

Eu já estava irritada com aquele ciume, não que eu nao gostasse de Jungkook estar com ciume de Bernhard mas eu não queria brigar com ele.

 


-Okay então, vamos fazer o trabalho-Ele diz mudando completamente de humor.


_Que?-Respondo sem entender.


_É o que eu vim fazer aqui (S/N), o que mais viria fazer aqui? Discutir a existência de Bernhard-Ele ri alto me deixando sem palavras.


(toma no cu)


_Realmente, então quer começar por onde?-Respondo ainda confusa.


_Que tal pelo amor?-Diz ele rindo maliciosamente.


_Acho melhor começarmos pela alegria-Digo.


_Por que você evita o amor (S/N)? Desde que te conheço você evita esse assunto-Diz ele me olhando seriamente.


_É que eu não entendo desse assunto, não mais-Respondo.


   A um tempo atras eu passei por uma forte desilusão amorosa, eu estava loucamente apaixonada, fortemente apaixonada, eu amava aquela pessoa e ela me desapontou, e o tamanho do amor que eu tinha por ele, foi o tamanho do chifre que ele plantou na minha cabeça, basicamente,  foi então que eu aprendi a evitar qualquer sentimento que viesse de mim e tirasse a razão do cérebro, mas desde que Jean Jungkook chegou tem sido bem difícil evitar emoções, e quando eu digo bem dificil, é muitoo dificio mesmo.


_Desilusão amorosa?-Pergunta ele aparentemente compreensivo.


_Bom se fosse só isso-Digo rindo lembrando de tudo.


_Traição?-Pergunta-Acho quem trai nunca amou de verdade-Ele completa.


_E eu acho que nuca fui amada-Digo percebendo que a frase de Jungkook fazia muito sentido.


_Que você saiba-Completa ele.


_Eu não posso fazer um trabalho com uma emoção que eu não sinto-Digo meio que tentando mudar de assunto.


_Então eu vou te ensinar a sentir-Diz ele como se fosse algo normal.

 

Uma das coisas que eu odiava em Jungkook era isso, ele fazia coisas constragedoras se tornarem normaisl, insuportavelmente suportavel, por que isso me irrita tanto? Talvez porque algo que para ele é irrelevante para mim é importante. 


_Como assim?-Pergunto.


_Vou fazer você me amar-Ele diz convencido.


_Boa sorte-Digo.


_Você vai ver-Ele diz.


_Tente o quanto quiser, duvido que consiga-Digo orgulhosa de meu coração congelado-Meu coração foi congelado a um tempo não acho que você consiga descongelar.

 

Treinei muito para desistir agora, todos os foras que dei até hoje não podem ser em vão, não porque um k-idol entrou na minha vida.


_Acredito que sim, eu sou uma pessoa muito quente-Ele sorri maliciosamente.


_Não confunda desejo/paixão com amor-Digo.


_Relaxa, eu sei diferencia um beijo de amor e um beijo de paixão.


_Quanta experiência-Digo rindo.


_Eu sei eu sei, e agora eu tenho uma missão, conquistar um coração despedaçado em um ano-Ele sorri.


_Bem vindo a primeira edição dos jogos vorazes, que a sorte esteja com você-Brinco.


_Vou precisar-Diz ele e nós rimos.


_Então, do que faremos esse mês?-Pergunta ele.


_Que tal felicidade?-Pergunto.


_Pode ser-Ele responde.


_Então o que te deixa feliz Jean Jungkook?


_Dançar-Diz ele-Girl groups-Ele ri.


_Dance para mim Jean Jungkook-Digo sorrindo maliciosamente. 


_Eu juro para você que se eu tivesse uma psicóloga assim eu ja estaria louco-Diz ele.


_Apenas dance Jungkook-Digo seria.


  Ele obedece, coloca uma musica em seu celular, Girl's day - Something, e dança, ele dança bem, mas era uma coreografia feminina, então acabou ficando engraçado e nós acabamos caindo na gargalhada, era para eu ter analisado a felicidade dele mas eu apenas o observei e me diverti com ele, ele era manipulador da pior maneira, mas talvez ele nem soubesse disso, espero que não, imagine o estrago que ele faria com minha mente e coração se soubesse o poder que ele tem sobre o meu corpo. Ficamos ali rindo por um bom tempo, até que dormimos, ele no meu "sofá" e eu na cama, acordo de madrugada com Jungkook me cobrindo, dando um beijo em minha testa e saindo de mansinho para não me acordar,  não me levanto apenas deixo ele ir embora.
 


Notas Finais


Até terça, pretendo postar mais cedo viu, só n podia deixar vcs sem capitulo, perdoa nois ai, <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...