História The Mystery've A Name - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Imagine Bts, Imagine Jean Jungkook, Imagine Jungkook, Jungguk, Jungkook
Exibições 89
Palavras 1.220
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola leitores da minha fic, hoje teremos, familia, amiga e personagem novo.

Leiam a nota final pff tenho 3 coisinhas importantes para falar, nunca te pedi nada.

Boa leitura <3

Capítulo 9 - A New Friend


Fanfic / Fanfiction The Mystery've A Name - Capítulo 9 - A New Friend


Levanto da cama e me arrumo,
pego minhas coisas e vou em direção a sala, para a minha surpresa Jungkook ja estava la, então me sento e digo:


_Oi.


_Bom dia flor do dia-Responde ele.


_Que final de semana foi esse?-Pergunto rindo.


_Uma amostra grátis da sua vida de agora em diante-Diz ele rindo.


  O professor chega na sala e começa a explicação então resolvo prestar atenção na aula. Assim que a aula acaba percebo que Jungkook se levanta e me espera arrumar o material.


_Não me diga que quer comer pamonha de novo Jungkook-Digo rindo.


_Não-Ele da um sorriso-Só vou te acompanhar até seu dormitório.


_Tudo bem então-Digo.


  Passamos o caminho em silencio, não era aquele silencio constrangedor mas sim aquele silencio confortador, só pelo fato dele estar junto, chegamos ao quarto e me despeço dele com  beijo na bochecha, ele acha estranho de primeira pois não esta acostado com esse tipo de comprimento depois lembra que eu sou de outro pais e entende que as coisas devem funcionar diferente comigo, ele da sorriso por fim e vai embora, arrumo minhas coisas faço algumas lições e vou almoçar, sento sozinha como sempre e algum tempo depois sinto uma presença masculina em frente a mesa, levanto a cabeça e é um garoto loiro de olhos azuis, ele é bastante forte, bem bonito na verdade, então por um momento me perco na imensidão azul de seus olhos até ele quebrar o silencio.


_Ola, me chamo Bernhard, posso me sentar?-Ele diz sorrindo.


_A, claro-Digo.


_Então, você é nova aqui?-Pergunta ele.


_Na verdade sim-Digo-Entrei esse ano, e você?


_Estou aqui a dois anos, vim da Alemanha, você também  não deve ser daqui-Diz ele.


_É na verdade eu sou do Brasil-Falo.


_Que incrivel-Diz ele-O que cursa aqui?


_An, eu estou fazendo psicologia-Respondo-E você?


_Legal, eu estou fazendo Educação Física-Diz ele.


Isso explica o porque de seus grandes músculos.


_Que interessante-Digo.


Pego o celular para ver as horas e percebo que V me adicionou em grupo.

 
Mensagem ON


V Adicionou você ao grupo "Bando Tem Sal"


V mozão: Oii mozão 


(S/N): Oi amore


Jin: Que lindo 


Jimin: Quanta intimidade 


Kookie: Psé


Mensagem OFF


Vejo a hora e percebo que tenho que ir para sala ou não dará tempo de descansar para a próxima aula.


_Então, eu preciso ir, mas a gente se vê  por ai-Digo.


_Tchau, espero te ver novamente-Diz ele sorrindo.


  Levanto e vou para o quarto, eu criei uma intimidade muito grande com V, ele não é muito bom na cozinha então rimos bastante ontem, ele é realmente muito simpático e sinto que nossa amizade pode ser muito forte, ja em relação ao Bernhard, eu não sou capaz de opinar, entro no dorm me arrumo e vou para próxima aula, chegando la Jungkook esta sentado mexendo no celular, eu me sento e ele levanta e cabeça e diz:


_Oi mozão-Tirando com a minha cara.


_Oi amore-Digo entrando na brincadeira.


  Ele revira os olhos e eu rio de seu ciúmes, o professor entra na sala e me perco em pensamentos aleatórios, assim que a aula acaba me despeço de Jungkook e vou para o dormitório, chegando la resolvo ligar para os meus pais, afinal ja esta fazendo um semana desde que estou aqui, meu relacionamento com meus pais nunca foi muito grande, eu amo eles mas não conto tudo para eles e eles ja estão acostumados com meu jeito fechado de ser.


_Alo? Mae-Digo.


_Oi filhota, como vai? Você ficou sem nos ligar só mandou uma mensagem ja estávamos preocupados-Diz ela.


_Pois é, eu tenho andado meio ocupada com os trabalhos da faculdade, as coisas aqui são bem puxadas-Mentira.


_Entendi, entendi, você esta gostando desse lugar exótico?


_Um pouco, esta sendo bem complicado me acostumar com tudo, as coisas são bem diferentes por aqui-Mentira.


_Ja encontrou algum menino  bonito que vez seu coração bater mais rápido?-Pergunta ela.


_Na verdade não-Mentira.


_E amigos você ja fez?


_Não, eu tenho estudado muito então fico bastante no dorm-Mentira de novo.


_A que pena tente se enturmar, eu sei que é difícil mas não custa tentar, você esta com saudades? 


_Claro, mae-E mais mentiras.


_Bom mae eu preciso estudar, manda beijo pro pai ta, te amo-Mais falsa que os meninos do bts falando que são santos.


  Desligo e disco o numero da minha melhor amiga. (S/M/A)


_(S/M/A)!!! Tudo bommm??


_(S/N) vadia, por que não me ligou antes????-Diz ela.


_Eu estive ocupada-Digo.


_O que pode ser mais importante que eu? -Diz ela.


_Os meus amigos meninos do BTS-Falo rindo.


_Mentiraa!!!Como assim?-Ela fala indignada- Eu fico uma semana sem te ver e você ja começa a piranhar??


_Pois é eu sou uma puta mesmo-Falo rindo.


_Puta paga- Ela diz me corrigindo-Eu preciso ir agora porque né é de madrugada e se minha mae me pega acordada eu to fodida.


_Maldito seja esse fuso horário, tchau.


_Tchau, mantenha contato viu.


  Desligo a chamada, a (S/M/A) é uma pessoa incrível, ela é inteligente e bonita, alem de ser super simpática e  ter os melhores conselhos, ela é baixinha e tem a pele bem branquinha, seu cabelo preto semelhante a escuridão cai em seus ombros e ali se acabam, ela é totalmente o meu contrario, ela é o tipo de menina fofa e querida por todos, e eu sou meio que a indiferente para tudo.
 Estudo um pouco e quando olho o relógio ja é hora de jantar então desço e pego minha janta, ao procurar uma mesa para sentar avisto Bernhard acenar para mim igual um louco então me sento ao lado dele.


_Boa Noite querida-Diz ele.


_Boa noite-Digo.


_O que fez nessa tarde?-Pergunta ele.


_Me comuniquei com minha familia-Respondo-E você?


_Estudei para ser exato, nossa faz um tempo que não falo com minha familia-Diz ele meio triste.


_Por que?-Pergunto.


_Eles não apoiaram a minha vinda para  a Coreia, e eles não me aceitam como eu sou-Diz.


_E como você é?-Pergunto-A desculpa você não me deve satisfações, não precisa falar.


_Imagina, confio em você para me abrir, acontece que eu sou bissexual, e minha família nunca aceitou, então eu vim para a Coreia e só avisei quando ja estava aqui, o que deixou eles revoltados-Diz ele com um sorriso irônico.


_Entendi, eu sinto muito-Digo afim de consola-lo.


  Eu não sei porque mas eu sinto que ele não esta falando a verdade, é como se tudo que ele me disse até agora fosse mentira, eu provavelmente estou enganada, ele não tem porque mentir para mim, eu só estou sendo paranoica, sempre me dei bem com as pessoas da comunidade LGBT porque eles tem a mente muito aberta, e eu admiro muito isso em alguém, então acredito que podemos ser muito amigos em um futuro próximo, só espero que eu esteja errada a respeito de minhas suspeitas, eu tenho que aprender a parar de desconfiar de todo mundo.
  Terminamos a janta e conversamos um pouco, então ele foi para seu quarto e eu para o meu, cheguei tomei um banho  e me deitei com meu livro, até que escuto a campainha do dorm tocar, quem diabos viria me chamar as 11 da noite? Levanto com meu shorts cinza curto, minha camiseta grande que cobre o shorts e meu coque bagunçado e abro a porta, quem poderia ser?


_Boa noite querida-Diz em um tom de voz irônico.


  O dono do sorriso bonito adora me surpreender.
 


Notas Finais


Entaoo queridos...

Primeira coisa: eu prometo que assim que a minha pessoa maravilhosa entrar de féria terá uma maratona, ou seja, capítulos todos os dias durante uma semana, tenho planos adoráveis para esses capitulos, hihihi.

Segunda coisas: o que vocês acharam do nosso querido Bernhard? Quero teorias (vou demorar 100 capitulos para decorar o nome desse ser)

Terceira coisa: eu esqueci qual era a terceira coisa então fds.

Até domingo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...