História The Nerd And The Popular -Season 2- - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, Monsta X, UNIQ
Personagens Cho Seung Yeon, Jackson, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Kim Sun Joo, Lisa, Mark, Min Hyuk, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Blackpink, Bts, Jikook, Taehyung, Taelia, Uniq, Yoonseok
Visualizações 23
Palavras 1.019
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hii sweet, mais um capitulo :3, espero que vocês gostem, me desculpem por quaisquer erros, boa leitura >3<

Capítulo 2 - Chapter Two


POV Malia

 

Ao chegar em casa fui direto para o meu quarto, sem nem falar com a minha omma ao passar pela sala, minha cabeça estava cheia de mais, aquele sonho me deixou tão confusa... provavelmente um banho quente iria me fazer sentir melhor.

Ao entrar no quarto fui logo jogando a mochila em um canto qualquer e me dirigi ao banheiro, fui andando até lá enquanto me despia, deixando assim as roupas no meio do caminho. Adentrei no box e regulei a temperaturo da água a deixando morna, após ter ligado o chuveiro entrei em baixo do mesmo e suspirei ao sentir a água morna escorrer pelo meu corpo fazendo com que os meus musculos tensos relaxassem.

Saí do banheiro após uns trinta minutos de banho, e como eu previa aquilo me deixou bem mais relaxada, estiquei meus braços me espreguiçando e logo comecei a catar as roupas que eu havia deixado espalhadas no chão do quarto.

Cheer up baby, jom deo himeul nae...

Comecei a cantar enquanto mexia o meu corpo fazendo uma dancinha estranha, parei somente ao ouvir o sonzinho de notificação do meu celular que se encontrava em cima da cama, endireitei a postura já que até então estava curvada e dei alguns passos me aproximando da cama.

Coloquei as roupas em cima da mesma, e peguei o meu celular sentando na beira da cama enquanto o desbloqueava, um frio correu por minha espinha ao ver que havia recebido uma mensagem de TaeHyung e toda aquela sensação estranha voltou, comprimi os meus lábios e abri a mensagem um tanto hesitante.

 

TaeHyung: Passarei na sua casa as duas, não se esqueça, até mais!

 

Soltei um suspiro curto e me segurei tentando não inventar uma desculpa para cancelar com TaeHyung, eu já estava ficando paranoica com essa história, foi só um sonho nada daquilo vai acontecer.

― Foi só um sonho. – Repeti pra mim mesma e levantei voltando a pegar as roupas, as levei até o banheiro onde as deixei no cesto e voltei para o quarto a fim de vestir uma roupa já que ainda me encontrava apenas de toalha.

 Após ter me vestido fui até o espelho e fiitei o meu reflexo com certa atenção, estava vestindo uma calça jeans de lavagem escura e um moletom azul pastel com a imagem de um panda estampada bem no centro, estava calçando meias da mesma cor da blusa com bolinhas brancas estampadas por toda a extensão dela, e meu cabelo estava amarrado com uma fita cor-de-rosa, ajeitei o óculos no rosto e só então saí do quarto.

Fui até a sala de jantar onde a minha omma e o meu irmão já se encontravam almoçando. Sentei em uma cadeira e logo comecei a me servir mantendo a minha atenção em um ponto fixo na mesa.

 ― Você parece preocupada, aconteceu algo?  - Minha omma me perguntou me tirando assim dos meus pensamentos, abri um sorriso fraco e a olhei.

― Ah, não, é só impressão sua, eu estou bem. – Garanti e logo voltei a sorrir.

 ― Tem certeza? – Apenas concordei com a cabeça começando a comer logo em seguida. ― Como foi na escola?

― Foi normal, não teve nada de especial...

 A conversa não se estendeu muito, pois não estava muito a fim de falar, e o meu irmão indiretamente acabou me ajudando quando começou a falar do jogo onde o seu time havia ganhado fazendo com que a atenção da omma se voltasse pra sí. Nota mental: Lembrar de agradecer o SeungYeon por isso.

Após ter terminado de ajudar a mais velha a arrumar a cozinha finalmente pude voltar para o meu quarto, apoiei as costas na porta e fechei os olhos suspirando aliviada, voltei a abrir os olhos e olhei em volta, fixei o olhar na estante de livros caminhei até com um pequeno bico em meus lábios.

Como era baixinha tive que ficar na pontinha dos pés para poder pegar os livro de que iria precisar, acho que eles vão ajudar a mim e ao Tae a fazermos o trabalho, claro que poderiamos consultar a internet para fazer isso, mas eu queria manter o garoto ocupado, assim não teriamos muito tempo para começar e nossa relação não iria evoluir – eu acho...- em bora que eu meio que inconcientemente queria que isso acontecesse.

Ótimo plano! Abri um pequeno sorriso e passei os braços em volta dos livros para que eles não caissem e fui até a cama, coloquei os livros lá e peguei uma mochila, joguei os livros lá dentro junto com cadernos lápis e coisas do tipo, além de dinheiro e coisas que eu provavelmente iria precisar.

Olhei o meu relógio de  parede vendo que ainda faltavam uma hora para o Tae chegar então decidi fazer algo enquanto isso não acontecia. Me joguei na cama com o celular em mãos, estiquei o braço na direção do criado mudo e peguei o fone que se encontrava sobre o objeto, o conectei em meu celular e coloquei os fones em meus ouvidos, dei play em “Photograph do Ed Sheeran”  e fechei meus olhinhos deixando que a musica “tomasse conta de mim”.

 

Estava quase dormindo quando ouvi batidas na minha porta e logo a voz do meu irmão ecoou pelo quarto me fazendo despertar, soltei um longo suspiro e falei apenas “ Já vai”, o que foi suficiente para que Seungyeon voltasse para o andar de baixo.

Cocei meus olhos ajeitando o oculos em meu rosto logo em seguida, e levantei tirando os fones dos meus ouvidos, deixei que o celular caisse sobre a cama e me arrastei até o meu tenis que estava jogado no canto do quarto, após te-lo calçado peguei minha mochila e saí do quarto.

Com a mochila nas costas fui descendo a escada parecendo um zumbi de tão lento que eu estava andando, fiz uma pequena careta ao ver SeungYeon e TaeHyung conversando como se, se conhecessem a anos, confesso que senti o meu coração acelerar um pouquinho ao ver o Tae... ah, ele estava tão lindo... mas eu tenho que afastar esses pensamentos,se eu quero mante-lo longe, não é mesmo?


Notas Finais


Até o próximo capitulo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...