História The Nerds - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Tags Amizade, Gastina, Lutteo, Nerd's, Simbar
Visualizações 162
Palavras 474
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Eu tenho dó de gente como você!


Fanfic / Fanfiction The Nerds - Capítulo 6 - Eu tenho dó de gente como você!

Símon

"A humilhação é uma arma que não tira vidas mas destrói corações"

Desço as escadas rapidamente, até ver Matteo gemendo de dor. 

- O que foi, mano? - pergunto, e estendo minha mão. 

- A Luna me chutou bem nos países de baixo. - diz Matteo, e eu não aguentei e ri, muito. 

- Ah, era bom se fosse com você. - ele agarra minha mão, e se levanta. Eu ainda estava rindo dele. Ele depois de "recuperado", vai até a mesa tomar café da manhã. Lá estava todas as meninas reunidas. Encarei Ámbar que deu um sorrisinho debochado. Depois, vi Luna rindo da cara de Matteo. 

- Bom dia, meninos. - diz Gastón, mas vejo que ele encara Nina e logo fica com uma cara desagradável. 

Me sentei ao lado de Matteo e Gastón, e assim foi o nosso "café", em um silêncio constrangedor. Até que Matteo resolve comentar

- Vocês vão em que carro? - perguntou com a intenção de ser gentil. 

- Irmãozinho, - diz Ámbar com certo tom de deboche. - A mãe me deu um carro ano passado, mas infelizmente não pude ficar aqui sabe? Por causa de certas coisas.

Eu e os meninos nos encaramos, e tentamos ignorar ignorar aquela indireta. 

- Porém, eu vou usar ele hoje. - e dito isso ela sai junto com as meninas. 

- Sua irmã não perdoa uma, Matteo?! - comento, e ele reviro os olhos.- Tá sei que erramos. 

A gente se sentou no sofá. 

- Bom, naquele dia que eu disse que ia falar com a Ámbar....

Matteo

Flashback On

-Irmã? Não. 

- Ámbar.. - começo, e ela faz uma careta. - Sou seu irmão sim, e você é minha irmã, sim! 

- Não. Porque ano passado eu não era sua irmã? Ou quando você disse que eu era a vergonha da família eu era sua irmã? E quando Símon chamou de vadia? Talvez, eu era sua irmã quando você me empurrava e me zoava com seus "amigos"? Não! - ela olhou e lágrima desciam do seus olhos, eu não tive coragem de responder. - Porque só seu irmã agora? Porque...

- Para! - tento falar, ela chorava mais e mais. - Eu errei eu sei.

- Não, você não sabe, Matteo. - ela limpou as lágrimas, e apontou o dedo na minha cara. - Seu ego é enorme! Você só pensa em si, mas nem sempre o mundo vai ser assim. E agora é o dia de eu lhe mostrar que o mundo gira. E não ouse se aproximar de nossas amigas, e principalmente da Luna!

Ela sai e antes de fechar me olha.

 - Eu tenho dó de gente como você! - e ela bate a porta.

Essas palavras foram como facadas, eu tinha magoado minha irmã. A única que sempre me apoiou. E sempre me amou...

 


Notas Finais


Meu Deus, que capitulo da bad, né gente? Mas, tirando isso... O que acharam? Gostaram? Odiaram? :)
Comentem, favoritem e acompanhem :)

Bye, beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...