História The New Age - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler, Sara Sampaio
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais, Sara Sampaio
Tags Luta, Máfia, Mulheres, Romance, Sexo
Visualizações 9
Palavras 2.230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olaaaaa anjos. To ficando meio chocada, porque Damas diaparou, mas NAO TO RECLAMANDOOOOOOO kkkkkkkkk. Muito obrigada, e se você não conhece Damas, vai lá ler. Kkkk Boa leitura.

Capítulo 7 - Novo lar


Fanfic / Fanfiction The New Age - Capítulo 7 - Novo lar

Justin

Quando desço do carro, para a admirar a faixada do lugar. Era bem discreto, mas dava pra ver que era enorme por dentro. A faixada não poderia chamar muita atenção, já que aqui é um lugar exclusivos das Damas, mas uma pequena placa de neon vermelho escrito Ladies Pleasure (Prazer das Damas em português) era notável. Bruce foi me explicando as coisas no caminho para cá. Como por exemplo que elas tem um clube desse em quase todos os países, e outros que é para mulheres comuns visitarem. Os melhores em seu desempenho e que não quer uma Seleção, ele vai rodando o mundo, indo em todas essas boates para bem...fazer o que aa mulheres pedirem.

Todos. Repito. Todos tem que dançar. E se você esta achando que é uma dancinha qualquer, nada disso. São os famosos Lap dances. Sim, eu terei que aprender a dançar Lap Dance, Bruce disse que tem os melhores coreógrafos aqui e que é bom eu aprender logo, ou serei castigado. Tem isso também. Se você não agradar algum mulher, você será trancado em um tipo de quartinho por 2 dias, sem comer e nem beber. Parece horrível.

Diferente daquelas novelas e filmes, aqui cada um tem uma cama no mesmo quarto e apenas um banheiro com 3 chuveiros. Todos ficam juntos e se brigarem ou causar tumulto, haverá outro castigo. Ou seja, saiu fora da linha, se fudeu. Ou seja, eu já to todo fodido. Não sou muito bom e nem fã em trabalhos em grupos.

Quando entramos, passando por um corredor, iluminado apenas por luzes roxas e nas paredes tinha assinaturas de vários nomes, que eu suponho ser de algumas das Damas. Funciona mais ou menos assim: Aqui em Las Vegas tem um cede das Damas e algumas das cidades vizinhas também tem cedes. Elas fazem grupinhos todos os dias de Damas diferentes e as trazem aqui. Algumas são recompensadas por trabalho pesado. Porque assim, cada cede tem setores: os setores das armas, setor de lutas, setor da espionagem, setor das drogas, e o setor que fica responsável por rakiar e ficar na parte da tecnologia. Cada um desses setores tem sua responsável. Ela fica com a missão de treinar as outras, ensiná-las e tudo mais.

Acho que assim ficou mais fácil de entender. Eu não posso saber de muita coisa, apenas do essencial para não infringir nenhuma regra. Sempre fazer o que elas pedirem, sempre agrada-las, faze-las se sentirem bem, nunca machucar, nunca brigar e nunca tentar fugir (esse é meio idiota mas tah). Basicamente é isso. Todas as noites terá show, e cada dia são 6 escalados para as danças e no bar. Nesse daqui tem em torno de 30. Ou seja, cada 6 tem seu dia de segunda a sexta e nos sábados e domingos que lotam ficam 10 ou 12, dependendo da multidão.

Quando o corredor acaba, não resisto e solto um assobio. O lugar é incrível. Luzes roxas e azuis piscam por todos os lados. Tem lugar para muitas mulheres e posso ver que lá no fundo a uma escada onde da para um mezanino, onde provavelmente fica os Lap dances mais ousados e exclusivos. Como eu disse: algumas recebem um bônus pelo bom trabalho. E mais para cima, a um lugar reservado apenas para Rebecca ter quem ela quiser para dançar para ela. Deus queria que um dia eu possa estar ali em cima.

Passamos pelo enorme balcão do bar, onde a trás um parede de vidro cheia de todas as bebidas alcoólicas e não alcoólicas ficam. Tudo é limpo e arrumado pelos próprios dançarinos. Enquanto 6 limpam o saguão, 6 lavam as roupas , os outros 6 limpam o quarto e o banheiro, 6 fazem a comida, 6 ficam para dançar a noite e ai eles vão revezando. Cozinhar? Sim, eles cozinham para eles e para nós. Nisso cada um perde uma quantia por estar gastando para comprar os suprimentos. Assim como lavar nossas roupas. Essa vai ser minha vida daqui em diante.

Hoje eu vou conhecer o lugar, ver como eles limpam as coisas, onde cozinham e como funciona a noite. Sinceramente, estou nervoso. Sempre vim em uma desses onde mulheres gostosas tiravam a roupa na minha frente e eu apenas assistia e dava dinheiro para ela. Parece que o jogo virou, não é mesmo. E mano, eu me sinto meio estranho em dançar para mulheres. Não por eu se ruim, eu sei que sou bom pra cacete, mas eu nunca fiz algo onde eu tenho que me dedicar 100% aquilo, fazer tudo o que mandando, mesmo eu não querendo fazer. Agora eu sei como aquelas garotas se sentem. Mas posso garantir, que aonde nós “vivemos” ainda é melhor do que lá. Aqui cada um tem sua cama de solteiro, em um quarto só. Tem o banheiro que tem 3 chuveiros, o que é muito bom. Tem uma cozinha e uma lavadora de roupas. Tenho quase certezas que elas não tem isso.

Enquanto eu ia em direção aos fundos onde ficava o dormitório, passamos em frente a um longo corredor vermelho do outro lado do salão. Aah, onde ficava os quartos. Se uma das Damas quiser transar com você, do jeito que ela quiser, você vai fazer. Se dedicar a dar prazer a ela e ignorar o seu. Aqui o seu prazer não importa, apenas o dela.

Bruce para na frente de uma porta de metal, com outros 2 gorilas como guardas. Puta merda, da onde que elas conseguem homens tão altos e fortes? Eles parecem gorilas furiosos e te sempre te olham como se quisessem te matar.

Bruce abriu a porta do dormitório e deixou eu passar. Assim que entrei, o quarto ficou quieto. Era bem simples, paredes cinzas, camas de solteiro enfileiradas em duas filas, uma de cada lado das paredes. Se você seguisse reto pelo corredor de pés de cama, tem 3 portas. Provavelmente uma vai para o banheiro e as outras para a cozinha e a “lavanderia”. Todos os caras ali me olhavam como se me analisassem. Nenhum reclamou, o que achei bom. Se tem uma coisa que eu não faço é aguentar desaforos e pessoas falando merda sobre mim.

-Rapazes, esse é Justin Bieber. Ele é o novo branco. Ele vai ficar no lugar do Dillan, que deve estar chegando em Londres. Vocês a sabem do resto. – Bruce aponta para a última cama, perto de uma porta – Aquela é sua cama. Os rapazes iram mostrar como você tem que fazer as coisas. Eu já te expliquei, agora vai aprender. E boa sorte garoto.

E assim ele saiu. Me deixando no meio de um quarto cheio de macho. Pelo menos o quarto não fedia. Tinha apenas cheiro de perfume masculino, misturado com loção pós-barba.

Caminho em direção a minha cama e quando vou passando, os caras vão falando seus nomes. São muitos nomes, é obvio que não vou decorar todos. Quando sento em minha cama, as vozes voltam as conversas normais. O garoto da cama ao lado, senta em sua cama de frente para mim.

-Sou Ryan Butler. – ele estende a mão no tipo de “toque de mano” e retribuo – Ficamos meio chocados com o você. Não leva a mão mano, mas faz muito tempo que não chega um novato.

-É, a maioria vem de outros clubes de outros lugares – viro meu rosto para a voz, e outro cara estende a mão – Sou Chaz Somers. Como veio parar aqui?

-Dividas de drogas – os dois concordaram com a cabeça – E vocês?

-Nossa historia aqui é mais longa do que Imagina, pode acreditar– Chaz responde.

-Relaxa mano, as coisas não são tão horríveis assim. Algumas Damas são terríveis, tipo...pra caralho. Então esteja preparado para muita merda que vai Fazer. – encaro Ryan.

-E tende não ficar escutando as merdas que alguns falam – disfarçadamente, Chaz apontou com a cabeça, para um grupinho de 4 caras que pareciam estar em uma conversa animada – Alguns daqui se acham o pau de ouro, mas não sou porra nenhuma.

Dou uma risadinha debochada. Em todos os lugares tem um desse, é meio inevitável. Sempre vai ter aquele que se acha o alfa. Ridículos.

-Valeu caras. É meio bizarro estar aqui. – deixo minha mala cair no chão e deito na cama.

-Você vai pegando o cheio da coisa. Logo vai ser como um de nós – Ryan e Chaz dão um soquinho em seus braços. Acho que são amigos de muito tempo.

-Vocês estão aqui a muito tempo – vejo os dois se olharem e logo darem um suspiro cansado.

-Sim. Muito antes de existir esse tipo de lugar – Chaz começa.

-Nós éramos dos Os Procurados, trabalhamos para Zayn, Louis, Liam e Harry. Até Zayn casar com Anne. – Ryan continua.

-No começo, as coisas ficaram muito fácil. Tipo, tínhamos ajudas das Damas, e elas eram osso duro de roer – eles riram.

-Então, Anne e Zayn morreram. Harry e Liv eram um casal e Liam morreu e tinha agora Niall como agregado por causa de Luiza a prima que ficou no lugar de Liv, e Raph que sempre ajudava. Louis não se casou, mas ficou ao lado de Gabe, como se fossem mesmo um casal para os outros. Liv e Harry tinham adotado um garotinho que era sobrinho da garota de Liam, e logo tiveram outro filho, Davi. Niall e Luiza nunca tiveram um filho e não ficaram muito tempo. Tinham 31 anos quando se afastaram. Louis e Gabe também não tiveram filhos nem Raph. Só tínhamos agora Davi como herdeiro. Então algo pouco aconteceu. – Ryan ia contando a história e mais e mais cara iam se aproximando para ouvir também.

-Angel apareceu. A filha de Anne e Zayn, com 18 anos para liderar do lado de Davi. – Chaz disse e eu Cruzei o cenho em confusão.

-Mas Anne e Zayn não tinham morrido? Como poderia ter uma filha?

-Eles não morreram. Forjaram a própria morte para amedrontar os outros mafiosos, que se for preciso, nós morremos para ter justiça. Ouvimos dizer que Anne e Zayn sempre estavam os ajudando por trás, pela ajuda de Raph. – que loucura. – Então com uma carta explicando tudo e com o selo oficial das Damas, Angel foi aceita e passou a liderar do lado de Davi. Os outros tinham se aposentado, iam fazer o que sempre desejavam. Apenas Raph tinha permanecido ali para ajudar os dois. Foi ai que a coisa ficou feia.

Olhei para os rosto dos outros caras. Todos pareceram ficar tensos com essa parte da história.

-Quando Davi fez 22 anos, eles simplesmente disse que não poderia fazer aquilo. Que odiava tudo aquilo. E renunciou a liderança. Angel ficou sozinha para liderar. E ela não foi uma pessoa ruim. Era mais firme que Anne, mas não tao ruim. Logo, quando fez 29 anos, ela casou com um ator famoso e teve uma filha que você já conheceu – Rebecca. Imagens delas invadem minha cabeça, mas as afasto. Se eu tivesse uma ereção ali no meio ia ficar muito estranho.

Então Chaz continuou:

-Quando Anne e Zayn casaram, Damas e Procurados, tinham se unido e formado The New Age, Uma Nova Era. Mas quando Rebecca assumiu a liderança, ela elevou as Damas e abaixou os Procurados de pouco em pouco. Não vou dizer que ela é horrível, uma bruxa e essas coisas. Ela cuida de nós, não passamos nenhuma necessidade nem nada. Mas ela não recruta mais num. Você viu como acontece. Em vez de recrutar, ela manda para uma das cores – todos levantam suas pulseiras brancas. A maioria morre e a outra vem para cá ou vira traficante. Mas nunca tínhamos passado por isso.

-Quando ela virou líder, no dia seguinte, Rebecca, Megan e Chloe passaram em varias cedes, recrutando alguns homens para virem para cá. E aqui estamos. Felizmente, minha Seleção e a de Chaz será da a 2 meses. – vários outros suspiram e vão se afastando.

Quero fazer perguntas sobre Rebecca, quero saber mais dela. Mas me contenho. Muitos aqui não parecem gostar muito dela.

Ao longo do dia, Chaz e Ryan me explicam como limpar e cozinhar em meus dias, o que devo fazer e etc. Tenho aulas básicas de dança. Ryan me afirmou que na primeira semana eu vou ficar apenas no bar e depois eu vou para as danças e consequentemente os quartos.

Eles tem 2 meses para a Seleção deles. Eu tenho esse tempo para me dedicar ao ponto que vou junto com eles. Eles são gente boa, em sossegados. Os dois tem 19 anos e agem como caras de 19 anos. Xingam, fazem piadas terríveis e assim vai. Quando a noite vai se aproximando, as coisas começam a ficar agitadas no quarto. De pouco em pouco vão tomando banho e eu fico por último, beleza. Chaz me entrega uma causa jeans colada preta, umas correntes cinzas e só. Arrumo meu cabelo no grande espelho do banheiro e suspiro olhando meu reflexo. Deixa de ser boiola Bieber. Você vai por para fuder com tudo.

Fico atrás do bar com mais um cara que chama Chris. Eu tinha reparado ele sempre olhando para mim e os rapazes enquanto conversamos. Ele é bem quieto, mas nem comentei. Não sou obrigado a ficar sabendo da vida de macho.

As mulheres começaram a chegar, e as que viam para o bar, sorriam para mim maliciosas e seus olhos dançavam por todo o meu peito e tanquinho nus. Essa noite ia ser interessante.


Notas Finais


Aqui tem uma explicação se alguém ficou meio perdida ou perdido com tudo kkkkkkk. Espero que tenham gostado e até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...