História The New Alpha - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Maia Mitchell, Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Bobby Finstock, Chris Argent, Decaulion, Hayden Romero, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jordan Parrish, Liam Dunbar, Lydia Martin, Maia Mitchell, Malia Tate, Mason Hewitt, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Personagens Originais, Peter Hale, Rafael McCall, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski
Tags Alfas, Beta, Hunters, Mia, Ômega, Scott Mccall, Stiles Stilinski, Teen Wolf, Werewolf, Werewolves, Wolfsbane
Exibições 207
Palavras 3.188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Fantasia, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


PODEM ME BATER, SÉRIO.

Mil desculpaaaas! Eu sei que eu demorei para atualizar o cap, mas a semana tava beeeeem complicada, mas graças a deus entro de férias na sexta!! JURO Q EU VOU POSTAR COM MAIS FREQUÊNCIA!

Espero que gostem do cap <3

Capítulo 7 - Camping Plans


Fanfic / Fanfiction The New Alpha - Capítulo 7 - Camping Plans

Scott’s POV

 

 - Ok, Stiles, pode contar o plano. – pedi, assim que Malia se uniu a nós no refeitório.

 

 - Ué, achei que Mia fosse vir também, oras. – Malia reclamou, sentando-se ao lado de Isaac.

 

 A ordem da mesa estava assim: Eu estava sentando em uma cabeceira da mesa e Stiles em outra, de um lado da mesa, Liam estava com Hayden e do outro, Malia e Isaac.

 

 - Peter está com ela na sala do diretor, tentando convencê-lo a mudar os horários para deixar pelo menos um de nós em cada aula dela. – Stiles comentou. – Meu pai conversou com Peter ontem e os dois acharam que seria melhor que ela tivesse uma “supervisão”, digamos assim.

 

 - Ótimo. Agora viramos babás.

 

 - Malia... – soltei, em tom de reprovação. – Por que você tem tanta implicância com a garota? – perguntei, mesmo sabendo a resposta.

 

 - Porque eu ainda acho que estamos alimentando o monstro, como fizemos com a Meredith. Ficamos dando bola para ela e, na verdade, estávamos ajudando o benfeitor.

 

 - Só isso, né? – Isaac falou, com ironia na voz, enquanto pude notar que Stiles desviou o olhar para as pessoas que pegavam seus lanches.

 

 - Claro que é. – mentiu.

 

 - Bom... Eu vejo Mia como uma boa amiga, pelo menos por enquanto. Eu acho que ela precisa de nossa ajuda para passar pelo menos por esse começo de aceitação na escola nova. – Hayden deu de ombros.

 

 - Verdade. – Liam concordou com ela. – E, além do mais, todos podemos concordar que ela não tem nenhum cheiro “sobrenatural”. – fez aspas com os dedos.

 

 - Para mim ela tem cheiro de menta – Stiles disse e eu logo arqueei uma sobrancelha, percebendo que ele tinha alguma coisa para me contar, e também percebi que Malia revirou os olhos. – Ela quase sempre tá com bala de menta. Ela até me deu uma ontem... – tentou justificar.

 

 - Ah, você foi na casa dela ontem? – Isaac perguntou.

 

 - Além da sua negatividade e a mania de cachecóis, para que você serve mesmo? – soltei uma risada ao ouvir a típica fala de Stiles.

 

 - Meu Deus, você sempre fala isso. – o Beta reclamou.

 

 - Pois é, né? Sinal de que alguma coisa tá errada. – levantou as sobrancelhas. – E, não, eu não fui na casa dela ontem. Ela me deu uma bala aqui na escola mesmo.

 

 - Mas, como? – Isaac continuou com a intriga e eu fiquei só assistindo. – A Mia ficou o tempo inteiro com a Malia e, no único momento que vocês ficaram próximos o suficiente para conseguir pegar uma bala, eu estava com você.

 

 - Verdade, Stiles. – Malia concordou. – Vocês dois estavam o tempo todo do meu lado e eu não vi nada. A única coisa que eu vi foi um show com um taco de lacrosse. – Stiles ficou com os olhos arregalados, sem saber muito o que responder, principalmente porque ele tinha me pedido para não contar a ninguém sobre toda a história do Nogitsune ter deixado um “presente” para ele.

 

 - Ele foi sim para a casa da Mia ontem. – falei. – Só que ele foi só porque eu pedi, para ver umas coisas com o pai dele. Eu que tinha pedido para ele não contar nada.

 

 - Mason! – Liam se levantou e o moreno se aproximou. Os dois se cumprimentaram e o clima pesado se quebrou um pouco.

 

 - E aí, gente, o que eu perdi? – perguntou, sentando-se ao lado do melhor amigo.

 

 - Nada importante. – Stiles respondeu, já pegando alguns papéis na sua mochila. – Que tal deixarmos a briga de lado um minuto e nos concentrarmos nisso aqui? Obrigado. – Entregou um dos papéis para cada um de nós e eu logo me pus a ler uma reportagem cheia de termos técnicos sobre uns tals de sigbins e Hoyers.

 - Ok... – Mason falou, com uma cara estranha. – Pode traduzir isso para a minha língua? Eu sei que vocês têm uma leve vantagem no assunto do que eu, principalmente porque eu ganhei uma péssima explicação de Liam.

 

 - Bom. – Stiles começou a explicar, enquanto eu e todos os outros prestávamos atenção. – Depois de conversar com o Peter e a Mia, junto com meu pai, consegui descobrir um pouco sobre os Hoyers. Não só tinha um corpo de um Hoyer na floresta, como também uma equipe toda dessa família.

 

 - E o que são os Hoyers? – Hayden perguntou.

 

 - Um grupo de caçadores. – respondeu. – A pequena diferença é que, como Peter disse, eles simplesmente matam todas as criaturas sobrenaturais que existem. Na internet fala que eles são responsáveis por mortes de inúmeras criaturas, entre eles lobisomens, vampiros e esse tal de sigbin.

 

 - Ótimo, Mia não trouxe só um alfa, trouxe um assassino em série que vai matar todos nós. – Malia sorriu sarcástica. – Olha que lindo, ela trouxe vampiros e esse chupacabra.

 

 - Na verdade, eu tenho quase certeza que vampiros não serão nossa preocupação, principalmente porque nenhum site dava foque neles, nem o “beastiary” de Peter. Só os menciona, sem nem explicar o que eles são.

 

 - Opa, menos um, pelo menos. – sorri, tentando ver o lado positivo.

 

 - Sim, mas esses sigbins não me trazem muito alívio.

 

 - Um bode sem chifres, um corvo ou algo vagamente parecido com chupacabra. – Isaac leu. – O que é mais comum em todas as lendas é que sua cabeça está pendurada entre as suas pernas traseiras, que são muito mais curtas do que os membros posteriores. Consegue se tornar invisível principalmente para humanos. Nossa. Que maravilha, como poderia ser melhor?

 

 - Certo, mas ainda não sabemos se eles são realmente reais, não é? – perguntei.

 

 - Não, mas os Hoyers são conhecidos por terem matado um.

 

 - Então, que tal deixarmos ele de lado um minuto? Só um minuto. Na verdade, somente por essa noite. Vamos focar no acampamento. Você viu se vai poder ir com a gente, Mason? – perguntei.

 

 - Se tiver um cantinho para me colocar, tô dentro! Isso vai ser insano!

 

 - Tem quantas divisões essa sua “barraca”, Malia? – voltei-me para ela para perguntar.

 

 - Quatro. – respondeu.

 

 - Ótimo, dois por quarto. Como podemos fazer? Temos que deixar um humano com Mia. – os olhares se voltaram para Mason e Stiles.

 

 - Eu voto em Mason. – Malia disse rapidamente.

 

 - Desculpa perguntar, mas para que mesmo precisamos de um humano com a Mia? – Isaac perguntou.

 

 - Porque se esse alfa realmente quiser a Mia, ele irá voltar atrás dela. E vai ser muito mais fácil achá-la se tiver um lobisomem do lado dela, porque ele vai reconhecer o cheiro. – Liam respondeu.

 

 - Se for por isso, eu voto no Stiles. – Isaac concluiu. – Todos nós sabemos que o Mason está diferente desde o lance da besta. O Stiles, por mais que esteja diferente, ainda tem cheiro de humano.

 

- Ah, obrigado. Considero um elogio. Assim, não é normal falarem que eu fedo como um saco de pulgas, mas eu tava meio preocupado com isso, desde o momento que todos os meus melhores amigos conseguem fazer pêlos crescerem no rosto, conseguem fazer garras enormes substituírem suas unhas... Sabe, tava com medo de ter pego essa fama – Stiles disse, apontando para o próprio rosto, e todos nós o fitamos, logo ele encolheu os ombros e deu um sorrisinho com escárnio. – Vocês sabem que eu amo vocês, né?

 

 - Vou apenas ignorar isso, raposinha. – Hayden soltou, fazendo-nos rir. – Eu tenho que concordar com o Isaac, Malia. Voto no Stiles para ficar com ela.

 

 - Também voto no Stiles. – Liam concordou.

 

 - Bem, quem sou eu para discordar? – perguntei. – Também voto no Stiles.

 

 - Vou repetir pela última vez. – Malia deu uma pausa. – Vocês estão alimentando um monstro. Estão tentando protegê-la de algo que ela deve ter total noção do que seja.

 

 - Malia, se você for pensar dessa forma, temos um Nogitsune e uma Besta de Gévaudan na mesa. – falei.

 

 - E, já que Scott começou falar, também estamos recebendo ajuda do seu pai. – Stiles completou. – E temos um beta maldoso que tentou matar seu papai true alfa. – olhou para Liam e os dois começaram a se encarar de uma forma engraçada.

 

 - E a Mia é uma gracinha, uma ótima pessoa. – Hayden ajudou. – Né, Liam?

 

 - Ah, sim. Sim. Claro. – concordou, mesmo não estando prestando tanta atenção.

 

 - As três aí dariam um trio incrível. – comentei.

 

 - Vamos passar para o plano do acampamento? – Stiles pediu. – Antes que a Mia volte, que tal?

 

 - Me parece uma boa. – Malia rebateu, querendo sair do assunto “Mia Blanc”.

 

 - Ótimo, minha ideia era o seguinte: Mia pediu para que ficássemos longe do lugar onde a mãe dela morreu, mas não podemos ficar próximos da outra cena de crime, onde o Hoyer morreu. Temos que ficarem um meio termo, tipo a área de observação. Onde você costumava encontrar a Allison, Scott.

 

 - Lá tem uma vista linda. – sorri.

 

 - Onde é isso? – Hayden perguntou.

 

 - Aquele lugar onde nos encontramos logo depois de você ter sido mordida pelo Scott. – Liam a respondeu.

 

 - Ah, lá é realmente lindo.

 

 - Voltando. – Stiles tornou a falar. – Todos vocês vão precisar estar atentos para os sentidos. Vocês têm a lua cheia a seu favor.

 

 - Mas o alfa também tem a favor dele. – Liam completou.

 

 - Sim, mas somos mais fortes quando estamos com nossa alcateia, não é? – Perguntei, vendo se conseguia animá-los.

 

 - Bom, vamos dizer que eu tenho bastante experiência com luas cheias. – Stiles disse. – Ajudei todos vocês aqui de certa forma. – sorriu, orgulhoso.

 

 - Por isso que eu voto em Stiles para ficar na barraca com a Mia. Ele já deve saber o que fazer. – Isaac soltou.

 

 - Muito bem, menino freezer. Você quer que eu morra mesmo, né? Um amorzinho você!  

 

 - Tenho certeza que a Mia não vai querer te machucar. – falei.

 

 - Você também não queria, mas quase me matou na sua primeira noite de lua cheia.

 

 - O que importa é que Stiles vai estar lá para ajudar Mia, da mesma forma que ajudou quase todos nós. – Hayden disse.

 

 - Ok, podemos deixar de falar dela? É so Mia, Mia, Mia...– Malia pediu. – Ah, não, falando na criatura...

 

 Direcionamos nossos olhares para a porta e logo vimos Mia passando pela porta, acompanhada por Coach.

 

 - Muito bem, querida. – concentrei meus sentidos para ouvir o que Bobby dizia. – Faça seu lanche com tranquilidade, você está mais que aprovada para essa escola.

 

 - Obrigada. – Agradeceu e seguiu andando até o lugar das bandejas, onde pegou uma.

 

 - Aí, que blusa mais linda. – Hayden falou e eu notei a estampa de um lobo com uma lua cheia nela.

 

 - Senti uma referência aí. – Mason brincou.

 

 - Ótimo, sem tocar no assunto acampamento. – Stiles disse rápido. – Apenas se lembrem de estarem concentrados. Vocês fazem turnos... Se decidam!

 

 - Isso que é uma garota inteligente... – coach disse, enquanto passava pela nossa mesa.

 

 - O que foi, Coach? – perguntei, tentando descobrir sobre o que ele falava.

 

 - Está vendo, McCall? Você deveria ser como a Mia. Malia também. A garota tirou A+ no simulado dela.

 

 - O quê!? – Isaac mostrou-se surpreso. – Eu tirei B- nesse!

 

 - B+. – falei, sorrindo.

 

 - Eu errei uma. – Stiles também disse e todos os olhares se voltaram para Malia, que revirou os olhos, mas respondeu:

 

 - D+...

 

 - A gente não fez. Segundo ano, sabe... – Mason riu.

 

 - Parece que achou alguém que te supera na área de exatas, Stilinski – coach riu.

 

 - Ah... Mas não sabemos de biológicas e humanas, né? – tentou não ficar para baixo.

 

 - Bom lanche, rapazes... Se preparem para o jogo de amanhã. – avisou e saiu.

 

 - Af. Verdade. Amanhã tem jogo. – Liam reclamou.

 

 Enquanto Hayden puxava algum assunto aleatório com Malia, provavelmente para distraí-la ou algo do tipo – já que todos percebíamos que ela ficava devidamente incomodada com o fato de Mia estar ali –, notei o jeito que Stiles olhava para a morena que colocava seu lanche na bandeja.

 

 Sim, eu não podia negar que ela era bonita, mas algo no olhar de Stiles não me era estranho. Claro, não era a única pessoa que Stiles paquerava e... Sim. Ele estava paquerando Mia. Aquilo era óbvio, por mais que ele negasse, aquilo estava na cara. Algo no olhar dele era como se... Como se fosse o mesmo Stiles do primeiro ano, que era completamente apaixonado por Lydia.

 

 O fato era que eu precisava ter uma conversa muito séria com Stiles. Na verdade, era uma conversa de melhores amigos. Saber o que realmente estava acontecendo ali.

 

 Mia passou pela mesa pouco tempo depois. Olhou-nos, colocando a bandeja em cima da mesa, e sentou-se entre Stiles e Isaac, já levando uma longa olhada de todos, o que a fez sentir-se desconfortável, tanto que a mesma lançou um olhar estranho.

 

 - E aí, Mia? Soubemos que você foi bem no simulado de exatas... – sorri, tentando quebrar o gelo.

 

 - Ah, nem fiz nada demais. – deu de ombros.

 

 - Não? – Stiles falou. – Você simplesmente foi a única de Beacon Hills High School que gabaritou a prova!

 

 - A única? – arregalou os olhos e pegou a prova. – Mas estava tão fácil!

 

 - Sim, você foi a única. – Malia disse com repulsa, revirando os olhos.

 

 - Pera, você conseguiu a questão oito? – Stiles ignorou Malia e perguntou à Mia.

 

 - Nossa, eu também não consegui essa não. – falei.

 

 - Consegui, ué. Cadê? – disse procurando na própria prova. – Aqui, achei. O que você não conseguiu fazer? 

 

 - Deixa eu ver o que você fez. Licença. – pegou das mãos dela e começou a analisar. Segundos depois, lançou um olhar de “sério?!” para Mia – Mentira que você usou essa fórmula.

 

 - Sim, é o jeito mais fácil de resolver, se você usasse a mesma da última questão era tipo... 90% de chance de você errar. Era muito mais fácil desse jeito. Só sendo muito gênio para não errar da outra forma.

 

 - Mas eu sou muito gênio. – fez um bico e Mia deu uma risada, enquanto eu só os encarava com um sorrisinho.

 

 - Parece que dessa vez não foi. – levantou as sobrancelhas.

 

 - Então... Está muito legal ficar aqui com vocês, mas eu e Stiles temos que ir. – falei, levantando. – Vamos arrumar algumas coisas do acampamento e ainda temos que falar com a minha mãe e com Deaton.

 

 - Ah, se vocês vão, eu também vou. – Malia disse. – Já sabem até o porquê, né?

 

 - Poxa, que pena, Malia. Ia ser bom ter a sua companhia. – Mia sorriu, mostrando-se um pouquinho superior.

 

 - Ah, relaxa. Tenho certeza que Isaac, Liam, Mason e Hayden também vão te fazer boa companhia, né? Tomem conta dela, show? – pedi – Vemos vocês no acampamento! – fui andando até Stiles.

 

 - Hã... Mia. – o mesmo disse. – Você tem bala de menta, não tem? Me dá uma? – ela assentiu e entregou uma para ele. – Nos vemos.

 

 Segui com meu melhor amigo até os corredores da escola e de lá até o estacionamento, onde pegamos o carro e seguimos até minha casa, conversando sobre coisas aleatórias

 

 - Então. Você foi para a casa da Mia ontem à noite? – perguntei, saindo do carro e pegando as chaves de casa, para abrir a porta.

 

 - Fui sim. – riu, me acompanhando para dentro de casa.

 

 - Hum... Aconteceu alguma coisa?

 

 - Bem. – colocou um sorriso safado no rosto. – Aconteceu...

 

 - O quê?! – perguntei, cheio de curiosidade, enquanto subia as escadas em direção ao meu quarto.

 

 - Talvez... Assim, só uma possibilidade de eu... – deu uma pausa dramática.

 

 - O que, Stiles?? Fala logo!

 

 - Talvez eu tenha beijado ela. Só talvez. – falou tranquilamente, se jogando na minha cama.

 

 - Você o quê? – abri minha boca em um perfeito ‘o’. – Foi por isso o negócio do cheiro de menta? – supus.

 

 - Na verdade, ela não tem cheiro de menta. Ela tem gosto de menta. Ela é linda, Scott, meu Deus. A pele dela é toda macia... Puta merda!!

 

 - Ih... Tá apaixonado! – comentei, pegando as nossas mochilas que havíamos separado antes dele ir para a casa de Mia com seu pai.

 

 - Não tô apaixonado. – sentou-se na cama. –Eu acho que a Mia não é uma pessoa para namorar. No máximo ficar e passa, sabe? Tipo, uma vez só... Talvez duas.

 

 - Você sentia isso pela Malia no começo? – perguntei, tentando arrancar mais alguma informação dele.

 

 - Scott, a Malia é diferente, eu gosto dela de verdade. Tipo, ela é muito especial para mim.

 

 - E o que você acha que sente pela Mia?

 

 - Meu, eu só conheço a garota há menos de uma semana. Não quero arriscar todo meu relacionamento com a Malia por isso.

 

 - Mas... O que você tem em mente? – peguei umas daquelas correntes que usava quando ainda não conseguia me controlar e coloquei dentro de uma das mochilas.

 

 - Eu vou conversar primeiro com Malia. Ver se ela ainda quer manter esse relacionamento. Não quero fazer nada para magoá-la. Ela não merece isso.

 

 - Bom, é uma boa opção.

 

 - Eu não quero deixar a Malia triste. Então acho que estou disposto a tirar essa ideia louca de ficar com a Mia por ela.

 

 - Você estava com essa ideia, é? – coloquei um sorriso malicioso no rosto.

 

 - Acho que sim... Sei lá.

 

 - Acha? – perguntei.

 

 - Acha o quê? – ouvi uma voz familiar vindo da porta e virei para a mesma sorrindo.

 

 - Mãe! – sorri, vendo a baixinha com a típica roupa de enfermeira.

 

 - Melissa! – Stiles sorriu.

 

 - Oi, meninos! Como vão os planos para o acampamento de hoje? Bons?

 

 - Ah, ótimos! – falei. – Malia já deve estar em casa preparando as coisas da barraca. Eu e Stiles vamos sair daqui e buscar alguma comida para levar.

 

 - Hum... Sugiro pizza. – minha mãe disse.

 

 - Eu comi pizza ontem. – Stiles negou com a cabeça. – A Mia também, por sinal.

 

 - Mia é aquela menina nova? – perguntou.

 

 - Aham. – o moreno sorriu.

 

 - Ih... Por esse sorrisinho no rosto... – olhou para mim. – Coloca umas camisinhas na mochila do Stiles, viu, meu filho?

 

 - Que isso, mãe? Tá doida? Ele não vai transar com a Mia no meio do acampamento, né?

 

 - Ah, eu não sei. – só olhei para Stiles e notei seus olhos arregalados voltados para mim, enquanto minha mãe falava. – Espero não ter que ter de novo aquela conversa com vocês sobre ser pai com apenas dezoito anos, a “mãe” do seu filho poder te denunciar por estupro...

 

 - Melissa! – Stiles a parou. – Calma, ok? Eu também não quero ser pai, pelo menos não agora!

 

 - E outra! – ela continuou. – A Malia ainda acha que está namorando você! Você não quer machucar a garota, né não?

 

 - Mãe!! – a interrompi, definitivamente. – Tenho certeza que Stiles sabe se cuidar, até hoje ele nunca engravidou ninguém. – ouvi uma risada vinda do moreno.

 

 - Ah, ok. Desculpa se eu estou preocupada com meus meninos... – sorriu e se apoiou na porta. – Ah, meu filho, Deaton ligou. Ele disse que acha que tem um jeito para alguma coisa que você queria saber. Não entendi muito bem.

 

 - Bom. Então acho que está na hora de irmos. – Stiles se levantou e pegou uma das mochilas. – Vamos ver o que Deaton tem a nos dizer e depois vamos a esse acampamento! 


Notas Finais


Bom, espero de coração que vocês tenham gostado. Mais uma vez, desculpa pela demora, sério!! Bom.. Posso falar alguma coisa sobre o próximo cap... Hum. Talvez alguma briguinha, uns shipps... Hm... Já chega, né?

Obrigada a todas que comentaram, amo vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...