História The New Blood - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Academia, Bruxos, Fantasia, Híbrido, Lobos, Luta, Princesa, Romance, Sobrenatural, Vampiro
Visualizações 9
Palavras 1.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hey, boa noite!!

Capítulo 25 - Cada dia essas coisas ficam mais estranhas


Fanfic / Fanfiction The New Blood - Capítulo 25 - Cada dia essas coisas ficam mais estranhas

Naomi resolveu que iria por Nemi para dormir, eu iria com ela, mas ela disse que queria conversar com Nemi sozinha. Sei lá do que se trata, mas quando uma mulher pede pra falar algo sozinha com uma menina com certeza é algo que seria constrangedor um homem falar sobre o assunto, então nem me opus.

Passado alguns minutos resolvi conversar com meu cunhado...

Richard: Joseph, sei que você foi muito complacente quando permitiu meu relacionamento com sua irmã, mas creio que há algo por de trás disso. (disse sem rodeios)

Joseph: Sim, você está certo, porém talvez um pouco equivocado se acha que os motivos que dei não foram verdadeiros. (também muito direto)

Richard: Então o que há por de trás?

Joseph: Naomi. Essa menina não deve ser contrariada, pelo menos não diretamente, pois ela perde o controle. Vovó não admite, ,as eu já vi muitas vezes Naomi fazer coisas voarem, quebrarem, já vi catástrofes naturais acontecerem por ela estar triste ou irada demais e não vou arriscar deixa-la triste por provocar tais coisas. Eu sempre fui de conversar, aconselhar e quem sabe, deixar ela quebrar a cara. Depois eu limpo a sujeira e reconstruo seu coraçãozinho. Ou você acha que ela me chama de anjo atoa?

Richard: Você me parece orgulhoso com esse título.

Joseph: Como você acha que meu avô soube que o carro vinha e iria atingi-la? Ou mesmo como ela conseguiu esconder tanto tempo seus poderes? Você não se pergunta como ela tem tanta paz comigo por perto ou porquê a Nemi me deixou saber de tudo sobre ela?

Richard: Sim, eu sinto um cheiro diferente em você e sei que você não é totalmente um humano, mas não sei o que você é...eu cheguei até a pensar que eu poderia estar enganado quanto ao aroma, pois não se parece com nenhum mutante, tranfigurador, vampiro, fada...nada que eu tenha conhecido em meio aos sobres.

Joseph: É porque eu não sou um sobre. Como a Naomi eu não sou um sobre, porém também não sou humano, nenhuma parte de mim é.

Eu meio que me assustei com essa última frase, com o que eu estava lidando?

Richard: Então o que é você?

Joseph: Eu sou um anjo, um anjo protetor para ser exato. Sou Micael, o anjo da guarda e proteção de Naomi.

Richard: E se você é realmente um "anjo" (fiz as aspas com os dedos) como se passa por um humano tão normalmente?

Joseph: Simples, posso ter a forma que eu quiser. Eu fui enviado para acompanhar sua família, pois ela já era a fênix antes mesmo de nascer, era premeditado pela criação. Porém os pais tiveram um filho que morreu no parto, com uma ajudinha da fênix que me guiara até a mãe de Naomi eu fiz com que os médicos acreditassem que eu era o bebê deles enquanto o bebê voltou ao centro da existência.

Richard: Eu pensei que se existe reencarnação não tem como haver anjos...

Joseph: Na verdade é bem ao contrário, anjos existem desde sempre, existe um Deus que nos criou após o seu surgimento. Com isso ele criou muitas coisas e no fim resolveu criar vidas, ele começou com animais, mas suas vidas não tinham alma então o fim de suas vidas era o fim, foi aí que ele criou os trasnformos, esses por sua vez tinham alma e assim tinham chance de ter algo após a vida, esses teriam a chance de reviver quantas vezes fosse preciso para terem a vida plena e aí sim suas almas voltariam para o criador que a transformaria em outra criatura. Assim com as almas dos transmorfos plenos foram feitos os humanos, e com os humanos plenos as fadas e das fadas as fênix's e por aí vai. Sei que você deve querer saber de onde a sua espécie vem... essa por sua vez foi obra das criadoras da terra, as conhecidas bruxas, elas tentaram evoluir uma alma de bruxa antes de ela ser plena e assim surgiu a mãe dos originais, essa não podia gerar alma aos seus filhos como consequência das suas ancestrais e assim aos 16 anos os filhos perdem também a chance de procriar e também mostram o quão forte pode ser a força das criaturas aqui viventes que os fizeram, para impedir a criação de mais deles mataram a criadora deles. Mas tudo o que é feito na natureza vai se procriar e existir e assim iniciou a transformação de humanos em vampiros.

Richard: Por que você não entrou na brincadeira de contar histórias junto de todo mundo, ia ser muito interessante ouvir e saber dessas coisas antes de pedir a mão de uma fênix à um anjo (eu ri).

Ele riu também e me deu um tapinha.

Joseph: Eu sei o que é melhor para Naomi, mas quanto ao eu não vou estar aqui para sempre...hum é apenas meia mentira. Eu vou estar vivo sim, mas com Naomi só até as fadas chegarem, pois aí a tarefa de proteção e aconselhamento não será mais minha.

Richard: Você vai deixa-la?

Joseph: Na verdade, vou mudar de função. As fênix não morrem como as outras espécies, as almas delas tem que ser plenas em uma única vida, quer seja ela curta ou longa. Se uma fênix ficar plena sua alma faz o mesmo que a de qualquer outro ser. Observação, isso é quase impossível, elas são exigentes, pra ter uma ideia a primeira fênix nunca está satisfeita. Mas como eu disse terei outra função, a função será levar a alma da terceira fênix para o outro lado. Se elas não quiserem mais o cargo elas não se transformam, mas também não vivem aqui, elas simplesmente viram anjos já que ajudaram tanto o fluxo da criação. E eu terei que ensinar tudo a ela de como ser um protetor.

Richard: E a Naomi nisso?

Joseph: Ela nasceu antes do fim do milénio, ela é a substituta para a terceira que está deixando o cargo. Eu sou o anjo dela e vou voltar quando tudo estiver completo, mas dessa vez não como guardião, mas como o ser mais próximo dela, para que ela não fique só.

Richard: Por isso você disse que eu estarei aqui...

Ele assentiu e sorriu, nessa hora ouvi Naomi me chamar, essa daí sabe que não precisa me gritar para eu ouvir então sempre fala suave para se referir a mim. Dei um aceno para meu cunhado não humano e fui até minha menina.

Cada dia essas coisas ficam mais estranhas, quem diria que as coisas começariam a me aparecer quando nós começássemos a aparecer para o mundo?!


Notas Finais


Como sempre aquele obrigada e até logo :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...