História The New Boy - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally Brooke, Camren, Camren G!p, Norminah, Semi
Visualizações 486
Palavras 2.157
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Foto da minha mozão por que sim.


PESSOAS A MÚSICA QUE O LAWR VAI CANTAR É DA MINHA AUTORIA 'NICOTINE/NICOTINA' ENTÃO NN ADIANTA PROCURAR NO YOUTUBE PARA OUVIR EHHEHEHE.

Capítulo 9 - Nono capítulo


Fanfic / Fanfiction The New Boy - Capítulo 9 - Nono capítulo

Pov Lawrence 

*Miami, Dia 18 de julho de 2017, às 10:55 da amanhã*

Saio da escola após falar com a diretora, tive um ataque de pânico e ansiedade, não queria preocupar Camila então apenas fui pedir para ir embora.

Toda essa merda de ansiedade é por hoje a noite, vou finalmente pedir ela em namoro, conversei com Alejandro, ele aceitou liberar a casa para a gente e pediu para limparmos tudo depois que acordamos, pelo visto eles vão para casa da vó de Camila, passar 3 dias lá.

Piloto para casa com cuidado, ainda meio transtornado, com a letra da música que irei cantar mais tarde, entro em casa e corro para o meu quarto e anoto a letra, verso por verso, a melodia sai tranquilamente.

-"What gave me adrenaline, it's your body". Canto tomando meu banho, começo a dançar na melodia.-"Which is now like nicotine". Rio feliz e saio do banho, a ansiedade já tinha ido embora.

-"LAWRENCE". Escuto minha mãe me chamar, boto uma cueca e uma blusa, vou a escada.

-"Fale mulher". Grito também e me apoio do corrimão da escada.

-"Garoto vai pôr uma roupa, temos visita, vizinhos novos". Minha mãe bota as mãos na cintura.

-"Almoço ou jantar?". Pergunto revirando os olhos.

-"Janta, Lawrence". Minha mãe fala e eu arregalo os olhos.

-"Mãe na vai da para eu ficar, vou pedir a Camila em namoro hoje". Vejo ela sorrir largamente.

-"Já tava na hora garoto, agora vau botar um short e desce". Minha mãe fala e sai do meu campo de visão, quando estou prestes a me virar vejo uma garota mais fina que uma vara verde morena me encarando descaradamente, dou os ombros e volto para o meu quarto.

-"What calms me down now is Nicotine". Canto botando o short, pego meu celular e ligo para Camila.

*Ligação On*

-"Olha quem resolveu aparecer". Camila fala.

-"Desculpa amor, eu tive ataque de pânico e vim para casa". Falo deitando na cama.

-"Sério?! Eu achei que estava me evitando". Ela fala meio baixo.

-"Nunca faria isso, Camz". Olho para o quadro ao lado da minha cama, era duas fotos de Camila, eu tinha tirado e mandando imprimir e enquadrar, sorrio lembrando do dia que tirei.

-"Está em casa ? Acabamos de ser liberados". Tiro o celular do ouvido e vejo as horas rapidamente, 11:58.

-"Tô sim, vem cá, já que seus pais já estão indo viajar mesmo aí tu passa a noite aqui". Falo um pouco malicioso.

-"Meu deus Lawrence, eu quero o meu bebê fofo de volta". Camila fala rindo.

-"Eu não sou fofo". Falo fazendo bico, ela com certeza sabe que eu tô com o bico.

-"Pode tirar o bico daí, já tô chegando okay? Fala para a minha cunhada já botar em Glee por que vamos fazer maratona, não é um pedido é uma ordem". Camila fala mandona como sempre.

-"Okay fofa, vai me trocar pela Taylor mesmo?". Brinco levantando da cama e saindo do quarto.

-"Sim". Ela fala rindo.

-"Tô chateado agora, achei que ia passar a tarde com você e você me troca pela minha irmã". Falo brincando, fingindo estar de manha.

-"É o charme Jauregui". Rio e entro na cozinha, e vejo 3 pessoas diferente mais meus pais, Taylor e Chris.

-"Vou ter que desligar amor". Falo me encostando na porta da sala.

-"Ahhh não queria mas okay, daqui a pouco eu chego aí". Ela suspira e eu olho para os meus pés, o que ? Eu não vou andar de sapato para cima e para baixo tá? Vou ficar descalço mesmo.

-"Ti quiero". Falo atraindo a atenção de todos na sala.

-"Ti quiero tambiem". Escuto antes de desligar o celular.

"Ligação Off*

-"Camila ?". Taylor pergunta.

-"Sim, ela tá vindo aí, os pais dela vão para casa da avó dela". Sento do lado da vara verde.. ops da vizinha nova.

-"Quem é Camila?". A garota pergunta e eu olho para ela.

-"Quem é tu ?". Falo e sinto meu celular vibrar.

*Mensagem on*

Babe camz: Tô chegando.

Eu: Vou te esperar na porta.

*Mensagem off*

-"Lawrence Michel, deixa de ser de ser mau educado". Minha mãe fala.

-"Desculpa Mama, tava respondendo a Camila". Falo e me levanto ajeitando a roupa.

-"Hummmmmm safadenhaa". Chris fala, ele só abre a boca para me zoar, dou o dedo para ele.

-"A Alexa falou com você". Meu pai fala e eu olho confusa para Chris, que estava com a mesma expressão que eu.

-"Quem é Alexa?". Perguntamos juntos e sinto um tapa na minha cabeça.

-"Injusto isso tá? O Christopher também falou tá?". Falo cruzando os braços.

-"Eu sou a Alexa". A vara ver.. A garota ao meu lado fala, para com isso Lawrence.

-"Ata, vou esperar lá fora". Falo e bagunço o cabelo de Taylor.

-"Mila tá chegando?". Tantas pergunta e sorri, ela gosta de Camila, demais.

-"Yes, babe". Falo rindo, vejo música país conversando com os pais de Alexa.

Saio da sala e vou até a varanda lá de casa e me sento na escadinha, esperando minha latina, encosto a cabeça sobre a mão e fico pensando nela, fico pensando em 100 jeitos de receber ela, até que vejo o ser mais perfeito de salto alto, calça jeans preta e blusa de manga amarela, a mochila transparente nas costas e o celular na mão.

-"Morri e tô no céu?". Brinco e me levanto.

-"Morreu não, está bem vivo". Camila abraça meu pescoço e me beija, sorrio antes de retribuir com as mãos na sua cintura, confesso que tava com saudades disso.

-"Agora sim, oi mi tentacion". Falo e beijo o pescoço dela.

-"Oi meu amor". Ela se arrepia e eu sorrio, fico abraçado a ela.

-"Temos visita lá dentro, vizinhos novos". Falo pegando a mochila dela e seguro a mão dela.

-"Quero ficar um pouco aqui fora Lawr". Camila fala e me empurra levemente contra a parede da entrada, ao lado da porta.

-"Acho que vale a pena perder um tempo aqui fora". Falo colando nossas bocas, Camila enlaça meu pescoço com os braços, ainda segurando o seu celular, abraço a cintura dela, peço passagem com a língua e mudo o lado da cabeça para não ficar cansativo.

-"OH MAMA, O LAWRENCE TÁ ENGOLINDO A CAMILA". Escuto um grito do Chris ao nosso lado e pulo de susto, para o meu azar, Camila mordia meu lábio, foda, com certeza essa merda cortou.

-"Aí meu Deus, Lolo desculpa". Camila entra em desespero, sinto gosto de metal na boca e logo Camila passa o dedo no meu lábio.

-"Porra Chris, olha o que você fez acontecer". Falo e empurro os olhos dele levemente, ele ri e entra sem falar nada.

-"Vamos entrar e pôr gelo aí". Camila fala sorrindo.

-"Sim, depois sentar na sala com os vizinhos novos e ignorar essa dor". Abro a porta e dou espaço para ela passar, entro em seguida.-"MAMA? TEM GELO?". Grito indo até a porta da sala.

-"Tem mas por que... Aí meu Deus filho o que aconteceu?"? Minha mãe pergunta e vem até a gente.

-"O Chris assustou gente e eu me machuquei, não é nada demais". Falo tentando tranquilizar ela.

-"Vai limpar isso e depois volta". Minha mãe fala e olha para Camila e sorri.-"Norinha, tava com saudades de você". Minha mãe fala e abraço Camila.

-"Tava com saudades da senhora também dona Clara". Camila fala sorrindo.

-"Vou até preparar uma torta de banana no jantar". Minha mãe fala e eu rio.

-"Desse jeito você vai me engordar, dona Clara". Camz fala e beija o rosto da minha mãe.

-"Preciso da Camila, mãe". Falo e puxo ela para cozinha.

-"Vou pegar o gelo, joga água nessa boca". Camila fala e vira para a geladeira.

-"Tá bom". Ligo a bica da pia e jogo a água sobre o meu lábio cortado, fecho os olhos sentindo arder.

-"Lo, vira para mim". Viro ainda de olhos fechados.

-"Eu vou matar o Christopher, ele tá muito engraçadinho". Falo abrindo os olhos e sinto ela botar o gelo sobre minha boca.

-"No momento você não vai matar ninguém, vamos sentar na sala, conversar e outro dia você mata ele". Camila fala e tira uma pomada da gaveta, como ela sabia que tinha uma pomada ali?! Ou eu não sabia que tinha? Ain tô confuso.

-"Eu só queria ficar quietinho na minha, beijando uma latina gata". Falo abraçando a cintura.

-"Ah é? Que latina é essa? Ela tem sorte em poder beijar você". Camila enlaça meu pescoço.

-"Não sei se conhece". Começo a beijar o pescoço dela, mordendo e dando uns leves chupões.

-"Okay chega de bobeira e vamos passar a pomada nessa boca linda". Camila fala soltando meu pescoço e abre a tampa da pomada, pega um pouco e passa na minha boca.

-"Não quero ir para sala". Falo sussurrando.

-"Por que?". Ela sussurra junto.

-"A filha dos vizinhos fica me olhando demais". Falo mais baixo possível.

-"Agora mesmo que você vai para sala, se ela tentar algo eu reboco a cara dela". Camila fala entre dentes.

-"Não precisa ficar com ciumes, ela parece um vara verde". Falo no ouvido dela e ela ri alto e eu fico sorrindo.

-"Meu deus Lawrence". Camila fala e me puxa para fora da cozinha.

-"Então Michel, qual é a escola do Lawrence ?". O senhor pergunta.

-"High shcool Swift". Meu pai fala e eu sento na poltrona e Camila senta no meu colo.

-"Vou ver se boto Alexa lá, talvez ela faça amizade com o Lawrence". O senhor fala, acho que é alguma coisa Ferrer.

-"Você tá linda, sabia?". Sussurro no ouvido Camila.

-"Lawr, para". Vejo o rosto dela ficar vermelho e sorrir.

-"Marco, lá é um escola ótima, Camila estuda lá também". Minha mãe fala.

-"MAMA O CHRIS TÁ ME PERTUBANDO". Taylor grita.

-"Camzii". Chamo ela e vejo Alexa me olhar, Camila segue o olhar.

-"Fala, Jauregui". Camila fala meio que com raiva.

-"Tô com saudades de você". Sussurro para ela, jogo os cabelos dela para o outro lado, deixando o pescoço dela livre.

-"Mas eu tô aqui". Camila me olha e fica meio confusa.

-"Saudades de estar dentro de você". Mordo seu pescoço e aperto sua coxa.

-"Você vai me deixar em um estado ruim, não faz isso". Camila fala e arranha minha nuca antes de deitar a cabeça no meu ombro.

-"Vou parar mas mais tarde a gente continuar isso". Beijo ela.

*Mais tarde no mesmo dia*

Camila estava no banheiro, Dinah me ligou avisando que estava tudo arrumado, eu estava pronto, peguei meio violão, levei para o carro, deixei no banco de trás e volto para o meu quarto.

-"Camila, vamos logo". Fala jogado na cama.

-"Não sei o que é tão importante para a gente estar atrasado". Ela sai arrumada do banheiro.

-"É importante, você vai gostar, só vamos logo". Beijo ela e pego sua mão, ela pega suas coisas e saímos da minha casa, dirijo até chegar na casa dos Cabello's, ela me olhou confusa.

-"O que a gente tá fazendo aqui em casa?!". Camila pergunta confusa, para caralho.

-"Só vamos". Rio e saio do carro, corro para abrir a porta para ela, ajudo ela a sair, pego o violão e tranco o carro, e entramos na casa dela.

-"O que você tá aprontando ?". Ela pergunta me olhando, pego a venda e tampo os olhos dela.

-"Acho que você vai amar". Falo e ajudo ela a sentar no puff.

-"Posso tirar tirar a venda ?". Camila pergunta e eu sento na sua frente.

-"Pode". Ajudo ela a tirar e começo a dedilhar as notas da música e cantar.


I remember the sky,

Two planes,

Of the promises,

I remember everything.

(Eu lembro do céu,

Dos planos,

Das promessas,

Lembro de tudo)


You should,

To have pampered me,

You should have denied me,

Should not love you

But I love you.

(Você deveria,

Ter tido dó de mim,

Deveria ter me negado, 

Deveria não te amar,

Mas eu te amo)

Camila sorriu com lágrimas nos olhos, parei os acordes e seco as lágrimas que caiam, volta tocar.


I just wanted to love you,

I just wanted to love you,

I just wanted to love you, 

I just wanted to love you.

(Eu só queria te amar,

Só queria te amar, 

Eu só queria te amar,

Só queria te amar)


I lived for you, 

I died for you, 

The Alcohol and Nicotine, 

They have no effect on me any more.

(Eu vivi por você, 

eu morri por você,

Álcool e Nicotina,

Já não fazem efeito em mim)

Aí o refrão entrou e eu aumento a minha voz.

What gave me adrenaline 

It's your body, 

Which is now like nicotine.

(O que me dava adrenalina

É o seu corpo,

Que agora é como nicotina)


Nicotine, Nicotine.

What calms me down now is Nicotine, 

Nothing calms me, just Nicotine.

(Nicotina, Nicotina.

O que me acalma agora é Nicotina,

Nada me acalma, apenas Nicotina)


What drives me crazy,

It's your body, 

But now it's like nicotine.

(O que me enlouquecia,

É o seu corpo,

Mas agora é como nicotina)


What I need most, 

I need the nicotine, 

It calms me down.

(O que eu mais preciso,

Preciso da nicotina,

Isso me acalma)

Finalizo a música já tirando a caixinha de veludo vermelha do meu bolso, Camila leva uma das mãos até a boca, seguro a livre.

-"Então camz, eu sou péssimo com declarações mas eu te amo e tu sabe disso, eu quero te ter todos os dias, ver seu sorriso e sentir o seu cheiro, amo o seu jeito e daria tudo para isso não mudar por nada, você me aceitou e eu quero que aceite mais uma coisa". Abro a caixa, revelando dois anéis de compromisso, ela começa a chorar, seco as lágrimas dela.-Camila Cabello, aceita namorar comigo ?". Pergunto sorrindo.

-"Aí meu Deus, eu aceito". Ela grita e começa a chorar.

-"Ei, não chora". Seco as lágrimas dela e a puxo para um beijo.

*Continua.....*


Notas Finais


Repetindo a música que o Lawr cantou é de minha autoria.
Capítulo longo mas valeu a pena babe.. Amo vocês.
Desculpem me por quaisquer erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...