História The New Game - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ação, Aventura, Luta
Exibições 5
Palavras 601
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Survival, Violência
Avisos: Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - A vitória é de...


Assim, aquela semana se seguiu. Eu treinei enquanto pude. Melhorei a resistência à drástica mudança de temperatura ou de espaço. Descobri quais plantas eram comestíveis e melhorei minhas habilidades com facas.
    Quanto a Emma, ela se saía muito bem. Conseguiu se alimentar com os poucos animais que ando avam no meio da neve e aprendeu a lidar com temperaturas que não passavam dos zero graus. Lexy também, por isso, a disputa estava muito acirrada.
    Em conseguiu a chave no quinto dia. Estava escondida no topo de uma montanha. Era um pedaço de gelo esculpido em formato de chave que encaixava perfeitamente numa fechadura coberta pela neve fofa.
    Eu assisti o momento que abriu o baú e uma grande coleção da melhores armas estava ali. Também havia pacotes de comida seca. Emma selecionou o que queria e apertou um botão no baú. Uma sirene soou. Ela marcava que as duas poderiam duelar a partir daquele momento. Em trancou o baú e colocou a chave na mochila.
    Pegara uma espada, sua arma favorita e um conjunto de facas. Além disso, escolhera uns pacotes de comida ressecada.
    Naquele dia, ainda o quinto, desceu a montanha e acampou em umas pedras ali por perto.
    Fui dormir após conversar com Susie sobre estratégias para encontrar Jogadores.
    Eu treinei com os outros jovens do Grupo Dois naquele dia e conversei com outro do Grupo Um. Seu nome era Luke. Tinha dezesseis anos. Era loiro e tinha olhos azuis. Ele era o exemplo perfeito de Deus grego no meio dos humanos. Óbvio que fiquei louca.
    Treinamos juntos até o almoço. Depois disso, fomos até a varanda de meu quarto para conversar.
    - Se você é do Grupo Um, significa que já duelou, certo?- eu perguntei.
    - Sim. Já- Luke ganhou um ar pensativo, provavelmente relembrando como foi.
    - Qual era o Bioma?
    - Era uma floresta de pinheiros. Eu encontrei a chave no segundo dia e logo, no terceiro, lancei um machado no outro jogador. Eu tento não me lembrar de seu rosto e nem de seu nome.
    - O meu é depois de amanhã. Estou muito nervosa. Tem alguma dica?
    - Você vai ganhar um colete. Esse colete tem seu rastreador. Uma garota tirou e quando chegou aqui novamente ganhou um tiro na cabeça.
    - Certo...
    Nós dois ficamos em silêncio. Um vácuo constrangedor nos envolveu.
    - Saiba que vou torcer para você- ele disse, sorrindo.
    - Eu também.
    Naquela tarde, ficamos na sala de televisão onde assistimos ao sexto dia de Emma. Ela não achou Lexy. O sétimo dia chegou e nenhuma delas estava perto de se encontrar. Se acabassem os sete dias ocorreria uma Morte Súbita de cada Bioma. E foi isso o que aconteceu. Todas as montanhas que as cercavam estouraram enormes avalanches. Lexy e Emma, em lados opostos do Bioma, correram para um descampado. Quando se viram, Lexy arremessou uma lança na Emma que jogou três facas seguidas contra a Madame das Lanças. 
    A neve avançava na direção das duas que foram envolvidas em uma massa branca. Rolaram, tentando se atingir. Quando chegaram em uma parte de gelo, Emma subiu em Lexy que tentava matá-la com uma lança.
    Eu apertei a mão de Luke, que correspondeu o gesto e entrelaçou nossos dedos. Naquele momento, Lexy soltou a lança e caiu por cima de Emma com uma faca na barriga. Em ganhara.
     Fiquei muito feliz. Luke me abraçou e deu um beijo na bochecha enquanto me segurava em seus braços. No momento em que nos separamos, dei um sorriso. Seus olhos azuis se iluminaram. Fui dormir sem apagar o  sorriso estampado em meu rosto.
    
    


Notas Finais


Obrigada por ler!❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...