História The new generation- Interativa - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mahou Shoujo Madoka Magica
Personagens Personagens Originais
Tags Madoka Magica, Puella Magi Madoka Magica
Visualizações 19
Palavras 1.104
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Algumas coisas não parecem estar indo bem entre as garotas,um conflito parece ameaçar a amizade das seis. Uma nova garota mágica surge,com a mesma ambição da maioria das garotas mágicas: Tonar a cidade seu território. Enquanto isso,Ichigo descobre a verdadeira utilidade dos demônios e o verdadeiro inimigo.

Capítulo 8 - Conflicts


Aimi Off

Ichigo On

- Mas eu sei que eu vi!!! - Retrucou Hana

- Você deve ter visto errado - Disse Oriko tentando acalmar a ruiva

- É Hana,não existem bruxas,pelo menos nessa cidade - Falei.

- CÉUS! OS PAIS DA YOKO SE MATARAM,E ELES TINHAM UMA MARCA NO PESCOÇO! COMO VOCÊS PODEM SER TÃO CEGAS MESMO PODENDO VER?!! - Gritou 

- HANA! NÃO EXISTEM BRUXAS! - Foi minha vez de gritar - SE EXISTEM POR QUE SÓ LUTAMOS COM DEMÔNIOS?!!! VOCÊ PARECE A CEGA AQUI!

- EU SEI MUITO BEM O QUE EU VI,OK?! - A ruiva bateu o pé no chão,fazendo algumas talheres balançarem - EU NÃO SOU MALUCA! EU LI NO LIVRO DA BIBLIOTECA! AQUILO ERA O BEIJO DE UMA BRUXA!

- ELAS NÃO EXISTEM,HANA! - Gabriel gritou,aparentemente sem paciência alguma

Um silêncio se instalou no apartamento,os olhos de Hana estavam cheios de lágrimas. A discussão havia começado depois que Yoko foi embora da casa de Gabriel. Isso era loucura! Sabemos que bruxas não existem!

-...Tenham uma boa noite - Uma luz verde iluminou o corpo de Hana e a mesma se teletransportou.

Estava tudo um caos,Gabriel não parava quieta,Oriko e Yuki não sabiam no que acreditar e Yoko provavelmente devia estar arrasada. A vida de garota mágica não era tão maravilhosa quanto eu pensava,praticamente tudo e todos dependiam de nossas vitórias,tudo havia piorado nesses dias. Um desastre atrás do outro. Se eu dissesse que minha amizade com Hana era perfeita,eu estaria mentindo. Brigávamos ás vezes,ela era impulsiva de mais.

 

Assim que todas saíram,me senti calma para pensar no que Hana havia dito. Beijo de uma bruxa...soava familiar pra mim. Mas eu ainda não acreditava,quer dizer,se houvesse uma bruxa...ela apareceria né?

Toc Toc

Ouvi alguém bater na porta,o que é estranho pois eu não estava esperando ninguém. Me levantei do sofá e andei até a porta,hesitei ao olhar para a maçaneta,mas a toquei. Abri a porta,não havia ninguém. Um barulho como tic tic ecoava na sala. Meus olhos se arregalaram quando um último tic foi ouvido,trazendo uma explosão. Quando abri os olhos,minhas mãos foram automaticamente ao encontro da minha boca. As janelas estavam quebradas,só haviam cinzas do sofá,tudo estava destruído. 

- Você achou mesmo que esse era seu território? - Uma figura esverdeada de olhos roxos surgiu - Tadinha,se iludiu á toa 

- Quem você é,e o que quer? - olhei em seus olhos,era uma garota magica,de fato.

- Sou Arai Aimi,cheguei aqui primeiro,Mitakihara é meu território,não de vocês e das suas amiguinhas. - Senti alguma coisa segurar meus pés,quando me dei conta,estava sendo puxada por correntes e sendo jogada em outro prédio. Me levantei com dificuldade,e me transformei.

- Acha que pode me vencer?! - Riu. Senti meu coração disparar. Eu estava com uma vontade enorme de matá-la. - Vamos lá! Tente! Vai ser bem mais divertido! - Riu mais uma vez,eu estava no meu limite.

- Já chega das suas palhaçadas - Peguei minha varinha e invoquei vários canhões,atiraram automaticamente,mas ela desviou de todos os tiros. Minha raiva só estava aumentando. Comecei a atirar tiros de luz,por sorte um a acertou. Sorri satisfeita,um sorriso que me fez me sentir uma pontinha de culpa.

- ACHA ISSO ENGRAÇADO? - Me olhou furiosa,o que me fez recuar alguns passos - VAMOS VER SE ACHA GRAÇA NISSO! - Várias correntes me puxaram,e outras me amarraram. A esverdeada pousou na minha frente,segurando uma espada. - Acha que isso é real? Acha que os demônios são os verdadeiros inimigos?! Pois então te contarei uma coisa: Está completamente errada! - Arregalei os olhos quando senti a espada perfurar minha barriga. Esse era de fato o meu fim. 

- Ah,então tenho duas oponentes? - Olhei para Aimi e vi que seu braço estava ferido,movi meu olhar para Hana,que parecia extremamente furiosa.

- Se você quer lutar,lute com alguém do seu nível! - A ruiva pulou avançando sobre a esverdeada e lhe fazendo um corte na barriga.

- Engraçada você,Hana - A mesma arregalou os olhos quando sentiu correntes penetrarem seu tronco - Você é fraca! - Aimi sorriu convencida de que não iria perder. Hana foi lançada contra um prédio,a "fumaça" do impacto cobriu meu campo de visão.

- Não me compare com você! - Um vulto atravessou o corpo de Aimi, fazendo um corte. - Não importa quantas vezes me ferir,seu egoísmo te torna mais fraca que nós! - Caí ajoelhada e olhei as correntes que haviam sido picadas em pedacinhos. Assim que olhei para cima,vi que Hana estendia a mão para mim enquanto sorria. - Desculpe a demora,Ichigo.

Segurei sua mão,e a mesma me ajudou a levantar.

- O que...como você? - A olhei pasma e a mesma riu

- Eu fui no lugar que costumava ser seu apartamento pra pedir desculpa - Um leve rubor tomou conta de suas bochechas - Me sinto envergonhada pelo escândalo que eu fiz...me desculpe - Abri a boca para falar algo,mas uma certa risada me impediu.

- Acham mesmo que me venceram? Eu voltarei,e terei um enorme prazer em arrancar o coração de vocês e despedaçar suas Soul Gems! - As correntes a puxaram e a cobriu formando um casulo,mas logo elas explodiram e Aimi havia escapado.

- Vem,vamos pra minha casa,já que a sua foi destruída - Hana me olhou e sorriu gentilmente.

 

- Então os demônios são uma mera distração? - Yuki questionou

- Exato - confirmei cruzando os braços - Aimi,a garota que nos atacou...foi ela mesma que disse.

- Então as bruxas existem? E foram elas que mataram meus pais? - perguntou Yoko enquanto segurava a mão de Gabriel

- Desconfio que sim - Comentou Hana

- Mas por que não aparecem? -  Perguntou Oriko

- Ela está se escondendo,esperando o momento certo para atacar. Pois sabe que se atacar agora...será morta,e não poderá desfrutar do nosso sofrimento. - Respondi friamente 

Um silêncio perturbador se instalou novamente.

-...Eu quero sair - Yoko começou

- O que?! - Gabriel a olhou incrédula

- Quero dar um tempo da nossa parceria - Se levantou do sofá e saiu andando até a porta - Sinto muito - A abriu e saiu,a fechando logo em seguida.

Nós cinco nos olhamos desesperadas. Uma amiga havia nos deixado,a existência das bruxas fora confirmada e não sabíamos quando podem atacar. Estava tudo um caos.

Ichigo Off

Autora On

Em uma rua que tinha pouca luz,uma mãe e uma criança voltavam para casa de mãos dadas,até o ambiente em sua volta começar a mudar, enquanto a criança olhava a mãe com um olhar desesperado,a bruxa os puxou com seus tentáculos,os fazendo gritar de desespero.

Aleyenor,bruxa da escuridão e do desespero.

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado ^w^

Só pra deixar claro: Hana e Ichigo NÃO são um casal ^w^

Até o próximo capítulo,1000 kissus de nutella e bye :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...