História The New Selection - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção, Dove Cameron, Justin Bieber
Personagens Dove Cameron, Justin Bieber
Tags Tns
Visualizações 106
Palavras 2.092
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Bom dia, amores. 
Esse capítulo está sendo postado especialmente para a leitora maravilhosa, @ImaginationQuee. Parabéns, que seus sonhos se realizem, muita paz, saúde e alegria! 💗😘

Capítulo 7 - Chapter VI


Fanfic / Fanfiction The New Selection - Capítulo 7 - Chapter VI

Summer Evining P. O. V

Algumas semanas já haviam se passado desde a interropção de Pepper e a minha conversa com Justin. Nossos encontros ficaram mais frequentes assim como nossas trocas de olhares durante as refeições, o que despertou curiosidade em algumas selecionadas, fazendo com que meu nome rodasse na boca de todos e a maioria com comentários negativos, de fato a seleção havia começado e se eu achava que estava sobrecarregada a semanas atrás é porque eu não imaginava o que teria pela frente, minha sorte é ter Pepper ao meu lado que sempre me ajuda a recuperar o juízo e colocar meus pés no chão. Jasmine tentava me tirar do sério a todo custo com provocações ou até mesmo olhares indiscretos acompanhados com algum buxixo, mas eu a ignorava totalmente, visto que não valia a pena. Hoje irá acontecer um desfile, em comemoração a primavera que se incia, é normal no vilarejo comemora o início de cada estação, como de costume o príncipe precisava escolher alguém para o acompanhar, não queria criar expectativas mas era algo que não conseguia controlar, quando dava por mim já havia criado várias situações e em todas eu estava ao lado de Justin.

Meu vestido era lilas e de alsinha, leve, rodado e seu cumprimento era até os joelhos com um cinto fino marcando minha cintura, um salto de cor creme, meu cabelo estava com cachos na ponta e uma tiara prendendo a franja. O dia estava quente, então optei por uma roupa leve e arejada. Todos estavam esperando a família real descer, em minutos já podia ser ouvido as vozes finas de Jaxon e Jazmyn, pareciam uns anjos com roupas brancas, Jaxon tinha um suspensório cor creme e um chapéu combinando, já Jazmyn com um vestido branco rodado com uma fita rosa em sua cintura, e uma coroa de flores na cabeça.

A rainha usava um vestido rosa claro que caia perfeitamente, mas meus olhos paralisaram assim que avistaram Justin como sempre de social, mas com cores claras como branco e creme, seu cabelo não estava tão alinhado como de costume o que o deixava ainda mais lindo.

Passaram por nós, como Ruby já havia nos dado as instruções continuamos paradas esperando a escolha do príncipe, que conversava com seu pai, seu olhar vagava por todas nós. Meu coração acelerado e a garganta seca entregavam minha ansiedade e expectativa, com base em todos nossos encontros, conversas jogadas fora e olhares trocados me davam esperança de ser a escolhida para ser sua acompanhante.

Seu olhar parou em um ponto fixo o qual iniciou uma caminhada, e por coincidência era em minha direção, os nós dos meus dedos brancos de tanto apertar a saia do vestido, era tanta ansiedade que não cabia em mim e tranferia para a mordida em meu lábio. Preferia ter levado um soco bem nomeio do rosto quando vi sua escolha, não era eu, ou qualquer outra, e sim, Jasmine.

Abaixo o olhar e finjo não me importar, mas ela sabia, sabia como aquilo iria me afetar, e eu também sabia que ela não iria deixar barato.

Audrey envolve seu braço ao meu, não queria mais participar do desfile tudo havia perdido a graça. Enfileiradas com o príncipe e Jasmine "puxando" a fila, saimos dos portões que cercavam o castelo, varias pessoas a nossa espera faziam reverencia a medida que o rei e a rainha passavam, e o olhar de espanto e admiração por estarem vendo o principe pessoalmente pela primeira vez, nimguém era imune ao seu charme. Em certo momento acabei me perdendo de Audrey por conta da movimentação, estava tão encantada com as pessoas gritando nossos nomes e o carinho que transmitiam me revigora. 

- Summer - ouço uma voz conhecida, me viro para confirmar de quem é.

- Chaz - abro um sorriso de alivio - Você sumiu, por onde andou?

- Precisei viajar para outras províncias a pedido do rei - se explica - E você, como está?

- Bem - respondo olhando Justin e Jasmine de braços dados sorrindo a centenas de passos a nossa frente. 

- Sei - Chaz responde enquanto acompanha meu olhar - Ele não gosta dela.

- Não é o que parece - dou de ombros - Mas isso pouco me importa. 

- Tenho certeza que ele tem um bom motivo.

- E pode ter certeza que eu não ligo.

Charles me olha enquanto balança a cabeça negativamente, suas palavras não surtem efeito e nem diminuem a raiva que estou sentindo, como amigo do príncipe era dever dele aliviar a sua barra. Mas isso não funcionaria comigo. 

- Summer - Ryan acena de longe. 

- Oi Ryan - aceno de volta - Chaz, você o conhece?

- Claro, Justin e Ryan são grandes amigos. 

- Chaz - Ryan o cumprimenta assim que se aproxima.

Ryan de um lado e Chaz do outro, os dois conversavam como se fossem grandes amigos, mas por um motivo que eu não prestei muita atenção, Charles precisou ir nos deixando sozinhos.

Meu salto prende na rua me fazendo tropeçar, seguro no braço de Ryan que me ajuda a manter o equilíbrio, ambos rindo pela situação que no minimo foi constrangedora, após desprender o salto e recuperar o equilíbrio solto seus braços e olho para frente onde Justin nos observa com cara de poucos amigos. Paro de rir aos poucos, seguro seu olhar no meu o mostrando que também não estava feliz com o que estava vendo, desvio o olhar para Ryan novamente.

- Você é um desastre ambulante - comenta ainda rindo, mas dessa vez mais contido. 

- Isso eu não posso discordar, sou muito desastrada. Esses dias cai de bunda na escada, acredita?

- Por céus, segure meu braço, não queremos que você caia. 

- Não mesmo - faço como aconselhado, agora com seu braço como apoio me dava mais segurança.

Após andarmos muito, meus pés já estavam pedindo ajuda. Chegamos a vila onde a festa acontecia, Ryan tinha ido buscar algo para nós bebermos quando Audrey se aproximou com a expressão tão cansada quanto a minha.

- Não aguento mais ficar de pé - reclama. 

- Também não, sorte teve Jasmine que boa parte do percurso pegou carona com Justin - resmungo. 

- Não posso discordar disso, aquela coisa sempre consegue as coisas.

- Eu sei, chega a ser irritante -  falo, revirando os olhos. 

- Aqui está - Ry me entrega um copo de suco, ele estava prestes a tomar o dele quando notou Audrey.

- Audrey, esse é Ryan - pensei em falar que ele era príncipe, mas achei melhor não - Ryan essa é Audrey.

- Oi - Pepper dá um sorriso sem graça e desvia o olhar, suas bochechas rosadas denunciavam seu constrangimento.

- Oi - Ryan responde depois de um tempo, ele não para de encara-lá.

- Vou deixar vocês - já estava saindo, quando virei para trás - Ah, Ryan, Audrey está com cede - pisco os olhos na esperança que ele entenda.

A festa estava maravilhosa, a decoração de tirar o folego, várias flores coloridas espalhadas.

Cumprimentava algumas pessoas que diziam estar torcendo para mim e agradecia de coração. Era estranha a sensação de saber que pessoas realmente gostavam de mim e torciam na mesma intensidade para que eu fosse a escolhida, me sentia honrada.

Jasmine estava no palco ao lado do príncipe, acenava para todos e vez ou outra mandava beijos, não podia negar que ela levava jeito para essas coisas, se não fosse uma pessoa ruim, seria uma das melhores opções para ser a futura rainha. 

Paro próxima a um arco repleto por rosas, fico ali admirando quando vejo a rainha se aproximando. Respiro fundo, sua presença me intimidava, principalmente por sua incrível semelhança a seu filho. 

- Majestade - a reverencio. 

- Senhorita Evining - abro um sorriso ao constatar que a rainha sabia meu nome - Está gostando da festa? - seus olhos percorriam perante a multidão que aproveitava alegremente a festa. 

- Sim, está tão linda, tudo está maravilhoso - dou uma olhada no local - Parabéns!

- Obrigada - seu sorriso é tão lindo e branco - Gosto dos preparativos para está festa, adoro a primavera.

- Eu também - respiro fundo - É o momento do renascimento, como uma segunda chance bem sucedida.

- Verdade, não tinha parado para pensar por este lado - me surpreendo quando ela envolve minhas mãos a apertando levemente - A próxima rainha irá organizar está festa. Fico contente em saber que você gosta da primavera tanto quanto eu - me envolve em um abraço, antes de me soltar sussurra - Você é uma das minhas preferidas, querida. 

Fico em estado catatônico digerindo tudo que aconteceu enquanto a rainha já cumprimentava outras pessoas, eu era uma de suas preferidas, ela realmente falou isso. Eu sou uma das preferidas da rainha.

A observo sumir perante a movimentação, não podia acreditar, uma parte minha ficou imensamente feliz mas a outra parte, mais racional, insistia em lembrar-me que Justin havia escolhido Jasmine, e que independente das preferências da rainha quem escolheria a futura princesa seria Justin. Uma voz irritante dentro de mim gritava que ele já havia feito sua escolha, e não me agradava nem um pouco.

Olhos inquietantes rondavam a procura de algo, quando acharam os meus me fitaram por longos segundos, eu não iria recuar. O observei falar algo para perna de pau, que concordou com a cabeça fazendo uma careta, Justin saiu do palco e caminhava em minha direção parando algumas vezes para cumprimentar seus súditos, pensei em dar meia volta e fingir que nada aconteceu mas minhas pernas não me obedeciam, assim como meus olhos que insistia em encara-lo. 

- Summer - falou próximo a mim, sua não encostando na minha. 

- Não encoste em mim - esquivo minhas mãos para trás do meu corpo - O que você quer? - esbravejo. 

- Por quê está assim?! - tentou mais uma vez encostar em mim, me fazendo recuar um passo para trás - Summer... - meu nome saiu baixo e calmo. 

- Como se você se importasse - respondo firme - Pode voltar para quele palco, de onde não devia ter saido. 

- Para com essa atitude boba. 

- Não perca tempo comigo, Justin - olho para os lados para finalmente o olhar - Pode voltar para Jasmine.

- Sum...

- Apenas volte para o seu lugar e me deixe sozinha. 

- É isso que você quer? 

- É isso o que eu quero. 

- Tudo bem.

Me olha pela última vez, quando da as costas e caminha rapidamente para o palco voltando ao seu lugar, ao lado de Jasmine. Respiro fundo, contendo algumas lágrimas que queriam descer sem permissão. 

Por que gostar de alguém era tão difícil? 

... 

A festa já havia acabado e, como o esperado foi um sucesso, agrandando a todos. Rainha Destiny sabia como organizar uma festa. 

Justin não se aproximou pelo resto do dia, senti falta das pedras caramelizadas me olhando, ele parecia ter ficado extremamente bravo pelo que aconteceu mais cedo. Mas eu não voltaria atrás, sabia que a razão estava comigo. 

Ainda mais que depois daquilo, Justin parecia ter se aproximado ainda mais de Jasmine. Isso é tão injusto, ela sempre sai por cima.

Saio do meu quarto, olho para os lados vendo que não havia ninguém corro até o quarto de Audrey, bato em sua porta repetidas vezes até finalmente a mesma abri-la. 

- Sun, o que faz aqui? - questiona. 

- Posso dormir aqui? - imploro. 

- O que aconteceu? - me envolve em um abraço, enquanto me puxa para dentro do quarto. 

- Não aconteceu nada - minto, por não querer falar sobre isso, Pepper parece perceber pois não pergunta mais nada, apenas fica ao meu lado fazendo carinho no meu cabelo. 

Ficamos em sua cama incontáveis minutos, quando finalmente estava mais calma e com pensamentos leves me sento ficando a sua altura. 

- Quer me contar o que aconteceu? - indaga. 

Nego com a cabeça, respiro fundo. 

- Quero falar sobre você e Ryan - levanto a sobrancelha com um sorriso presunçoso. 

- Não entendi, o que ele e eu temos a ver? 

- Não se faça de ingênua, eu vi a maneira que se olhavam e como estava empolgante a conversa.

- Pois você está ficando louca, vendo coisa onde não tem - responde dando de ombros. 

A encaro com os olhos semi serrados. 

- Por enquanto vou fingir que acredito, senhorita. 

Pepper solta uma risada anasalada, enquanto estica seu braço e joga uma almofada em minha cara, a encaro indignada e retribuo o carinho com outra almofadada. Acabamos em uma guerra de travesseiro, tudo o que eu precisava para esquecer dos problemas que me esperavam do lado de fora do quarto. 


Notas Finais


Vamos fazer um acordo? Se esse capítulo chegar a sete comentários posto outro ainda hoje 💫😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...