História The New War - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Medieval, Romance, Traições, Violencia
Visualizações 11
Palavras 1.028
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Obs: Reino de Henyph na imagem ♡

Capítulo 6 - Resgate parte1


Fanfic / Fanfiction The New War - Capítulo 6 - Resgate parte1


Lucia e Wonder.

-Eu sei que estão tramando algo, disse Lucia para Wonder assim que Nicklas não estava mais por perto, Você ainda não terminou de falar da minha mãe também.

-Minha anja eu sei que não tenho direito algum de te pedir isso, mas meu amor confie em seu tio, disse Wonder enquanto acariciava os cabelos longos e castanhos de Lucia.

-Confiar? É a primeira vez que eu o vejo, sequer sabia que você existia, aí você vem do nada quase morto, faz meu pai surta tentando te manter vivo, desculpe ‘’tio’’ mas no momento em que você colocou o pé aqui em casa nossa vida virou uma intriga atrais da outra, você e meu pai são um mistério, sabe como isso fode com minha cabeça? Isso não é nada legal, deveriam me contar as coisas.

-Vamos fazer uma promessa, quando eu voltar eu vou te contar tudo que você quiser saber

-Promete mesmo?

-Sim, só não conta para seu pai, o que eu vou te contar não é algo que deveria saber, pelo menos não agora.

-Que merda! Eu já tenho idade para isso.

Wonder coloca suas mãos sobre os ombros de Lucia e a encara sorrindo.

-Está bom, eu vou esperar vocês voltarem, mas alias onde vão?

-Vamos resgatar seu primo, não posso falar disso, apenas confie na gente.

-Qual o nome dele? Isso não vai ser perigoso, não é?

-Perigoso? Não se preocupe com isso, seu pai é um guerreiro, disse Wonder enquanto pensava a respeito de seu filho não ter um nome.

Lucia gargalhou.

-Meu pai um guerreiro? Está brincando comigo, certa noite ele ficou morrendo de medo de um rato que estava fazendo barulho aqui em casa.

-Acredite em mim ele sabe empunhar uma espada, disse Wonder segurando o riso, agora vá para seu quarto e fique lá até eu e seu pai voltarmos.

-Meu pai te salvou é bom você cuidar dele.

Sons de escadas rangiam o local.

-É seu pai, vai anda suba para seu quarto.

- Lembre-se da promessa, disse Lucia enquanto corria subindo para seu quarto, embarrando-se em seu pai, Desculpe-me pai.

-Tudo bem filha, eu estou saindo mais Wonder voltamos amanhã de manhã...caso não volte

-Eu sei procuro S.K. você não vai morrer tem o Wonder, por mais que ele esteja fodido ele te protege, sorriu Lucia.

-Hahaha muito engraçada eu sei lutar.

-Fala isso para o rato, disse Wonder.

-Cala a boca seu merda, temos que ir, vamos chegar lá a noite, já peguei as coisas.

-Estão tudo aí? Até...

-Sim tudo e essa merda está pesando então vem me ajudar.

Wonder e Nicklas finalmente estavam começando a se entender, pegaram dois cavalos que ficavam atrás da casa e partiram deixando Lucia sozinha em casa.

Enquanto isso no reino de Henyph....

Bhreny e Donyph.

-Finalmente em meu reino, preparado para morrer Donyph?

-E você ’’Lady’’ preparada? Disse Donyph com o olhar ameaçador.

Um homem com a armadura vermelha se aproxima e se ajoelha sobre seus pés.

-Minha Lady.

-Minha Lady? Harry não me venha com essa, é rainha para você seu mero camponês, te dou armaduras e homens e você sequer consegue encontra um homem? Levante-se e me leve aos meus aposentos, aliás onde estão os meus homens?

-Morreram. Harry já tinha uma mentira elaborada em sua cabeça apenas esperando com que Bhreny perguntasse sobre a morte de seus homens.

-Morreram? Hum...quero ver minha filha ande vamos logo!

-Ela sequer se importa com seus próprios homens? Se perguntava Harry enquanto a acompanhava ao quarto de sua filha.

-Você vem Donyph? Disse Bhreny sorrindo, ou está com medo de homens já estarem te esperando lá dentro?

Donyph a ignorou e saiu a frente direto ao quarto de Sophya Henyph, ao abrir a porta de Sophya ele se surpreende com Sophya pulando para abraça-lo.

-Aaaaa Dony! Demorou!!, que feio me fazendo esperar. Disse Sophya enquanto o apertava com todas as suas forças demostrando seu amor por Donyph.

-Olá coisa estranha, pode me soltar? Odeio seus abraços.

-‘’Coisa’’ isso magoou e não, não irei soltar. Você ficou fora por quanto tempo mais minha mãe?

-Para de drama eu só sair por 2 dias.

-Isso é uma eternidade.

-Sua mãe está aqui, ela deseja vela.

-Minha mãe...é eu sei quando ela coloca os pés aqui todo fica em ordem.

-Já se perguntou do porquê?

-Talvez seria porque ela é a rainha? Porque mais séria?

-Um dia você vai descobrir.

-Há...me conta agora vai, por favor.

-Por quanto tempo vai ficar escutando nossa conversa ‘’minha rainha’’?

Sophya abre a porta e se depara com Bhreny e Harry logo atrás.

-Estava me espionando mãe?

-Isso importa? Venha abrace sua mãe eu estava com saudades.

Sophya abraça Bhreny com todas suas forças.

-Engraçado mãe você não gosta de abraços, o que houve?

-Eu não preciso de motivos para abraçar minha filha, Disse Bhreny com uma voz tão meiga que até mesmo Donyph se surpreendeu.

-Okay..., mas então o que foram fazer?

-Como assim?

-Eu já tenho 17 anos quase 18, sabia que a idade certa para um príncipe se casar  é a partir dos 14 anos? E eu sei que a senhora a ‘’Rainha’’ não sairia em uma viagem de dois dias se não fosse importante, ainda mais levando apenas um homem.

-Está me dizendo que quer se casar com um príncipe?

-Não, não é isso, casar é a última coisa que eu quero no momento e o foco disso tudo não é isto mãe, não faça o que sempre faz comigo logo agora.

-E o que faço com você?

-Isso! Fica me enrolando, me fazendo de boba, isso é muita maldade  sua mãe.

-Não, não é. Disse Donyph.

-Ei não defenda minha mãe!

-Eu não estou. Disse Donyph enquanto se encarava com Bhreny.

O local se silenciou, Donyph e Bhreny continuavam se encarando.

-Desculpe-me por interromper, mas minha Rainha temos que conversamos sobre nosso acordo. Disse Harry.

-Sim claro, ‘’Dony’’ fique com minha filha, já passei tempo demais com você e filha eu tenho assuntos para resolver com Harry continuamos nossa conversa depois.

Antes que Sophya pudesse falar algo sua mãe já se deparava longe a caminhos de corredores longos e escuros.


Notas Finais


Próximo capítulo nesse mesmo dia da próxima semana ♡ T.N.W. veio com um novo visual espero que tenham gostado u.u
~SenhorHentai~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...