História The new word - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Akasuna No Sasori, Haruno Sakura, Kakashi, Naruhina, Saiino, Sasusaku, Uchiha Madara, Uchiha Sasuke
Exibições 13
Palavras 2.111
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Ecchi, Esporte, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Misticismo, Poesias, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oláaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, mil desculpas pela demora, SORRY, acabei passando por alguns problemas bem sérios, mas estou de volta e juro que vou tentar trazer mais conteúdo para vocês meus amores :3

I LOVE YOU!! S2

Capítulo 4 - Tuesday


Fanfic / Fanfiction The new word - Capítulo 4 - Tuesday

 

-Sakura,onde estamos indo? Aquilo estava me irritando,Sakura não parava de falar e ficar mechendo suas mãos para lá e cá,chegamos em um lugar onde ela comprava uma peruca preta,no começo não entendi o por que disso

 

-Primeiro,cale a boca,você já me perguntou isso trilhões de vezes e segundo eu comprei a peruca por causa do meu cabelo,terceiro,estamos entrando em um festival aqui nessa vila chamada Vakil que comemora a morte do Deus da escuridão e como é de noite eu posso lhe mostrar algumas coisas que fazemos para nos divertir-disse com uma cara brava e com um pequeno sorriso nos labios

 

-Enfim,por que me trouxe aqui?

 

-Apenas pensei que você gostaria de passear um pouco já que ficou muitos anos naquele colar,devia ser entediante

 

-E como,pode parecer meio estranho,preferia jogar campo minado,pelo menos em Theia tinha internet-me lembro desses momemtos,eram engraçados e não tinha como não sorrir

 

-Internet?

 

-É difícil de explicar,você pode assitir várias coisas,baixar,ter várias coisas,se sentir feliz por algumas coisas e triste

 

-Como uma magia?

 

-Não

 

-Aura?

-Não

 

-Macumba?por que somente isso faltou na minha lista,uma coisa que faz você ficar viciado,já sei,drogas? E o que é  vídeo?-Disse com uma voz engraçada e se fazendo de inocênte

 

-Hmph,Sakura...-Ela estava tirando uma com minha cara?

 

-Parei,parei,eu sei o que é

 

-Sasuke,gosta de atirar?-seus olhos estavam brilhando e se não fosse por um arrepio que tive minha espinha,diria que ela está  animada

 

-Sim,praticava muito com meu irmão,Uchiha Itachi

 

-Olha aquela barraca - Não tinha reparaado no lugar ainda,eram várias barracas que lembravam bastante o estilo Japonês em Theia e ela estava apontando para uma barraca de roupas femininas,sério?

 

-Uma barraca de roupa feminina?

 

-Não,olhe para o lado - Incrível ali conrinhia inumeras armas e algumas latas com bons materiais de recompensa

 

-Vamos jogar

 

-Sakura,eu já conheço esse jogo,em minha terra era igualsinho-A verdade era fria,eu não estava com vontade de ficar naquele lugar,ele  me trazia muitas lembranças

 

-Pare de ser fresco Sasuke,Está com medo de perder?-Sua voz saia de seus lábios de forma desafiadora

 

-Eu nunca perco

 

-E se perder?-Realmente aquilo tinha se tornado interesssante

 

-Eu disse que nunca perco

 

-Se você perder vai se vestir de garota,que tal?

 

-Se você perder vai ter que me beijar - Não sabia por que disse aquilo,apneas foi espontâneo

 

-O quê?-Disse a escandalosa

 

-Medo?

 

-Nunca

 

O jogo foi bem complexo,Sasuke estava ganhando,mas depois de alguns minutos Sakura acertou mais alvos,assim ganhando o desafio e um urso e como boa ganhadora ela mandou Sasuke se vestir de garota

 

-Sasuke,você ficou bom com essa roupa ou devo dizer Sasura?aquilo era realmente divertido,demorei horas,o chamando de mal perdedor,ele se recusava a se vestir de garota,até uma hora que comecei a gritar e falar que o mesmo estava querendo se aproveitar de uma inocente garota,que no caso seria eu,ele ficou muito bravo,pois muitas pessoas entenderam errado,só me lembro de ter fazido a maior birra até o mesmo desistir

 

Lembro-me que ele vestia uma blusa rosa,uma calça preta e uma bota da mesma cor . Não queria ser muito chata e queria entregar uma espada ao mesmo,foi o meu premio por ter ganhado naquele jogo

 

-Sasuke?

 

-O quê?-Perguntou-me bravo

 

-Sabe,eu já te considero um amigo,mesmo que talvez um dia eu morra ou nos separarmos eu sempre lembrarei de você,um amigo para mim é valioso,é algo que todos devem cuidar,como se fosse uma pedra preciosa,sendo cada uma pessoa uma diferente,devemos tratar com a maior delicadeza como se ela fosse quebrar a qualquer momento,afinal uma amizade assim a,qualquer momento pode acabar,qualquer atitude ou frase pode estragar com a mesma em qualquer instante,ela pode morrer a cada segundo,me entende?

 

-Acho que sim

 

-Bom,eu quero te entregar essa Katana em nome da nossa amizade,você aceitaria?

 

-Sim Sakura e queria também te entregar algo em um futuro próximo

 

-E o que seria?-perguntou-me curiosa

 

-É uma surpresa-Sorria divertido-Obrigada Sakura

 

-Pelo quê?essa noite ainda não acabou senhorita

 

-É mesmo senhor?

 

-Claro belezura

 

-Acho que esse termo não está adecuado senhor,poderia ser gostosa,combina mais com minha beleza-Disse com uma voz fina,os dois se entreolham e começaram a rir

 

-como é ter um irmão?-Essa pergunta era difícil de responder,afinal eu quase não ficava com minha família

 

-É difícil de se responder,é bom e ruim ao mesmo tempo,podemos dizer que é o seu melhor amigo,sempre te ajudando

 

-Isso parece divertido

 

 

 

A noite passou rápida,os dois em todo momento comeram a falar mais sobre suas vidas,se torando bons amigos e como Sasuke não queria deixar barato por se vestir de garota,ficou azucrinando Sakura todos os segundos dessa terça-feira.Quando estava amanhecendo os dois decidiram continuar sua jornada,Sasuke retornou para o colar e Sakura decidiu continuar a andar um pouco mais

 

Sakura se perguntava como seria a forma de Dragão de Sasuke e se algum  dia o mesmo pudesse vivee livremente,como qualquer pessoa

 

Essa viajem duraria cerca de 5 dias para chegar ao castelo,Sakura apenas aguardava pelo que viria em frente

…………………………………………………………………………………….

 

O dia estava levemente nublado, os raios solares ainda estavam escondidos e o animos dos dois viajantes estava na estaca zero. O silêncio absoluto prevalecia em um clima desconfortável para a Sakura, já Sasuke aproveitava ao máximo esse minuto de silêncio em sua caminhada até o portão

-Sasuke- Sakura estava totalmente imóvel e com a cabeça para baixo, não sabia o que dizer e nem sabia ao certo o que fazer, se achava patética por amar tanto alguém e querê-lo tanto a ponto de não deixá-lo amar alguém, talvez fosse egoísmo ou talvez seu medo de ficar sozinha

 

-Hm?

-O que você faria se soubesse que a pessoa que você ama não gosta de você nesse mesmo sentido, quero dizer e o que você faria com todo esse sentimento?

 

-Se você ama essa pessoa, tente e tente o máximo possível, entretanto não ponha o amor a esse ponto, não existe o amor de um ponto só e sim dos dois, o que quero dizer é que se você tentou o máximo e não conseguiu o que mais você poderia fazer?, você deve vê-lo feliz e seguir sua vida- Não sabia dizer, apenas estava inquieto com tudo isso

 

-Você diz isso de forma tão fácil, como se você já tivesse amado alguém-A última parte foi dita de forma quase inaudivel para Sasuke

 

-O quê?

 

-Nada, vamos andando, temos um longo caminho longo pela nossa frente

 

-Longo pra você, não é?- Sua boca se abria em um perfeito sorriso e ironia demais para uma pessoa só

 

-Claro, longo demais para as minha lindas e grandes pernas de princesa do castelo alado selvagem, não é?- Sakura fazia uma posse super esquisita enquanto segurava seu colar como forma de microfone

 

-A claro senhorita Haruno ou devo dizer princesa do castelo alado selvagem- Debochado e lindo, mas um miserável devo admitir

 

-Não falo nada mais

 

-E tem o que falar?

 

-Claro

 

-O que então?

 

-Ah, então, isso é segredo a sete chaves, não quero falar mais nada e pronto Sasuke

 

-Se você diz

 

O barulhos do portão foi o suficiente para fazer que os dois parassem de falar e se olhassem, Sakura tomava folego enquanto olhava para os dois gurdas na imensidão do castelo, não sabia se saia correndo ou apenas falava o que tinha que falar, puxou o ar do pulmão, levantou a cabeça, seu olhar estava firme como de um lobo na caça, sua boca salivava muito fazendo com que ela  abrisse e fechasse  a boca rapidamnete  entretanto suas mãos estam tremulas e suas pernas  bambas, mas tomou coragem e fez o que tinha que ser feito

 

-Eu vim procurar Uzumaki Naruto

 

-Ele se encontra na sala do trono no momento

 

-Por favor, eu preciso urgentemente falar com ele, é um caso muito importante e eu partirei em seguida, então chame ele-Sua voz saiu tão roucamente e baixa que muitos diriam que a garota a qualquer momento iria desmaiar

 

-Nós não podemos chamar um guarda, mesmo que seja do nível 1 para uma camponesa como você

 

Os gurardas riam e debochavam de Sakura que nesse momento apertava suas vestes e mordia levemente sua boca, Sasuke enfurecido foi avançar para cima dos guardas, entretanto Sakura para o mesmo com a mão

 

-Não, não faça isso-Disse suplicante

 

-Por quê não?não vai fazer diferença

 

-Claro que vai, por que eu vou fazer a diferença em 5 segundos

 

5

 

Um passo foi dado, o ar ficou pesado e todos pareciam se sufocar com o próprio ar, a areia ficava cada vez mais agitada e o vento soprava elas lentamente em direção ao guradas, como um aviso quando um predador se aproximaa ou até mesmo a morte

 

4

 

O segundo passo foi dado e nada ditto

 

3

 

 

Os passos se tornaram mais lentos e agressivos ao mesmo tempo

 

2

 

O vento parou e tudo parecia estar queimando pelo forte calor que emanava no momento, o sorriso, o corpo, tudo parecia como um filme de terror, os guardas já tremiam de medo,entretanro empunharam suas espadas na frente e como Guardas reais se apoiaram firmes e fortes no chão, queriam honrar a sua posição e nada mais importava, nada mais, nem sua vida e nem suas famílias, apenas rezavam para que elas encontrassem o caminho para o future e que não temessem nada

 

1

 Em apenas um momento todos os guardas cairam inconscientes no chão, os seus olhos abertos e esbugalhados, não estavam mortos, longe disso, apenas caíram em um sono profundo e tudo isso proviniente de um dos poderes do protador do colar

 

-Pronto

-Não sabia que já tinha dominado o primeiro poder

 

-Eu não dominei, eu estava tremendo tanto,mas do nada uma grande onda passou por meu corpo, não sei dizer ao certo meu corpo todo entrou em chamas, eu sentia o poder fluir em mim, eu sentia que era capaz apesar do medo me consumir a cada minute e do nada isso acontece, foi apenas sorte, não acha?

 

-Hmm

 

-Agora por onde começamos?- Cantarolou

 

O silêncio começara de novo, os passos podiam ser ouvidos por todo salão e lá encontrou ele junto de outros guardas reais, seus cabelos loiros, sua boca fina levemente avermelhada e por fim seus olhos, ah, seus olhos azuis, como a imensidão azul do mar e uma calmaria

 

-Ei, você

 

-Sakura?

 

-O que você está fazendo aqui?

 

-Eu vim te procurer, preciso falar com você, é urgente

 

-Urgente?, alguma coisa aconteceu com você?

 

-Nada aconteceu comigo, eu preciso falar somente com você

 

-Eu não posso, sinto muito, tenho que ir ver Hinata, eu prometi pra ela

 

-Eu não vou tomar tanto do seu tempo, logo terei que ir com Sasuke

 

-Com quem?

 

-Comigo-Disse Sasuke

-Sakura, quem é ele?

-Um amigo de viajem, agora posso falar com você em particular?

 

- Eu já disse que não, quando você vai aprender a parar de ser uma garota mimada e que tem tudo na mão?

-Não é iss-

 

-Não é o quê? Você somente sabe fazer o que quer, nunca prestou a atenção em ninguém além de seu mundinho, não me venha pedir atenção, você não consegue cuidar nem de si mesma, não sei por que perdi meu tempo aqui falando com você, se quiser pode passar uns dias aqui o rei disse que não se incomoda com sua presença

 

-Naruto, por que você está me tratando assim?

 

-Estou te tratando de um jeito normal, venha, vou te levar até seu quarto por essa noite

 

O caminho todo seguiu em silêncio, nada diziam, Sakura se sentia estranha e não queria falar nada, somente deitar em algo confrotável e dormer para tentar falar com ele, queria se explicar e esclarecer que as coisas não eram assim, ela sabia se cuidar, sabia lutar, tinha se tornado uma mulher em tão poucos dias, então por que ele não notava ela? Por que ele se tornou isso? Por quê?

 

-Cuidado, Sakura, Sakura?

 

-Sasuke

 

Sakura iria cair se não fosse por Sasuke, Seus rostos estavam tão perto, suas respirações se mesclavam, o olhar intense de Sasuke sobre Sakura não tinha saído despercebido por Naruto

 

-Eto, Sasuke?

 

-Saia de perto da Sakura-Disse Naruto

 

 

-E se eu não quiser?

 

-Apesar de tudo ela é minha amiga, minha pequena irmã

 

-Chega!!-Meu coração doía, eu sabia e sempre soube, mas doía demais

 

O som dos sapatos era tão irritante para Sakura que no momento em que ela entrou no quarto se sentiu tão bem, tão segura e sozinha consigo mesma, apesar que depois de alguns minutos Sasuke entrou no quarto e quase como um conforto abraçou Sakura e ali dormiram juntos, abraçados no chão, com Sakura em seu colo chorando sobre tudo o que tinha acontecido, apenas querendo ir embora logo, para um lugar tão distante disso tudo

 

 

-Me desculpe Sakura, eu vou te proteger custe o que custar, minha pequena flor de cerejeira


Notas Finais


AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH, juro que vou tentar melhorar minha escrita com o tempo, é minha primeira Fanfic, Enjoy...AH, me desculpem pelos erros ortográficos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...