História The North Remembers - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Crônicas De Gelo e Fogo (Game of Thrones)
Personagens Arya Stark, Brandon "Bran" Stark, Brienne de Tarth, Cersei Lannister, Daenerys Targaryen, Gendry, Jaime Lannister, Jon Snow, Jorah Mormont, Melisandre, Personagens Originais, Petyr Baelish, Samwell Tarly, Sansa Stark, Theon Greyjoy, Tyrion Lannister, Yara Greyjoy
Tags Drama, Got, Luta, Revelaçoes
Visualizações 24
Palavras 777
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Imagine a capa do Cap como a Naturre no chão ksksks

Capítulo 7 - Presa


Fanfic / Fanfiction The North Remembers - Capítulo 7 - Presa


Naturre ajudou Brandon a se levantar, e se sentar na cadeira de rodas. Ela colocou o capuz e empurrava em direção ao Castelo. Viu que o tal Petyr Baelish a olhava, e ficava desviando o olhar. Aquelas semanas se passaram bem. Sansa parou de ser "envenenada" com Baelish, e se perguntou o por quê. Jon e Naturre tiveram uma relação construtiva e Arya sempre se divertia lutando com Naturre que não ousava machucar Arya. Mas um dia, Baelish encurralou Naturre.

- O que você quer? - Naturre já estava acostumada, sabia dos interesses do homem. Se se casasse com Sansa, teria direito apenas a Winterfell. Mas com ela, teria direito até aos 7 reinos, e Winterfell. Mas ela nunca falou nada. 

- Você sabe o que eu quero. Essa é sua última chance. - sussurrou  e a soltou, saindo do corredor vazio. Naturre ficou preocupada, tanto que sua adrenalina fez seu coração bater mais rápido a qualquer barulho no castelo, seja de passos ou de coisas caindo no chão. Sentia medo do que poderia acontecer com ela e essa serpente venenosa. É claro que todos perceberam seu comportamento diferente, sempre olhando em volta, dando pequenos pulos quando algo acontecia, respondendo coisas aleatórias quando lhe faziam uma pergunta. Quando perguntam se tudo está bem, ela sempre fala que "tudo está certo", mas eles sabem o que esse "certo" é. Em um dia, Bran a puxou para uma visão sem querer. Ela viu ela sendo procurada por toda parte do Castelo. Quando saiu da visão, estava tremendo e um pouco suada. Ela estava certa, algo iria  acontecer. E naquela noite, em um sono profundo, acordou em um lugar sem nenhuma porta, apenas uma saída, um.buraco no teto. Pensava que era um sonho, mas se Beliscou, se bateu até que viu um bilhete. "Eu te avisei. ~Baelish". Não havia como tacar fogo em tudo, pois e se fosse a estrutura do Castelo e ela com isso, matasse a todos presentes? Não havia maneira de alcançar o.buraco pois estava longe dela, e coberto por uma tampa. Então, se pôs a chorar deitada no chão, deixada sem sequer uma gota de água ou um pedaço de pão.

1 dia depois...

Sansa ficou brava com Arya ao ver uma carta de depois que Lady e Mycah foram assassinados para Robb. Mas Baelish modificou o nome de Robb, escrevendo Jon por cima, e não havia como saber se era falsificada. Sansa quase deu um tapa em Arya, que desviou, a olhou indignada e saiu dali correndo. "Nada mudou..." pensava ela. A busca de Naturre pelo Castelo.não ia nada bem, e ela só se sentiria melhor com as lutas que tinham. Lorde Baelish havia ficado mais próximo de sua irmã. "Eu vou matar ele." Ela murmurava para si mesma. 

6 dias depois...

Estavam a ficar preocupados em Winterfell. Ou a menina fugiu (improvável) ou há um traídor entre eles que raptou a menina. Hoje seria o julgamento de Mindinho, que foi acusado de "traição ao colocar uma Stark contra a outra". Todos os lordes estavam presentes (exceto Jon) quando Arya foi o "carrasco", que com Sua espada fina, enfiou-a em seus dois olho e depois cortou apenas a superfície da garganta, e todos viram ele morrer afogado em próprio sangue. Naturre estava morrendo. Ela mesma admitia isso. Ninguém nunca iria buscar ela. Ouviu passos no teto e alguém parou perto do buraco.

- Onde acha que ela pode estar lorde Tyrion? - John pergunta. O anão começa a falar opções, mas ouvem alguma coisa do.buraco.

- Ah... ajuda... - a menina mal falava por conta da boca seca. - Por... fav...

E ela acaba revirando os olhos.

- O que foi isso? - Jon fala.

- Devem ser os ratos. - Tyrion responde. E assim, eles passam reto, ignorando os ruídos.

Um dia depois...

 Mas Brandon, com a visão de um buraco.no solo e uma mão gelada no chão, se pendurou no primeira pessoa que ele viu. Era Sansa.

- O que foi Bran?

- Visão... buraco no solo... alguém desmaiado. - Sansa sai correndo para procurar alguém. Ela esbarrou em Jon.

- Jon, buraco no solo, alguém desmaiado.

- Lorde Tyrion, poderia ser... - ele olha para Tyrion ao seu lado, que até agora discutia sobre os Lannister que perderam contra a Targaryen mais velha.

- Oh lorde Snow, acho que cometemos um erro grande. - e os 3 aparecem olhando o buraco tampado com um metal estranho. A tampa foi tirada por Sansa, rápidamente e ao mesmo tempo delicada. Jon enfiou a cabeça no buraco, tentando ólhar algo. (O buraco era bem grande okay?). Quando se depara com a menina que procuravam, e ao mesmo tempo desistiram de procurar ontem. 

- Ah meus Deuses... - Jon fala, preocupado.



Notas Finais


Título do próximo capítulo:
"Entre a Vida e a Morte"
Prévia:
"Eu sentia que eu não podia me mexer... que eu não poderia fazer mais nada por mim. Eu via tudo e não via nada. Era como... a escuridão e a luz..."
Okay, ñ é pq eu coloquei "era" q ela ainda ñ pode morrer! Mas Eu vou pensar no assunto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...