História ♡The nude fate will give another chance♡ - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Visualizações 137
Palavras 882
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Hentai
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 5 - De volta a Paris. Part 2


Fanfic / Fanfiction ♡The nude fate will give another chance♡ - Capítulo 5 - De volta a Paris. Part 2

Após o modelo chegar  em sua casa, depois de uma manhã  inteira dedicada a  sessões de fotos. Ele estava prestes a subir as escadas ate escuta várias risadas vindo da cozinha. Com o coração a mil, com quase a certeza de que a mestiça já estivesse naquela casa, ele se aproximou do comodo da casa para confirmar sua suspeita. Ele entrou na cozinha e viu a azulada de costas, conversando com o seu pai e preparando panquecas pra comer no café da tarde.

-Huum... o cheiro está muito bom. -O  designer diz sorridente para a mestiça. 

-Espero que o gosto também. Faz tempo que não faço uma panqueca. - A azulada responde sorrindo 

A azulada vira e o modelo  teve a oportunidade de vela. Ela estava Belíssima como nunca. Sua roupa ousada a deixava ainda mais sexy. Seus lábios vermelhos como de uma rosa. Os cabelos com um coque mal feito e umas mexas que caida sobre seu rosto. A vontade que o loiro tinha era de pega lá no colo e ao meio de Beijos leva lá para o seu quarto e descontar todo o tempo perdido, todas as vezes que ele sentiu falta da unha da mestiça passando pela sua costa. Todas as vezes que ele queria escutar seus leves gemidos em seu ouvido enquanto saciava  os desejos de ambos e sentia uma leve puxada em seu cabelo. Todas as vezes que ele queria acordar e vela do seu lado, na mesma cama. Nesse instante  a azulada levanta sua cabeça olha para frente e vê o modelo ali, parado, a encarando.

-Oi Adrien. Quanto tempo não é mesmo? -Ela olha para ele com um olhar sedutor e ao Mesmo tempo sarcástico -Como você tem passado durante esses quatros longos anos?

-O.. oi Marinette! Haam... Eu... Eu pa...passei muito bem - responde o modelo tentando não mostra abalado com a presença da azulada -Foi os melhores quatros anos da minha vida.

-Haaa. É mesmo? -Diz a azulada com um olhar que diz que ela estaria  pronta para provoca lo toda vez que ela o vice pela aquela casa 

Ela sabia que ele estava namorando, mas ela vai provoca o modelo até ela se sentir satisfeita. E ele sabia que ela ia provoca lo. Ele a conhece muito bem.  O que a azulada pode fazer se ela  Ama provoca?

-Vem filho. Vem tomar café da tarde conosco. A Marinette fez aquela panqueca que você tanto ama.

-Não to com fome. Obrigado -Ele diz olhando para a mestiça  e ela apenas o encara com seu velho sorriso de lado que sabia que enlouquecia o modelo.


(Mais tarde: A noite.)


O modelo avia acabado de se arrumar para sair com os seus amigos. Então liga para sua namorada e a mesma atende.

-Oi meu docinho de leite.

-Oi Lila -O modelo a responde sem nenhum entusiasmo. Você já está pronta? 

-Não.

-O que? Porque você não se arrumou até agora?

-Eu na vou sair com seus amigos. Não suporto olhar pra cara deles. Eca! Me dá até ânsia de vômito e ......

O modelo desliga na cara da namorada e vai embora, a encontro dos amigos. Chegando lá procurou a mesa em que seus amigos estavam. 

-Adrien. Aqui -Diz a ruiva levantando o braço e endicando para que o modelo fosse até ela.

Ele viu todos seus amigos: Nino, Alya, Plag,  Tikki e... Marinette?

Ele foi até lá e se sentou na cadeira vaga que ficava justamente do lado da azulada. 

-Então Adrien? - Fala a mestiça olhando dentro dos olhos verdes esmeraldas do modelo  enquanto ele se sentava -Onde está sua namorada? Estava ansiosa pra conhece lá. 

-O que você está fazendo aqui? -Ele foge do assunto sobre a namorada.

-Eles também são meu amigos. Estou matando a saudade. Não posso gatinho? - Ela toca com o dedo endicando no nariz do modelo, como sempre fazia quando o chamava assim.

-você sempre faz o que você quiser da sua vida. Como da vez que você foi para Inglaterra e me deixou. -O modelo pede uma bebida pra ele. 

- exatamente gatinho! Faço o que eu quiser. -ela diz tomando um pouco do vinho, encarnado o modelo e passando Sua perna na perna dele por debaixo da mesa.


A noite foi passado, e a cada taça de vinho que a mestiça tomava era uma provocação que deixava o modelo louco para possui lá.  Ela estáva adorando o enfernizar, e a cada indireta, a cada unhada que o modelo recebia em sua cocha, a cada vez que a mestiça começava a dizer coisas indecente, a cada vez que ele olhava para ela e mordia o labio enferior, a cada pensamento malicioso que ele tinha, era um arrepio, e um prêmio para a azulada.


Na hora de voltar para casa o moreno e a morena resolveram levar a azulada e o modelo para a mansão dos Agrestes já que já estavam bêbados. O casal entrou e se encararam um ou outro. Até que o modelo não consegue mais se segurar e puxa a azulada pela cintura e começa a beija lá calmamente. Sua sensação era como se aquele Beijo fosse o último pedaço de chocolate do pacote, ele queria aproveitar cada segundo. Ele a pegou no colo e em meio a Beijos e algumas unhadas no pescoço, eles subiram as escadas e foram para o quarto do modelo. No objetivo de ambos sasiarem seus desejos. 






Notas Finais


Oi Gente lindaaa
Sentiram minha falta?
Sabe a frase na foto?
Então. É o significado do nome da história em português.
Eu tô muito feliz
Porque amanhã, segunda feira eu vou fazer aniversário.
Eeeeeeeeeeee
Tô muito feliz
Espero que tenham gostado do Capitulo de hoje
Bjs.... <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...