História The Obsession - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Selena Gomez
Personagens Ariana Grande, Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Jelena, Justin Bieber, Selena Gomez
Exibições 117
Palavras 1.111
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Suspense
Avisos: Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá galerinha, tudo bem com vocês?! Antes de tudo, vamos começar falando da regrinha básica? Quero dizer que tô MEGA triste porque eu estava escrevendo o prólogo da história ontem e quando fui postar, deu erro e não ficou salvo. GRITEI. CHOREI. Porque tinha ficado PERFEITO. A ideia surgiu do nada, e, nossa, ainda tô chateada. A história tomaria o rumo da Selena Gomez ser uma grande cantora famosa e ela seria sequestrada pelo paparazzi Justin Bieber que era OBCECADO pela jovem, mas não deu gente, que site FDM!!! Mas, eu não queria mudar o rumo da história, quero muito escrever uma história sobre sequestros, então, mudei completamente a vida da Selena nessa fanfic, ela será uma garota comum. Espero que gostem. Agora vamos para as regrinhas? Vamos . \o/

✬ Regra número 01: Vou postar sempre nos meus dias livres.

✬Regra número 02: A história é da minha autoria. Então, caso eu ver plágios por aí vou denunciar.

✬Regra número 03: COMENTÁRIOS! Não faço questão, mas por favor, né? Não custa nada comentar ou criticar. Aceito os dois.

✬Regra número 04: A fanfic é sobre Jelena, sim, amo eles. Caso não gostar, apenas não leia, rs.

✬Regra número 05: Eu vou escrever sozinha, então, paciência.

FAVORITEM, VIU? PROMETO ME DEDICAR BASTANTE PRA AGRADAR VOCÊS.
Um beijo da Sagitariana aqui.

Capítulo 1 - Prologue. O começo.


Fanfic / Fanfiction The Obsession - Capítulo 1 - Prologue. O começo.

A minha vida começa aqui. 

Eu sempre tive a sensação de que estava sendo perseguida desde quando me mudei para Califórnia, ano passado. Minha mãe sempre diz que isso é coisa da minha cabeça, que isso é porque ainda não consegui me adaptar à cidade grande, devido ao Texas que era uma região muita pequena de pessoas, comparando com Califórnia, uma cidade bastante rica de população. Mas ainda sim mantenho esse pensamento. Eu sinto, a cada passo que eu dou, que tem alguém me vigiando e que não está tão longe do seu alvo.

Estou na reta final no colegial. E todas essas desconfianças sugiram desde quando um aluno novo entrou na escola. Quase que no meio do ano já. Eu nunca paro de dizer o quanto ele é estranho e mantém o seu olhar frio em mim a cada passo que eu dou. Ele parece tomar o meu ar quando respiro. Diversas vezes, ele me faz trombar com o seu olhar frio. E em algum momento, eu não sei o que eles querem dizer. Ele é estranho, assim como todos do colegial comenta. Eu vejo algo sombrio nele, e minha pele se arrepia sempre quando ele me encontra chegando, e me olha com seu olhar frio e submisso. 

 

08:35am - Sábado. 

Gotículas de suor deslizavam pelo meu rosto, eu estava tão cansada como nunca agora. As batidas do meu coração pulsava de uma forma cansativa, avisando que eu precisava descansar e não forçar muito a barra, como faço algumas vezes por mero capricho. Abri rapidamente o bico da minha garrafinha e beberiquei o líquido dessa, que agora, descia gelado pela minha garganta seca. 

Costumo caminhar sempre pela manhã, gosto de me manter em forma, e esse é o meu hobby favorito, e foi aqui, nessa calçada que conheci uma amiga chamada Ariana. Não faz muito tempo que nos conhecemos, mas pelo pouco que a conheço noto que ela é uma garota legal. Estudamos na mesma escola, mas Ariana é de sala diferente. A única aula que temos juntas é de Biologia. Ainda quero conhece-lá melhor e chama-lá pra visitar a minha casa. Eu sou desconfiada, então, eu tenho que conhecer bem as pessoas com quem me envolvo, além do mais, estranhos existem por toda parte!

Senti novamente aquela sensação de que estava sendo perseguida, até sentir uma mão pousar sobre o meu ombro desnudo pela camiseta de alça que nesta habitava, deixando escapar por entre os meus lábios, um arfado de susto. Girei meu corpo, na direção onde a mão estava, por trás de mim. 

— Hey, girl!

A garota sorrindo, diz animada e retira a mão sobre o meu ombro. Suspiro aliviada. Era a Ariana.

— Ariana! Que susto. 

Esbocei um sorriso amarelo para a morena, que degustava sua água, e agora, solta sequências de risos.

— Desculpe, vi você pensativa e descansando, não queria perder a oportunidade de vir falar com você, a minha intenção não era de susto. Por que estava tão distraída?

— Eu só estava descansando. Corri muito, meu corpo chegou ao limite.

Por força do hábito, observei ao nosso redor.

— O que foi, Selena? 

A morena me olhava agora, confusa, com o senho franzido e com as mãos pousadas na sua cintura, uma de cado lado. Eu ainda sentia a presença. Aquilo me fazia se sentir inquieta.

— Preciso retomar meu rumo agora, não se importa? Vem comigo?

— Ah, eu queria muito. Mas acabei de chegar e ainda não fiz metade dos exercícios.

— Certo, no vemos no colégio! 

— Até lá, menina! 

Observei o corpo de Ariana indo na minha direção oposta, esta que agora, começou a correr se afastando cada vez mais do meu ponto de vista.  

 

Fairfax High School - 15:30 

E lá estava ele, mais uma vez, me secando de longe. Estou passando a odiar cada vez mais o intervalo. Prefiro ter mil aula de qualquer matéria entediante do que ter que aturar um folgado me secando com os olhos a cada passo que eu dou. Eu não sei o que pode está passando agora na cabeça dele. E nem quero saber. Só pode ser coisas sujas, como todos garotos pensam.

Rolei os olhos, me sentindo incomodada, após ficar encarando tempo determinado as suas orbitas carameladas sem brilho algum. Ele de um sorriso maldoso, vendo o quão incomodada eu fico com a sua presença e seus olhos pareciam hipnotizados sobre mim, contornando cada partícula do meu rosto rechonchudo e corpo. Eu não sei o que deu em mim para encará-lo daquela maneira, mas me sinto farta por ter um segurança que nem eu mesma sabia tinha por aqui. No corredor só havia nós dois, o que me deixou mais constrangida. Bati a porta do meu armário quando o louro, já se distância cobrindo sua cabeça com o capuz da blusa de frio preta que usava.

Um papel caiu do meu armário e bateu nos meus pés, olhei para o papel pensativa e não hesitei, abaixei meu corpo até o pepel e peguei-o. Observei-o vice e versa, até ver o que estava escrito na folha branca e pequena. 

"Oi Sel, aqui é a Ari!

Estou precisando de você agora, tem como vir aqui na saída dos fundos? Mas tem que ser rápido. Um beijo delicioso da sua amiga Ariana."

 

Amiga? Um beijo delicioso? Suspeitei. 

O sinal bateu, avisando para todos retornar à sala de aula, mas eu preciso ir ver o que Ariana quer, pode ser algo de emergência pra ela ter mandado um bilhete, se bem quem, ela não costuma fazer isso, poderia vir me procurar como sempre faz, ou, mandar sms. 

Segui até a saída dos fundos, muito discreta para que, ninguém me visse. A escola é enorme, então, tive que descer umas escadas cansativas até chegar no local. Quase ninguém fica por ali, ficamos mais no pátio ou nos corredores, e isso está me cheirando a encrenca. Ainda não entendo o porquê Ariana escolheu justo esse lugar. Se alguém me pegar aqui, levarei uma boa detenção por está fora da sala de aula. 

— Ariana?

Andei o meu olhar pelo local baldio, sem notar a presença da garota.

— Apareça logo! Não podemos ficar por aqui.

— Eu sempre soube que um dia você seria minha, Selena Gomez.

Uma voz estranha suou perto do meu ouvido. 

— O que...?

Sem completar a pergunta, senti meu corpo se amolecer após sentir algo pontiagudo perfurar a minha costela. Fui amparada por um braço másculo. E num só segundo, minhas visões foram ficando turvas e a única coisa que eu me recordo de ter ouvido era uma risada, uma risada maldosa. Eu apaguei. 

 

 

Mas não é todo dia que temos a a oportunidade de fazer escolhas nossas. —  Outro Dia, David Levithan .

 


Notas Finais


Uma diferença é que na outra história não ia ter a Ariana Grande gente, apenas o jb e a sg, mas aí pensando bem, resolvi coloca-lá, achei que fosse cair muito bem com ela o papel que a reservei. GENTE SEI QUE ESSA CAPA TÁ BEM ESCROTA mas vou fazer outra assim que eu chegar do médico.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...