História The Olympus and the Enchanted Florest - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time, Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Chris Rodriguez, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Dionísio, Frank Zhang, Grover Underwood, Hades, Hazel Levesque, Hefesto, Hera (Juno), Hermes, Jason Grace, Júniper, Lacey (Belle), Leo Valdez, Nico di Angelo, Percy Jackson, Poseidon, Rachel Elizabeth Dare, Sally Jackson, Sr. Gold (Rumplestiltskin), Travis Stoll, Zeus
Exibições 74
Palavras 3.030
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção, Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii gente, essa fanfic vai ser bem rápida vai ter somente três capítulos
Mesmo assim espero que gostem flw ;D

Capítulo 1 - O começo


Fanfic / Fanfiction The Olympus and the Enchanted Florest - Capítulo 1 - O começo

 

Era uma manha de sábado estava tudo bem eu acordei as 7:00 da manha fui direto para o banheiro tomei banho e escovei os dentes eu sai do banheiro com uma toalha na cintura

- Percy!! - eu olhei para trás e vi  Annabeth tapando os olhos com as mãos

- O-oi oque esta fazendo aqui?

- Eu vim te acordar - ela tirou as mãos lentamente dos olhos - Você ja se vestiu? 

Eu ainda estava de toalha então ela cobriu os olhos de novo

- Ah espere

Eu coloquei uma camiseta branca e uma bermuda azul

- Pronto?

- Pronto 
   

Ela tirou as mãos dos olhos e sorriu para mim 

- Caiu da cama cabeça de algas? sempre que eu venho aqui você esta dormindo e babando no travesseiro

Eu fiz uma careta, Annabeth riu e me deu um selinho

- Você sabe que é verdade, vamos tomar café

- Já estou indo 
 

Saímos do chalé três e caminhamos de mãos dadas até o pavilhão, quando chegamos lá pegamos nossa comida, fizemos a oferenda  e fomos cada um para sua mesa, antes de começarmos a comer Quíron pediu a atenção de todos antes de começar a falar :

- Semi-deuses prestem atenção 
 

Notei que do lado de Quiron tinha um garoto loiro de olhos azuis e um porte físico quase como o meu, eu olhei para Annabeth e ela estava encarando até demais o garoto

- Este é o Daniel filho de Apolo ele chegou hoje ao acampamento, Percy

Eu estava distraído olhando para Annabeth que ainda olhava Daniel

- Sim Quíron?

- Eu queria que mostrasse o acampamento para o Daniel 

- Tudo bem
   

Todos começaram a comer em silencio fiquei pensando em Annabeth que tinha encarado o novo campista até ele se sentar com os outros filhos de Apolo 
   

Quando terminei de comer esperei na porta do pavilhão todos começaram a sair e Annabeth veio na minha direção

- Bom eu vou fazer minhas tarefas

- Tudo bem 
   

Daniel veio até nos

- Ei Percy, vai me mostrar o acampamento agora?

- Sim eu vou, até mais sabidinha

- Até cabeça de algas - ela me deu um selinho e um aceno para Daniel - Até mais

- Até - Daniel sorriu para ela

- Bem vamos começar pelos chalés

- Não, Quíron já me mostrou

- Ok então vamos para o outro lado do lago
   

Eu mostrei ao Daniel tudo do lado direito do lago: A parede de escalada, o anfiteatro, artes e oficios, a quadra de vôlei  e a casa grande quando eu ia mostrar a casa grande Quiron 

- Percy acho que você já fez demais eu termino de mostrar o acampamento a ele vá treinar

- Tudo bem Quiron
   

Eu fui para a arena e vi Annabeth treinando com Piper 

- Oi Piper - comprimentei quando elas pararam de treinar

- Ola Percy

- Já mostrou o acampamento para o campista novo ?

- Já sim - cheguei mais perto dela e nos beijamos  

- Bom eu vou deixar os pombinhos "treinarem" 
   

Nos três rimos Piper foi até Jason "treinar" já que eles se beijaram quando se viram

- Pronto pra ser derrotado cabeça de algas?

- Sim, e você ainda quer revanche da ultima vez?
   

Annabeth pegou uma espada e me lançou um sorriso malicioso antes de me atacar

--------------- ;-;  ----------------
 

Tinham se passado três semanas depois da chegada de Daniel, ele e Annabeth tinham ficado amigos quando eu e ela não estavamos juntos eu a via com ele, algumas filhas de Afrodite tinham me alertado que eles estavam tendo um caso

" - Se eu fosse você Percy teria cuidado, sua namorada e o filho de Apolo tem ficado muito juntos"

" - Ha-ha aposto que ela esta te botando chifres"

" - Abra bem os olhos e nos ouça Percy, eles estão juntos"
   

Eu tinha decidido ignorar pois as vezes elas davam em cima de mim só para irritar Annabeth
   

Mais teve um dia que eu pedi para Quiron me liberar de algumas tarefas para ficar junto dela mais:

- Annabeth você não nem ficar comigo só um pouquinho comigo poxa

- Sinto muito cabeça de algas - ela me deu um selinho - Mas eu tenho que dar aula de grego antigo para o Daniel 
   

E caminhou até Daniel, eu posso até ser lerdo mais naquele dia eu tive certeza que oque as filhas de Afrodite era verdade   
   

Eles tem ficado muito juntos eu e Annie não passamos mais tanto tempo juntos como antes agora eu so a vejo andando com Daniel pelo acampamento todo

- Grover acha que Annabeth esta me traindo com o Daniel - disse olhando Annabeth com um olhar triste já que ela e Daniel se olhavam sorrindo
 

Grover cuspiu suas enchiladas  

- Você esta louco Percy

- Olhe para os dois
   

Nos olhamos para eles que ainda se olhavam quando Annabeth olhou para mim eu lhe lancei um olhar serio então ela assumiu uma expressão de medo

- Tem ração eles não param de se olhar e ontem e os vi muito próximos na hora do toque de recolher
   

Eu encarei Daniel com odio e felizmente ele viu e pareceu amedrontado com minha expressão

- Eu vou conversar com Annabeth hoje

- Vai dar tudo certo Percy não se preocupe aposto que é só uma quedinha que ela tem por ele porque ele é filho de Apolo ela vai se tocar de tudo oque vocês passaram juntos

- Tudo bem 

Todos começaram a sair do pavilhão eu fui para a entrada e Daniel passou por mim, parecia preocupado quando Annabeth ia atras dele eu a segurei pelo braço

- Oque foi Percy - Ela parecia magoada

- Precisamos conversar a sos

- Tudo bem

Eu a levei até meu chalé deixei ele entrar primeiro quando eu ia fechar a porta eu vi Daniel nos encarando fechei a porta ignorando ele

- Oque ha de errado

- Você esta com o Daniel - fui direto ao ponto

- E-eu 

- Você esta com o Daniel

- Percy eu juro - ela estava com os olhos marejados - Foram só alguns beijos

- Eu não acredito - eu estava muito surpreso

- Percy - ela tentou chegar perto de mim mas eu a afastei

- Há quanto tempo você me trai
   

Annabeth estava chorando

- Ele começou me paquerar a duas semanas

Ela fez uma pausa para soluçar e tentou segurar meu rosto de novo mas eu segurei seus pulsos

- E-e semana passada ele me be-beijou, e eu fui deixando até hoje

Eu estava muito bravo e soltei os pulsos dela e me sentei com a cabeça nas mãos

- Eu quero terminar nosso namoro

- Ma-mas Percy nosso namoro

- Se você não reparou isso não é mais um namoro - eu támbem estava com os olhos marejados - Poxa nos passamos por tanta coisa Annabeth, eu segurei o céu por você eu fiquei com tanto medo quando você foi sequestrada
   

Ela me olhou com o rosto marcado pelas lagrimas

- Eu e você sobrevivemos ao tártaro juntos depois disso eu jurava que você me amava

- Eu te amo

- NÃO NÃO AMA - eu gritei e ela me olhou com os olhos arregalados eu nunca agi assim com ela nem quando estávamos no labirinto - Eu nunca te contei - ela me olhou - Quando eu entrei no Rio Estige para pegar a maldição de Aquiles, Nico disse que eu tinha que me concentrar na minha ponte para o mundo mortal, e ela era você
   

Annabeth me olhou com um sorriso nos labios, ela ja não chorava tanto

- Percy eu te amo tanto, não chega nem perto do que eu sinto pelo Daniel, eu só me senti atraída por ele poque ele é bonito eu juro que é só isso
   

Eu olhei pra ela com lagrimas escorrendo pelo meu rosto 

- Então sempre que aparecer um garoto bonito você vai me deixar - eu segurei o rosto dela com as duas mãos - Me deixe ir Annabeth porque eu já deixei você ir
   

Eu soltei o rosto dela que voltou a chorar, Annabeth caminhou até a porta mais antes ela veio 

- Eu te amo - e me deu um selinho
   

Eu precisava me acalmar eu não ia voltar as minhas atividades estava muito nervoso, eu tomei um banho bem demorado porque chorei um pouco no chuveiro
   

Eu sai do banheiro já vestido e tive uma surpresa quando vi meu pai Poseidon me olhando de olhando meio triste 

- Ola Percy

- Oi pai - ele chegou perto de mim e me abraçou - Você sabe?

- Eu cheguei um pouco antes da garota sair, ela me comprimentou e foi para o chalé dela parecia que estava chorando

- É ela estava com um garoto de Apolo

- Nunca pensei que uma filha de Atena faria isso ainda mais a Annabeth

- Mais oque você veio fazer aqui - não queria falar disso já estava ficando triste de novo

- Eu não queria trazer más noticias mais, hoje teve uma reunião dos deuses, tem muitos mais monstros em Nova York do que o normal e eu e Zeus brigamos de novo pra variar

- Mas qual o motivo

- Zeus disse que você é perigoso como uma ameaça para o trono dele, idiota - escutei trovoes perto dali 

- Ai deuses

- Deixe filho - meu pai foi até a janela e gritou olhando para o céu - EU NÃO TENHO MEDO DE VOCÊ IRMÃO
   

Mais trovoes dessa vez com alguns raios, dei uma risada fraca

- Bom eu acho que tenho que voltar agora - ele me abraçou de novo - Não se preocupe vamos resolver isso, Zeus esta errado

- Sim ele esta
   

Trovão, Poseidon riu

- Até mais meu filho

- Até pai 

Fechei os olhos e meu pai já tinha sumido e deixou um cheiro de brisa do mar, já estava acostumado mas era um cheiro muito bom

 

------------ ;-;  ------------

 Tinha se passado um dia eu terminei com Annabeth anti-ontem mas pra minha surpresa ela não estava mais com Daniel quando eu cheguei no pavilhão ela me olhava não o Daniel quando eu a olhei também ela sorriu pra mim, ainda estava magoado mais dei um sorrisinho enquanto Daniel me encarava com raiva, 
   

Sorri hoje estava acontecendo tudo ao contrario Annabeth me olhando esperançosa como se quisesse mais do que tudo voltar e me beijar, normalmente ela olhava Daniel assim e Daniel me olhando bravo como geralmente eu olho pra ele
   

Quiron tambem tinha notado algo estranho então pediu pra mim fazer a impensão nos chalés com Annabeth depois que trminei minhas atividades

- Então porque não estava com o Daniel como sempre

- Eu disse pra ele a verdade

- Que verdade?

- Que eu te amo e oque nos tínhamos era so atração

- Hum, nota 4 - disse estavámos inspensionando o meu chalé

- Nota 5 - disse fechando a gaveta de roupas - É um milagre você ter arrumado esse chalé 

Eu ri

- Eu precisava ocupar a cabeça

- Percy, eu não aguento isso

- Oque? - Eu estava tentando ficar bravo com ela mais ela parecia decidida a provar que realmente gosta de mim

-  Nos dois separados

- Foi você que causou isso - acusei

- Mais eu não queria isso, terminar com você

- Annabeth eu não sei oque pensar de você agora

- Eu sei que errei Percy, mas quando você terminou comigo eu me toquei que te amo que oque passamos juntos foi incrivel e eu não quero que acabe, então eu disse pro Daniel que não queria ele que eu queria você

- Eu preciso pensar Annabeth, minha cabeça esta confusa

- Tudo bem , mas não é novidade sua cabeça cheia de algas confusa - brincou

- Ha-ha engraçado
   

Rimos, terminamos a inspeção nos chalés e fomos jantar as coisas estavam do mesmo jeito do café, eu comi rapidamente queria me deitar cedo
   

Cheguei no chalé e tomei um banho coloquei um short largo e uma regata para dormir fui para a cama, acordei de madrugada  sonhei com tudo que eu e Annabeth passamos desde que ela disse que eu babava enquanto dormia até quando ele me traiu
   

Mas eu me toquei que amava demais pra ficar longe dela, então decidi que amanha falaria com ela e voltaríamos a namorar.
   

Eu acordei pegue minha camisa favorita e minha melhor bermuda, tomei banho pra ficar bem cheiroso sai do chalé em direção ao pavilhão mais antes de chegar lá
   

Vi Annabeth com Daniel mais eles não estavam conversando, estavam se beijando
   

Eu dei as costas para os dois e sai dali antes que me visem voltando para o chalé 

- Eu sabia que não devia ter acreditado nela
   

Comecei a chorar de novo não queria que ninguém me vise não queria falar com ninguém não queria ninguém perto de mim eu não queria ficar mais no acampamento com os dois juntos provavelmente rindo da minha cara por ter acreditado que ela me amava
   

Eu fiz uma mochila com alguma roupas e um pouco de dinheiro, aproveitei que todos estavam tomando café pra sair do acampamento sem problemas mais quando cheguei no pinheiro de Thalia ouvi a voz de Annabeth

- PERCY - ela veio correndo até mim mas continuei andando - Aonde você vai cabeça de algas

- Para de me chamar assim, vai la continuar beijando o cara que você ama

- Oque? Percy eu te amo

- NÃO NÃO AMA - gritei a mesma coisa de ontem - Eu fui burro em acreditar em você eu ia fala com você porque eu queria voltar com o nosso namora mais ainda bem que eu não fui, era capais de você continuar me traindo com aquele filho de Apolo imundo

- Percy espere você entendeu erra... - Daniel interrompeu antes que ela terminasse

- Vem Annabeth deixe ele ir

- Eu já disse pra você me deixar em paz - eu dei as costas para os dois e continuei andando - Percy 
   

Ela veio até mim e me segurou pelo braço mais eu a empurrei levemente pra trás  

- Me deixe ir Annabeth - Eu estava com os olhos marejados e ela também
   

Eu sai do acampamento meio sangue e peguei um ônibus até Nova York estava decidido a ir até a casa da minha mãe mas precisava me acalmar antes precisava comer alguma coisa não tinha saído do acampamento sem comer nada eu entrei em uma lanchonete. 
   

Era imprescionante que não tenha aparecido nenhum mostro o caminho todo, mas quando um homem encapusado se sentou do meu lado e esticou a mão chamando o garçon eu vi que sua pele era estranha parecia com a de um peixe so que verde, eu botei a mão no bolço para pegar contracorrente mas o homem me impediu

- Não nenhum mostro mitológico Perseu Jackson
   

Como ele sabia meu nome?, eu peguei contracorrente estava preparado para tirar a tampa da caneta mais o homem continuou a falar 

- Se quiser tentar me matar vai perder seu tempo eu sou imortal e quero apenas conversar civilizadamente então seja educado e guarde sua espada

- Tudo bem, oque quer de mim

- Eu sei oque aconteceu com você sinto muito 

- Oque sabe

- Sei que a mulher que você ama te traiu, que disse que te amava mais na primeira oportunidade se jogou nos braços de outro homem
 

O garçom veio até nos 

- Um sanduíche e um refrigerante para o garoto e uma cerveja pra mim
   

O garçom anotou e saiu me deixando sozinho com o homem 

- Ela não te ama Perseu

- É eu sei 

- Sabe mais quer acreditar que não sabe

- Oque você quer afinal 
   

O graçon trouxe o sanduiche junto com a cerveja e o refrigerante, o homem esperou o garçon sair para respoder

- Eu só quero ajudar você

- Como?

- Veja
   

Ele tirou do bolço um objeto que se parecia com um feijão mais um feijão transparente

- Oque é isso?

- Isso é um feijão magico

- Como do joão e o pé de feijão? - ele assentiu - Você é louco 
   

Eu me levantei e ia sair mas ele me puxou e me fez sentar novamente

- Se deuses gregos existem por que feijões mágicos não
   

Ele tinha ração 

- Coma enquanto explico
   

Peguei o sanduíche e começei a comer

- Esse feijão abre um portal para o lugar que você quiser ir 

- Eu não quero ir a lugar nenhum - menti

- Sim você quer, você quer ir a um lugar longe de tudo esquecer oque sua namorada fez

- Ex-namorada - corrigi
   

Ele riu 

- Viu?, você quer esquece-la mais se for para a casa da sua mãe os sátiros do acampamento te levaram de volta afinal seu pai lhe contou que tem muito mais monstros em Nova York do que o normal 
   

Eu terminei de comer e olhei para ele, eu queria passar um tempo longe de todos e com oque aconteceu entre mim e Annabeh e Zeus achar que eu sou uma ameaça, eu precisava esfriar a cabeça

- E quando eu quiser voltar?

- Feijoes mágicos são faceis de consegui, pelo menos na floresta encantada

- A floresta dos contos de fadas?

- Essa mesmo
   

Pensei  pouco mais resolvi aceitar talvez la não tenha os monstros da mitologia que me perseguem 

- Eu aceito 

- Então pode pegar 
   

Ele me deu o feijão bebeu sua cerveja e se levantou para ir embora

- Espere - chamei

Ele se virou

- Porque me deu isso?

- Logo você vai saber
   

Eu não sabia se podia confiar nele mais eu sai da lanchonete e fui para a sáida que tinha nos fundou que me levou para um beco olhei para o feijão

- Ok como eu faço isso funcionar 
   

Sem querer deixei o feijão cair e um portal se abriu no chão 

- Ok lá vamos nos
   

Pulei no portal e esperei que ele não me levasse ao mundo inferior.
 


Notas Finais


OLAA, só queria avisar que a fic vai ser rápida com apenas três capítulos
Até o próximo :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...