História The Ômega - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Kookmin, Namjin, Taeseok, Vhope
Exibições 195
Palavras 330
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Até o fim

Capítulo 12 - He


               - Jeon Jeong Guk -

               - Tem ciência de que não desejo ter medidas drásticas quanto á você.

                  - Sei, sim.

                  - Eu não quero o que aconteceu com o JungMyun, ele possuía todas as chances.

                  - Não aconteceu o que houve com o irmão do meu pai.

                   - Mas, sabe bem quem o matou e o porquê.

                    - Aquilo foi... - fui enterrompido pelo mais velho.

                     - O que ? Ridículo ? Desnecessário ? Nem sabe o que, certo ?

                      - Eu...

                      - Pode ter esta idade, mas, é profundamente imaturo, Jeongguk.

                       - Mas, Jin, o meu pai...

                       - Você não é ele !

                       - Eu só...

                       - Eu sei que sempre desejou ter o amor e carinho dele, entendo, mas, sabe que é errado, e ele também.

                       Sentia meus olhos arderem.

                        - Eu sei.

                        Senti o outro me abraçar, já havia destruído tudo.

                         - Pode chorar, tudo bem. Tenho que ir, seu pai quase machucou o Hoseok.

                          - Park Ji Min -

                          Respirava fundo, desejando apenas relaxar, já havia dito à minha mãe e Gayoon Unnie que desejava falar com elas, piscava devagar, prestando atenção na música calma que ouvia, tentava pensar em um motivo para aquilo tudo.

                   Observava o teto pintado majestosamente, sorri com a beleza.

                    - Jimin ? - ouvi alguém me chamar, abri os olhos tirando os fones, sentando devagar na cama, encarei com medo as orbes escuras alheias.

                     - S-Sim.

                     - Tem algo que... - foi enterrompido por Jin, nos chamando para almoçar.

                     Apertou as mãos, saindo rapidamente, uma expressão de raiva contorcia o rosto pálido, comprimindo os lábios avermelhados, em passos pesados e rápidos.

                     Tombei a cabeça, tentando entender algo, desci da cama indo até a sala de jantar.

                     ---

                     Senti seu olhar sobre mim durante toda a refeição, apertava a barra do moletom, tentando não aparentar minha timidez, seu olhar era profundo, e agradeci mentalmente por ter finalizado a comida e pode sair, suas palavras ecoavam em minha cabeça.

                    "Tem algo que..."


Notas Finais


Oi
Eu sei que demorei muito
Sei que está curto
Desculpa, sério
Tudo bem se quizerem parar
A história provavelmente tá ruim
Desculpa
Desculpa
Desculpa
Comentem ou não
Coisa serão explicadas mais pra frente
Até ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...