História The one for everyone - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 9
Palavras 1.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora... Tive que fazer provas e provas e SAT e um monte coisa com deadline, mas agora estou aqui com mais um capítulozinho!!
Boa leitura!

Capítulo 15 - Acostume-se


Fanfic / Fanfiction The one for everyone - Capítulo 15 - Acostume-se

Decidi voltar para o prédio da Big Hit depois de ficar por pouco mais de uma hora sentando em um banco qualquer em uma rua que eu não sabia o nome ali por perto. Eu estava ficando louco com toda essa situação. A última vez que alguém tinha acertado meu coração dessa maneira fora na escola, mas, infelizmente, eu fiz merda suficiente para que nós passássemos a ser apenas amigos. E sim, eu praticamente me fechei depois disso, isolei-me mais do que eu já me isolava. Eu sempre fui um garoto estranho, confesso, tive problemas, mas enfrentei meus problemas, ou pelo menos tentei, e consegui realizar meu sonho, fazer música e viver desta. Eu não queria e nem podia mais agir dessa maneira fechada, mas quando eu decido viver plenamente, ainda que agindo como sempre agi, só que sendo mais aberto com as pessoas ao meu redor, essa garota chega em minha vida e me faz sentir todos aqueles sentimentos idiotas de novo, faz eu me sentir um idiota por querê-la para mim, mas deseja-la com Jungkook. Eu estava na merda.

               Jungkook. Ele queria essa garota, mas eu queria essa garota. Por que nada era simples no amor comigo? Mas eu faria ficar simples. Eu não queria uma namorada até esse momento, eu não precisava de uma, então eu continuaria fazendo todas as coisas que eu fazia até o momento, ignoraria qualquer pensamento idiota sobre S/N em minha cabeça e apoiaria Jungkook, apoiaria meu amigo e pararia de agir como um irritadinho imbecil.

Quando cheguei até a frente da sala de ensaios do prédio, que estava levemente aberta, pude ouvir os seis conversando.

- Eu só queria saber quem é a idiota que está fazendo ele sofrer desse jeito. - ouvi Jungkook falar. Claramente ele estava se referindo a mim. Respirei fundo. Eu não podia deixar eles preocupados dessa maneira comigo, era injusto eu causar problemas ao grupo, atrasar o ensaios por causa de uma coisa idiota como sentimentos. Decidi interromper a conversa como se não tivesse ouvido nada.

- Oi pessoal. - falei ao entrar na sala e recebi olhares assustados em minha direção. Larguei minha mochila no mesmo canto de antes e esperei enquanto todos se levantavam. - Eu queria me desculpar por mais cedo. Eu fui egoísta com vocês, eu me estressei por nada... - olhei para Jungkook. - Não quero atrapalhar o grupo, eu realmente não quero...

- Suga. - Hoseok disse.

- Espera. Eu preciso falar isso... - o interrompi. - Eu tenho sido um idiota na última semana, mas eu prometo que nenhum desses meus surtos vão acontecer mais, eles simplesmente não vão. Eu sei que estamos em um ótimo momento da nossa carreira, e eu não quero estragar isso, eu quero dar o meu melhor. Não quero que se preocupem ou fiquem fazendo perguntas, só quero que saibam que eu estou melhor agora. - declarei, por mais que esse processo de melhora, reconheço, iria demorar para ser finalizado. - Eu adoro vocês. Eu não quero ser o motivo para nos afastarmos.  

- Não vamos, Suga. - Tae disse se aproximando e colocando a mão em meu ombro. - Nós só estamos preocupados com você. Você nos assustou bastante nos últimos dias... Mais do que o normal! - falou rindo e eu abri um sorriso, mas meu olhar estava para o chão.

- Era TPM? - Jimin perguntou sorrindo e vindo me abraçar por trás, como adorava fazer.

- Talvez... - falei brincando.

- Não a sua, né? - Jungkook perguntou sério. - Quem é a garota que está fazendo isso com você, Yoongi? - ele perguntou, parecendo realmente bravo. - Você está agindo fora de si. - apontou para a sua cabeça.

- Não quer? - ele disse olhando para mim. Eu não queria, especialmente não para ele. Por ele eu fingiria não ligar para S/N até esquecê-la de vez. Por ele e por mim.

- Não tem por que... Ela não está mais na minha vida, Kookie. - forcei um sorriso. - Não precisa se preocupar. - respirei fundo. - Você... Você só precisa se preocupar agora em conquistar S/N. Você gosta dela, não é?

               Ele demorou a responder. Talvez por que estivesse repassando o momento por mim interrompido mais cedo. Eu era um asno! Eu atrapalhei ele em ser feliz e eu tinha que compensá-lo, fazê-lo agir igual a primeira vez que ele a convidou para sair. Eu o tinha feito tomar uma ação, e o faria tomar outra. Ele seria feliz.

               - Eu sei que você gosta. - declarei chegando mais perto e colocando as mãos em seus ombros. - Então o importante aqui é você, não eu. - engoli a seco e continuei. Aquilo iria doer? Sim, mas não por muito tempo. - Se eu fosse você, eu desceria agora até aquela loja, resolveria qualquer confusão que o fez ficar desse jeito em relação a ela e a pediria em namoro, por que eu sei que quer fazer isso. Eu vejo em seus olhos, Kookie. - E vi ao vivo e a cores também, motivo pelo qual aquilo tinha que ser feito. O único motivo para ele não estar namorando naquele momento era eu. Unicamente eu. S/N não gostava de mim e fazia questão de mostrar isso, mas ela gostava de Jungkook. - Quer que eu te chute até o elevador? Por que eu posso fazer isso. - falei sério e ele acabou rindo discretamente.

- Eu também te adoro, Suga. - ele falou colocando as mãos em meus ombros também. - Obrigado. E... Desculpa sobre mais cedo.

- Não precisa pedir desculpas. - sorri. - Eu que fui o imbecil em pensar que você não ficaria nervoso perto de uma garota bonita. - falei e todos rimos. - Quer que eu chute seu traseiro? - perguntei vendo que ele ainda estava parado no mesmo lugar. Assim que o disse ele deu um sorriso e foi até a porta.

- E me compra um milk shake! - Jimin gritou brincalhão enquanto víamos Jungkook desaparecer pelo corredor.

- Você pode ser bem docinho quando quer né, SugaSuga? - RapMon passou o braço sobre meu ombro e sorri.

- Não se acostume com isso. - declarei, mas sabia que eu teria que me acostumar com isso se eu quisesse que Kookie ficasse feliz.


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo! Logo logo tem mais!!!
Vejam também minhas duas novas fan fics...
Wild Camp (Taegi) https://spiritfanfics.com/historia/wild-camp-10521188
Le Blanche Salon (Vkook e Yoonseok) https://spiritfanfics.com/historia/le-blanche-salon-10614374


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...