História The Originals-A Luta Pelo Amor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Camille O'Connell, Caroline Forbes, Davina Claire, Elijah Mikaelson, Esther Mikaelson, Finn Mikaelson, Freya Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Jackson Kenner, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Lucien Castle, Marcellus "Marcel" Gerard, Mikael Mikaelson, Rebekah Mikaelson
Tags Haylijah, Klaley
Exibições 89
Palavras 2.173
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - The Beginning Of All-Part One


Fanfic / Fanfiction The Originals-A Luta Pelo Amor - Capítulo 1 - The Beginning Of All-Part One

Ponto De Vista-Hayley Marshall

 

Após cinco anos de busca para a cura da mordida de Marcellus nos Originais, eu descubro que a cura sempre esteve ao meu lado, todo o lugar que eu ia ela vinha, estava tão perto que quando descobri, nao acreditei nisso, a cura era linda, morena de olhos azuis,gosta de tudo que é calmo, mas quando se irrita ela e um pouco pior que seu pai!

Hope, ainda não acredito que ela era a cura, nesse momento estou olhando os 4 caixões em minha frente:Elijah, Kol, Rebekah e Freya, estão a cinco anos assim, não suporto mais olhar para eles ou pensar neles, mas prometi que uniria a familia Mikaelson novamente e viveremos bem e sem Guerra!

 

-Mãe?

 

Me viro e olho Hope, ela usa um vestido azul, seus longos cabelos marrom claro estão soltos e com uma tiara rosa claro.

 

-Filha, eu disse que era pra você ficar com a Agatha!

 

-Senhora....eu tentei...ai meu deus, isso....isso são caixões?

 

-Agatha.

 

Uso minha velocidade e paro em sua frente olhando seus olhos a hipnotizando.

 

-Esqueça o que você viu aqui, não venha aqui em hipótese alguma,entendeu?

 

-Não virei aqui em hipótese alguma e nunca vi esse lugar.

 

Suspiro e a solto, pego Hope e a olho indo para a sala e percebo que Agatha me segue

 

-E hora de acordar seus tios e salvar seu pai.

 

-Hayley?

 

-Matthew!

 

Sim, Matthew Donavan está comigo, sim estou em Mystic Falls novamente,na mansão Mikaelson onde pensei que nunca mais veria.

 

-Está pronta?Digo, quando eles acordarem estarão com muita fome e estam....

 

-Eu sei Matthew!

 

-Deixa que eu cuido de Hope senhora!

 

-Hayley por favor Agatha,me chame de Hayley

 

Digo ja sem paciência com ela, olho Hope.

 

-Não quero mamãe,quero ficar com você.

 

Ela diz me abraçando um pouco forte demais, Hope e uma criança mas tem a força para erguer um ônibus,sorrio de leve.

 

-Tudo bem,Agatha pode ir, muito obrigada por vir hoje.

 

-Amanhã retornarei então.

 

-Ham, não, volte hoje com algumas coisas suas, vamos viajar.

 

-Vamos?

 

Pergunta Matt, o olho e balanço a cabeça positivamente.

 

-Vamos voltar pra casa e tomar o que e nosso, mas Hope irá ficar com Matt e você Agatha,onde vamos é muito perigoso para ela.

 

-Bonnie ja fez tudo como planejado.

 

Matt diz e ele coloca as mãos no bolso e me olha.

 

-Vamos...arrumar as coisas!

 

Olho Hope mais uma vez e ela sorri me olhando.

 

-Vamos buscar o papai?

 

-Vamos,vamos sim amor!

 

-Promete?

 

-E uma Promessa Hope!

 

Dou ela a Matt e o olho.

 

-Cuide dela e não deixe que nada aconteça a ela, Agatha por favor vá e só retorne a noite!

 

Olho ela e a mesma assente saindo logo em seguida.

Suspiro e vou ate o porão da Mansão Mikaelson, olho novamente os 4 caixões e suspiro.

 

-Hora de acordar!

 

Entro na sala e tranco a porta por estarmos na cidade o sangue irá ser esmagador para eles assim que sentir o cheiro, abro o Frizzer e está repleto de bolsas de sangue, e cada um deles contém uma fração do sangue de Hope, suspiro e abro o caixão de Freya, sua pele que antes era lisa e branca agora está resecada pelo tempo, mas isso não vai demorar muito.

 

-Vamos lá....

 

Pego a bolsa de sangue e como Freya havia me dito antes de pegar o sono profundo:Apenas uma gota de sangue em nosso organismo acordaremos.Coloco uma quantia razoável na boca de Freya, ja que ela e umaBruxa, mesmo assim o sangue desce, espero alguns segundos, talvez minutos e nada de Freya acordar, suspiro, isso foi um fracasso.Levanto e me apoio na parede.

 

-Eu tentei!

 

-E conseguiu Hayley.

 

Arregalo meus olhos e olho Freya, ela sorri e limpa a boca me olhando.

 

-Freya!

 

-Hayley, você me acordou primeiro?

 

-Sim, achei melhor você ser a primeira,bom, você e Bruxa então não poderia sair caçando humanos por ai.

 

Ando ate ela e a ajudo a sair do caixão.

 

-Você é esperta, obrigada,mas temo que meus irmãos ainda não estajam prontos.

 

-Como assim? Não estão prontos?

 

Ela me olha.

 

-Digo isso por que devemos acorda-los um de cada vez,fica mais fácil domina-los!

 

-Ok!

 

-Tem comida? Estou faminta, cinco anos sem comida de verdade e um caos de verdade.

 

-Imagino, pode subir, Matthew estará com Hope na sala.

 

-Saudade de Hope, deve ser grande agora.

 

-Ela tem cinco anos!

 

Freya ri e logo sobe para o quarto, olho o caixão de Elijah, tranco a porta novamente e faço o mesmo processo de Freya com ele, Rebekah e Kol!Os olho em frente a porta caso fiquem descontrolados.

Elijah abre os olhos e olha em volta.

 

-Elijah?

 

-Hayley?

 

Em velocidade híbrida levo ate ele uma bolsa de sangue e o olho.

 

-Tome isso, tem a cura para essa mordida!

 

Ele sem perguntar pega a bolsa de minhas mãos e logo a bebe, conforme ele toma o sangue a mordida cicatriza, suspiro aliviada, deu certo.

 

-Pensei que seria recebida com uma Festa!

 

Rebekah sendo Rebekah, rio e a olho, dou outra bolsa a ela e a mesma toma.

 

-Obrigada Hayley!

 

A olho e sorrio de leve, olho Kol o mesmo ja esta em pé tomando sua terceira bolsa de sangue.

 

-Olá de novo Kol!

 

-Só um minuto!

 

Ele termina sua bolsa e me olha.

 

-Olá de novo Loba!

 

Viro meus olhos e olho Elijah, ele está sério e quieto.

 

-A cura...

 

-Sempre esteve comigo Elijah!

 

-Como?

 

-O sangue de Hope e a cura!

 

Ele franze a testa e percebe que estou dizendo a verdade,sai do caixão e olha os irmãos.

 

-Freya!

 

-Lá encima já!

 

Depois deles terem tomado quase o Frizzer todo eu tenho absoluta certeza que não saíram que nem loucos matando por ai! Agora todos tomaram uma relaxante banho, todos estão bem, Hope sorri de orelha a orelha brincando com seus tios, Matt foi embora mas logo voltou com mais bolsas de sangue em mãos.Me encontro na sala de leitura da Mansão lendo um livro qualquer,suspiro assim que percebo não estar sozinha.

 

-Marcellus vai querer saber como nos curamos!

 

-Eu sei Elijah!

 

-Devemos proteger Hope, ele pode ser esperto e vai querer ela morta.

 

Cerro meus punhos e o olho.

 

-Acha que eu não sei?A notícia de que o sangue de Hope e a Cura pra vocês ja está no mundo Elijah, quando estava viajando me atacaram, levaram Hope mas pagaram pela vida por isso!

 

Ele me olho assustado,provavelmente não imagina eu matando por ai.

 

-Você....

 

-Sim eu matei, na verdade Hope passou 2 anos em um esconderijo juntamente com uma Matilha de Lobos Crescentes!

 

-Hayley!

 

Agora o olho, encontro seu olhar e me sinto hipnotizada,algo me puxa pra eles.

 

-Diga Elijah!

 

-Eu...Ja tem um plano pro resgate de Niklaus?

 

Sorrio de lado o olhando enquanto levanto e coloco o livro na mesa.

 

-Um plano?

 

Rio

 

-Sim, se voltarmos sem um plano, Marcellus pode nos morder outra vez e ate achar Hope..

 

-Elijah!

 

Ele me encara colocando suas mãos em seus bolsos.

 

-Marcellus se casou com uma humana, essa humana estava grávida,hoje a criança tem 5 anos, se chama Ana, vive com seus pais na casa se Marcellus!

 

-Nossa...perdi muita coisa não?

 

-Sim Elijah, muita coisa você perdeu!

 

Ele anda ate minha frente e me encara, sinto minha respiração acelerar,o calor do corpo de Elijah atinge o meu, o seu cheiro, do qual tanto senti falta, meu Deus, ele anda mais um pouco e eu recuo, ficamos assim ate que chego e fico encurralada entre Elijah e a parede.

 

-Você não disse se sentiu minha falta...

 

-Elijah....

 

Ele me olha, seu rosto a centímetros do meu, meu coração vai pular do meu peito a qualquer momento,quando sinto suas mãos em meu rosto Agatha adentra o local.

 

-Hayley...Oh, mil perdão senhora...eu

 

Elijah se afasta de mim e eu olho Agatha.

 

-Tudo bem Agatha,não atrapalhou nada!

 

Sorrio sem jeito a olhando,ouço Elijah pirraguear.

 

-Agatha, esse e Elijah e Elijah essa e Agatha,a babá de Hope.

 

-Você deixou uma humana tomando conta de Hope? Hayley, pensei que...

 

-Matthew Donavan esta com ela também,e Hope sabe como as coisas são.

 

O olho, Agatha nos observa e suspira.

 

-As coisas ja estão no carro Hayley.

 

-Carro? Vamos a algum lugar?

 

-Ainda falta um irmão pra ser salvo Elijah!

 

Pelo canto do olho vejo Agatha deixar a sala e fechar a porta.

 

-Não que vale a pena ir resgata-lo!

 

Olho ele, viro meus olhos.

 

-Ele e pai de Hope, devo ajuda-lo a ter a filha nos braços.

 

Elijah suspira e segura meu braço me fazendo ficar extremamente perto dele,outra vez, so que agora ele age e toma meus lábios ao seus, fico um tanto sem reação mas logo retribuo ao seu beijo, seguro seu rosto e puxo seus cabelos com força,ele me coloca contra a parede e aperta minha cintura me fazendo gemer baixo, ate que ele separa e me olha.

 

-Eu prometi a Hope de trazer o pai dela de volta,e uma obrigação fazer isso, e eu quero Marcellus morto.

 

-Eu sei...Então devemos ser rápidos,se o assunto de Hope ser a cura ja esta no mundo, Marcellus deve estar atrás dela agora!

 

E realmente estava, após sairmos da Mansão Mikaelson estamos em viagem em direção a nossa cidade, Elijah dirige enquanto eu vou a frente, Hope esta atrás na sua cadeirinha de segurança,a olho e a mesma esta dormindo, sorrio de leve e depois olho Elijah.

 

-Acha que Valerie será capaz de fazer isso?

 

-Ela não possuiu magia própria, se conseguir tocar Marcellus sem morrer ela pode sugar a magia de Marcellus

 

Elijah me olha e depois suspira.

 

-O mais difícil vai ser passar pelos vampiros dele.

 

-Uau, Elijah Mikaelson dizendo que vai ser difícil?Você está com febre?

 

Toco sua testa e ele ri e segura minha mão.

 

-Não e isso Hayley, eles podem estar nos esperando e pode até ser que nos peguem de surpresa!

 

-Isso é verdade.

 

Mordo meus lábios pensando e suspiro, olha pra frente e depois Elijah.

 

-E se irmos pela floresta?

 

-Hayley, ai sim estaremos praticamente nos entregando pra Marcellus!

 

-Não quando se pode ter uma matilha de Lobos!

 

Digo pegando meu celular,Elijah esta confuso me olhando mas logo volta a olhar a estrasa, disco o número de Ian, no segundo toque ele atende.

 

Ian:Hayley?

 

Hay:Eu mesma,Ian, me diga onde você está

 

Ian:Ham...um pouco ocupado demais.

 

Hay:Como assim?

 

Voz Desconhecida:A loba finalmente parou de se esconder?

 

Hay:Marcellus!

 

Marcellus:Ahh, não demorou me reconhecer!

 

Hay:Seu maldito, desgraçado,vou ter o prazer de arrancar sua cabeça e jogar no lixo!

 

Marcellus:Menos papo e mais ação,sua matilha esta acabada, se você ousar se aproximar de Nova Orleans, diga adeus a sua vidinha miserável.

 

Hay-Dou uma risada sarcástica

 

Marcellus:O que é tão engraçado?

 

Hay:Você me subestimou Marcellus,tenho algo comigo que você vai implorar para poder ter de volta!

 

Marcellus:Ana!

 

E a ligação cai, olho Elijah.

 

-Está mesmo com a filha dele?

 

-Não,eu tinha que ganhar tempo, Marcellus tem que aprender a parar de ser uma criança mimada.

 

-Belo jeito de ensina-lo.

 

Suspiro e ele encosta, olho Hope e meu coração se aperta.

 

-E preciso Hayley.

 

-Eu sei, mas ma dói saber que ela vai ficar longe de mim, talvez essa seja a última vez que a vejo.

 

O olho e o mesmo esta sério,seguro seu rosto e o beijo, ele retribui mas logo separa assim que escuta o carro de Rebekah parar e a mesma descer.

 

-Deixando a Hope de vela irmão?

 

-Para de falar o que você pensa Rebekah!

 

Olho eles e desço do carro,abro a porta trazeira e pego Hope que ainda dorme suspiro.

 

-Eu prometo que voltaremos e que seu pai estará com nós meu amor.

 

Olho Rebekah e entrego Hope a ela.

 

-Hayley eu...

 

-Só cuide dela como da última vez,Freya estará com você,na cidade ela estará como morta e você ainda continua no caixão por causa da maldição da Adaga.

 

-Uhh...Não e que a morena pensou em tudo mesmo?

 

Diz Kol vindo ate nós,ele olha pra Hope e depois pra mim.

 

-Assim que estarmos a 1000 metros de Nova Orleans teremos compania.

 

-Tchau Hayley.

 

-Tchau Rebekah.

 

Ela olha pra mim, Kol pega as coisas de Hope e leva pro carro de Bekah e Freya, logo ele volta entrando no carro, vejo o carro de Bekah dar a volta e sumir na estrada, o aperto no peito aumenta, me seguro pra não chorar, estarei mais tempo longe de minha pequena.

 

-Hayley...

 

-Não,não diz nada Elijah, só vamos ate lá e acabar com a raça daquele desgraçado.

 

Digo nisso e entro no carro, Elijah logo retorna e me olha.

 

-Kol sabe o que fazer assim que chegarmos!

 

-Ok, só quero que isso acabe e eu possa viver em paz com a Hope.

 

-Você sabe que o termo:viver em paz, não se encaixa no padrão da Família Mikaelson.

 

Diz Kol.

 

-Dane-se, assim como Marcellus,aquele que atrapalhar minha felicidade vai pagar com a vida.

 

Digo baixo mas ambos escutam, logo estamos em movimento,minhas mãos suam, estou nervosa? Estou.

 

-Niklaus Mikaelson,ai vamos nós Maninho.

 

Diz Kol quebrando o silêncio, suspiro e olho pra frente.

 

-Marcellus Gerard e hora de você conhecer o verdadeiro Inferno.

 

 


Notas Finais


Hellous!!
2240 palavras?Omg, eu to inspirada mesmo em, se bem que fiz tudo na escola! Rsrsrs.
Gente,uma nova história do Casos de Família Mikaelson, sei la, eu gostei, será que Hayley vai conseguir salvar o Pai de Hope? Será que no Próximo Capítulo Klaus ja vai estar livre? Meu deus, tantas perguntas e nenhuma com respostas!
Espero que gostem.
Ah, um pequeno aviso:Essa não e a verdadeira história que que quero, porém pensei em dar o início de como a Guerra entre Klaus e Elijah começa (se bem que esses dois sempre brigam né), então acho que farei 3 Capítulos de tudo!
Gostou do Início?Então da Um de seus votos, se quiser dar alguma opinião eu aceitarei ate por que uma escritora não e nada sem seus leitores!
Beijos da Ana!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...