História The Orphans (YoonSeok) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Monsta X
Personagens Personagens Originais
Tags J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Rap Monster, Suga, Taeminkook, Yoonseok
Visualizações 16
Palavras 964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hoje tem interação com o otp,e obrigado pelos favoritos.

Boa Leitura ♥

Capítulo 2 - It's gonna be okay!


Fanfic / Fanfiction The Orphans (YoonSeok) - Capítulo 2 - It's gonna be okay!

( -Yoongi on- )

Estávamos quase chegando no orfanato, quando de longe avisto uma construção enorme e horrível, acabei descobrindo da pior maneira possível que é meu novo lar, pois haviam muitos gritos de crianças e de tiros também. Entramos no tal local, e logo me veio a notícia que iriam me separar do Jackson. Pois iria ser divido os dormitórios por idade, o mesmo homem de hoje cedo nos leva até os nossos respectivos lugares, nessa hora me deu uma vontade enorme de sair correndo atrás do Jack,  mas seria completamente em vão.

Chego no quarto, e vi que dividiria com um menino que aparenta ser mais novo do que eu, ele parece estar muito assustado. Entro e coloco minhas coisas em cima da cama, e o meu adorável ursinho. Deu pra ver os brilhos nos olhos do garoto ao lado, talvez ele queira roubar meu amiguinho ou talvez ele precise mais do que eu. Vou conhecer ele melhor, aí eu posso pensar em dar ou não dar meu bichinho.

Ouço o sinal tocar, e logo depois vejo homens passando pra lá e para dizendo que há era hora do jantar. Saio do quarto e sigo os outros órfãos até chegar no refeitório, fico vasculhando tudo com os olhos, pra ver se encontro o Jack.  Mas nada dele aparecer, vou até o local aonde estavam servindo comida, e vejo o que era nesse exato momento me deu uma vontade enorme de vomitar, a comida parece uma garoroba com restos de comidas que sobraram do almoço e do jantar passado. Logo sinto um olhar pesar pra cima de mim, olho discretamente pro lado e vejo que uma senhora está a me observar. 

Não dou bola, apenas saio e vou pro quarto. Chegando no mesmo, vejo o garoto brincando com o Teodoro de uma forma muito fofinha.  Não exitei em tomar de suas mãos, adentrei o quarto e me joguei na cama de barriga pra baixo. Mais alguns dias nesse orfanato acabarei ficando louco, não sei o que estar por vim só tenho medo do pior acontecer com agente. Digo no pensamento.

( -Hoseok on- )

Depois de desfazer minhas coisas e colocar dentro de um guarda-roupinha que tem ao lado de minha cama, vejo um garoto branquelo se aproximar, será ele o meu colega de quarto?. Acho que sim pois ele jogou suas coisas com tudo em cima da cama, logo ele tira um ursinho de dentro do bolso de sua bermuda. Eu nunca tive um antes, escuto um sinal tocar, era a hora do jantar, caramba mais já?. 

Resolvi não sair pra comer, pois quando você chega em um orfanato novo a comida é péssima, espero todo mundo se retirar pra pegar um biscoito dentro da minha bolsa. Quando termino de comer me aproximo da cama do meu colega e pego o ursinho que cheira muito bem,  um cheiro doce e ao mesmo tempo forte. Começo a brincar só que do nada o menino aparece, ele nem brigou comigo. Apenas se jogou na cama.

Algumas Horas se passam.

Nesse meio tempo uma mulher passou entregando os uniformes, como eu sou bonzinho peguei pro garoto que nem se quer sei o nome, esse dormia profundamente. Quando mais os minutos se passavam mais ia ficando chato, resolvi dar uma pequena volta, vai que aqui tem flores. Me sento em um lugar meio afastado de tudo, a noite está tão linda, a lua que reluz seu brilho e as estrelas que exibiam seu lindo sorriso. Decidi me deitar em uma graminha que tem ao lado da parede, só que do nada aparece um homem, ele me olha zangado e manda eu ir pro quarto.

( -Yoongi on- )

Acordo, e olho pro lado vejo uma sacola ao meu lado na cama, me espreguiço e abro, eram uniformes. Me levanto, e vou dar uma volta, vou pra um canto muito bonito, no mesmo tem muitas flores coloridas e um lago que por sinal cheira a podre. Me aproximo de um banco que tem um garoto sentado que parece estar chorando. Me sento em seu lado e ele rapidamente ergue sua cabeça, logo vejo que era o Jackson com um corte na testa e uma ferida na boca.

- Hyung! O que aconteceu? Porque está machucado? - Pergunto pro mais velho que me olha triste.

- Eu tentei ir atrás de você Yoongi, mas acabei me ferrando, eles me deram uma tapa muito forte que fez com que eu caisse com tudo chão. - Disse.

- Sabe Hyung! Estou sentido falta do antigo - Digo com um tom meio triste. 

- Eu também pequeno, mas fazer o que né, eles não nos queriam mais, por isso nos mandaram pra cá - Olho diretamente nos olhos do mais velho que me dá um beijo na bochecha. 

- Vamos Yoongi, temos que voltar prós dormitórios - Disse segurando em minha mão.

- Vamos!

Já no quarto.

Vejo que me companheiro de quarto já tinha voltado, pego minhas coisas de cima da cama e arrumo e uma cômoda que tem do meu lado da cama.

- Oi! - Escuto uma voz tímida soar pelo cômodo.

- Oi - respondo. - Como se chama?

- Me chamo Jung Hoseok, eu tenho 9 anos e você?

- Eu sou o Min Yoongi, tenho 14 anos é um prazer em te conhecer Hoseok.

- Você não sente medo de ficar sozinho, ou algo ruim acontecer com você,  pois eu tenho essa impressão toda hora. - Diz

- Não pois sei que vai ficar tudo bem, e a além do mais eu tenho meu hyung que mora aqui também.

- Sério? Como é ter um Hyung nunca tive um - Diz com um tom triste.

- E legal - Dou um sorriso pro mais novo.

 


Notas Finais


Coitado do Jackson ;-;

Continua??

Até o próximo cap.♡♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...