História The other - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Visualizações 108
Palavras 1.159
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu estou morrendo de vergonha de aparecer depois de séculos. Amores me perdoem a demora e não desistam de mim <3

Infelizmente daqui pra frente vai ser um pouquinho complicado para postar, minhas aulas na faculdade já começaram, e conciliar uma faculdade de direito com minha fic ta um pouquinho complicado, mas eu juro que não vou abandonar aqui, nunca! Posso demorar um pouco, mas vou tentar estar presente sempre.

Enfim, espero que gostem desculpem os erros.

Capítulo 28 - Chapter twenty six


Fanfic / Fanfiction The other - Capítulo 28 - Chapter twenty six

Shawn Mendes P.O.V

Eu sei que não fui obrigado a beija-lá, eu fiz tudo com consciência, talvez não tão perfeita, mas mesmo assim. Depois de anos eu pude perceber que lá no fundo ainda sinto algo pela Victória, talvez carinho por ter me dado a Mack e nosso filho que está a caminho. Mas o que eu sinto pela Mel é o mais puro amor que existe, que nem ela. Ela é doce, meiga, espontânea, transmite uma paz enorme ao meu coração, porém nesse momento nada disso passava na minha cabeça. Eu vacilei, e reconheço, sei o quanto a magoei e se bem conheço minha baixinha, nesse momento ela ta me odiando. Vê-la saindo daqui com os olhos cheios de lágrimas fez com que eu me sentisse um lixo, e esse sentimento só aumentou quando percebi que eu não estava com vontade de ir atrás dela, eu preferi ficar ali com aquelas pessoas. Vi Aaliyah sair e ir atrás da Mel, mas antes reparei seu olhar de reprovação pra mim, minha mãe negou e voltou a falar com a Lizzie, Jack estava olhando pra porta sem entender o porque da irmã ter saído daquele jeito, Victória estava com Mack abraçada a ela, e meu pai conversava orgulhoso com elas. Pedi licença e me retirei da cozinha, seguindo pro meu antigo quarto, me joguei na cama sem saber o que fazer, eu não sabia se ia atrás da Mel, se voltava ora lá e fingia que nada havia acontecido, se continuava ali, se sumia. Suspirei e resolvi encarar meus problemas. Desci e segui em direção ao jardim que ficava na parte do fundo, pude ver Mel com a cabeça no colo da minha irmã e a mesma mexendo nos seus cabelos, A diferença de idade entre elas é pequena, Mel tinha 21 e minha irmã 19, mas nesses momentos ela parecia muito mais velha do que eu, eu admirava a maturidade dela. Me aproximei das duas cautelosamente 

-Mel, podemos conversar?- Perguntei e minha irmã levantou nos deixando a sós

-Eu vou lá pra dentro, vou enrolando eles, para que não venham pra cá, caso precisem de algo, me deem um toque- Falou e saiu. 

-Amor...- Chamei ela cautelosamente e ela me olhou, rindo, mas não uma risada de felicidade, ou por achar graça. Era uma risada carregada de ironia 

-Não fala nada, porque quem vai falar sou eu. Amor? Para de ser falso cara, para! Você já percebeu todas as merdas que você andou fazendo ? Você dormiu com ela, ok, eu perdoei. Você falou, por diversas vezes, várias coisas que me magoaram e eu perdoei. Eu esperei você me falar dessa merda de gravidez desde anteontem quando você recebeu a maldita mensagem dela, sim, eu vi ontem. Você gritou comigo, falou horrores por eu supostamente ter estrago nossa viagem, sendo que você estragou tudo. Você Shawn- Arregalei os olhos- Sim, eu vi ontem, mas ia te dar um voto de confiança pra você me contar até amanhã, mas parece que tava tudo conspirando contra. Minha mãe recebeu a ligação de uma amiga a chamando pra jantar, ela aceitou e nós viemos, reconheci a casa e quando eu entro, toda empolgada pra te ver, eu vejo aquela cena patética- Voltou a chorar- Tem noção de como ta doendo? Não né? Porque você diz que me ama, mas isso não é amor. Toda admiração que eu sentia por você ficou naquela cozinha. Acabou Shawn, eu não quero nunca mais falar com você. Amanhã mesmo eu passo na empresa pra assinar minha demissão, você ta livre, pode correr pros braços de sua amada noiva- Levantou

-Mel, por favor- Tentei segurar seu braço, mas ela puxou antes que eu pudesse concluir o ato

-Vai Shawn, vai ser feliz- Sorriu triste

-Minha felicidade em você, minha felicidade é você- Falei tentando fazer ela mudar de ideia

-Não, não tá. Quantas vezes eu te perguntei o que você sentia por ela, e você dizia que não era nada. QUANTAS VEZES- Gritou no final e eu abaixei a cabeça- Vou te fazer uma última pergunta e quero apenas a verdade- Assenti- Você sentiu algo naquele beijo?- Perguntou e eu permaneci calado, mentir seria pior- RESPONDE- Bateu no meu peito- Aliás, esquece. Quer saber, esquece que eu existo. Á partir de hoje, só iremos nos falar se for algo relacionado o nosso filho. Seja feliz- Virou e eu fui um covarde por não correr atrás dela. Me sentei no chão e comecei a chorar, eu sou um fodido, eu estraguei tudo, mais uma vez. E dessa vez eu não sei se tem volta.

 

Melanie Johnson P.O.V

Eu tava acabada, destruída. Não sabia o que fazer. Saí daquela casa sem falar com ninguém, só queria minha casa, minha cama, deitar e chorar. Chorar por ter me apaixonado por ele, chorar por saber que eu aceitei entrar nessa história mesmo sabendo de tudo. Eu estava tão desnorteada que me esbarrei em um cara, nem o vi passando. Antes que eu pudesse cair no chão, senti dois braços fortes me segurando. 

-Me desculpe, eu não vi você passando- Disse

-Não, desculpe também, eu estou com a cabeça no mundo da lua- Falei e reparei no seu rosto- Pera, Harry?- Perguntei sorrindo

-Não acredito, Mel! Quanto tempo- Sorriu e me abraçou. Sorri verdadeiramente depois de toda turbulência. Harry e eu namoramos por 11 meses e terminamos porque o mesmo tinha que voltar pra Inglaterra, terminamos tem 2 anos- Como você ta?

-Podemos não falar disso hoje? Juro que assim que eu melhorar eu te conto tudo. Mas como vai? Desde quando você ta aqui?- Perguntei e seguimos andando

-Vou cobrar, quero saber de tudo depois. Eu to ótimo- Sorriu expondo aquelas covinhas linda- Eu cheguei tem uns 3 dias, eu ia passar na sua casa amanhã pra saber se você ainda morava lá- Engatamos numa conversa animada. Por dentro eu estava quebrada, destruída, mas mais uma vez tive que fingir que nada tava acontecendo. Eu já estava me acostumando com isso. 

-Você ta grávida?- Perguntou surpreso e eu assenti- Mas não era você que não queria filhos tão cedo?

-Sim, mas aconteceu. Acidente de trabalho, digamos- Ri da minha piada interna. Coloquei minha mão na minha barriga e sorri. Novamente seriamos eu e meu filho contra o mundo. Depois de muita conversa fomos pra casa, ele me deixou na porta, e antes de ir trocamos nossos números. Talvez seria um recomeço. Entrei em casa e encontrei minha mãe e Jack sentados no sofá, aparentemente me esperando. Engoli em seco e sorri amarelo pra eles

-Que bom que você chegou Melanie Marie Johnson. Agora pode sentando ai e explicando tudo que está acontecendo. Eu quero saber porque você saiu daquele jeito da casa da Karen, e porque o Shawn entrou chorando depois- Falou e meu coração apertou só por saber que ele andou chorando- Mas eu quero saber de tudo, não me esconde nada, Melanie, se não vai ser pior pra você.


Notas Finais


To triste pelo meu otp

Amorzinhas, leiam as notas inicias, lá eu dei uma curta e rápida explicação.

Vou tentar postar no sábado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...