História Undertale: The Other Time - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Gerson, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Asgore, Chara, Frisk, Gaster, Guerra, Sans
Exibições 13
Palavras 1.149
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Magia, Romance e Novela, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 27 - Confronto Final


Fanfic / Fanfiction Undertale: The Other Time - Capítulo 27 - Confronto Final

Mado ataca Zingor com toda a sua fúria que se esquiva, Mado não perdeu tempo, virou-se e atacou Zingor novamente, que dessa vez se defendeu.

Zingor: Uau! Não pensei que você fosse capaz de chegar a esse ponto.

Zingor, apertou o punho de Mado, e o jogou com toda a força na parede, que logo em seguida caiu no chão, Mado olhou para  sua mão, ela estava queimada.

Mado: ...!

Zingor: As determinações genocida, neutra e pacifista correm em minhas veias, um poder tão quente capaz de queimar qualquer coisa.

Mado: Seu...!

Mado ataca novamente, mas dessa vez sente dor por todo o seu corpo, antes de chegar até Zingor, cai no chão.

Mado: O que você fez?!

Zingor: A determinação é um veneno se for bem utilizada, e você está sob o efeito desse veneno, com o tempo, o seu corpo vai ser digerido de dentro para fora, e você será morto pela arma que mais usa HAHAHA!

Mado: N-não vou deixar você se sair bem dessa!

Zingor: Ora meu jovem... eu já sai muito bem.

Neste momento, Zingor deu um soco no rosto de Mado, que caiu no chão, seu rosto também se queimou, Zingor agarrou o pescoço de Mado, e começou a socar sua cara, os socos eram tão terríveis, que chegavam a fazer o vácuo tremer. Zingor jogou Mado no chão, o chutando logo em seguida, Mado foi jogado para perto de Frisk, ele olhou para os olhos sem vida da criança...

Zingor: Pois bem, já me cansei disso, vou acabar com você, de uma vez por todas.

Zingor foi caminhando lentamente em direção de Mado, que se levantou, foi quando... uma estranha energia começou a sair do corpo de Mado. Mado sentia-se leve como uma pena, ele conseguia sentir poder e mais poder emergindo de todo o seu corpo, foi quando, Mado sentiu a mão de alguém em seu ombro.

Grillby: Ei! Não vai desistir né? Você ainda tem a revanche comigo.

Gerson: Wuhahaha, qual é? Você aguentou meus socos para isso?

Asgore: Mado! Tenha determinação.

Sasha: Vamos lá irmão. Você é o mais forte herdeiro da determinação, sei que consegue passar por essa.

Lucas: Vamos pai... sei que o senhor consegue.

Undyer: Grande Mado, você conseguiu passar por tantas coisas, um cara desses não pode ser demais para você? Você é o verdadeiro herói.

Joana: Eu sempre estarei ao seu lado Mado, você consegue!

Nesse exato momento, o corpo de Mado passou por uma transformação, mas era diferente de todas as outras, o corpo de Mado não mudou, mas sua energia estava transbordando, foi quando ele disse.

Mado: Determinação Estagio nível 0: Iluminação.

Zingor: O-o que? Que tipo de transformação é essa...?

Zingor nesse momento foi para dar um soco em Mado, Mado o segurou como se não fosse nada, e logo em seguida deu um soco no rosto de Zingor, que voou longe.

Zingor: C-como?! Eu tenho a determinação perfeita, não há como um herdeiro de segunda como você ser capaz de me vencer!

Zingor: Pois bem... já que você insiste... vou lhe mostrar minha verdadeira forma.

Zingor então começou a se transformar, seu corpo ficou vermelho como sangue, seus músculos excediam os limites humanos.

Zingor: Venha... Mado!

O Confronto Final começou!

Os dois foram voando em direção um do outro, os socos eram tão fortes quanto abalos sísmicos, Mado permanecia calmo, Zingor então tomou um soco, mas logo em seguida contra-atacou, dando um chute no estomago de Mado, que foi para trás, sem perder tempo, Mado preparou um soco, e lhe deu no pescoço de Zingor, o fazendo ir para trás também.

Zingor: C-como pode ter conseguido esse poder, a pouco tempo atrás você nem conseguia me tocar.

Mado: É a determinação e esperança de todos lutando ao meu lado.

Zingor: PARE DE FALAR ASNEIRAS!

Zingor atacou, mandando diversos socos na direção de Mado, ele tomava todos os socos, quando de repente, segurou os punhos de Zingor, Mado não tinha nem um arranhão no rosto.

Zingor: O QUE!!!!!????

Mado então jogou Zingor para cima, que ficou em uma espécie de flutuação.

Zingor: Vamos acabar com isso de uma vez por todas... você sabe como isso tem que acabar não ? Herdeiro Mado.

Neste momento Zingor segurou seu punho, e começou a carregar energia vermelha brutal, neste mesmo instante, Mado segurou seu punho, e uma energia vermelha e branca começou a sair dele, a energia parecia calma e ao mesmo tempo violenta, era uma equilíbrio perfeito entre a raiva e a calma.

Os dois foram em direção um do outro, e seus punhos se chocaram, um atrito gigante foi causado, a colisão causava um enorme distúrbio, o vácuo começou a se auto-destruir, foi quando Zingor viu atrás de Mado a figura de todos os seus amigos, eles estavam lutando junto a ele desde o começo.

Zingor: NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

Neste momento o punho de Mado atingiu o peito de Zingor, o fazendo desaparecer da face da terra.

O silencio percorreu por alguns instantes dentro do vácuo, mas logo foi quebrado, o vácuo não aguentaria muito tempo daquele jeito, as paredes escuras começavam a se rachar.

Mado foi então até Frisk, colocou a sua mão na cabeça da criança, uma luz intensa brilhou perante os dois, depois que a luz se foi, Frisk abriu seus olhos, então Mado lhe disse.

Mado: Frisk... nós conseguimos, vencemos...

Frisk: ... Mado... o seu rosto...

O rosto de Mado estava se rachando.

Mado: Tudo bem, eu vou ficar bem... Frisk, você deve continuar a herança da determinação... você é a escolhida de verdade, anjo que um dia viu a superfície e irá libertar os monstros de sua prisão, você é a criança que trará paz aos humanos e monstros.

Frisk começou a chorar e disse.

Frisk: M-mas Mado, quero fazer isso ao seu lado, você me protegeu, esteve ao meu lado todo esse tempo me guiando, me ajudando...

Mado: Frisk... eu já não pertenço mais a esse mundo faz muito tempo...

Neste momento uma bolha apareceu em volta de Frisk, e começou a leva-la para cima, em direção da saída do vácuo. Frisk gritava.

Frisk: NÃOOO! MADOOO!

Mado: Seja forte, criança!

Frisk acordou ao lado de todos os seus amigos, ela então olhou para eles e começou a chorar.

Toriel: Minha pequena, o que aconteceu?

Frisk: Tudo bem mãe...... apenas me despedi de um amigo....

Neste momento, Frisk e seus amigos foram até o fim da barreira, que havia sido destruída por Asriel, o por do sol esperava por eles, um novo futuro os aguardava.

 

 

...6 meses depois...

 

Toriel: Frisk, brinque só mais um pouco, depois venha para casa jantar.

Frisk: Tudo bem mãe, logo estou indo.

Frisk brincava com seus amigos, quando de repente sentiu uma mão em seu ombro, ela reconhecia o toque daquela mão, ela então olhou para trás, mas não havia ninguém lá, ela então sorriu e disse olhando para o céu.

Frisk: Obrigada Mado...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...