História The our real faces - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Exo, Hunhan, Kaisoo, Kris Wu, Kristao, Lu Han, Sulay, Xiuchen, Zitao
Visualizações 36
Palavras 933
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Policial, Romance e Novela, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 27 - Lu Han - II


Fanfic / Fanfiction The our real faces - Capítulo 27 - Lu Han - II

 

- PAI!

- Meu filho, eu te amo...

- NÃO PAI!

- Cuide da sua mãe, seja feliz, encontre alguém que o faça feliz.

- PAI, por favor, não! Eu te amo!

- Você me dá muito orgulho meu filho.

- Pai, você não pode desistir, NÃO PODE!

- Não grite meu filho. Me prometa que cuidará da sua mãe e será feliz.

- PAI, NÃO!

- ME PROMETA LU HAN! *cof cof*

- Eu prometo pai.

- ------------------------------------------------------

- PAAAAAAAAAAAAAAAAAAAI! NÃÃÃÃÃOO! PAI, reage. ALGUÉM FAZ ALGUMA COISA!

- Não há mais o que possamos fazer senhor Xiao, sinto muito.

Sehun entra no quarto e abraça Lu Han.

- Me larga Sehun, me larga!

Sehun segura-o com mais força.

- SEHUN ME LARGA!

Sehun o vira e faz com que Lu Han olhe em seus olhos depois apoia sua cabeça (de Lu Han) em seu peito.

- Venha comigo.

- Sehun eu tenho coisas pra fazer agora.

- Eu já conversei com sua mãe e sua tia está se encarregando de tudo, apenas venha comigo.

- PARE DE ME TRATAR COMO CRIANÇA!!

Sehun o leva para seu carro

- Entre.

- Eu quero meu pai.

- Entre.

- Pare de ser frio!

- Entra logo Lu Han!

Lu Han entra e logo depois Sehun entra.

- Aonde você pretende me levar?

- Pra casa.

- E meu pai? Sehun pelo amor de Deus! Pare de agir com tanta frieza!

- Apenas tente se acalmar.

- NÃO MANDE EU FICAR CALMO!

- Lu Han, você não pode gritar enquanto eu estou dirigindo, podemos nos acidentar.

- E POR QUE VOCÊ SE IMPORTA?

- Porque eu posso me machucar.

- POR QUE VOCÊ É TÃO FRIO?! ISSO VOCÊ APRENDE COM O YIFAN!

- Apenas pare de gritar Lu Han.

- VOCÊ NÃO TEM CORAÇÃO?

- Lu Han, não grite.

- PARE DE ACHAR QUE É O DONO DO MUNDO SEHUN!

- Você não vai parar de gritar?

- ME DEIXA GRITAR!

Sehun para o carro

- O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO SEHUN?

- Estou esperando você gritar tudo o que quer sem corramos perigo.

- Apenas me deixe em casa.

- Vamos pra minha casa.

- Não, eu quero ir pra minha casa.

- Eu vou ficar com você independente de onde você for ficar.

- POR QUÊ VOCÊ SE IMPORTA????

- Vamos pra minha casa Lu Han, mantenha sua boca fechada até chegarmos.

10 minutos depois

- Chegamos, assim que entrarmos na casa, você grita o quanto quiser.

(Casa de Sehun)

- Pode gritar agora.

- POR QUE VOCÊ SE IMPORTA COMIGO? AI QUE SACO! EU SÓ QUERIA FICAR SOZINHO E PENSAR NO QUE EU VOU FAZER COM AQUELA EMPRESA, PORQUE EU NÃO SEI SE VOCÊ SABE, MAS AGORA COM O FALECIMENTO DO MEU PAI, EU SOU O DONO DELA!

Sehun sai da sala e vai para a cozinha

- VOCÊ É INACREDITÁVEL MESMO SEHUN! ESTÁ FUGINDO PORQUE NÃO QUER MAIS OUVIR? SAIBA QUE EU POSSO TE SEGUIR E GRITAR MAIS ALTO AINDA!

Sehun coloca uma xícara de chá na bancada.

- Beba

- Quanto veneno você colocou nisso?

- Apenas beba.

- Vou beber, se você me responder por que se importa comigo.

- Seu pai me pediu quando você estava dormindo no sofá para que se caso acontecesse algo, era pra eu cuidar de você.

- Ah... Então não é porque você se importa, é simplesmente porque você faz tudo que mandam você fazer.

- Eu quero que você fique bem Lu Han, não porque seu pai me pediu, mas sim porque quero te ver bem.

- Então por que colocou meu pai na história?

- Pra você parar de negar minha ajuda.

Lu Han bebe um gole do chá.

- É pra você beber todo o chá.

- Vou bebendo à medida que você vai me respondendo.

- Lu Han, beba este chá e depois vá tomar um banho.

- Por que você é legal comigo e depois é frio de novo?

- Por que você me faz tantas perguntas?

- Quero saber seus motivos...

- Apenas faça o que eu estou falando, tome este chá, tome um banho e deite-se na minha cama.

Sehun sai da cozinha e dirige-se ao andar de cima.

Lu Han depois de fazer tudo o que Sehun “pediu” ficou o esperando na cama. Sehun entra no quarto e senta-se ao lado de Sehun.

- Comece o interrogatório.

- Não aja assim comigo Sehun.

- Pergunte logo, tudo o que você quer saber.

- Você gosta de mim?

- Gosto, se não eu nem estaria aqui.

- Mesmo se meu pai não tivesse te pedido, você estaria aqui?

- Sim.

- Por quê?

- Você está esperando que eu diga que eu te amo né?

- Não Sehun... Apenas quero saber.

- Eu não conheço você direito, mas o pouco que conheço me agrada, pra mim é agradável quando estou com você.

- Ah...

Lu Han deita sua cabeça no ombro de Sehun

- Por que você age como se fosse meu namorado?

- Por que você não age?

- Você não tem medo de mim?

- Por que eu teria medo de você? Você tem medo de mim?

- Tenho medo de não ter você.

- Como assim?

- E se nós namorássemos de verdade? E se acabasse não dando certo? Nós dois nos magoaríamos...

- Eu vou fazer de tudo pra dar certo Sehun...

- No momento você deve se preocupar em descansar.

- Boa noite Sehun.

- Boa noite Lu Han.

- Espero sonhar com você.

Lu Han pega a mão de Sehun.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...