História The our real faces - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Exo, Hunhan, Kaisoo, Kris Wu, Kristao, Lu Han, Sulay, Xiuchen, Zitao
Visualizações 45
Palavras 883
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Policial, Romance e Novela, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 28 - Jongin - II


Fanfic / Fanfiction The our real faces - Capítulo 28 - Jongin - II

 

- Eu só preciso fazer mais duas sessões, depois disso eu tenho um compromisso.

- Tudo bem senhor.

Jongin é simplesmente o modelo mais lindo que a empresa Beauty of World tem. Então, quando Jongin fala, acontece.

*depois da sessão*

- Yah, Zitao, vamos ao Kaffe.

- Sim, pode ser, mas por quê?

- Vamos lá apenas, pra conversar.

 (Kaffe)

- Queremos o de sempre senhor Kim, por favor.

- Sim, já levo.

Zitao e Jongin sentam-se na mesa de sempre.

- Então Zitao, você vai me falar de verdade o que aconteceu ou vai me esconder isso pra sempre?

- O que aconteceu? Quando?

- No fato ocorrido depois do evento.

- O senhor Wu me levou pra casa, apenas isso. Eu já te disse.

- Isso você realmente me disse. Mas por que quer sempre mudar de assunto quando conversamos sobre isso? Você nem fala sobre o que vocês conversaram no carro, nem nada... Ou vocês foram calados o tempo todo?

- Jongin, apenas relaxa... Não aconteceu nada.

- Se você não me falar... Não vou te falar uma coisa bem legal. Está afim de perder uma ótima noticia.

- Não seja assim Jongin.

- Então realmente tem coisa que eu não sei.

- Ah... Temos que falar sobre isso aqui?

- Se você prometer me contar, podemos ir pra minha casa.

*os cafés chegam*

- Agora me conte o que está havendo.

- Eu terminei com o Benny.

- E por que você parece feliz?

- Eu não sei pra falar a verdade... Mas eu estou meio aliviado por ter feito isso.

- Tudo bem, depois que terminarmos aqui, vamos pra sua casa e eu te conto.

- Até que enfim, já vai fazer uma semana. Eu estava afim de te matar. Pena que sem você eu não estaria tão bonito.

Então eles terminaram de beber seus cafés, pagaram a conta e foram para casa de Jongin.

- Pronto chegamos, me conte.

- Ahhhh, não é assim Jongin. Tenho que estar mais preparado.

- Teve a vinda inteira pra se preparar e não se preparou, mas o que houve de tão tenso? Você está me deixando nervoso.

- Vamos pra sua cama, pegue uns salgadinhos que eu vou pegar umas bebidas.

- Está bem.

*na cama*

- Tudo bem, eu vou contar.

- Tá, não precisa chamar o senhor Wu de senhor Wu porque ele não está aqui.

- Então, eu e Yifan entramos no carro e depois de um tempo, sem querer eu falei algo que não devia e não queria.

- Yah, o que você disse???

- Eu chamei ele de frio e sombrio.

- Não acredito, ele deve ter ficado puto com você!

- Não sei, só sei que ele parou o carro porque eu comecei a pedir desculpas, acho que foi ai que ele ficou puto, ai eu fiquei com vergonha e fui sair do carro, então ele colocou o dedo na minha boca e enquanto ele me encarava com aqueles olhos lindos...

- Sem detalhes Zitao.

- Ah desculpa, ele fechou a porta, depois mandou eu colocar o cinto, só que eu estava assustado pra colocar então sabe o que ele fez?

- Ele colocou pra você?

- Como você sabia?

- Meio previsível.

- Tá, mas não acabou, depois de um silêncio esmagador ele me largou na frente de casa, mas não só isso, ele desceu do carro e abriu minha porta, então ele me perguntou: “vou precisar tirar seu cinto também?” E ai ele colocou a mão, aquela mão grande com dedos longos...

- Sem detalhes... Sem detalhes.

- Ah sim, colocou a mão na minha cintura, então o que eu fiz?

- Você puxou ele e vocês se beijaram.

- Não, (risos) eu afastei a mão dele. Ai eu sai do carro e dei boa noite ai ele segurou meu braço com muita força, eu usei a força do meu corpo todo pra me soltar e não consegui.

- Uau, e depois?

- Ele me virou e levantou meu rosto com aquelas mãos... Pelo meu queixo, então ele olhou no fundo dos meus olhos de novo e disse “boa noite senhor Huang”.

- Uaaaaa, que sexy. Eu queria estar no seu corpo nesta noite. Então foi isso?

- Ele também disse: “sonhe comigo”

- Uooou, esse cara, seriamente...

- O que eu faço?

- O que você quer fazer?

- Eu quero seguir minha vida...

- Então siga ela, se vocês ficarem sozinhos de novo...

- Yaaah, eu não vou fazer nada!

- Teimoso você hein? O Yifan é um cara... Uau...

- Ele parece ser manipulador, controlador, só isso.

- E altamente lindo né?

- Ele é bem gato mesmo. Mas não ganha de você Jongin.

- Mas eu e você não vamos namorar, estragaria nossa amizade.

- Ah sim, mas não quero namorar com ele também.

- Admita que ficou mexido com o que ele fez.

- Admito, foi bem...

- Excitante.

- Jongin!

- É verdade, você só não quer dizer.

- Tudo bem... Eu vou ir pra minha casa, você deve descansar, amanhã tem um monte de coisas pra fazer.

- Ahhh, fique aqui essa noite.

- Tudo bem. Mas vamos dormir então.

- Vamos. Boa noite namoradinho do Yifan.

- Yaaah, não diga isso! Boa noite Jongin.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...