História The Past Destroyed- Releitura original - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bakugan Battle Brawlers, Ninjago
Tags Alice, Bakugan, Revelaçoes, Romance, Shun, Suspense, Zane
Exibições 16
Palavras 1.851
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ooie amores! tudo bem? hoje trago um novo capitulo, e para refrescar a memoria de vocês o que aconteceu no capitulo anterior:
Junto a Alekixa e Julie conhecemos o rei Jonathan kazami, mostrando que não é vitima e que está sim atacando rei subterra, mas por uma causa nobre.Runo que estava desesperada em completar sua missão ganhou um novo bakugan a quem ela e Tigrera salvaram, assim como ela Marucho também encontrou o super, mas claro teve um preço. No final vimos que Gabriel Stan contou algo a Alice e a disse que tudo aquilo fazia alguém egoísta, já na Terra, Alice não se segura revela o que o rei a contou.

~boa leitura
~lua.

Capítulo 8 - Esclarecendo Verdades preciosas.


Fanfic / Fanfiction The Past Destroyed- Releitura original - Capítulo 8 - Esclarecendo Verdades preciosas.

-De mim? Mas o que? -Mesmo calmo e frio, a face da Ruiva deixava qualquer um preocupado.

-Bem, eu estava completando minha missão e então um guardas reais de Gabriel Stan disseram para eu os seguir e então o rei subterra me levou para o seu reino e...

-Alice! Você não podia ter ido com ele, podia ter acontecido algo horrível -Shun a alertou com as mãos no seu ombro, Alice era um pouquinho  mais baixa que ele. Eles estavam esperando Dan e os outros, que estávamos com fome e foram comer.

-Eu sei, mas eu fui. Então ele contou sua versão dessa guerra e falou sobre um projeto  roubado de Jonathan Kazami, que por ele só foi usado em um pessoa, que se sabe: Você!

-Ah?

-Shun, você é como ele, o cara que nos atacou, você foi geneticamente  modificado, e seu poder pode ajudar  as pessoas. -O moreno abaixou a cabeça. -Gabriel falou que é como se fosse uma cura ou algo assim.

-Alice, não vou mentir, sim. Quando eu era bem pequeno eu não me lembro na verdade de quase nada, eu não sabia que havia sido Jonathan que me mutou, eu só sei que eu tenho uma habilidade desde de sempre. Mas eu tenho uma boa desculpa pelo qual eu nunca a usei em benefício de muitas pessoas.

-Tem? Qual? Gabriel disse que é porque você é egoísta.

-Meu sangue é mutado, e eu como você sabe tenho uma doença sem cura, cardíaca e psiquiátrica, toda vez que eu uso minhas habilidades para ajudar a curar alguém por exemplo, eu acabo tendo uma das minhas crises de psicopatia, posso matar uma pessoa dependendo do meu humor, ou posso ter uma parada cardíaca. Enfim,  eu não posso ser imprudente ruiva, gostaria de poder usar isso para ajudar o máximo de pessoas possível mais não posso.

-Sempre tão certinho. -Ela deu um sorriso.

-Quem dera. Espero que não tenha acreditado em nada que ele te disse, antes de perguntar  para a equipe toda.

-tudo bem. Eu não  acreditei em nada -Sim ela estava mentindo, mas mesmo não sabendo, Alice tinha um dom para mentir, Qualquer um acreditava, talvez menos Shun. Para ela Gabriel ainda estava certo, parecia que ela estava conectado aquele reino, só parecia. Ela precisava saber mais sobre todo aquele novo mundo que a cercava.

...

De volta a Terra, todos se despediram e voltaram a vida normal, pelo menos por enquanto.

...

Mansão Kazami.

-Filho,  você voltou, estávamos preocupados. 

-Comigo? Sério? -O moreno, que ainda não  estava acostumado com alguém se preocupando com ele, ainda pensava no que ouvira Alice falar: Gabriel sabe que ele é um mutante mais disse a Alice que ele não usava seus poderes pois era egoísta. ‘Alice é Muito ingênua, é bem capaz de ter acreditado em tudo que o rei lhe disse.’

-Sim -Rebeca e Arthur queriam mostrar que eram os pais que Shun e Juria (sua irmã) não tiveram. Já fazia um mês que eles haviam, milagrosamente, saído do coma, então, todos os momentos com sua família eram momentos para eles mostrarem o carinho e amor que sempre quiseram mostrar.

-Obrigado -Shun sorriu timidamente mais logo abraçou seus pais, era talvez esse Abraço que ele precisava no momento, depois de voltar a Power, o Japonês ainda não havia se acostumado por voltar ao lugar que mudara tanto a sua vida a muitos anos.

...

Enquanto Dan estava fora, seus pais decidiram se mudar para o estado de Power, já que agora eles sabiam que deviam explicações sobre os reis guardiões.

-Quer dizer então que vocês sempre, quero dizer,  bem antes dos bakugans terem vindos por cartas para a Terra, que Vestroia existia? Mas por que nunca me falaram do que meu avô que eu nunca conheci, era rei de um dos mundos?

-Dan -seus pais ‘tentavam’ controlar a situação, sem sucesso. Daniel estava arrasado, seus pais conheciam Vestroia e tudo que ele só descobriu agora? Por que? -Queríamos ter falado  antes, mas há uma lei clara de que os herdeiros só poderiam descobrir sua herança real ao serem maiores e terem sua percepção de como agiriam a essa catástrofe, só há algumas exceções. Mas queríamos ter falado antes.

-Como era meu avô?  Ele era um bom rei? Era um bom guerreiro como eu? Está no sangue?

-hehe filhão, muitas perguntas! Mas meu pai era maravilhoso, um ótimo rei, um ótimo pai,  um ótimo guerreiro -Uma lágrima de saudade caiu imediatamente dos olhos do senhor Kuso. -Queria que o tivesse conhecido! Ele iria se identificar muito com você.

-Ah...  por que ele morreu então? Se era um bom homem?

-todos os aliados dessa guerra morreram, todos fizeram alianças com Jonathan ou Gabriel  e foram assassinados por tais! Essa guerra começou  aos poucos, com revira voltas políticas, eu tinha um pouco menos que sua idade.

-Por que só hoje tem alguém para ajudar a detê-la?

-Na verdade sempre teve alguém ou vários alguéns para detê-la, todos foram mortos. Nenhum teve garra para enfrentar dois grandes mundos de Vestroia, seus bakugans e seus exércitos. 

-Mas isso não acontecerá conosco certo?

-claro, já que Helios escolheu ninguém mais ninguém menos que vocês: os próximos na linha de sucessão. Os dois  reis não vão querer matar de primeira seus herdeiros.

-Assim espero! Mas mãe, pai desculpa... eu fui Grosso com vocês, mas agora eu e Drago vamos treinar, temos uma guerra para deter.

-Vai com calma Amigão!

-Mas antes, fiz uma comidinha simples para você. -E claro era só mais um banquete da Sra. Kuso.

...

Os pais de Runo também se mudaram para Power (assim como os pais de Marucho e de Julie).

-Oi Família!

-Runo! Ainda bem que está tudo bem! Estávamos preocupados...

-Mas nos falávamos  todos os dias por mensagens de vídeo hehe. Também estou feliz por voltar! ah sim esse é Dalio. meu novo parceiro e da tigrera... -Os pais abraçaram sua única filha como se fosse a primeira vez depois de anos sem à ver. Runo contou tudo que aconteceu, sem a parte de ter chorado. Claro.

...

no caso de Alice, ela foi morar com seus tios, que moravam aqui e porque sua tia estava com uma doença terminal e precisava de vários cuidados.

...

-E então querida como foi a sua tal missão? -Rita, sua tia não assistia a nenhum programa específico da TV, no momento fitar sua sobrinha era mais importante.

-Foi muito legal!

Alice contou a seus tios muitas de suas novas experiências como herdeira de Vestroia e sua ida para aquele mundo (como o superbakugan que ela e Hidra acharam era lindo e maravilhoso, sobre os lugares lindos que havia visto no caminho) mas não tocou no assunto de ter ido para o reino subterra. Rita que mesmo muito mal ainda conhecia bem a ruiva, esperou para que as duas estivessem sozinhas para conversarem melhor.

...

-Querida?  Posso entrar?

-Claro tia, está tudo bem?

-Sim, comigo sim e com você?

-Estou bem sim por que?

-Eu percebi que estava meio mal no jantar, e eu te conheço bem, é iguazinha sua mãe 

-na verdade eu talvez não tenha falado tudo que aconteceu enquanto estive em Vestroia...

-O que houve?

-Não quero falar sobre isso.

-você terminou com Shun?

-Não! Foi outra coisa, eu encontrei Gabriel Stan! -Rita suou frio, suas lembranças começaram a voltar, Alice deveria odiar os dois reis de Vestroia e era isso que ela esperava como resposta quando perguntou:

-E o que achou dele?

-Ele é legal, me falou sobre seu lado da guerra, sobre as falsas acusações de Jonathan,  sobre como revida dele.

-Linda, não acredito que acreditou nele! Ele não é tudo que diz.

-como sabe tia, conheceu ele?

-na verdade não pessoalmente mas aconteceu uma coisa que me fez odiar os dois lados dessa guerra, que tem haver com nossa família...

-Ah, todo mundo vai dizer para eu odiar os dois lados -Com o saco cheio de ser barrada por quem ela ama, era como se ela não soubesse tomar decisões! Quase perdendo a paciência ela não percebeu que sua tia estava com a mão em seu coração, talvez começando a passar mal. -mas uma hora eu vou ter que escolher um dos lados e eu vou escolher o lado de Gabriel,  oras Jonathan que está atacando, independente de tudo ninguém pode se vingar com guerra, há vários modos de se resolver as coisas, menos com guerra. Mas o que aconteceu com nossa família ti....a. Oh Meu Deus esta tudo bem?

-Eu acho... que não estou muito bem...

-Vamos, vou te levar até o caro, direto pro hospital.

...

-... ele nunca foi um bom pai, mas com certeza era e é  um bom rei. Meu pai é um cara difícil -Só os dois, Arthur e Shun conversavam sobre o como era o Rei Jonathan e qual é a real causa dessa guerra. -Até que antes da minha mãe ser assinada tudo era bem diferente, meu pai pelo menos tinha brilho nos olhos, uma vida, amor, compaixão, apego, mas isso tudo acabou com a morte de Olivia.

-Ela devia ser maravilhosa...

-Era, não porque ela era minha mãe mas porque ela realmente era perfeita. A mulher mais bonita, alegre, companheira e enfim perfeita. Hehe ainda não sei como alguém deve coragem de mata – lá.

-Prenderam quem a matou?

-Não, segundo a perícia, nosso querido amigo Gabriel a matou.

-Por isso a guerra então... mas por que ele mataria ela?

-Talvez, eu não sei... entender essa guerra, quem está certo q quem está errado, são coisas que eu não aconselho fazer. Tudo isso pode dividir as pessoas, que pelo menos Helios consiga segurar vocês.

-Ele já não está conseguindo, Alice acredita em Gabriel, e daqui a pouco mais alguém vai para o lado do Jonathan. Uma hora ou outra não vai mais existir os Herdeiros.

-Alice acredita no que de Gabriel?

-Que ele não matou Olivia, que ele não roubou o projeto de Jonathan, sobre ele ter transformados do lado dele e assim vai,  a lista é grande, de coisas que ele fez ela acreditar.

-é uma pena que ela acredite nele, mas quando ela souber o que houve com seus pais e Gabriel, ela com certeza vai voltar a si.

-O que  aconteceu com os pais dela? -Seu Smartphone tocou, era Alice, agora que ela sabia o que ele fazia talvez tivesse esperanças de que ele a ajudaria. -Alice, tudo bem?

*-Não! Eu estou no hospital...

-Aconteceu alguma coisa?

-Não comigo, com a minha tia... pode vir aqui por favor.

-Claro.

Hospital San’Vitorio.

-Ainda bem que chegou! -ela abraçou o namorado, como se Shun fosse a proteção dela,  no final ela precisava dele.

-O que houve? Sua tia piorou?

-Sim! -Ela abaixou a cabeça -ela pode morrer, e ela é como uma mãe pra mim! Não quero que ela morra. -em seus braços ela começou a chorar, Shun ainda não tinha se acostumado com isso de ter uma namorada dependente.

-Er... Não chora vai ficar... tudo  bem. 

-Não se você não ajudar.

-Ruiva, como eu posso ajudar não posso fazer na... Ah! Eu não...

///FIM DO CAPITULO 7///


Notas Finais


O que será que irá acontecer? coloquem suas hipóteses nos comentários...

Já escolheram seu lado? ainda não? #TeamKazami #TeamStan
No próximo capitulo além da continuação dessa conversa no hospital vai ter uma briga entre Alekixa, seu namorado e sua melhor amiga, e a volta do filho de Gary Marukura, junto com seus amigos. não percam.

até a próxima! beijinhos e beijões. ♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...